O Preço da Vida – Capítulo 16 (Último Capítulo)

O Preço da Vida (logo)

14-anos1

CENA 01: CASA DE CÉLIA E TIAGO, INTERIOR, TARDE.

Após uma intensa discussão com Tiago, Gabriel perde a cabeça e aperta o gatilho do revólver, disparando um tiro para ele. Porém, sem pensar duas vezes, Abner se joga em frente ao pai.

(ABNER): – Pai! – gritando.

Naquele momento, Abner recebe o tiro que seria para Tiago, e cai no chão. Gabriel arregala os olhos ao perceber o que fez. Todos da festa estão perplexos.

(CÉLIA): – Não! Meu filho, não! – gritando e correndo até Abner. – Fala comigo, Abner! Por favor!

Abner se esforça, mas não consegue falar. Desesperado, Gabriel vai sair da casa, quando vê Rafael correndo em sua direção. Ele então dispara um tiro na perna de Rafael, que cai bruscamente. Imediatamente, Gabriel sai correndo da casa.

(HENRIQUE): – Desgraçado, o Gabriel vai fugir!

(MARIETA): – Meu Deus, que tragédia! Alguém liga pra uma ambulância, por favor! – chorando.

(JENIFFER): – Eu vou ligar, Dona Marieta! – trêmula.

Transtornada, Célia levanta-se do chão e pega a faca usada para cortar o bolo, saindo atrás de Gabriel. Num ato de compaixão, Tiago senta no chão e coloca Abner em seu colo, completamente ensanguentado. Pai e filho se olham, chorando e com a respiração ofegante.

(ABNER): – Pai… – falando com dificuldade.

(TIAGO): – Não diga nada, o socorro já vai chegar. – ele acaricia o rosto do filho. Porque você fez essa loucura?

(ABNER): – Eu tinha uma dívida com você… – tossindo sangue. – Você salvou minha vida no passado, agora eu te salvei. Por amor! – falando com dificuldade.

Tiago se emociona e continua a chorar, quanto Abner perde as forças e fecha os olhos, desmaiando no colo do pai. Paola aproxima-se de Rafael, que está caído no chão e sangrando.

(PAOLA): – Rafael, meu amor, como você tá? – chorando.

(RAFAEL): – Eu tô bem, tá doendo, mas não deve ser grave. – gemendo de dor. – Liga pra polícia, o Gabriel fugiu e a Célia foi atrás dele, temos que evitar mais tragédias.

Paola compreende e pega o celular, ligando pra polícia, perplexa com o que seu filho teve coragem de fazer.

CENA 02: CASA DE CÉLIA E TIAGO, EXTERIOR, TARDE.

Gabriel sai desesperado da casa, com o revólver na mão e uma expressão de pavor com o que acabou de cometer. Ele sobe na moto que havia roubado e guarda o revólver na cintura, dando partida. É quando ele vê Célia saindo da casa, com uma faca nas mãos e gritando em sua direção. Gabriel acelera a moto e dirige apressadamente.

(CÉLIA): – Desgraçado, eu vou acabar com você! – gritando.

Célia corre até a garagem da casa e entra no carro, colocando a faca no banco do carona. Ela liga o veículo e pisa no acelerador tão intensamente que os pneus provocam um barulho ensurdecedor. O carro avança sob o portão da casa, quebrando-o, e Célia dirige em fúria, seguindo a moto de Gabriel com muita raiva. Paola e Henrique saem da casa, assustados com o barulho e veem Célia correndo de carro pela rua.

(PAOLA): – Ai meu Deus, o que será que a Célia vai fazer? Será que o Gabriel vai cometer mais uma besteira? Henrique, fique aí e ajude a todos, eu vou atrás do meu filho e da minha amiga!

(HENRIQUE): – Pode deixar, Dona Paola, eu cuido de tudo! – nervoso.

Paola vai até a rua e entra em seu carro, dando partida no veículo e indo o mais rápido possível atrás de Célia. Na sequência, a ambulância chega e Henrique ajuda os enfermeiros a entrar na casa após o portão quebrada por Célia.

CENA 03: CASA DE CÉLIA E TIAGO, INTERIOR, TARDE.

Os enfermeiros acabam de colocar Abner na maca e colocam uma bomba de respiração, para mantê-lo vivo até o hospital. Rafael é colocado em outra maca. Ambos são levados às pressas para a ambulância. Tiago, Jeniffer, Henrique e Marieta assistem tudo, perplexos e chorando, muito impactados com o que houve.

(MARIETA): – Isso tudo é demais pra mim, eu não tô me sentindo bem…

Naquele instante, Marieta sente uma forte pontada na cabeça e se apoia na mesa, porém acaba se desequilibrando e desmaia, caindo bruscamente no chão.

(JENIFFER): – Ai meu Deus, Dona Marieta, acorda!

Jeniffer corre até Marieta para acudi-la. Tiago corre até a porta da casa.

(TIAGO): – Socorro, minha sogra tá passando mal, levem ela também! – gritando.

Imediatamente, os enfermeiros retornam à sala com outra maca e colocam Marieta em cima, levando-a para a ambulância. Tiago chora compulsivamente e Henrique aproxima-se, dando um abraço.

(HENRIQUE): – Calma, Seu Tiago, se Deus quiser, eles vão melhorar!

(TIAGO): – O Gabriel matou o meu filho, feriu o meu irmão e fez a minha sogra passar mal… Não é justo, Henrique, eu não merecia isso! – chorando.

(JENIFFER): – Seu Tiago, procure se acalmar, o senhor precisa ir ao hospital pra cuidar dos seus parentes, provavelmente o Abner e o Rafael passarão por uma cirurgia e você tem que ser o responsável deles.

(TIAGO): – Eu sei, Jeniffer, mas como eu vou ir ao hospital se a Célia saiu com o carro atrás do Gabriel? Mais essa ainda, minha esposa corre risco de vida… – chorando.

(HENRIQUE): – Fique calmo, eu vou chamar um táxi e a Jeniffer vai te servir um copo de água com açúcar, mas se acalme que a gente tá aqui pra ajudar, tá bom?

Tiago se afasta do abraço de Henrique e limpa as lágrimas, enquanto Jeniffer segura em sua mão e o leva até a cozinha.

CENA 04: RUA, EXTERIOR, TARDE.

