A Desonra – Capítulo 16 + Resumão

Classificação Indicativa

Nas últimas duas semanas em A Desonra:

Após ser chantageada por Dr. Gilbert por conta do aborto de seu filho, Clarisa tenta renegociar sua dívida, mas em vão, pois Gilbert ameaça a jovem com a presença de Camila. Após cair na conversa de Clarisa, Ângelo começa a avançar seu plano de vingança e vai até a capital, e ao procurar Camila no teatro, a pede em namoro, e em seguida, lhe surpreendendo com um beijo. Sem saída, Clarisa atraí Dr. Gilbert para uma cilada, marcando um encontro em um campo distante, e lá, o assassina com um tiro. Com seus sentimentos confusos, Camila repensa o pedido de namoro de Ângelo, considerando estar encantada com o rapaz. Após ter cometido o assassinato de Dr. Gilbert, Clarisa é indagada por Leon, intrigado ao saber que a jovem conhecia o médico. Decidido a consumar um dos passos de sua vingança, Ângelo encomenda uma serenata para Camila, que por fim, acaba cedendo e aceita o pedido do rapaz. Felizes, eles comemoram o inicio do compromisso, mas por pouco, Marcelo acaba revelando à Camila que Leon é seu pai. Após ser posta contra a parede, Clarisa despista Leon com suas mentiras. Camila comunica aos Olmedo-Dorantes o seu namoro com Ângelo, deixando todos perplexos, principalmente João, que ainda era apaixonado pela prima. Disposta a fazer com que João caia em suas mãos, Clarisa o consola e o seduz, sem sucesso. Falando com si mesma, Clarisa prepara seus planos para o futuro, enquanto ri. Camila acha no fundo de sua mala uma carta que havia escrito a algum tempo e a rasga, pois a carta havia sido escrita como forma de terminar seu namoro com João. Camila descobre que Nicole está se drogando, e nervosa, discute com a amiga, que se preocupa com seu atual estado. Disposta a seduzir João e ficar com o primo, Clarisa o surpreende no banheiro com um demorado beijo, e em seguida, se desnuda, e mesmo tentando não resistir, João se entrega e acaba fazendo amor com a prima ali mesmo. Ângelo e Camila se falam por telefone, após ele viajar por alguns dias. João despreza Clarisa, que se enfurece, porém, não está disposta a desistir de seu plano. Ângelo compra uma aliança de casamento. Rebeca, a verdadeira mãe de Camila, vive em Nova Iorque e prepara-se para voltar ao México. Ângelo surpreende Camila com um pedido de casamento. Surpresa, Camila diz a Ângelo que promete pensar em seu pedido. Rebeca conversa com Vânia e Eduardo, seus outros dois filhos, sobre Camila, que a apoiam. Johnny e Nicole tem diversas alucinações devido ao grande consumo de drogas. Clarisa declara-se para João, e em seguida, o beija, lhe deixando mexido. Ângelo pede a mão de Camila em casamento, pegando a todos de surpresa. Mesmo com o pouco tempo de namoro e até mesmo contra a vontade de alguns, Camila aceita se casar com o primo. Tempos se passam, e Rebeca finalmente chega ao país, disposta a se aproximar da filha. Clarisa provoca Camila ao lhe desejar sentimentos ruins antes de se casar, e furiosa, Camila lhe esbofeteia. Salma e Leon tem uma discussão sobre Rebeca, deixando-o irritado. Ângelo e Camila finalmente se casam, e de longe, Rebeca acompanha a cerimônia, emocionada. Rebeca chora emocionada, sendo amparada por Vânia logo em seguida. Eric e Clarisa comemoram o fato de Ângelo se casar com Camila, despistando a verdadeira identidade da assassina de Dimitrio. Em seguida, eles se dirigem a uma área afastada do jardim, fazendo amor lá mesmo. Com remorso pelo casamento de Camila, João pede Clarisa em namoro, que imediatamente, aceita o pedido. Ângelo e Camila chegam à fazenda, e horas depois, eles tem sua noite de núpcias. Alguns dias se passam, e Ângelo passa a agir com frieza com Camila, que não entende o marido. Clarisa tenta persuadir João para se casar, porém, ele consegue fugir do assunto, a deixando irritado. Completamente furioso, Ângelo se dirige até a igreja e esbraveja, e ao mesmo tempo, Camila chega por lá, ouvindo toda a história de vingança do marido. Transtornada, ela se dirige até a fazenda e confirma toda a história com Inês, o que piora o estado da jovem. Ao chegar na casa, Ângelo é surpreendido por Camila, que se encontra totalmente desequilibrada e sob a posse de um revólver. Eles tem um intenso embate, com várias trocas de tapas e ofensas. Ela pensa em disparar contra o marido, porém, não tem coragem, e desenganada e sem conseguir esclarecer tudo, ela dá o revólver para Ângelo, pedindo que a mate. Ele não atende seu pedido e ela foge à cavalo pela fazenda, mas o pior acaba acontecendo: Seu cavalo se assusta com uma cobra que passava por ali e a joga por um barranco, lhe deixando totalmente ferida e desacordada.

