Listão: As novelas estrangeiras exibidas no Brasil – Década de 90!

Matéria escrita por Willian Gonçalves

Na década de 90, além do SBT emissoras como Band, CNT/Gazeta, Manchete e Record passaram a apostar em dramaturgia latina, com a finalidade de conseguirem bons índices de audiência. Em determinada época desta década, o SBT perdeu sua parecia exclusiva com a Televisa para a CNT/Gazeta, alegando estar insatisfeitos com a exibição de dramaturgia latina, querendo se arriscar em produções próprias, o que não durou muito. Destacam-se nessa década novelas como Carrossel, Ambição, Quinze Anos, Rosa Selvagem, Simplesmente Maria, Topázio, A Estranha Dama, Maria Mercedes, Marimar, Maria do Bairro, Maria Celeste, Canavial de Paixões, Coração Selvagem, Caminhos do Amor, A Usurpadora e O Privilégio de Amar.

DÉCADA DE 90

Abigail – Band, 1990

Abigail

Trata-se de uma adaptação de Raquel, telenovela original de Inés Rodena, inclusa em Maria do Bairro junto com Os Ricos Também Choram. Conta a história de Abigail, uma jovem rica e mimada que estuda em um internato e faz de tudo para conquistar seu professor de literatura, Carlos Alfredo. Ao se casar com Carlos Alfredo, Abigail é vitima de diversos desencontros e torna-se uma mulher desequilibrada, assim, abandonando seu filho nas mãos de uma vendedora de rua. Sua exibição foi cancelada após 3 capítulos, sem muitas explicações.

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena
Adaptação: Alberto Gómez e Amparo Montalva
Produção Executiva: Luís Francisco Peraza e Carmen Cecilia Urbaneja
País de Origem: Venezuela
Emissora Original: RCTV
Exibição no Brasil: 1990, às 19h00
Tema de abertura: Selva – Elisa Rego
Reprises: Não teve

Desencontros: O Duende Azul (El Duende Azul) – Band, 1990

Desencontros

Protagonizada por Lucía Galán Cuervo, Joaquin Roberto Glán Cuervo, Mario Pasik, Carlos Estrada, conta a história de Lúcia e Joaquim, dois irmãos, que durante um passeio de barco com a mãe, sofrem um acidente e são separados. A única coisa que lhes restou em comum foi um colar deixado por sua mãe, com um duende azul, que sua mãe entregou antes da tragédia.

Ficha Técnica:

História Original: Gerardo Vietri
Adaptação: Gerardo Vietri
Produção Executiva: ?
País de Origem: Argentina
Emissora Original: Canal 9
Exibição no Brasil: 1990, em 90 capítulos
Tema de abertura: El duende azul – Pimpinela
Reprises: Não teve

Carrossel (Carrusel) – SBT, 1991

Carrossel

Protagonizada por Gabriela Rivero, o folhetim conta a história de Helena, a nova professora do terceiro ano da Escola Mundial. Inicialmente, ela é recebida com muita indiferença por todos a seu redor, mas com o tempo, ela passa a conquistar a todos seus alunos, os ajudando a resolver seus problemas e a ensinar as coisas boas da vida.

Ficha Técnica:

História Original: Abel Santa Cruz
Adaptação: Lei Quintana e Valeria Philips
Produção Executiva: Valentín Pimstein
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 20/05/1991 à 21/04/1992, às 20h30
Tema de abertura: Carro-Céu – Super Feliz
Reprises: 1993, 1995 e 1996

Quinze Anos (Quinceañera) – SBT, 1991

Quinze Anos

Protagonizada por Adela Noriega e Thalia, a novela conta a história das amigas Marilu e Beatriz, duas jovens de classes sociais diferentes, prestes a completarem quinze anos de idade. Enquanto sonham com suas festas de debutantes, as jovens enfrentam novas experiências como o primeiro amor, drogas, abuso sexual e etc.

Ficha Técnica:

História Original: Jorge Durán Chavez
Adaptação: René Muñoz e Edmundo Báez
Produção Executiva: Carla Estrada
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 01/10/1991 à 02/12/1991, às 20h40 em 54 capítulos
Tema de abertura: Quinze Anos – Dalva
Reprises: Não teve

Simplesmente Maria (Simplemente María) – SBT, 1991

Simplesmente Maria

Protagonizada por Victoria Ruffo e Manuel Saval, conta a história de Maria, uma índia que muda-se para a cidade grande atrás de novas oportunidades. Ela consegue um emprego de empregada doméstica na mansão Del Villar, e lá, envolve-se com João Carlos Del Villar, um playboy inconsequente que a abandona grávida, além de sofrer com as constantes humilhações e perseguições de Lorena Del Villar, irmã de João Carlos que é obcecada pelo rapaz. Após todas as dificuldades enfrentadas, Maria se converte em uma renomada estilista de moda.

Ficha Técnica:

História Original: Celia Alcántara
Adaptação: Carlos Romero, Gabriela Ortigoza e Kary Fajer
Produção Executiva: Valentín Pimstein
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 09/09/1991 à 09/03/1992, às 21h15 em 150 capítulos
Tema de abertura: Simplemente María – José Antonio “Potro” Farias
Reprises: Não teve

Rosa Selvagem (Rosa Salvaje) – SBT, 1991

Rosa Selvagem

Protagonizada por Verónica Castro e Guillermo Capetillo, a novela conta a história de Rosa Garcia, uma jovem humilde que vive suja e se comporta feito um moleque, agredindo e xingando quem cruze seu caminho. Um dia, ao invadir a mansão Linhares para roubar frutas, Dulcina decide entregar a jovem as autoridades, porém, Ricardo, seu irmão mais novo, a impede, e assim, nasce uma verdadeira paixão entre ambos.

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena e Abel Santa Cruz
Adaptação: Carlos Romero
Produção Executiva: Valentín Pimstein
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 20/05/1991 à 28/09/1991, às 21h00 em 114 capítulos
Tema de abertura: Tempos Modernos – Sylvia Patricia
Reprises: 1993

Ambição (Cuna de Lobos) – SBT, 1991

Ambição

Protagonizada por María Rubio, Diana Bracho e Gonzalo Vega, conta a história de Catarina Creel, uma mulher que finge não ter um de seus olhos, e por isso, o cobre com um tapa-olho, e quem cruzar seu caminho ou descobrir seu segredo, ela é capaz de coisas terríveis. Catarina será capaz de qualquer coisa para tomar posse da herança de seu falecido marido, até mesmo, matar cruelmente cada um que desejar ser seu obstáculo.