Pelas ruas de Belo Horizonte, Gabriel dirige a moto apressadamente e desnorteado. No vidro retrovisor, ele percebe que é seguido por um carro. No carro, está Célia, dirigindo enfurecida, chorando de raiva e fixada em Gabriel. O jovem se arrisca em meio a outros carros e quase provoca acidentes, enquanto Célia faz manobras arriscadas e quase colide com outros veículos e por pouco não atropela pedestres. Pouco atrás, vinha Paola em seu carro, que tenta seguir Célia e Gabriel, muito nervosa, mas não consegue acompanhar o mesmo ritmo, porém continua a tentar seguir.

Gabriel acaba entrando numa estrada que vai para o interior de Belo Horizonte, um local afastado do centro da capital de Minas Gerais. Em alta velocidade, ele segue na estrada, muito nervoso. Célia está logo atrás, em pânico, pisando cada vez mais no acelerador. O carro de Célia aproxima-se muito da moto de Gabriel e, com medo que ela colida e provoque um acidente grave, ele retira da cintura o revólver e aponta para trás, disparando um tiro no para-brisa do veículo.

O tiro trinca o para-brisa e Célia grita, perdendo a velocidade do carro, mas continua a seguir Gabriel, que está visivelmente transtornado. Ele aponta o revólver para trás e dispara alguns tiros, enquanto dirige a moto. Alguns tiros acertam a lataria do carro, outros acertam o para-brisa novamente, e alguns não acertam o carro. Célia permanece dirigindo apesar de tudo, enfurecida.

É quando, de repente, a moto começa a diminuir de velocidade. Gabriel olha para o visor e percebe que a gasolina acabou. A moto para completamente.

(GABRIEL): – Que merda! Que ódio! – gritando.

Gabriel desce da moto e vê que o carro de Célia se aproxima com muita rapidez. Ele dispara alguns tiros e fura os dois pneus da frente, forçando o veículo a parar. Desesperado, Gabriel entra no mato que havia próximo a estrada. Célia pega a faca no banco e desce do carro, correndo atrás dele.

(CÉLIA): – Eu vou te matar, seu desgraçado! – gritando.

Célia entra no matagal e segue Gabriel. Minutos depois, Paola surge na estrada e fica intrigada ao avistar o carro e a moto estacionados na estrada, ambos vazios. Ela estaciona seu carro também e deduz que ambos estão no matagal. Imediatamente, ela aciona a polícia.

CENA 05: MATAGAL, INTERIOR, TARDE.

Entre as árvores e arbustos, Gabriel corre alucinadamente, tentando despistar Célia, o que é inútil, porque ela está fixamente atrás dele. Ambos se arranham e se machucam nos galhos, mas não param de correr nunca. Até que, de repente, Gabriel chega a um precipício. Ele soa frio ao olhar para a altura do local e vira-se pra trás, chocando-se ao ver Célia o encarar com uma faca nas mãos. Imediatamente, Gabriel aponta o revólver pra ela.

(GABRIEL): – É melhor você se afastar, Célia, ou eu não respondo por mim!

(CÉLIA): – Desgraçado! Porque você destruiu minha família? O que a gente fez pra você, garoto? – chorando.

(GABRIEL): – Vocês existiram! Vocês eram felizes e eu nunca fui feliz, eu sou adotado!

(CÉLIA): – Que culpa eu e minha família temos se seus pais biológicos te abandonaram, seu moleque imbecil? Você não tinha o direito de expor minha família divulgando aquele filme, muito menos invadir minha casa e matar o meu filho!

(GABRIEL): – Eu não queria matar ninguém, eu só queria que o Tiago retirasse as denúncias contra mim! Eu me descontrolei, foi sem querer! – gritando.

(CÉLIA): – Foi sem querer? O Abner pode morrer e você diz que “foi sem querer”? – gritando. – Eu te odeio, Gabriel, eu vou acabar com você!

Célia se aproxima vagarosamente de Gabriel com a faca, que olha para trás e vê o precipício.

(GABRIEL): – Não se aproxima, senão eu atiro em você também, sua louca!

(CÉLIA): – Eu vou te matar antes, maldito! Eu juro pela minha vida, que eu vou te matar!

(GABRIEL): – Você não teria coragem… E meu revólver é mais rápido que a sua faca!

Célia segue se aproximando, com fúria nos olhos. Gabriel fica cada vez mais tenso.

(GABRIEL): – Para, Célia, eu vou atirar hein, não tô brincando! – nervoso.

Célia não dá ouvidos e segue se aproximando. Sem pensar duas vezes, Gabriel aperta o gatilho do revólver. Porém, não há mais balas, todas já foram gastas na perseguição. Gabriel encara o revólver, apavorado, e Célia aproveita a oportunidade e corre até ele. Sem hesitar, Célia dá uma facada na barriga de Gabriel, que cai ajoelhado no chão, sangrando muito.

(CÉLIA): – Vá pro inferno! – gritando.

Gabriel tenta falar e se mover, mas não consegue. Ele começa a expelir muito sangue pela boca e pela barriga, caindo para o lado, agonizando por alguns instantes com a faca cravada na barriga. Célia senta no chão e começa a chorar compulsivamente, com as mãos e a roupa sujas de sangue, sem acreditar no que acabou de fazer. Naquele instante, Paola e alguns policiais surgem no local e ficam em choque com a cena. Ao ver Gabriel morto no chão, Paola solta um grito desesperador e corre até o corpo, sacudindo-o.

(PAOLA): – Meu filho! Fala comigo, Gabriel! Por favor, não morre! Filho! – gritando.

(CÉLIA): – Desculpa Paola, eu tava descontrolada… – chorando.

(PAOLA): – Você matou meu filho, Célia! – avançando na amiga. – Porque você fez isso! Você é minha amiga e matou o Gabriel! – chorando e sacudindo a amiga.

(CÉLIA): – Ele atirou no Abner, eu fiquei fora de mim, tenta me entender! – chorando.

Paola a empurra e acaricia o rosto de Gabriel, já falecido e completamente ensanguentado, com a faca cravada na barriga. Paola chora compulsivamente enquanto os policiais aproximam-se de Célia e a levantam do chão. Ela não expressa nenhuma reação enquanto é algemada.

(POLICIAL): – Você tá presa!

Célia não fala nada, apenas chora, enquanto é levada para a viatura policial. Outro policial fica no local e tenta acalmar Paola, que não sai do lado do corpo de Gabriel.