CAPÍTULO 01×16 – BARREIRA PARA A AMBIÇÃO

Continuação imediata do capítulo anterior

CENA 1, FAZENDA LA BELLA, CAMPO, DIA

Camila permanece desacordada, após a forte pancada que levou com a queda do barranco; Seu cavalo corre pelo campo, ainda assustado com a cobra que havia matado.

CENA 2, FAZENDA LA BELLA, CASA, SALA DE ESTAR, INTERIOR, DIA

Ângelo anda de um lado para o outro, nervoso com a demora de Camila para voltar, enquanto padre Guilhermo o observa.

Ângelo – Cadê ela? Já faz muito tempo que saiu e não voltou, estou ficando preocupado de verdade.

Padre Guilhermo – Ah claro, agora está preocupado, mas na hora de apontar um revólver na cabeça dela e quase a matar você não se preocupa com seus atos.

Ângelo – Mas o senhor não entende, essa mulher é a culpada de toda a desgraça de meu irmão e a culpada da minha amargura, e assim que ela descobriu todo meu plano, eu só pude pensar em matá-la, mas o amor que sinto por ela não permitiu.

Padre Guilhermo – Isso tudo por culpa dessa maldita vingança, agora você está prestes a perder o amor de uma mulher que se casou com você na esperança de ser tão amada quanto ela lhe ama.

Ângelo para de caminhar de um lado para o outro e caminha para fora da casa, porém é impedido ao ser indagado por Padre Guilhermo.

Padre Guilhermo – Onde você pensa que vai? Deixe essa moça esfriar a cabeça em paz, apesar de que tudo o que houve não terá mais conserto.

Ângelo – Eu irei atrás dela e o senhor e nem ninguém me impedirá, o sumiço da Camila está me preocupar e eu quero ter certeza de que ela não está em apuros.

Ângelo aproxima-se de seu cavalo que se encontra amarrado e m um tronco e o solta, e após montar no animal, ele começa a cavalgar pelo campo.

CENA 3, MANSÃO OLMEDO-DORANTES, SALA DE ESTAR, INTERIOR, DIA

Salma e Camila estavam sentadas no sofá, conversando enquanto Salma lia alguns e-mails em seu celular; De repente, ao abrir um e-mail sem remetente e ler seu conteúdo, Salma empalidece e balbucia, despertando a preocupação da sobrinha.

Clarisa – O que foi, tia, a senhora está passando bem? Quer que eu peça para a Gema um remédio?

Salma – Não pode… Não pode ser… (T) É ela, é ela!

Clarisa – Ela quem, tia?

Salma – É a Rebeca, a mãe da Camila! Ela está de volta, está de volta a este país!

Clarisa se surpreende com a notícia, após muito ter ouvido falar de sua tia, que estava residindo há anos nos Estados Unidos.

Clarisa – Tia Rebeca, mãe da Camila? Não creio nisso, como essa ordinária tem a coragem de dizer que está de volta a este país após todo o mal que causou?

Salma – Com a mesma coragem que teve para me afrontar por este e-mail e dizer que temos contas a acertar, sendo que tudo foi acertado anos atrás quando todo mundo ficou sabendo do casinho que ela teve com o meu marido.

Clarisa se surpreende com a confissão de Salma, pois jamais imaginaria que este era o verdadeiro ódio de Salma por sua irmã.

Clarisa – Como assim? Minha nossa, então quer dizer que a tia Rebeca e o tio Leon…?

Salma – Sim, mas isso é assunto para outra história sobrinha, mas o que me importa agora é me preparar para o que espera essa família. Se minha irmãzinha quer voltar direto do inferno para me afrontar, que volte, ela não sabe o que lhe espera.

Salma encara Clarisa com um decidido olhar, disposta a enfrentar o retorno de Rebeca de cabeça erguida.