Ficha Técnica:

História Original: Carlos Olmos
Adaptação: Carlos Olmos
Produção Executiva: Carlos Téllez
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 09/12/1991 à 23/03/1992, às 21h00 em 96 capítulos
Tema de abertura: Ambição – Arthur Resende
Reprises: 1992

A Mulher Proibida (La Mujer Prohibida) – Rede Mulher, 1991

A Mulher Proibida

Protagonizada por Mayra Alejandra, Andrés García, Fernando Carrillo e Tatiana Capote, conta a história de Irene Rivas, uma jovem muda de 26 anos, que para salvar o pai da prisão, se vê obrigada a casar-se com Germano Gallardo, um homem poderoso, autoritário e arrogante, totalmente diferente de seu grande amor, Carlos Luis.

Ficha Técnica:

História Original: Manuel Muñoz Rico
Adaptação: Alberto Gómez
Produção Executiva: Arquímides Rivero
País de Origem: Venezuela
Emissora Original: Venevisión
Exibição no Brasil: 1991
Tema de abertura: La mujer prohibida – Guillermo Dávila
Reprises: 1998

A Estranha Dama (La Extraña Dama) – SBT, 1992

A Estranha Dama

Protagonizada por Luiza Kuliok e Jorge Martinez, conta a história de Gina, uma moça que acaba indo para um convento após ser abandonada grávida e sem nenhum amparo. Dezessete anos depois, Gina regressa ao convento sob uma nova identidade: Irmã Piedade. Mas Gina esconde de todos uma vida dupla, pois todas as noites, Gina sai escondida, vestida com trajes elegantes, uma verdadeira estranha dama. Em um desses encontros, Gina reencontra Marcelo, o homem que a engravidou, porém, este não a reconhece.

Ficha Técnica:

História Original: Lucy Gallardo
Adaptação: Alma Bressan, Maria Jose Campoamor e Maria Cerretani
Produção Executiva: Omar Romay
País de Origem: Argentina
Emissora Original: Canal 9
Exibição no Brasil: 11/03/1992 à 30/07/1992, às 21h30 em 123 capítulos
Tema de abertura: A estranha dama – Claudia
Reprises: 1992

A Fera (La Fiera) – SBT, 1992

A Fera

Protagonizada por Victoria Ruffo e Guillermo Capetillo, a novela conta a história de Natalie, uma jovem suja e selvagem que mantém uma amizade com Victor desde criança, um menino rico, filho de pais aristocratas que não fazem gosto de sua amizade com a jovem. Agora adultos, Natalie e Victor acabam transformando sua amizade de infância em amor, e com isso, os dois terão que tentar ser felizes mesmo com a interferência da mãe e da noiva do rapaz. Trata-se de uma das versões anteriores de La Gata, folhetim que estreará no SBT amanhã.

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena
Adaptação: Luis Reyes de la Maza
Produção Executiva: Valentín Pimstein
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 04/08/1992 à 02/11/1992, às 21h15 em 120 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

Vovô e Eu (El Abuelo y Yo) – SBT, 1992

Vovô e Eu

Protagonizada por Ludwika Paleta e Gael Garcia Bernal, o folhetim conta a história de Alessandra e Daniel, uma menina rica e um menino pobre, que mesmo com as diferenças sociais, vivem grandes aventuras ao lado de Joaquim, um senhor de idade, que os ensina o valor de uma amizade verdadeira.

Ficha Técnica:

História Original: Lorena Salazar e Eduardo Quiroga
Adaptação: Lorena Salazar e Eduardo Quiroga
Produção Executiva: Pedro Damián
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 22/04/1992 à 03/08/1992, às 20h30 em 85 capítulos
Tema de abertura: Vovô e eu – Kelly
Reprises: 1996

Alcançar Uma Estrela (Alcanzar Una Estrella) – SBT, 1992

Alcançar Uma Estrela

Protagonizada por Mariana Garza e Eduardo Capetillo, a novela conta a história de Lorena, uma moça feia e tímida, completamente apaixonada por Eduardo Casablanca, um famoso cantor de rock, chegando a inventar para suas poucas amigas uma relação com o cantor. No final, Lorena transforma-se completamente, virando uma linda jovem, vocalista de uma banda e ficando junto com Eduardo.

Ficha Técnica:

História Original: Jesús Calzada
Adaptação: Jesús Calzada
Produção Executiva: Luis del Llano Macedo
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 24/03/1992 à 04/06/1992, às 21h00 em 63 capítulos
Tema de abertura: Quiero estar contigo – Eduardo Capetillo
Reprises: Não teve

Alcançar Uma Estrela II (Alcanzar Una Estrella II) – SBT, 1992

Alcançar Uma Estrela II

Trata-se de uma segunda temporada de Alcançar Uma Estrela, mas dessa vez, protagonizada por Sasha Sokol e Ricky Martin. A novela começa quando Eduardo busca novos integrantes para sua banda, e em cima da hora, Lorena reaparece e ele decide sair em turnê com a namorada. Com isso, Jessica, Pablo, Marimar, Jorge, Silvana e Miguel Angel como novos integrantes da banda, tem a missão de conseguir o sucesso desejado sem a presença de Eduardo.

Ficha Técnica:

História Original: Carlos Enrique Aguilar e Carlos Diez
Adaptação: Carlos Enrique Aguilar e Carlos Diez
Produção Executiva: Luis del Llano Macedo
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 05/06/1992 à 03/08/1992, às 21h20 em 50 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

Topázio (Topacio) – SBT, 1992

Topázio

Protagonizada por Grecia Colmenares e Victor Cámara, a novela conta a história de dois bebês trocados em uma noite de tempestade. Um deles é Topázio, uma menina que ao nascer, foi dada como morta, mas na verdade, ela não abria seus olhos por ser cega, e o outro é Jorge Luis, filho de um casal de empregados que acabaram morrendo. Jorge Luis acaba sendo criado pela família Sandoval sem que nenhum deles soubesse toda a verdade, já Topázio, acaba crescendo sob os cuidados de uma parteira, tendo como pista de toda a verdade dois brincos de topázio. Trata-se de uma das versões de Esmeralda, e devido ao enorme fenômeno de audiência e repercussão, concorreu ao Troféu Imprensa ao lado de De Corpo e Alma e Pedra Sobre Pedra.