(PAOLA): – Porque, meu filho… Porque tinha que ser assim… Porque você enlouqueceu desse jeito… Eu te amava tanto… Ai meu Deus, que dor!

Paola chora e nada que o policial tenta fazer, consegue acalmá-la.

CENA 06: HOSPITAL DAS CLÍNICAS, INTERIOR, NOITE.

Tiago caminha aflito, de um lado para outro, na recepção do hospital. Já fazem horas que Abner e Rafael estão passando por uma cirurgia, para retirar as balas que receberam de Gabriel. Henrique e Jeniffer estão fazendo companhia, bastante aflitos também. Logo, o médico aparece e os três se aproximam dele.

(MÉDICO): – Vocês são os familiares de Abner, Rafael e Marieta?

(TIAGO): – Sim, eu sou pai, irmão e genro, respectivamente. E então, doutor, como foi a cirurgia? Eles estão bem?

(MÉDICO): – A Marieta teve uma crise nervosa e acabou desmaiando, no momento ela está dormindo por causa do sedativo, vamos aguardar o amanhecer. O Rafael está muito bem, a bala atingiu apenas sua coxa e não houve lesões maiores, a cirurgia foi simples e a recuperação deve ser rápida.

(TIAGO): – Graças a Deus! E o meu filho, o Abner, como foi a cirurgia dele?

(MÉDICO): – O caso do Abner é mais complicado. A bala atingiu seu peito e ficou alojada muito próxima ao coração, foi uma cirurgia de alto risco. Além disso, ele perdeu muito sangue, precisaremos realizar uma transfusão e o tipo sanguíneo do Abner é o mais raro que existe, é o tipo AB+. Não temos esse tipo no banco de sangue deste hospital, infelizmente.

(TIAGO): – Santo Cristo! – segurando nas mãos do médico. – Por favor, doutor, salve o meu filho! Ele é tudo pra mim, não deixe ele morrer! Eu te imploro! – chorando.

(MÉDICO): – Nós faremos o possível para salvar o Abner, mas estejam preparados para tudo. – soltando as mãos dele.

(HENRIQUE): – Tudo? Isso quer dizer que…

(MÉDICO): – Sim, há grande chance do pior acontecer, o estado dele é gravíssimo. Eu não queria falar isso, mas eu não posso mentir diante dessas circunstâncias. Mas confiem no nosso trabalho, faremos o que estiver ao nosso alcance pra salvá-lo.

O médico se afasta e Henrique começa a chorar, com medo de perder seu amigo. Jeniffer senta num banco e chora em silêncio, com medo de perder seu amor. Tiago começa a rezar, muito angustiado. De repente, Paola entra na recepção do hospital, visivelmente abalada, e se aproxima deles.

(TIAGO): – Ainda bem que você apareceu, Paola, eu estava preocupado! Mas cadê a Célia? Tô ligando pra ela há um tempão, mas ela não me atende. O que houve?

(PAOLA): – A Célia matou o meu filho! Ela tá presa porque matou o Gabriel!

Tiago fica chocado com a notícia e sente uma forte tontura, sendo acudido por Henrique, que o leva até o banco.

(TIAGO): – Como assim, Paola? A Célia não seria capaz de uma crueldade dessas!

(PAOLA): – Mas ela foi! Eu vi, a polícia flagrou! – chorando. – O Gabriel era um mau-caráter e cometeu uma loucura hoje, mas era meu filho e eu o amava, tô chocado até agora com o que a minha melhor amiga fez!

(TIAGO): – A Célia perdeu a cabeça sim, mas nada supera o que o Gabriel fez! Teu filho quase me matou, o Abner tá entre a vida e a morte, o Rafael ficou ferido e a Marieta tá internada! Coloque na balança, Paola, tenta entender a minha esposa!

(PAOLA): – Se você flagrasse eu dando uma facada no Abner, como você reagiria? –gritando.

(TIAGO): – Não compare o Abner com o Gabriel! – gritando.

(JENIFFER): – Calma gente, todo mundo tá nervoso com o que aconteceu, mas vamos tentar manter a calma! Brigar não é a solução!

(HENRIQUE): – Eu vou buscar uma água pra vocês, fiquem aqui.

Henrique sai e Jeniffer vai atrás. Tiago e Paola se olham com amargura e tristeza. Pouco a pouco, eles se aproximam e dão um forte abraço, ambos chorando em seus ombros.

(PAOLA): – Desculpa, eu tô muito nervosa!

(TIAGO): – Porque a vida tinha que ser tão cruel com a gente?

Tiago e Paola seguem abraçados e descarregando seus sofrimentos.

CENA 07: HOSPITAL DAS CLÍNICAS, QUARTO DE MARIETA, INTERIOR, MANHÃ.

No amanhecer do dia seguinte, Marieta despertou da crise e Tiago ganhou permissão do médico para ir vê-la. Ele fica em pé, ao lado de sua maca, enquanto ela o olha com estranheza.

(TIAGO): – E então, como a senhora está? Se sente melhor?

(MARIETA): – Quem é você?

(TIAGO): – Como assim, Dona Marieta?

(MARIETA): – Quem deixou você entrar aqui? – sentando na maca. – Que lugar é esse?

(TIAGO): – Minha sogra, o que você tem? A senhora não me reconhece? – incrédulo.

(MARIETA): – Sai daqui! – gritando. – Socorro, alguém tira esse homem daqui! – arrancando as mangueiras do soro. – Eu quero sair daqui, eu fui sequestrada!

(TIAGO): – Para com isso, Dona Marieta, a senhora não está bem! – tentando segurar os braços da sogra.

Naquele instante, dois enfermeiros entram no quarto e veem o surto de Marieta. Tiago se afasta e um enfermeiro segura Marieta com força, que começa a se debater e gritar muito alto. O outro enfermeiro aplica um sedativo na veia e Marieta perde as forças, adormecendo. Tiago observa tudo em choque, quando o médico entra no quarto.

(TIAGO): – O que ela tem? Porque ela não me reconheceu?

(PSIQUIATRA): – Prazer, Seu Tiago, eu sou o psiquiatra aqui do hospital. – cumprimentando Tiago. – Então, eu realizei alguns testes hoje de manhã com a sua sogra e tudo indica que ela perdeu o juízo.

(TIAGO): – Perdeu o juízo? Ficou louca, o senhor quer dizer? – pasmo.