CENA 4, FAZENDA LA BELLA, CAMPO, DIA

Ângelo cavalga aceleradamente pelo campo com seu cavalo à procura de Camila; Ele avista o cavalo da esposa solto pelo campo e sua preocupação aumenta.

Ângelo – É o cavalo dela, mas o que ele faz solto pelo campo?

Ângelo passa diante do barranco, e ao olhar para baixo, avista o corpo desacordado e ferido de Camila mais abaixo; Imediatamente, ele entra em estado de choque e desce de seu cavalo, correndo até ao fim do barranco para se aproximar de Camila. Desesperado, ele dá alguns tapas leves no rosto da esposa, com a finalidade de que ela acorde.

Ângelo – Camila acorda, acorda por favor! Não faz isso comigo, acorda por favor!

Ele passa seus dedos pelo pescoço de Camila para checar sua pulsação, e ao notar que seu coração ainda bate, ele se alivia, mas ainda sim mantém-se bastante preocupado; Ele pega eu celular e disca o número de Leon.

Corta para:

CENA 5, OLMEDO-DORANTES ADVOCACIA, ESCRITÓRIO DE LEON, INTERIOR, DIA

Leon termina de analisar alguns casos, quando de repente, seu telefone toca e ele atende imediatamente.

Leon (telefone) – Alô?

Ângelo (celular) – Senhor Leon eu preciso que você e toda sua família se dirijam imediatamente para o hospital, aconteceu algo grave demais.

Leon se preocupa com o tom desesperado de Ângelo, que do outro lado da linha, auxilia uma equipe de pronto socorro a colocar o corpo de Camila dentro de um helicóptero.

Leon (telefone) – O que houve meu jovem, não me diga que aconteceu algo com a minha fi… Sobrinha?

Ângelo (celular) – Senhor, eu peço que você e todo mundo se dirijam imediatamente ao hospital, neste instante a Camila será levada para lá em um helicóptero, quando eu chegar eu conto todos os detalhes.

Imediatamente, Leon entra em pânico ao saber que sua filha está sendo levada para um hospital, temendo que algo pior poça acontecer; Ele responde Ângelo com um tom de voz alterado, devido à preocupação.

Leon (telefone) – Hospital? Meu jovem me conte imediatamente o que aconteceu com a Camila!

Ângelo (celular) – É uma história muito longa para ser contada agora por telefone, eu prometo que dou todos os detalhes assim que eu chegar, mas não se preocupe, a Camila está bem. Preciso desligar, irei embarcar no helicóptero.

Ângelo desliga o celular e a preocupação de Leon só aumenta, devido a falta de explicações dada por Ângelo; Imediatamente, ele arruma suas coisas e sai apressado de seu escritório, indo a caminho de sua casa.

CENA 6, O DIA ANOITECE

CENA 7, COMPLEXO HOSPITALAR, CORREDORES, NOITE

Toda a família estava reunida no corredor do hospital, apreensivos pelo estado de Camila, exceto Clarisa, que demonstrar estar indiferente; Ângelo e Leon rodeiam o quarto onde Camila está instalada, à espera que o médico saia e traga notícias. O médico sai e todos se aproximam, ansiosos por resultados positivos.

Ângelo – Como minha esposa está? Me diga a verdade, doutor!

Médico – Realizamos diversos exames com a paciente, e a notícia que tenho não é das melhores.

Leon – Conte logo doutor, não nos faça sofrer mais do que já estamos depois de várias horas neste corredor.

Médico – Bom, com o resultado dos exames que tivemos, foram detectadas diversas pancadas sofridas pela paciente em seu crânio ao cair daquele barranco, ou seja, isso resultará num coma temporário, e ela também necessitará da ajuda de aparelhos respiratórios para não haver nenhum risco com a respiração dela. Porém por outro lado, felizmente ela não sofreu nenhuma outra pancada mais forte em sua espinha dorsal e seus ferimentos não foram tão graves, ou seja, ela está livre de sequelas.

Mesmo com a boa notícia dada por último, todos mantém-se preocupados com o estado delicado de coma em que Camila se encontra; Ângelo acaba se sentindo culpado pelo estado da esposa, e não consegue evitar com que suas lágrimas escorram por seu rosto.

Alma – Mas por quanto tempo é previsto que a minha sobrinha ficará em coma?

Médico – Por muito pouco tempo, dentro de uma semana ou até menos ela deve despertar do coma, sã e sem nenhum tipo de perda de memória.