Ficha Técnica:

História Original: Delia Fiallo
Adaptação: Ana Mercedes Escámez, Milagros del Valle e Benilde Avila
Produção Executiva: Jorge Ghenardi e Omar Pin
País de Origem: Venezuela
Emissora Original: RCTV
Exibição no Brasil: 14/07/1992 à 01/03/1993, às 22h00 em 181 capítulos
Tema de abertura: Só porque eu te quero – Ângelo
Reprises: Não teve

Eu Compro Essa Mulher (Yo Compro Esa Mujer) – SBT, 1992

Eu Compro Essa Mulher

Protagonizada por Leticia Calderón e Eduardo Yañez, a novela se trata de um remake da novela de mesmo nome exibida nos anos 60 pela Rede Globo. A novela conta a história de Alexandre, um jovem decidido a se vingar da família Montes de Oca após a suposta morte de sua mãe, e com isso, se apaixona por Ana Cristina, mas seu plano acaba sendo deixado de lado após a paixão que nasce entre os dois jovens.

Ficha Técnica:

História Original: Glória Magadan e Olga Ruilópez
Adaptação: Liliana Abud
Produção Executiva: Ernesto Alonso
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 03/11/1992 à 12/04/1993, às 21h20 em 110 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

Valéria e Maximiliano (Valeria y Maximiliano) – Rede Manchete, 1992

Valéria e Maximiliano

Protagonizada por Leticia Calderón e Juan Ferrara, a novela conta a história de Valéria, uma jovem rica e calculista, que tem todos seus caprichos realizados por todos à sua volta. Ao conhecer Maximiliano, os dois iniciam uma verdadeira guerra de amor e ódio, já que Maximiliano não se sujeita aos caprichos da jovem e está decidido a domá-la. Trata-se da primeira versão de Feridas de Amor, e teve sua exibição cancelada na Rede Manchete.

Ficha Técnica:

História Original: Nora Alemán
Adaptação: Nora Alemán
Produção Executiva: Carlos Sotomayor
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 1992, em 100 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

A Árvore Azul (El Arból Azul) – Rede OM/Gazeta – 1992

A Árvore Azul

Protagonizada por Mónica Gonzaga, Antonio Caride, Carlos Muñoz e Francisco Nápoli, segue a linha de novela infantil e mostra um grupo de crianças de classe média de várias raças e religiões, moradores do mesmo bairro, entrelaçando suas vidas através de experiências na escola e no bairro.

Ficha Técnica:

História Original: Elio Erami, Leonardo Bechini, Ivonne Fournery e Óscar Tabernise
Adaptação: Elio Erami, Leonardo Bechini, Ivonne Fournery e Óscar Tabernise
Produção Executiva: Alejandro Sessa
País de Origem: Argentina
Emissora Original: El Trece
Exibição no Brasil: 30/03/1992 à 08/05/1993, às 18h00
Tema de abertura: El milagro de la vida – Xuxa Meneghel
Reprises: Não teve

O Regresso da Estranha Dama (Soy Gina) – Rede OM/Gazeta – 1992

O Regresso da Estranha Dama

Protagonizada por Luisa Kuliok e Jorge Martínez, com Maria Rosa Gallo e Ana María Campoy, é continuação de “A Estranha Dama” e conta que depois de superar todos os obstáculos e estrem juntos, a felicidade de Gina e Marcelo pode estra longe, principalmente a partir do momento em que Gina sofre uma crise de ética.

Ficha Técnica:

História Original: Lucy Gallardo
Adaptação: Maria Cerretani, Enrique Sdrech e Daniel Delbene
Produção Executiva: Martín Clutet
País de Origem: Argentina/Itália
Emissora Original: Canal 9
Exibição no Brasil: 03/08/1992 à 06/11/1992, às 20h45/21h10
Tema de abertura: La fuerza del amor – Julia Zenko
Reprises: Não teve

O Magnata (El Magnate) – Rede OM/Gazeta

O Magnata

Escrita pelo autor brasileiro Manoel Carlos em uma breve passagem pela Telemundo, O Magnata foi protagonizada por Ruddy Rodríguez, Andrés Garcia e Salvador Pineda, a história gira em torno de um triângulo amoroso formado por Rodrigo Valverde e Gonzalo Santillán, que lutam para conquistar o amor de Teresa. Rodrigo, sedento de poder, se dispõe a casar com uma velha inválida a troco de chegar a ficar rico. Enquanto isso, Gonzalo chega à vida de Teresa, uma mulher bonita e ambiciosa, atriz de cinema conhecida como María Fernández, que é incitada por seu agente a pedir a Rodrigo, o “Magnata”, que financie um filme seu. Mas ela acaba se apaixonando e ele já é comprometido com uma mulher mimada e arrogante. “O Magnata” é uma história onde o poder, a ambição e o ódio travam obstáculos dos quais Teresa terá que vencer para alcançar a verdadeira felicidade.

Ficha Técnica:

História Original: Manoel Carlos
Adaptação: Manoel Carlos
Produção Executiva: José Enrique Crousillat
País de Origem: Estados Unidos
Emissora Original: Telemundo
Exibição no Brasil: 11/05/1992 à 06/11/1992, às 20h45/17h00
Tema de abertura: Tengo todo excepto a ti – Luis Miguel
Reprises: Não teve

Amor em Silêncio (Amor en Silencio) – SBT, 1993

Amor em Silêncio

Protagonizada por Erika Buenfil, Arturo Peniche e Omar Fierro, o folhetim conta a história de Marcela e Fernando, um jovem casal atormentado por seu pai, sua irmã, Paola e pela irmã do rapaz, Mercedes, a quem é obcecada pelo irmão. No dia do casamento de Marcela e Fernando, Mercedes assassina o casal a tiros, que deixam órfãos Ana e Ângelo, este último, adotado pelo casal. Já adultos, Ana e Ângelo acabam se apaixonando um pelo outro, apesar do rapaz não poder falar, mas terão que enfrentar em seu caminho Mercedes, obcecada por Ana, já que a jovem é idêntica a sua mãe.