(PSIQUIATRA): – Sim. A tragédia que aconteceu foi na festa de aniversário dela, provavelmente isso a abalou demais e ela já tem 80 anos, foi muito forte pra ela, acabou enlouquecendo. Eu sinto muito, Seu Tiago, mas recomendo que o senhor procure alguma clínica psiquiátrica para interná-la o quanto antes, o hospital não pode deixá-la aqui por muitos dias.

(TIAGO): – A Marieta num hospício, num manicômio? – chorando. – Ai meu Deus, eu não aguento tanta dor!

O psiquiatra e os enfermeiros ficam comovidos e Tiago sai do quarto aos prantos, sem acreditar que sua sogra está louca.

CENA 08: HOSPITAL DAS CLÍNICAS, QUARTO DE RAFAEL, INTERIOR, MANHÃ.

Rafael está acordado e sente-se bem. Ele toma o café da manhã do hospital com ajuda de Paola, que ainda está abalada com a morte de Gabriel.

(RAFAEL): – Oh meu amor, você passou a madrugada inteira acordada, porque não vai pra casa dormir? Você tá muito abalada depois que houve com o seu filho…

(PAOLA): – Ficar sozinha só me deixaria pior do que eu já estou, Rafael. Prefiro ficar aqui, do seu lado, me sentindo útil. Até porque o corpo do Gabriel ainda tá no Instituto Médico Legal por causa da perícia, nem velório ou enterro posso pensar em fazer.

(RAFAEL): – Que situação… Mas vai passar e eu vou estar do seu lado. – pegando sua mão e beijando.

Paola sorri timidamente e Tiago entra no quarto, indo até a maca de Rafael e beijando seu rosto.

(TIAGO): – E aí, meu irmão, como você tá hein?

(RAFAEL): – Tô bem, me recuperando, o tiro não causou nenhum dano, acho que ainda hoje recebo alta.

(TIAGO): – Que notícia maravilhosa! Tava precisando ouvir uma notícia boa depois do que acabo de descobrir…

(RAFAEL): – O que houve, meu irmão? – intrigado.

(TIAGO): – A Marieta ficou louca depois do que aconteceu ontem, não lembra de nada, não me reconheceu, vou ter que interná-la num hospício.

(PAOLA): – Ai meu Deus, coitada da Dona Marieta! – perplexa.

(RAFAEL): – Nossa, mas será que isso não é apenas temporário?

(TIAGO): – Segundo o psiquiátra, não. Ela não merecia isso… E eu ainda preciso ir na delegacia falar com a Célia, mas tô esperando notícias do Abner.

(RAFAEL): – Eu soube o que a Célia fez, Tiago, foi muito surpreende, mas fique tranquilo que eu vou ser o advogado dela e nós provaremos que foi em legítima defesa.

Tiago compreende e olha para Paola, que demonstra um pouco de desconforto. Rafael percebe e segura nas mãos dela, mas ela solta e pega sua bolsa.

(PAOLA): – Eu vou fazer um lanche na cantina do hospital, volto depois.

Paola sai do quarto, enquanto Tiago e Rafael se olham com ternura e aflição.

CENA 09: HOSPITAL DAS CLÍNICAS, INTERIOR, MANHÃ.

Henrique e Jeniffer estão no corredor do hospital, observando Abner pelo vidro que há na parede do quarto. Abner está imóvel, ligado há vários aparelhos e recebendo soro. Do lado de fora, os dois o observam com tristeza.

(HENRIQUE): – Pobrezinho do meu amigo, ele não merecia estar passando por isso. Não agora, que ele tava reconhecendo seus erros e procurando concertar suas burradas.

(JENIFFER): – Se Deus quiser, ele vai sobreviver! E a gente vai ser muito feliz, juntos. Eu não vou aguentar perdê-lo agora que ele demonstrou afeto por mim.

(HENRIQUE): – Ah, sabe o que eu li hoje no jornal? Uma notícia chocante… A Kelly morreu!

(JENIFFER): – Morreu? Nossa, como foi isso? – chocada.

(HENRIQUE): – Parece que ela sofreu uma overdose numa casa de gogoboys e morreu, o velório será hoje. Você vai?

(JENIFFER): – Acho melhor não, Henrique, nós fomos amigas durante muito tempo, mas você sabe que nossa relação terminou da pior maneira. Mas eu vou na capela do hospital fazer uma oração, quer vir comigo?

(HENRIQUE): – É, vamos sim, não custa nada fazer uma oração pela Kelly, apesar de tudo.

Henrique e Jeniffer olham Abner pela última vez e caminham pelo corredor até a capela. Logo, Tiago e o médico surgem no corredor e caminham até a porta do quarto.

(TIAGO): – Doutor, eu posso mesmo falar com o Abner então?

(MÉDICO): – Pode sim, ele está meio zonzo pelos remédios, mas ele tá consciente e consegue falar. Só te peço que não exija muito do Abner, ele está fraco ainda, o estado dele segue grave, mas vocês podem conversar por alguns instantes, se isso lhe conforta.

(TIAGO): – Me conforta muito sim, é o que eu mais quero no mundo, falar com o meu filho!

O médico compreende e leva Tiago até uma sala, aonde ele veste uma roupa especial para entrar no quarto de Abner.

CENA 10: HOSPITAL DAS CLÍNICAS, QUARTO DE ABNER, INTERIOR, MANHÃ.

Lentamente, Tiago entra no quarto e aproxima-se da maca de Abner, que está dormindo. Imediatamente, a memória de Tiago vaga para Abner criança, internado naquele mesmo hospital por problemas cardíacos. Tiago fica ao lado da maca de Abner e observa o filho com os olhos marejados. Então, ele toca suavemente seu rosto e uma lágrima escorre. Naquele instante, Abner abre os olhos e dá um leve sorriso ao ver o pai.

(ABNER): – Pai…

(TIAGO): – Filho… Você se sente bem?

(ABNER): – Melhor agora, olhando você… Eu tive medo de nunca mais te ver…

(TIAGO): – Eu também tive muito medo, Abner…

(ABNER): – Pai, eu te amo! Me perdoa?

(TIAGO): – Oh meu filho, eu também te amo muito! E como eu não te perdoar depois do que você fez ontem? Você me salvou!

(ABNER): – Eu precisava retribuir de alguma forma o seu amor por mim. Eu fui um péssimo filho, disse coisas horríveis pra você, eu me arrependo muito!