Todos sentem-se um pouco mais aliviados com curto prazo em que Camila permanecerá em coma; Salma e Clarisa afastam-se de todos, indo em direção à cafeteria, enquanto Leon consola Ângelo, que chora por conta do peso em sua consciência.

Ângelo (chorando) – Isso é culpa minha, é culpa minha!

Ângelo apoia sua cabeça no ombro de Leon, que consola o genro com alguns leves tapas nas costas.

CENA 8, COMPLEXO HOSPITALAR, CAFETERIA, INTERIOR, NOITE

Clarisa e Salma caminham pela cafeteria, com dois copos de café em mãos, enquanto conversam.

Salma – Aquele chororô de todos estava me cansando, como se todo mundo não soubesse que a Camila sairá bem dessa.

Clarisa – Será? Porque pelo o que o doutor disse, ela levou muitas pancadas na cabeça ao rolar aquele barranco…

Salma – Mas ela deve se recuperar sim, e eu espero que assim seja.

Clarisa permanece pensativa por alguns instantes, mas logo quebra seu silêncio e resolve dividir com Salma o que pensava.

Clarisa – Mas sabe, até que não seria ruim se a Camila, digamos assim, partisse dessa para uma melhor, não é? Assim evitaríamos mil problemas que ela causa, se é que me entende. – risos.

Salma fica perplexa com os pensamentos perversos da sobrinha, pois jamais seria capaz de desejar a morte de Camila.

Salma – Eu prefiro acreditar que isso que você disse foi da boca para fora sobrinha, porque apesar de ódio que eu sinto pela mãe dela e a pequena quantidade que sinto por ela, jamais seria capaz de desejar sua morte, acima de tudo, eu a criei como se fosse sua verdadeira mãe.

Clarisa – Nossa, tia, eu pensei que…/

Salma (cortando) – Pensou muito errado, sobrinha, eu jamais desejaria a morte de uma pessoa, mesmo que ela  seja a causadora de vários impasses em minha vida. Aprenda sobrinha, depois que você deseja algo do tipo, sua consciência não será mais a mesma, pois é a mesma coisa que você sujar suas próprias mãos de sangue.

Com o sermão dado por Salma, alguns flashes do assassinato de Dr. Gibert vem à mente de Clarisa, que após este dia nunca mais foi a mesma, atingindo um nível mais alto de crueldade. Ela retoma seu foco, encarando Salma com um falso olhar de arrependimento.

Clarisa – Okay tia, prometo que jamais volto a repetir uma barbaridade dessas, e que me arrependo do que acabei de dizer…

Com isso, Clarisa e Salma retornam seu caminho ao corredor do hospital, onde encontram-se todos os familiares.

CENA 9, COMPLEXO HOSPITALAR, EXTERIOR, NOITE

Com um crucifixo em mãos, Ângelo reza em lágrimas por Camila, demonstrando estar arrependido dos atos cometidos contra a esposa.

Ângelo (chorando) – Sei que estou muito errado em vir pedir sua ajuda, mas por favor meu Deus, faça com que a Camila se recupere, apesar do que ela cometeu no passado ela não merece um fim tão doloroso, ainda mais por intervenção minha…

Ele abaixa sua cabeça e seca suas lágrimas, mas ainda fala com si mesmo.

Ângelo (chorando) – Onde quer que você esteja, Dimitrio, me dê uma luz, me auxilie! Eu te prometi vingança, mas ela é meu amor verdadeiro e acabei causando muito dano a ela. Eu prometi honrar seu nome com o mesmo sangue que você derramou após ter se matado por conta dela, mas isso está sendo mais forte do que eu, eu amo essa mulher e estou disposto a tudo para vê-la bem novamente!

Ângelo olha para o céu com uma expressão arrependida, enquanto lágrimas percorrem todo o seu rosto.

CENA 10, COMPLEXO HOSPITALAR, QUARTO DE CAMILA, INTERIOR, NOITE

Leon acaricia o rosto de Camila, que está desacordada e com diversos aparelhos respiratórios presos a seu rosto; Uma lágrima escorre por seu rosto, devido à emoção do momento.

Leon – Você vai sair dessa, eu tenho fé que você sairá desta cama muito em breve e voltará a ser a menina cheia de vida e alegria que eu vi crescer rapidamente.

Clarisa caminhava pelo corredor, indo em direção ao quarto de Camila; Ao chegar no quarto onde Camila está internada, ela percebe a presença de Leon por ali e resolve ficar atrás da porta, até que ele saia.