Ficha Técnica:

História Original: Eric Vonn e Liliana Abud
Adaptação: Eric Vonn e Liliana Abud
Produção Executiva: Carla Estrada
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 01/06/1993 à 09/08/1993, às 21h00
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

Marielena – SBT, 1993

Marielena

Protagonizada por Lucía Méndez e Eduardo Yañez, a novela conta a história de Marielena, uma jovem que busca um emprego para sustentar sua mãe doente e seus irmãos. Em um certo dia, ela vai atrás de um emprego no escritório de Luis Felipe, um rico e jovem publicitário que havia atropelado Marielena certa vez. A partir daí, eles iniciarão uma envolvente e impossível paixão, tendo que enfrentar o ciúme possessivo de Cláudia, esposa do rapaz, vários anos mais velha que ele.

Ficha Técnica:

História Original: Delia Fiallo
Adaptação: Tabaré Pérez e Isamar Hernández
Produção Executiva: José Enrique Crousillat
País de Origem: Estados Unidos
Emissora Original: Telemundo
Exibição no Brasil: 01/06/1993 à 01/01/1994, às 21h45 em 192 capítulos
Tema de abertura: Se acabou – Perla
Reprises: Não teve

Eu Não Acredito nos Homens (Yo no Creo em los Hombres) – SBT, 1993

Eu Não Acredito nos Homens

Protagonizada por Gabriela Roel e Alfredo Adame, conta a história de Maria Dolores, uma jovem enfermeira que acaba sofrendo diferentes dramas em seu dia a dia. Ao conhecer Arturo, um rico playboy, ela acaba se apaixonando, porém ele não quer mais do que se divertir com Maria Dolores. Ao tentar estuprá-la, Maria Dolores se defende lhe matando, e com isso, acaba indo parar na prisão, sofrendo constantes agressões e perseguições, jurando não acreditar mais em nenhum homem, até o dia em que conhece Gustavo, o advogado que fica responsável por sua defesa, e que com o tempo, se apaixona por Maria Dolores.

Ficha Técnica:

História Original: Caridad Bravo Adams
Adaptação: Marcia del Río
Produção Executiva: Lucy Orozco
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 02/03/1993 à 31/05/1993, às 20h05 em 68 capítulos
Tema de abertura: Eu não acredito nos homens – Ângela
Reprises: Não teve

Garotas Bonitas (Muchachitas) – SBT, 1993

Muchachitas

Protagonizada por Kate del Castillo, Tiaré Scanda, Emma Laura, Cecilia Tijerina, e logo mais tarde, contando com Yolanda Ventura, Itati Cantoral, Lorena Herrera e Tere Salinas como protagonistas. A novela conta a história de quatro jovens de classes sociais diferentes, que viram amigas e sonham em ser famosas, porém, no meio de todas essas alegrias, elas terão que lutar contra Frederico Cantú, um maníaco obcecado por jovens adolescentes, capaz de qualquer coisa para tirar seus inimigos do caminho.

Ficha Técnica:

História Original: Emilio Larrosa
Adaptação: Verónica Suárez e Alejandro Pohlenz
Produção Executiva: Emilio Larrosa
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 02/03/1993 à 31/05/1993, às 18h30 em 68 capítulos
Tema de abertura: Amiga – Eliana
Reprises: Não teve

Paixão e Poder (Pasión y Poder) – SBT, 1993

Paixão e Poder

Protagonizada por Diana Bracho, Carlos Bracho e Enrique Rocha, conta a história de Artur e Olavo, inimigos mortais nos negócios e no amor. No passado, Artur foi namorado de Ana Cristina, porém ela acabou se casando com Olavo, condenada a viver uma vida infeliz e de maus tratos na mão do marido, Já Artur se casou com a aristocrata Nina, uma mulher fria, que não se importa com mais nada do que seja o luxo e o dinheiro. A vida destes dois casais voltará a se cruzar quando seus filhos começarem a se envolver e se apaixonar, tendo que enfrentar o ódio mortal que Artur e Olavo sentem um pelo outro.

Ficha Técnica:

História Original: Carmen Ochoa, Alejandro Orive e Carlos Daniel González
Adaptação: Marissa Garrido
Produção Executiva: Carlos Sotomayor
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 13/04/1993 à 31/05/1993, às 21h50 em 35 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

Manuela – Rede OM/Gazeta

Manuela

Remake de A Sucessora escrito pelo próprio Manoel Carlos, foi protagonizado por Grecia Colmenares e Jorge Martínez, mas desta vez com uma alteração: a vilã da vez era uma irmã gêmea da protagonista. O folhetim contava a história de Manuela e Isabel, duas irmãs separadas ao nascer que acabam disputando o amor de Fernando, um homem atormentado pela suposta morte de Isabel, sua esposa até então. Após casar-se com Manuela, Isabela regressa, completamente desfigurada e disposta a tomar o marido de sua irmã. Teve sua exibição cancelada perto do fim, após suas fitas dubladas serem perdidas em um incêndio.

Ficha Técnica:

História Original: Manoel Carlos
Adaptação: Manoel Carlos
Produção Executiva: Rodolfo Hoppe
País de Origem: Argentina/Itália
Emissora Original: El Trece
Exibição no Brasil: 24/05/1993 à 17/12/1993, às 18h30/18h00
Tema de abertura: Manuela – Julio Iglesias
Reprises: Não teve

Guadalupe – Rede OM/Gazeta, 1993

Guadalupe

Protagonizada por Adela Noriega e Eduardo Yañez, conta a história de Guadalupe, uma jovem enfermeira manca que descobre ser herdeira de uma enorme fortuna e passa a residir na mansão da família de seu verdadeiro pai. Paralelo a isso, Alfredo, um jovem advogado, resolve se aproximar da família Zambrano, disposto a se vingar de um atentado planejado por Luísa, tia de Guadalupe. Ao se aproximar da família, ele acaba se apaixonando por Guadalupe, e juntos, terão que enfrentar as maldades da terrível tia da jovem. Junto com Manuela, teve sua exibição cancelada após as fitas de sua dublagem serem perdidas em um incêndio.

Ficha Técnica:

História Original: Delia Fiallo
Adaptação: Tabaré Pérez e Isamar Hernández
Produção Executiva: José Enrique Crousillat
País de Origem: Estados Unidos
Emissora Original: Telemundo
Exibição no Brasil: 24/05/1993 à 17/12/1993, às 19h30/19h15
Tema de abertura: Guadalupe – Chitãozinho e Xororó
Reprises: 1996

Por Amar-Te Tanto (Por Amarte Tanto) – Rede Mulher, 1993

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Protagonizada por Viviana Gibelli e Jean Carlos Simancas, conta a história de Laura Velázquez, uma moça tímida, filha do multi-milionário Gregório Velázquez e sonha com o verdadeiro amor. Na empresa de seu pai trabalha Luís Artur, que cansado do trabalho, decide dar um golpe se casando com Laura, apenas por dinheiro. O que ele não esperava é que Laura fosse fazer com que ele se apaixonasse por ela.