(TIAGO): – Tudo bem, meu filho, mas não fale muito, você não pode se esforçar…

(ABNER): – Eu preciso falar, meu pai… Se eu pudesse voltar no tempo, eu faria tudo diferente… Eu fui tão cruel e injusto com você, eu me ceguei pela raiva… Mas com o tempo, eu fui começando a entender do tamanho da sua atitude… E senti orgulho de ser teu filho!

(TIAGO): – Ah Abner… – lágrima escorrendo. – Você não sabe como conforta meu coração ouvir isso de você. Eu tinha tanto medo que você nunca mais gostasse de mim…

(ABNER): – Você é o melhor homem que existe no mundo, é o melhor pai que Deus podia ter me dado. Eu tô muito arrependido de todo sofrimento que eu te causei, mas por favor, me perdoa! – lágrima escorrendo. – Eu prometo que vou ser um filho melhor, que vou honrar com a sua prova de amor!

(TIAGO): – Claro que eu te perdoo, você é o sentido da minha vida e eu fico muito feliz em saber que você entendeu minha atitude no passado e voltou a me amar.

(ABNER): – Quando eu percebi que o Gabriel ia atirar em você, eu não pensei duas vezes e me joguei na sua frente. Você sempre me disse que um pai faz tudo por amor a um filho, até dar sua própria vida. Agora eu provei que eu também sou capaz de dar minha vida por amor ao meu pai. Se eu morrer agora, eu morro feliz, eu morro sabendo que você me perdoou e que ficou vivo pelo meu amor de filho.

(TIAGO): – Você não vai morrer, Abner, você sobreviveu a uma cirurgia grave e tá aqui, falando comigo normalmente, eu tenho certeza que você vai se recuperar e vai viver muito, você é jovem e tem um bom coração, merece ser feliz.

(ABNER): – Pai, eu preciso te pedir uma coisa… Por favor, me dê um abraço? Eu sinto muita falta do seu abraço…

(TIAGO): – Mas meu filho, você está ligado a vários aparelhos, pode estragar alguma coisa…

(ABNER): – Por favor, pai, não me negue seu abraço… Um abraço carinhoso de pai é o melhor remédio pra mim nesse momento.

Tiago se emociona e Abner faz força para ficar sentado na maca. Com dificuldades, o jovem fica sentado e encara o pai com afeto. Frente a frente de novo, Tiago e Abner se emocionam e lágrimas escorrem de seus olhos. Então, um abraço acontece. Pai e filho se abraçam após meses de separação e brigas, um abraço longo e apertado, cheio de carinho e emoção. Eles choram em seus ombros, envolvido pelo momento delicado no hospital.

(TIAGO): – Eu te amo muito, meu filho! – chorando.

(ABNER): – Como eu sonhei com esse abraço, meu Deus… Você é tudo pra mim, pai! –chorando.

Tiago e Abner seguem abraçados, muito emocionados com a reconciliação. É quando, de repente, Tiago percebe que Abner perde as forças e estranha. Logo, os aparelhos começam a disparar um barulho e ele se apavora. Tiago deita Abner novamente na maca e sai apressadamente do quarto, gritando por ajuda. Ele retorna a maca e fica em pânico ao ver que seu filho não esboça nenhuma reação. Logo, os médicos aparecem e pedem que Tiago se afaste. Usando o desfibrilador, eles tentam reanimar o coração de Abner e trazê-lo a vida de volta. Eles usam o aparelho várias e várias vezes, mas é inútil: Abner está morto. Ao perceber que não há mais chances, Tiago solta um grito desesperador e se ajoelha no chão do quarto, chorando compulsivamente e dando socos no chão, incrédulo.

(TIAGO): – Não! Não pode ser! Eu não acredito nisso! Meu filho morreu! Porque, meu Deus, porque! – gritando.

Os médicos tentam acalmar Tiago, mas é inútil, ele está irredutível e sofrendo muito. Um enfermeiro desliga todos os aparelhos de Abner e cobre seu corpo com uma fina manta hospitalar, mas Tiago aproxima-se e tira a manta, chorando.

(TIAGO): – Não, deixa que eu faço isso. Por favor, me deixem sozinhos com meu filho.

Os enfermeiros e médicos se compadecem e saem do quarto, deixando Tiago a sós com Abner. Ele chora enquanto observa o filho já falecido e, lentamente, aproxima seu rosto ao dele. Tiago beija o rosto de Abner e, logo após, apoia sua testa na lateral da maca e segura nas mãos do filho, chorando compulsivamente e sem acreditar que Abner morreu. E naquele quarto hospitalar, um silêncio assustador se mantinha, em que o único som era o choro de um pai desesperado pela morte de seu amado filho.

CENA 11: DELEGACIA, SALA DE VISITAS, INTERIOR, TARDE.

Célia é trazida por um policial até a sala de visitas e vê Paola lhe esperando. As duas se encaram com angústia e sentam na mesa, frente a frente, muito tensas.

(PAOLA): – Como você tá?

(CÉLIA): – Péssima. E você?

(PAOLA): – Perplexa com tudo. Ainda não caiu a ficha.

(CÉLIA): – Oh minha amiga, eu me descontrolei e fiz uma bobagem, eu sei, mas eu não fiz por maldade. O Gabriel sim atirou no Abner por maldade, mas eu não esfaqueei o Gabriel por maldade, eu fiquei cega de ódio e o instinto materno explodiu dentro de mim, eu não sei explicar direito, mas foi isso!

(PAOLA): – Tudo bem, Célia, no seu lugar eu acho que me descontrolaria do mesmo jeito. As mães e os filhos são como as leoas e as crias. As leoas são extremamente ferozes para defender suas crias. E você foi uma leoa, Célia, sem dúvidas…

(CÉLIA): – Então, você me entende, Paola?

(PAOLA): – Eu entendo. Eu sei que o Gabriel foi muito errado e eu sei que você teve motivos pra agir assim, mas é muito difícil te olhar agora e saber que a minha melhor amiga matou o meu filho. Por pior que fosse o Gabriel, era meu filho. Eu olho pra você e sinto um dilema dentro de mim. Meu sentimento de amizade está duelando com meu sentimento de mãe. Sinceramente, eu não sei como agir daqui pra frente.