Leon – Mas esse momento até tem um lado favorável, o qual eu posso dizer que você é minha filha, a filha na qual eu jamais tive a coragem de assumir para todo o mundo. Perdoe esse pai covarde que você tem, que não soube lhe assumir no momento certo e que agora não tem a coragem de dizer a verdade.

Clarisa se choca ao ouvir a confissão de Leon, não conseguindo digerir imediatamente que Leon na verdade é pai de Camila; Para não levantar suspeitas de sua presença ali naquele momento, ela mantém-se firme em sua posição.

Leon – O seu pai agora tem que ir, não posso ficar muito tempo com você, pois se não eu farei mal para a sua recuperação, mas pode deixar que eu estarei ao seu lado sempre que necessário.

Leon dá um beijo em uma das mãos de Camila e esboça um contente sorriso; Ele dirige-se até a saída do quarto, e ao se deparar com Clarisa, ele entra em pânico, com medo que a jovem tenha ouvido algo, porém ele disfarça.

Leon – O que faz aqui, sobrinha? Estava aqui há muito tempo?

Clarisa – Não, eu recém cheguei, me disseram que você estava aqui com a minha prima e eu resolvi dar uma passada para ver ela também.

Ele sente-se um pouco mais aliviado, jurando que Clarisa não ouviu nada do que foi dito à Camila.

Clarisa – Enfim, eu vou ficar cuidando da Camila, diga aos outros que não precisem se preocupar.

Com um sorriso dissimulado no rosto, Clarisa dá um beijo na bochecha de Leon, que sorri; Ele segue rumo à recepção do hospital, deixando Clarisa a sós na porta do quarto. Uma expressão de fúria toma conta do rosto da jovem após a descoberta que acabara de ouvir.

CENA 11, HOTEL, RECEPÇÃO, NOITE

A essa altura, Rebeca já havia recebido a má notícia sobre o acidente de Camila através da internet, e estando super angustiada, ela resolve ir até ao hospital, porém Vânia e Eduardo tentam impedir a mãe.

Rebeca – Me deixem ir, eu preciso ver a irmã de vocês imediatamente!

Eduardo – Mãe isso o que você fará é uma loucura, aquela família toda deve estar lá rodeando a Camila, como você pretende entrar no quarto e ver ela?

Vânia – Já não basta aquele e-mail que você mandou para sua irmã e agora quer ser flagrada por todos? E como o Eduardo disse, não vão te deixar entrar no quarto sem identificação!

Rebeca – Não me interessa se todos me verão naquele hospital, eu quero saber como minha filha está e tenho esse direito, e além do mais, uma hora ou outra todos daquela família irão me ver.

Rebeca consegue vencer seus filhos no cansaço, e assim, eles preferem não interferir em suas decisões; Do lado de fora do hotel, Rebeca entra em um táxi e logo ele sai. Vânia e Eduardo se encaram com um olhar angustiado, temendo que algo pior possa acontecer com sua mãe.

 CENA 12, COMPLEXO HOSPITALAR, QUARTO DE CAMILA, INTERIOR, NOITE

Clarisa anda em volta da cama onde Camila está desacordada; Ela passa suas mãos sobre o corpo da prima com um frio e perverso olhar.

Clarisa – Maldita, mil vezes maldita! Se não tudo o que você fez, ainda por cima eu tenho que descobrir que você é filha do idiota do tio Leon!

Ela puxa uma cadeira e senta-se ao lado da cama; Ela continua a falar sozinha, já que Camila não é capaz de lhe responder por conta de seu estado.

Clarisa – Mas olhando bem, agora faz sentido todo o ódio que a tia Salma sente por você e pela sua mamãezinha… É uma pena que a tia Salma não concorda comigo em te ver longe daqui, porque seria tão bom se você morresse, somente eu e o João seríamos os herdeiros da fortuna do tio Leon, e comigo me casando com esse tapado, eu teria todo o poder necessário para comandar o que e quem eu quiser…

Ela percebe que está sentada ao lado dos aparelhos que ajudam a manter sua respiração sem nenhum tipo de complicação, e abre um maléfico sorriso; Ela levanta-se e coloca sua cadeira em um canto do quarto, e em seguida, volta a ficar ao lado da máquina, passando suas mãos pelos botões do aparelho enquanto alterna sua visão entre a prima e a máquina.