Ficha Técnica:

História Original: Vivel Nouel
Adaptação: Vivel Nouel
Produção Executiva: Sandra Rioobo e Orlando Rosas
País de Origem: Venezuela
Emissora Original: Venevisión
Exibição no Brasil: 1993
Tema de abertura: Por amarte tanto – Guillermo Dávila
Reprises: Não teve

A Revanche (La Revancha) – Record, 1994

A Revanche

Protagonizada por Rosalinda Serfaty e Jean Carlos Simancas, conta a história de duas irmãs chamadas Mariana e Martha que são separadas quando crianças. Fernando Maldonado é um homem ambicioso que assume as terras vizinhas de Leonidas Torrealba e mata o dono da propriedade. Do outro lado da história encontra-se Mariana, a filha de Leonidas, sob o nome de adoção de Isamar Medina, que desconhece sua origem e se apaixona por Alejandro Maldonado. O amor é destruído quando ela descobre que ele é um Maldonado. Eis que reaparece Martha, a irmã de Isamar/Mariana, uma bela mulher que quer reencontrar a irmã vinte anos e depois e acertar as contas com os responsáveis pela morte de Leonidas. Elas vão disputar o amor de Alejandro, mas acabarão se unindo para vingar a morte do pai.

Ficha Técnica:

História Original: Mariela Romero
Adaptação: Mariela Romero
Produção Executiva: Militza Barrios
País de Origem: Venezuela
Emissora Original: Venevisión
Exibição no Brasil: 20/03/1994 à 15/12/1994, às 20h30/21h00
Tema de abertura: Tesoro mío – Guillermo Dávila e Kiara
Reprises: Não teve

Além do Horizonte (Milagros – Más Allá del Horizonte) – Rede Manchete, 1995

Além do Horizonte

Protagonizada por Grecia Colmenares e Osvaldo Laport, conta a história que se passa no século 19, onde o casal Milagres e Catriel, duas pessoas de origem e classes sociais diferentes, terão de enfrentar o passado, encontros e desencontros e lutar pelo amor verdadeiro que sentem um pelo outro.

Ficha Técnica:

História Original: Guillermo Glanc, Juan Marin e María Victoria Menis
Adaptação: Guillermo Glanc, Juan Marin e María Victoria Menis
Produção Executiva: Omar Romay
País de Origem: Argentina
Emissora Original: Canal 9
Exibição no Brasil: 19/06/1995 à 29/12/1995, às 18h30/18h50/19h00
Tema de abertura: Além do Horizonte – Premicê e Claudia Telles
Reprises: Não teve

Carrossel das Américas (Carrusel de las Américas) – SBT, 1996

Carrossel das Américas

Trata-se de um remake de Carrossel, que havia sido gravada anos antes, e ao mesmo tempo, um crossover de La Pícara Soñadora, ambas obras de Abel Santa Cruz, mescladas com o intuito de comemorar os 500 anos da América. Também protagonizada por Gabriela Rivero no papel da marcante Professora Helena, a história fala sobre a nova turma de alunos da professora, um pouco semelhante com a turma da versão anterior, e nessa versão, Julinho Rochild, personagem de La Pícara Soñadora. Mas acabou não obtendo o mesmo êxito da versão anterior, passando em branco na faixa do meio-dia.

Ficha Técnica:

História Original: Abel Santa Cruz
Adaptação: Carlos Romero e Jorge Núñez
Produção Executiva: Valentín Pimstein
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 26/02/1996 à 28/06/1996, às 12h00 em 95 capítulos
Tema de abertura: Carrusel de las Américas – Elenco Infantil
Reprises: Não teve

Maria Mercedes (María Mercedes) – SBT, 1996

Maria Mercedes

Protagonizada por Thalia e Arturo Peniche, se trata da primeira telenovela da famosa “Trilogia de las Marías”, onde Thalia ficou conhecida no mundo das telenovelas. A novela conta a história de Maria Mercedes, uma jovem que vive da venda de flores e bilhetes de loteria, para sustentar seus irmãos mais novos e seu pai, um alcoólatra desempregado. Ao conhecer Santiago, um milionário prestes a morrer, ela aceita se casar e herdar toda a fortuna, despertando o ódio em Malvina, cunhada de Santiago. Disposta a tomar a fortuna, ela arma um casamento entre Maria e Jorge Luís, seu filho que acabara de ficar viúvo, mas o que a megera não contava, era que Jorge Luís se apaixonaria pela jovem.

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena
Adaptação: Carlos Romero
Produção Executiva: Valentín Pimstein
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 12/08/1996 à 20/11/1996, às 19h40 em 68 capítulos
Tema de abertura: Maria Mercedes – Priscila Amorim
Reprises: 1997, 2012

Marimar – SBT, 1996

Marimar

Protagonizada por Thalia e Eduardo Capetillo, é a segunda história da “Trilogia de las Marías”. Conta a história de Maria do Mar Pérez, mais conhecida como Marimar, uma jovem que vive numa choupana à beira mar com seus avós e sempre está acompanhada de seu cachorrinho Pulguento. Ela conhece Sérgio Santibañez, um jovem aviador que se torna seu protetor, e a partir daí, ela se apaixona pelo rapaz. Decidido a sair de casa com sua fortuna, Sérgio se casa com Marimar para atormentar Renato, seu pai, e Angélica, sua madrasta que nutre uma paixão secreta pelo enteado.

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena
Adaptação: Carlos Romero
Produção Executiva: Verónica Pimstein
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 22/11/1996 à 18/02/1997, às 19h45/20h00 em 71 capítulos
Tema de abertura: Marimar – Thalia
Reprises: 1998, 2004, 2011 e 2013

Maria do Bairro (María la del Barrio) – SBT, 1997

Maria do Bairro

É a última novela da Trilogia, e também, a mais famosa e de mais êxito. Protagonizada por Thalia e Fernando Colunga, conta a história de Maria, chamada por todos de Maria do Bairro, uma adolescente que vive em um lixão, sobrevivendo da coleta de lixo. Ao perder sua madrinha, ela é acolhida na mansão dos De La Veja, e imediatamente, desperta o amor nos irmãos Luis Fernando e Vladmir, e ao mesmo tempo, o ódio mortal em Soraya, prima de Luis Fernando e sua prometida. Luis Fernando é um playboy rico e inconsequente, um alcoólatra viciado em jogos. Ao conhecer Maria, ao principio, sente desprezo pelo jeito desajeitado da jovem, mas com o tempo, o amor sincero da jovem o faz mudar, e assim, se casam, mas mesmo após anos de casados, terão que enfrentar as consequências do destino, além de ter que enfrentar obstáculos como Soraya, que havia forjado sua morte, e Penélope, antiga empregada da mansão. É a novela mais reprisada não só do SBT como do Brasil.