(CÉLIA): – Eu te entendo também, acho que na sua situação, eu estaria dividia da mesma forma. Mas eu só te peço uma coisa: não me odeie! Nós sempre fomos tão amigas, tão unidas pra todas as horas, não vamos deixar esse sentimento tão bonito, morrer de repente.

(PAOLA): – Célia, eu vim até aqui porque precisava ter essa conversa com você. O Rafael vai te advogar, mesmo sendo meu namorado, afinal ele é seu cunhado antes de tudo. Eu não vou me opor, ele tem o direito de te defender por ter assassinado o meu filho. É uma situação muito difícil a minha, mas eu vou me esforçar pra tentar não destruir dentro mim o carinho que eu tenho por você. Mas é muito doloroso, muito mesmo.

(CÉLIA): – Eu não vou forçar nada, vou deixar o tempo agir. Eu vou rezar para que Deus te conforte e te ajude a manter o carinho que tem por mim. Boa sorte no mundo aí fora!

(PAOLA): – Boa sorte pra você também.

Célia e Paola se encaram seriamente e uma lágrima escorre de seus olhos. Paola levanta-se e sai da sala, enquanto Célia se debruça na mesa e chora compulsivamente pelo laço de amizade estremecido.

CENA 12: SEMANAS DEPOIS.

A morte de Abner ainda é sentida por todos. Em seu velório e enterro, Célia compareceu algemada, juntamente com um policial. Ela e Tiago são os que mais sofrem com a morte do filho. Henrique e Jeniffer também estão desolados, pois tinham muito carinho por Abner. Durante estas semanas, Rafael se recuperou do tiro na perna e se tornou advogado de Célia no assassinato de Gabriel. O juiz concedeu o habeas corpus e Célia aguardou o julgamento em liberdade. Paola compreendeu que Rafael defenda Célia, mesmo sendo seu namorado, porém se manteve afastada da amiga. Marieta foi internada em um hospital psiquiátrico para tratar de seus problemas mentais.

CENA 13: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MINAS GERAIS, INTERIOR, MANHÃ.

O Tribunal está lotado. Tiago e Paola fazem parte da plateia, enquanto Rafael está na mesa dos advogados. O juiz bate o martelo e ordena.

(JUIZ): – Que entre a ré.

A porta lateral do Tribunal se abre e um policial traz Célia algemada até em frente à mesa do juiz. Ela observa o Tribunal lotado e olha com tristeza para Tiago e Paola. Célia fica em frente ao juiz, suando frio e trêmula.

(JUIZ): – Estamos aqui para julgar o crime cometido por Célia Rodrigues. A ré foi acusada de homicídio doloso contra Gabriel Diniz. Diante das provas apresentadas neste processo pela polícia e pelo advogado de acusação, julgo Célia Rodrigues como culpada pelo assassinato de Gabriel Diniz, mas levando em consideração o fato de o mesmo ter provocado a morte de Abner Rodrigues, filho da ré, e que a mesma agiu diante de uma crise nervosa, haverá uma redução de pena. A ré Célia Rodrigues deverá cumprir 10 anos de prisão em regime fechado. – batendo martelo. – Está encerrado a sessão.

Uma lágrima escorre dos olhos de Célia e ela fica cabisbaixa. Um policial aproxima-se dela para tirá-la do Tribunal, enquanto ela olha para a plateia e vê Tiago e Paola encarando-a com choque. Rafael levanta-se e se aproxima de Tiago, colocando a mão em seu ombro.

(RAFAEL): – Desculpe, meu irmão, eu fiz o possível. Sinto muito!

Tiago compreende e Rafael sai do Tribunal, seguido por Paola. E pouco a pouco, o Tribunal se esvazia, restando apenas Tiago, que permanece sentado no banco, sem forças ou ânimo para seguir sua vida.

CENA 14: CEMITÉRIO, EXTERIOR, TARDE.

Numa tarde ensolarada, o silêncio do cemitério é quebrado pelo barulho de sapatos de salto. As pernas de uma mulher caminham pelo corredor dos túmulos. Suas mãos carregam um ramalhete de flores. Era Jeniffer, que caminha com óculos escuros por entre os túmulos, até chegar em frente a sepultura de Abner. Ela faz o sinal da cruz e coloca as flores num vaso, observando a foto dele na lápide. Jeniffer acaricia a foto.

(JENIFFER): – Ah Abner… Eu te amei tanto… Porque você tinha que ir embora tão cedo? A vida foi tão injusta com a gente, quando começamos a nos conhecer melhor, você já partiu. E meu amor não foi vivido. – chorando. – Eu queria tanto dizer mais vezes o quanto eu o amo e o quanto eu queria ser feliz contigo, mas a vida não permitiu. Aonde você estiver agora, saiba que sempre existirá um lugar pra você dentro do meu coração… – colocando a mão no peito. – E dentro do meu ventre! – descendo a mão até o ventre.

Jeniffer sorri levemente e se debruça sobre a sepultura, chorando de saudades de Abner.

CENA 15: HOSPITAL PSIQUIÁTRICO, EXTERIOR, TARDE.

No jardim de um hospital psiquiátrico, vários pacientes com problemas mentais estão livres, sendo cuidados por enfermeiros. Marieta está sentada em um banco, vestindo seu uniforme e alisando os cabelos de uma boneca de pano. Logo, Tiago surge no jardim e aproxima-se devagar da sogra, se ajoelhando na grama em frente a ela.

(TIAGO): – Oi Dona Marieta, tudo bem com a senhora?

(MARIETA): – Eu não sei quem é essa tal de Marieta que você tanto fala quando vem falar comigo.

(TIAGO): – Então, qual é o seu nome?

(MARIETA): – Meu nome? Ah, meu nome é… Bom, é… Ai, sabe que eu não sei? – rindo. – Eu esqueci o meu nome. Mas não conta pra esses enfermeiros aí senão eles me dão uns remédios pra dormir, eu não quero dormir, quero ficar mais tempo com a minha filhinha. – acariciando a boneca.

(TIAGO): – Ela é sua filha? – indo tocar na boneca.

(MARIETA): – Não toca nela! – empurrando a mão dele. – Minha filha não fala com estranhos! Olha só, ela tá chorando… Culpa sua! Sai daqui, me deixa sozinha, eu vou amamentar meu bebê. – gritando. – Sai, anda logo, sai!

Tiago se entristece, levanta-se e se afasta, enquanto Marieta segue a cuidar de sua boneca. Um médico psiquiatra se aproxima de Tiago.