Corta para:

CENA 13, COMPLEXO HOSPITALAR, RECEPÇÃO, INTERIOR, NOITE

Rebeca entra no hospital e dirige-se diretamente a um dos corredores, porém, é impedida por uma enfermeira.

Enfermeira – Onde é que a senhora vai? Tem alguma identificação?

Rebeca – Moça eu juro que não posso me identificar, e tenho meus motivos pessoais para isto. Mas por favor, me deixe ver a paciente Camila Olmedo-Dorantes.

Enfermeira – Eu lamento senhora, mas sem nenhum tipo de identificação a senhora não pode entrar, passe bem.

A enfermeira dá meia-volta, mas insistente, Rebeca lhe segue e puxa seu braço.

Rebeca – Tudo bem, senhora, eu prometo me identificar, mas apenas com uma condição e preciso que você aceite.

Enfermeira – Desde que a condição desejada esteja em nosso alcance, nós a atenderemos.

Rebeca – Tudo bem… Eu sou Rebeca Gamboa, mãe da paciente, e você pode confirmar com Salma Olmedo-Dorantes. Porém eu necessito total sigilo sobre minha identificação, exceto para a senhora Salma, que irá confirmar tudo o que estou lhe dizendo.

A enfermeira inicialmente fica desconfiada da explicação dada por Rebeca, mas vendo a angústia no olhar da senhora, resolve atender seu pedido.

Enfermeira – Tudo bem, senhora, eu deixarei passar desta vez, mas caso esteja mentindo, terá que prestar contas com o pessoal deste hospital.

Rebeca compreende a enfermeira; Ela vai para trás de um balcão para fazer o cadastro de visitante de Rebeca, que sorri por estar perto de ver sua filha; De repente, Alma vinha em direção ao corredor do quarto de Camila, e ao ver a cunhada de Leon, ela resolve olhar para o lado contrário, para evitar ser reconhecida.

CENA 14, COMPLEXO HOSPITALAR, QUARTO DE CAMILA, INTERIOR, NOITE

Aos risos, Clarisa passa seus dedos por cada botão do aparelho respiratório, enquanto olha para Camila.

Clarisa – Ai priminha querida, queria tanto que você estivesse acordada para me ver aqui do lado dessa máquina para me implorar que eu não aperte nenhum botão…

Ela olha diretamente para a máquina, analisando cada um dos botões.

Clarisa – Qual desses aqui deve desligar a respiração dessa idiota?

Ao encontrar o botão certo, ela solta uma pequena risada maléfica e coloca seu dedo sob o botão, sem pressioná-lo.

Clarisa – Se eu fui capaz de mandar o velho do Dr. Gilbert para o inferno e indiretamente o Dimitrio também, a você também poderei conceder esta vontade. Agora você se arrependerá de ter se metido no meu caminho e de ter atrapalhado todos os meus planos, até nunca mais, Camila, aproveite bem sua passagem de ida para o inferno.

Ao som de um tenso instrumental, Clarisa prepara-se para pressionar o botão que desliga o aparelho respiratório de Camila, com uma perversa expressão em seu olhar, quando de repente, Alma adentra o quarto, e ao ver Clarisa próxima do aparelho e com um de seus dedos em um dos botões, ela entra em estado de choque, e Clarisa, que ao ficar frente a frente com Alma naquela situação, demonstra estar em pânico ao ser flagrada, ficando gélida e paralisada diante de Alma. A imagem se congela no rosto de Clarisa, e aos poucos, a imagem é transformada em uma carta amarelada com as letras do papel borradas.

Anúncios

26 thoughts on “A Desonra – Capítulo 16 + Resumão

  1. Eu estou dizendo, Clarisa é a dona da web mesmo. Apesar de ser baseada em A Mentira, Virginia, sendo malvada e invejosa…, não chega ao pés das maldades de Clarisa! Essa é a minha visão. Pobre Camila, melhoras. Tá vendo Ângelo, é isso o que acontece por ser tão frio. Se entregue a esse amor de uma vez rapaz. E o flagra que a Alma deu na Clarisa… Espero ansioso amanhã!