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena
Adaptação: Carlos Romero e Alberto Gómez
Produção Executiva: Angelli Nesma Medina
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 19/02/1997 à 26/06/1997, às 19h45 em 157 capítulos
Tema de abertura: María la del Barrio – Thalia
Reprises: 1997, 2004, 2007, 2011, 2013 e 2015

Na Própria Carne (En Carne Propia) – SBT, 1997

Na Própria Carne

Protagonizada por Edith González e Eduardo Yañez, conta a história de Estephanie Muriel, uma jovem cega que quando ainda criança, foi raptada pelo próprio pai, Otávio Muriel, um homem cruel que possui uma mão robotizada no lugar de uma de suas mãos. Magdalena, sua esposa e mãe de Estephanie, descobre o paradeiro de sua filha e contata Leonardo, um detetive, para que lhe ajude a resgatar sua filha, porém, é assassinada por Otávio antes que descubra toda a verdade. Além de resgatar Estephanie, Leonardo terá que investigar todos os assassinatos misteriosos que surgem ao longo da trama, todos cometidos por Otávio. Sua exibição no SBT foi apenas aos sábados, em 8 capítulos de 4 horas.

Ficha Técnica:

História Original: Carlos Olmos
Adaptação: Carlos Olmos
Produção Executiva: Carlos Téllez
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 15/03/1997 à 03/05/1997, das 15h30 às 18h30 em 8 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

Império de Cristal (Imperio de Cristal) – CNT/Gazeta, 1997

Império de Cristal

Protagonizada por Rebecca Jones e Alejandro Camacho, conta a história de Sofia, uma jovem que vê sua vida mudar ao conhecer César Lombardo, um rico empresário que no passado, foi namorado de sua mãe, e ao conhecer este fato, decide proteger Sofia com unhas e dentes. Livia, sua esposa, ao descobrir o fato de Sofia ser filha de Helena, mulher a qual ela assassinou para ficar com César, resolve atormentar a vida de Sofia, pois a enxerga como uma verdadeira intrusa na vida de sua família.

Ficha Técnica:

História Original: Rebecca Jones e Alejandro Camacho
Adaptação: Orlando Merino e Jaime García Estrada
Produção Executiva: Carlos Sotomayor
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 17/02/1997 à 11/07/1997, às 22h30 em 126 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

A Força de Uma Mulher (Bajo um Mismo Rostro) – CNT/Gazeta, 1997

A Força de Uma Mulher

Protagonizada por Christian Bach, Alfredo Adame e Saúl Lizaso, conta a história de Irene, uma mulher ressentida que resolve viajar para a Grécia, com o intuito de esquecer todas as mágoas que habitam em seu coração. Nesta viagem, ela conhece Alexis, um empresário que se apaixona perdidamente por Irene. Os dois resolvem se sacar, porém, terão que enfrentar as maldades de Carlos, o administrador de Irene.

Ficha Técnica:

História Original: Jorge Lozano Soriano
Adaptação: Jorge Lozano Soriano e Lila Yolanda Andrade
Produção Executiva: Christian Bach e Humberto Zurita
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 02/06/1997 à 29/08/1997, às 21h30 em 78 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

Canavial de Paixões (Cañaveral de Pasiones) – CNT/Gazeta, 1997

Canavial de Paixões

Protagonizada por Daniela Castro e Juan Soler, a novela conta a história de Julia e Pablo, dois amigos de infância que acabam sendo separados após uma terrível intriga de Dinorah, tia de Julia, que acaba envolvendo sua mãe, que falece em um acidente de carro com o pai de Pablo. Anos mais tarde, Pablo regressa a sua cidade natal, e ao reencontrar Julia, uma paixão surge entre os dois jovens, que terão que enfrentar as intrigas dos habitantes do povoado, de Josefina, mãe de Pablo, e principalmente de Dinorah, que está disposta a tudo para tirar a sobrinha de seu caminho. Parte de sua exibição foi legendada, pois na época houve uma greve de dubladores por melhorias em seus salários.

Ficha Técnica:

História Original: Caridad Bravo Adams
Adaptação: Cuauhtémoc Blanco e María del Carmen Peña
Produção Executiva: Christian Bach e Humberto Zurita
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 28/07/1997 à 05/12/1997, às 20h00/20h50 em 114 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

Prisioneira do Amor (Prisionera de Amor) – CNT/Gazeta, 1997

Prisioneira do Amor

Protagonizada por Maribel Guardia e Saúl Lisazo, conta a história de Cristina, uma mulher presa injustamente por conta do assassinato de seu marido. Ao sair da prisão, Cristina tenta reconquistar o amor de suas filhas, que foram criadas por seus tios e enganadas com a história de que tudo não passava de verdade.

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena
Adaptação: Carlos Romero e Dolores Ortega
Produção Executiva: Pedro Damián
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 17/02/1997 à 30/05/1997, às 19h30 em 90 capítulos
Tema de abertura: Prisionera de amor – Rocío Branquells
Reprises: Não teve

Coração Selvagem (Corazón Salvaje) – CNT/Gazeta

Coração Selvagem

Protagonizada por Edith González e Eduardo Palomo, conta a história de duas jovens condessas, Mônica de Altamira e Aimée de Altamira, de personalidades completamente diferentes. Ambas jovens acabam se apaixonando pelo pirata João Alcázar, mais conhecido como João do Diabo.