(PSIQUIATRA): – É sua sogra, não é?

(TIAGO): – Sim, eu sou responsável pela internação dela. Como ela está?

(PSIQUIATRA): – Do mesmo jeito, não houve melhora nem piora do quadro psíquico. O transtorno que a Marieta sofreu afetou muito a consciência dela, creio que o senhor esteja ciente que não há recuperação, ela vai ficar assim até a morte.

(TIAGO): – Eu sei, infelizmente. Pobre Marieta, que fim triste!

Tiago observa a sogra de longe, que “amamenta” sua boneca, completamente desajuizada. Ele respira fundo e vai embora do hospital psiquiátrico, muito abalado.

CENA 16: UNIVERSIDADE FEDERAL DE BELO HORIZONTE, PRÉDIO DO CURSO DE ARQUITETURA, INTERIOR, TARDE.

Henrique está no corredor do prédio, olhando o mural com a lista dos aprovados para um curso de Arquitetura Oriental e vê seu nome. Henrique vibra e comemora, sozinho. Logo, Jeniffer aparece e percebe seu entusiasmo.

(JENIFFER): – Oi Henrique, que euforia toda é essa?

(HENRIQUE): – Eu passei na prova que selecionava alguns estudantes pra um curso em Tóquio sobre a Arquitetura Oriental. Eu vou pro Japão, Jeniffer! Esse curso deve durar umas duas semanas, eu acho, vai ser incrível!

(JENIFFER): – Poxa Henrique, meus parabéns, você é um cara muito inteligente. – abraçando.

(HENRIQUE): – Muito obrigado, Jeniffer. – eles se afastam. – Eu queria tanto que o Abner estivesse aqui, pra comemorar comigo ou então ir comigo pra Tóquio também. Eu tô me sentido tão sozinho, Jeniffer, ele era como um irmão pra mim.

(JENIFFER): – Eu entendo… Mas a gente tem que aprender a superar o luto. O Abner não voltará mais, o que ficou foram boas lembranças. E o Seu Tiago, tem visto ele?

(HENRIQUE): – Eu fui visitá-lo esses dias, ele tá muito abatido. Também né: o filho morto, a esposa presa e a sogra no hospício, é pesado demais pra uma pessoa aguentar sozinha.

(JENIFFER): – Com certeza… Bom, eu vou fazer uma visita pra ele em breve, temos muito que conversar.

Henrique fica intrigado, mas compreende, e Jeniffer se despede, indo embora da faculdade, enquanto ele segue comemorando pela conquista.

CENA 17: COMPLEXO PENITENCIÁRIO FEMININO ESTEVÃO PINTO, SALA DE VISITAS, INTERIOR, MANHÃ.

Célia é trazida por um policial e, ao ver Tiago lhe esperando, corre até o marido e lhe dá um abraço forte. Em seguida, eles se beijam e acariciam seus rostos, muito emocionados. Eles são ordenados pelo policial a não terem contato físico e então se afastam, sentando a mesa.

(CÉLIA): – Oh meu amor… Que saudades! Como você tá?

(TIAGO): – Tô no meu limite, Célia. Eu não aguento mais essa vida.

(CÉLIA): – Eu sei como é isso, eu tô a um passo de enlouquecer nesse presídio. Os dias são uma eternidade para passar e ainda faltam 10 anos… Eu não sei se vou aguentar!

(TIAGO): – Vai aguentar sim e eu te esperar!

(CÉLIA): – Será que você ainda vai me amar daqui 10 anos?

(TIAGO): – Eu vou te amar até depois da minha morte, meu sentimento por você é eterno.

(CÉLIA): – Oh Tiago… – segurando em suas mãos. – Que besteira eu fui fazer, eu destruí minha vida!

(TIAGO): – Esqueça isso, meu amor, o importante é daqui pra frente. Se você tiver bom comportamento, terá direito a progressão de pena, talvez reduzam uns três ou quatro anos, talvez até mais, nunca se sabe!

(CÉLIA): – Tomara! – eles soltam as mãos. – E a mamãe? Do mesmo jeito no hospício?

(TIAGO): – Sim, não há recuperação pra ela.

(CÉLIA): – Coitada da mamãe… Nossa vida foi um calvário tão grande, Tiago, porque Deus foi tão cruel com a nossa família?

(TIAGO): – Existem perguntas que morrerão sem resposta e essa daí é uma delas, Célia. Eu tenho que ir agora, tá acabando o nosso tempo de visita.

(CÉLIA): – Volta na próxima semana! Venha sempre, por favor, eu não vou aguentar ficar sem te ver por mais que uma semana!

(TIAGO): – Eu virei sim, sempre.

Célia sorri e levanta-se, juntamente com Tiago. Contrariando as ordens do policial, o casal se abraça e se beija intensamente por um longo tempo, uma troca de afeto cheio de paixão e angústia. Após muito tempo aos beijos, o policial intervém e os separa, algemando Célia novamente e a tirando da sala. Em fúria, Tiago chuta a cadeira e dá um soco na mesa.

CENA 18: CASA DE CÉLIA E TIAGO, INTERIOR, NOITE.

Tiago está sentado na mesa de jantar, sozinho, com poucas luzes acesas em casa. Um clima de melancolia e solidão domina o local. Ele olha para seu prato de comida sem vontade de se alimentar e relembra os vários momentos da família confraternizando naquela mesa. Tiago empurra o prato e suspira, levantando-se da mesa e indo para sala. Ao chegar lá, ele vê algumas malas. Logo, Rafael surge com Paola.

(RAFAEL): – Tem certeza que você não quer vir com a gente pro Rio de Janeiro?

(TIAGO): – Tenho. Minha vida é aqui em Belo Horizonte, nessa casa, e vai ser até o fim.

(RAFAEL): – Mas você vai ficar aqui sozinho, eu fico preocupado contigo.

(TIAGO): – Não se preocupe, meu irmão, vá pro Rio de Janeiro terminar seu doutorado e começar uma vida nova com a Paola. Eu não quero incomodar ninguém…

(PAOLA): – Que isso, Tiago, não será incômodo algum… Não quer mesmo vir?

(TIAGO): – Não, obrigado. Façam uma boa viagem e sejam felizes!

Rafael e Paola compreendem e Tiago dá um forte abraço nos dois, que em seguida pegam as malas e se despedem dele, saindo da casa. Ao fechar a porta, Tiago sente um enorme vazio. Agora, ele está sozinho por completo e sente uma profunda tristeza.