    Curtir

  2. Mortissima com as revelações de hoje
    Rebeca a puta voltou
    Clarissa desmascarada
    Leon desmascarado
    Angêlo viadinho voltou a tras
    E Will não matou a protagonista,novidade
    Parabéns William

    Curtir

  3. Clarisa foi flagrada pela Alma, por tentar matar a Camila.
    Quando eu assisti A Mentira, eu assisti essa parte, quando a Virginia, vulgo Clarisa, tenta matar a Verônica, vulgo Camila botando leite no soro
    Parabéns, Willian

    Curtir

  4. Choque q a Rebeca mandou e-mail pra rainha Salma. Clarisa descobre que Leon é pai de Camila 😮 , Rebeca vai ate o hospital. Plano da desgraçada da Clarisa é interrompido, amo. Quero só ver a explicação que ela vai dar. Parabéns pelo cap 😀

    Curtir

  5. Parabéns William, eu me atualizei na web e gostei do resumo.
    Ângelo realmente ama Camila.
    Rebeca voltou,com isso toda família Olmedo-Dorantes vai ser atingida. Prevejo uma reviravolta arrebatadora.
    Camila se casou e descobriu que Ângelo queria vingança. Foi uma cena tensa dos dois no quarto.
    Camila caiu do cavalo e isso fez Ângelo e declarar pra ela.
    Clarisa quer matar Camila e Alma a pegou no flagra.
    William A Desonra é uma excelente trama !

    Curtir

  6. Camila entrou em coma após o acidente. Seria a oportunidade perfeita para a Clarisa se livrar dela, mas seria uma pena se ninguém a apoiasse nesse momento e ela ainda levasse um sermão que a fizesse se lembrar da morte do Dr. Gilbert…

    Rebeca conseguiu entrar no hospital e a permissão para ver Camila. Felizmente, graças a Alma, ela poderá ver a filha viva. Amamos? Muito.

    #MomentoDivulgação: https://audienciadatvmix.wordpress.com/2016/08/15/mundos-opostos-capitulo-11/

    Curtir

  7. Ângelo esta uma verdadeiro mala e super bipolar… Quero que Rebeca e Leon ajudar a Camila a sair dessa, tadinha, não merecia tanto sofrimento. Eu queria ver em pelo menos um capítulo a Clarisa sofrer, eu quero que o inferno seja pouco para ela. ❤ 😀 😛 😛
    Quero Camila com o Ângelo versão amável,acho eles “fofos”, Clarisa se mostrando uma verdadeira vilã… ela está uma verdadeira capeta… Eu sinto falta de monstrar mais a Rebeca e a trama muito boa que ela tem junto com a Camila.
    Enfim, parabéns por mais esse fascinante capítulo, simplesmente maravilhoso.. sucesso para você amigo! 😀 😛

    Curtir

  8. Então Willian, peço desculpas por não ter acompanhado “A Desonra” na semana passada, mas estive envolvido com a volta da faculdade e com os detalhes finais de “O Preço da Vida”, mas enfim, agora me atualizei e venho aqui postar um breve resuminho dos capítulos atrasados, porque sou desses! 😛

    Capítulo 11
    Camila fica balançada com o pedido de casamento de Ângelo, mas recusa. Rebeca revela para Vânia que vai voltar ao México para procurar sua filha. Aliás, que conversa reveladora entre Rebeca e Vânia, conseguimos entender todo a origem do conflito entre Salma e Camila. Nicole e Jhonny demonstram prejuízos na vida pelo vício em drogas, nem a seleção de atores eles foram pra se drogar, nossa… Clarisa tenta seduzir João e o deixa balançado.

    Capítulo 12
    Ângelo pede Camila em casamento, num jantar especial na mansão Olmero-Dorante, e ela aceita. João sofre com o casamento deles e Clarisa aproveita para envenená-lo contra a prima. Ai eu morro com a Clarisa se fazendo de virgenzinha pura pra Salma! kkkkkkkkkkkkkk 😛 Socorro com as patadas que o João deu na Clarisa no dia do casamento da Camila, toma cachorra! Olha, se eu fosse o João, não iria nesse casamento, aliás nem teria participado do jantar em que Camila e Ângelo firmaram compromisso. Enfim… Padre Guilhermino tenta convencer Ângelo a desistir de se casar por vingança, mas é inútil. Camila se choca ao ver Clarisa vestida de preto para seu casamento e as duas brigam, adorei!

    Capítulo 13
    Rebeca assistiu o casamento de Camila, sua filha, escondida no fundo da Igreja. Clarisa e Eric transam no mato atrás do jardim da mansão, apenas morrendo aqui, mas que safados! 😛 João aceita namorar com Clarisa, disposto a esquecer de Camila. Ai coitado, vai sofrer com o peso dos chifres! kkkkkkkkkkkk 😛 Salma com seu mau-humor de sempre, sofro, tá precisando de uns tabefes… Camila joga o buquê e a Clarisa pega, as primas trocam farpas novamente, adoro! Salma vibra ao saber que João pediu Clarisa em namoro, essa sogra e nora são duas cobras que se merecem!