Ficha Técnica:

História Original: Caridad Bravo Adams
Adaptação: María Zarattini
Produção Executiva: José Rendon
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 17/02/1997 à 30/05/1997, às 19h30 em 90 capítulos
Tema de abertura: Corazón salvaje – Manuel Mijares
Reprises: 1997 (Duas reprises)

Alcançar Uma Estrela (Alcanzar Una Estrella) – CNT/Gazeta, 1997

Alcançar Uma Estrela

Exibida anteriormente pelo SBT, o folhetim ganhou uma nova exibição na CNT devido ao contrato obtido com a Televisa. Protagonizada por Mariana Garza e Eduardo Capetillo, a novela conta a história de Lorena, uma moça feia e tímida, completamente apaixonada por Eduardo Casablanca, um famoso cantor de rock, chegando a inventar para suas poucas amigas uma relação com o cantor. No final, Lorena transforma-se completamente, virando uma linda jovem, vocalista de uma banda e ficando junto com Eduardo.

Ficha Técnica:

História Original: Jesús Calzada
Adaptação: Jesús Calzada
Produção Executiva: Luis del Llano Macedo
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 17/02/1997 à 30/05/1992, às 17h00 em 90 capítulos
Tema de abertura: Quiero estar contigo – Eduardo Capetillo
Reprises: Não teve

Simplesmente Maria (Simplemente María) – CNT/Gazeta, 1997

Simplesmente Maria

Exibida anteriormente pelo SBT, o folhetim ganhou uma nova exibição na CNT devido ao contrato obtido com a Televisa. Protagonizada por Victoria Ruffo e Manuel Saval, conta a história de Maria, uma índia que muda-se para a cidade grande atrás de novas oportunidades. Ela consegue um emprego de empregada doméstica na mansão Del Villar, e lá, envolve-se com João Carlos Del Villar, um playboy inconsequente que a abandona grávida, além de sofrer com as constantes humilhações e perseguições de Lorena Del Villar, irmã de João Carlos que é obcecada pelo rapaz. Após todas as dificuldades enfrentadas, Maria se converte em uma renomada estilista de moda.

Ficha Técnica:

História Original: Celia Alcántara
Adaptação: Carlos Romero, Gabriela Ortigoza e Kary Fajer
Produção Executiva: Valentín Pimstein
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 17/02/1997 à 25/07/1997, às 21h15 em 138 capítulos
Tema de abertura: Simplemente María – José Antonio “Potro” Farias
Reprises: Não teve

Chispita – CNT/Gazeta, 1997

Chispita

Exibida anteriormente pelo SBT, o folhetim ganhou uma nova exibição na CNT devido ao contrato obtido com a Televisa. Protagonizada por Lucero, Angélica Aragón e Enrique Lizalde, o folhetim conta a história de Maria Luisa, uma mulher que após sofrer um acidente de carro com seu marido, ela perde completamente a memória. E com isso, Isabel, sua filha a qual Maria Luisa não tem nenhuma recordação, é mandada para um orfanato. Foi a última exibição do folhetim no Brasil

Ficha Técnica:

História Original: Abel Santa Cruz
Adaptação: Lucía Carmem
Produção Executiva: Valentín Pimstein
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 02/06/1997 à 31/10/1997, às 17h00/08h00 em 117 capítulos
Tema de abertura: Chispita – Timbiriche
Reprises: Não teve

Meus Quinze Anos (Quinceañera) – CNT/Gazeta, 1997

Quinze Anos

Exibida anteriormente pelo SBT, o folhetim ganhou uma nova exibição na CNT devido ao contrato obtido com a Televisa, e também obteve uma abertura enfatizando Thalia, devido ao sucesso da Trilogia das Marias no SBT. Protagonizada por Adela Noriega e Thalia, a novela conta a história das amigas Marilu e Beatriz, duas jovens de classes sociais diferentes, prestes a completarem quinze anos de idade. Enquanto sonham com suas festas de debutantes, as jovens enfrentam novas experiências como o primeiro amor, drogas, abuso sexual e etc.

Ficha Técnica:

História Original: Jorge Durán Chavez
Adaptação: René Muñoz e Edmundo Báez
Produção Executiva: Carla Estrada
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 08/09/1997 à 07/11/1997, às 20h00 em 54 capítulos
Tema de abertura: Gracías a Díos – Thalia
Reprises: Não teve

Maria José (María José) – CNT/Gazeta, 1997

Maria José

Protagonizada por Claudia Ramírez e Arturo Peniche, a novela é uma tentativa de embarcar no sucesso das Marias da Thalia, com uma história original de Inés Rodena e dramas semelhantes aos vividos pelas personagens de Thalia. A novela conta a história de Maria José, uma jovem que durante o dia, trabalha duro em diversos serviços, e a noite, estuda em uma faculdade. Lá, ela conhece Carlos Alberto, seu novo professor, e imediatamente, eles se apaixonam a primeira vista. Prestes a se casar, uma intriga do destino faz com que eles se separem, ao pensar serem irmãos. Parte de sua exibição foi exibida com legendas devido a uma greve de dubladores.

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena
Adaptação: Gabriela Ortigoza
Produção Executiva: Juan Osório
País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 03/11/1997 à 20/03/1998, às 21h30 em 120 capítulos
Tema de abertura: María José – José Alfredo Obregón
Reprises: Não teve

Maria Celeste (María Celeste) – Band, 1997

Maria Celeste

Protagonizada por Sonya Smith e Miguel de León, conta a história de Maria Celeste, uma jovem pobre criada por Martírio, a quem pensa ser sua mãe. Disposta a ajudar nas despesas de sua casa, Maria Celeste procura emprego em uma concessionária, a qual pertence a seu verdadeiro avô. Na verdade, Maria Celeste é filha de uma jovem que foi deserdada após se envolver com um cantor de rock, e antes de morrer, deixou sua filha aos cuidados de sua amiga Martírio.

Ficha Técnica:

História Original: Yoyiana Ahumada, Daniel Álvarez, Gabriela Domínguez, Valentina Págarra e Luis Zelcovickz
Adaptação: Yoyiana Ahumada, Daniel Álvarez, Gabriela Domínguez, Valentina Págarra e Luis Zelcovickz
Produção Executiva: Mariana Monzón
País de Origem: Venezuela
Emissora Original: Venevisión
Exibição no Brasil: 09/06/1997 à 30/01/1998, às 18h20 em 170 capítulos
Tema de abertura: Fascínio – Vera Negri
Reprises: Não teve

Traição (Nada Personal) – Band, 1997

Traição

Protagonizada por Ana Colchero, logo depois substituída por Christianne Gout, José Angel Llamas e Demian Bichir, conta a história de Camila, uma jovem que perdeu seu pai e sua irmã em um atentado, e logo após isso, sua mãe se casa com Fernando Gómez Miranda, o verdadeiro responsável pelo atentado. Com a ajuda de Luis Mário e Alfonso Carbajal, os dois filhos de Fernando, Camila fará de tudo para descobrir o verdadeiro culpado de tudo, mesmo que sua vida corra risco a cada descoberta. No meio de tudo isso, Camila acabará se vendo dividida entre os dois irmãos.

Ficha Técnica:

História Original: Alberto Barrera Tyszka
Adaptação: Alberto Barrera Tyszka
Produção Executiva:
Epigmenio Ibarra, Carlos Payan e Hérman Vera

País de Origem: México
Emissora Original: TV Azteca
Exibição no Brasil: 08/12/1997 à 20/05/1998, às 19h00 em 150 capítulos
Tema de abertura: Culpa do cupido – Márcia Velentine
Reprises: Não teve

Caminhos do Amor (Morena Clara) – Band, 1998

Caminhos do Amor

Protagonizada por Astrid Carolina Herrera e José Luis Santander, conta a história de Clara Rosa, uma humilde camelô que se envolve com Valentim Andara, enteado de seu verdadeiro pai. Clara terá que lidar com a obsessão de Linda Prado por Valentim, uma menina rica e mimada, filha do político rival de seu pai.

Ficha Técnica:

História Original: Juan Clemente, Rubén Geller, Maria Antonieta Gutiérrez, Ligia Lezama e Mariela Romero
Adaptação: Juan Clemente, Rubén Geller, Maria Antonieta Gutiérrez, Ligia Lezama e Mariela Romero
Produção Executiva:
José Antonio Ferrara e Arquímedes Rivero

País de Origem: Venezuela
Emissora Original: Venevisión
Exibição no Brasil: 23/11/1998 à 09/06/1999, às 15h00 em 140 capítulos
Tema de abertura: Instrumental
Reprises: Não teve

Luz Clarita – SBT, 1999

Luz Clarita

Protagonizada por Daniela Luján, Verónica Merchant e César Évora, se trata de um remake do fenômeno Chispita, exibida diversas vezes pelo SBT. Conta a história de Luz Clarita, uma menina que após perder sua avó, é mandada para um orfanato, mas pouco tempo depois, é adotada por Mariano,  um rico milionário que é pai de Manuela, uma menina que acaba de perder sua mãe. Ao conhecer a nova irmãzinha, Manuela decide tornar sua vida um inferno, mas pouco tempo depois, tornam-se grandes amigas e tentam juntar Mariano e Soledade, a cozinheira da mansão, que na verdade, se trata da verdadeira mãe de Luz Clarita.

Ficha Técnica:

História Original: Abel Santa Cruz
Adaptação: Viviana Pimstein e Carlos Romero
Produção Executiva:
MaPat López de Zatarain

País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 04/01/1994 à 02/04/1999, às 19h15 em 96 capítulos
Tema de abertura: Luz Clarita – Daniela Luján
Reprises: Não teve

Sombras do Passado (Cara Sucia) – Band, 1999

Sombras do Passado

Protagonizada por Sonya Smith e Guillermo Dávila, conta a história de Estrela, uma jovem órfã vendedora de jornais que conhece Miguel Ângelo, um jovem rapaz rico, filho de uma das famílias mais ricas de Caracas. Porém, para viver esse romance, terão que atravessar diversos obstáculos como os pais do rapaz e sua ex-noiva. Trata-se de uma versão livre de “La Gata”

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena
Adaptação: Carlos Romero e Alberto Gómez
Produção Executiva:
Marisol Campos

País de Origem: Venezuela
Emissora Original: Venevisión
Exibição no Brasil: 07/06/1999 à 22/10/1999, às 14h00 em 100 capítulos
Tema de abertura: Antologia de caricias – Altamira Banda Show
Reprises: Não teve

A Usurpadora (La Usurpadora) – SBT, 1999

A Usurpador

Protagonizada por Gabriela Spanic e Fernando Colunga, conta a história das gêmeas Paulina Martins e Paola Bracho, separadas ao nascer. Paulina trabalha em um toalete de um hotel e mora em uma choupana à beira mar com sua mãe doente, enquanto Paola foi adotada por uma família rica e se casou com Carlos Daniel Bracho, o qual é vítima de diversas infidelidades por parte de Paola. Certo dia, as duas irmãs se encontram e se impressionam com suas semelhanças, e a partir deste encontro, Paola persuade Paulina a usurpar seu lugar na mansão Bracho por um ano enquanto ela gozaria de um ano de viagens e companhia de seus amantes. O que Paulina não imaginava é que sua vida mudaria por completo a partir daí, inclusive, que se apaixonaria pelo marido de sua irmã gêmea. Grande sucesso, possuí a maior média de uma mexicana exibida pela emissora.

Ficha Técnica:

História Original: Inés Rodena
Adaptação: Carlos Romero
Produção Executiva:
Salvador Mejía Alejandre

País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 22/06/1999 à 09/11/1999, às 20h30 em 120 capítulos
Tema de abertura: Sonho lindo – Paulo Ricardo
Reprises: 2000, 2005, 2007, 2012, 2015 e 2016

O Privilégio de Amar (El Privilegio de Amar) – SBT, 1999

blog-privi-06

Protagonizada por Adela Noriega e René Strickler, conta a história de Cristina, uma jovem órfã que sonha em ser modelo, e ao conhecer o ator André Duval, ele indica para a jovem a casa de modas de sua esposa, Luciana Duval. Luciana é uma estilista renomada, mas no passado, engravidou de um romance proibido, e na mais completa miséria, foi obrigada a abandonar sua filha na porta de uma mansão. O que Cristina e Luciana não imaginam é que o que as une é o verdadeiro laço de mãe e filha.

Ficha Técnica:

História Original: Delia Fiallo
Adaptação: Liliana Abud
Produção Executiva:
Carla Estrada

País de Origem: México
Emissora Original: Canal de las Estrellas (Televisa)
Exibição no Brasil: 09/11/1999 à 09/05/2000, às 20h30 em 156 capítulos
Tema de abertura: O amor sabe o que faz – Marcelo Augusto
Reprises: 2002, 2008 e 2013

Créditos a Telenoveleiros e Mário Henrique Carlassara

29 thoughts on “Listão: As novelas estrangeiras exibidas no Brasil – Década de 90!

  1. A lacradora! Paulina e Paola pisam! SBT devia colocar as mexicanas as 21h30 e a chiquititas 18h20 e passar filmes de seg. a dom e voltar com Chaves e Chapolin

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s