    Capítulo 14
    Ângelo e Camila tem sua noite de núpcias. No dia seguinte, Ângelo começa a ser rude com Camila, iniciando sua vingança. Rebeca planeja com Eduardo uma forma de se aproximar de Camila. João se assusta com o pedido de casamento de Clarisa, afinal fazem apenas uma semana que estão namorando, mas ele recusa. Camila ouve a conversa de Ângelo e Padre Guilhermino e descobre da vingança. Inês revela para Camila todo o plano de vingança de Ângelo e a deixa horrorizada.

    Capítulo 15
    Socorro com a Camila apontando um revólver pro Ângelo e exigindo explicações, adoro! Ângelo tira a máscara e revela seu ódio por Camila, a esbofeteando. Rebeca envia um e-mail para Salma, sinto cheio de treta no ar. Camila atira em Ângelo, mas erra a pontaria e o tiro atinge um vaso, eitaaaaaaaaaa! Camila entrega o revólver na mão de Ângelo e pede que ele a mate, ai meu Deeeeeeeus, mas ele não consegue matá-la, pois mesmo querendo se vingar, ele acabou se apaixonando.

    Capítulo 16
    Camila sofre um acidente de cavalo e fica desmaiada. Salma se desespera ao receber o e-mail de Rebeca. O médico revela que Camila entrou em coma. Clarisa faz uma brincadeira de mau-gosto com o coma da prima e Salma se choca, recriminando a sobrinha. Ângelo sofre com o estado de saúde de Camila e se sente culpado. Clarisa escuta Leon revelar que é pai de Camila e fica pasma. Rebeca descobre do acidente de Camila e vai ao hospital, causando uma confusão. Clarisa resolve desligar os aparelhos de Camila para matá-la, porém é flagrada por Alma. Ui, que delícia!

    Bom queridíssimo @willianmx, agora atualizado poderei acompanhar fielmente outr vez. Sua trama segue com a mesma qualidade, seu texto é incrível e o desenrolar dos fatos são bastante naturais e envolventes. Meus parabéns, amigo! 😀

    DIVULGAÇÃO:
    Confiram o ÚLTIMO CAPÍTULO de “O Preço da Vida”! ❤

    https://audienciadatvmix.wordpress.com/2016/08/15/o-preco-da-vida-capitulo-16-ultimo-capitulo/

    Curtir

  9. Meu Deus, gente, já estamos no capítulo 16, sofro. Já dá pra sentir no capítulo as “emoções finais”. O capítulo hoje começou a desamarrar a máscara que Clarisa veste em seu rosto. O primeiro exemplo desse deslaço são as falas da víbora desejando a morte de Camila para Salma que se surpreendeu com o que a sobrinha disse (E eu me surpreendi com a Salma). O segundo exemplo foi esse gancho com Clarisa sendo pega no flagra por Alma. Gritei aqui, verdade. Vamos poder comprovar agora se ela é a vencedora do troféu “Personagem mais cínica” se conseguir fazer Alma de boba. No hay quién se atreva a dudar de ti y de mí. Ní quién controle este amor y este sufrir… 🎵 Amo esses dois! Ângelo se entregou ao sentimento e resolveu aceitar que esta apaixonado por Camila. Agora é tarde, querido, pra lamentar o que esta feito, mas a esperança é a última que morre, então vamos crê que ela vai sair dessa. A partir de quando Camila acordar do coma, pode ser que ela peça divórcio pois descobrir que o homem que ela ama casou com ela pra vingar a morte do irmão, não deve ser uma coisa fácil e será bem difícil acreditar no arrependimento. Rebeca esta correndo muuuito risco ali no hospital. Espero que ela consiga ver a filha.

    Parabéns, Willian! 😀 “A Desonra” esta fogo na roupa.

    Curtir

  10. Chocado com os últimos acontecimentos, principalmente com o fato da Camila ter apontado uma arma pro Ângelo.

    Mas sobre o capítulo atual, já dá pra sentir o ritmo de reta-final, rainha Clarisa prestes a matar a Camila, mas é flagrada pela Alma (não sei porque Rebeca não deu o flagra). Mas como a Clarisa vai escapar dessa? E sobre o Ângelo, ele desceu mais no meu conceito.

    Parabéns Willian. 😀

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s