CENA 19: AEROPORTO DE BELO HORIZONTE, INTERIOR, NOITE.

Rafael e Paola estão sentados na área de embarque, esperando o voo para o Rio de Janeiro ser anunciado. Alguns minutos depois, o voo é anunciado e eles caminham pelo corredor até chegarem no avião. Rafael e Paola se olham profundamente e dão um beijo apaixonado.

(PAOLA): – Vamos recomeçar, bem longe das lembranças!

(RAFAEL): – Eu prometo que a gente vai ser muito feliz!

Eles sorriem e se beijam novamente, entrando no avião. Pouco após, o avião decola e leva junto com Rafael e Paola o desejo de ser feliz após tanto sofrimento.

CENA 20: CASA DE CÉLIA E TIAGO, INTERIOR, NOITE.

Muito deprimido e infeliz, Tiago não sente mais vontade de viver. Cansado após tanto sofrimento, ele resolve pôr um fim em sua dor. Na mesa de jantar, Tiago coloca um caderno em cima da mesa e com uma caneta começa a escrever uma carta.

Carta - O Preço da Vida

Após escrever a carta, Tiago assina no fim da página e a deixa em cima da mesa. Uma lágrima escorre de seus olhos e ele caminha até a dispensa, pegando uma corda. Vagarosamente, Tiago vai para seu quarto e deixa a carta em cima da mesa de jantar.

CENA 21: CASA DE CÉLIA E TIAGO, QUARTO DO CASAL, INTERIOR, NOITE.

Com auxílio de uma cadeira, Tiago consegue prender uma corda no teto do quarto e fazer uma forca. Ele caminha de um lado para outro no quarto, chorando, criando coragem para tirar sua vida. Tiago olha para a forca e olha para os porta-retratos de família, sentindo uma grande angústia. Ele respira fundo e sobe na cadeira, colocando a cabeça dentro da forca, aos prantos e com a respiração ofegante.

CENA 22: CASA DE CÉLIA E TIAGO, INTERIOR, NOITE.

Ao perceber que a porta da casa estava entreaberta, Jeniffer acabou abrindo e entrou. Ela fica intrigada ao ver o silêncio mortal na casa, em que apenas a sala de jantar está iluminada. Ela chama por Tiago, mas não recebe resposta. Jeniffer caminha até a mesa de jantar e vê um caderno, pegando-o nas mãos. A jovem começa a ler a carta de despedida e fica pálida, extremamente chocada.

(JENIFFER): – Meu Deus do céu, isso aqui é uma carta de suicídio! – gritando e caminhando pela casa. – Seu Tiago, cadê o senhor? Seu Tiago, aparece! Seu Tiago!

Jeniffer caminha por todos os cômodos, gritando por Tiago, sem obter resposta.

CENA 23: CASA DE CÉLIA E TIAGO, QUARTO DO CASAL, INTERIOR, NOITE.

Jeniffer abre a porta do quarto e se desespera ao ver Tiago empurrando a cadeira e se enforcando. Ela solta um grito desesperador e tenta erguê-lo para salvar a vida dele, mas ele é pesado e ela tem pouca força. Jeniffer então sobe na cama e abraça Tiago pendurado na forca, levantando-o. Com dificuldade, ela consegue fazer a forca afrouxar ao erguê-lo levemente. Jeniffer então tira a forca da cabeça de Tiago e ambos caem na cama. Ele começa a tossir muito e respirar com dificuldades, enquanto ela levanta-se da cama e começa a abaná-lo com ajuda de uma revista que encontra caída no chão.

(TIAGO): – Porque você fez isso, Jeniffer? Eu queria morrer! – falando com dificuldade.

(JENIFFER): – Eu não podia deixar você cometer essa besteira, Seu Tiago. Ainda mais agora que você vai ser avô.

Tiago encara Jeniffer com espanto. Ela sorri timidamente e ele fica sentado na cama, conseguindo respirar mais tranquilamente.

(TIAGO): – Avô? Mas… – confuso.

(JENIFFER): – Eu tô grávida, Seu Tiago. Eu tô esperando um filho do Abner. – ela acaricia seu ventre. – Tem um pedacinho do Abner crescendo dentro de mim.

Tiago se emociona e seus olhos ficam marejados. Ele se apoia na cama e se ajoelha no chão. Jeniffer aproxima-se e ele acaricia o ventre da jovem.

(TIAGO): – Filho do Abner… Meu neto… Oh meu Deus, obrigado!

Emocionado, Tiago beija o ventre de Jeniffer e a abraça, ainda ajoelhado. E no último instante, o destino reascendeu a vontade de viver dentro deste homem. Em meio a uma grande tragédia, o milagre da vida persiste em se renovar.

FIM!

Anúncios

157 thoughts on “O Preço da Vida – Capítulo 16 (Último Capítulo)

  1. Último capítulo no ar! Leiam, opinem e espero que gostem! ❤

    Neste final, quero agradecer muito ao @hivanmartinez pela aprovação da sinopse e também há todos que acompanharam meu trabalho nestes 16 capítulos, agradeço a todos vocês por fazerem parte de mais uma página da minha vida virtual no Tv Mix 😀

    Abraços a todos, seus queridos! ❤ ❤ ❤ ❤

    Curtido por 7 pessoas

  2. Pra mim o capítulo terminou na cena 21, cordialmente. Pra mim estava tudo tão perfeito, tinha amado tudo, achei maravilhoso o Tiago se suicidando. Pena que Jennifer apareceu e me decepcionou. Nunca consegui torcer por ela e pelo Abner, portanto, para mim, o Tiago se suicidou e acabou ali. 😛

    Célia foi, com certeza, a estrela desse último capítulo. Essa rainha pisadora matou o imundo do Gabriel e foi presa, mas foi presa de cabeça erguida, adorassem.

    Notei um errinho na cena 6, afinal AB+ é o tipo de sangue receptor universal, ou seja, pode receber qualquer tipo de sangue. O mais raro é O-. Mas nada que atrapalhasse o capítulo.

    A cena da morte do Abner foi maravilhosa e muito emocionante. Adorei ele ter morrido.

    Paola foi forte, eu não sei se conseguiria perdoar Célia…

    Morri com a Marieta louca 😛

    A web inteira foi ótima, Airton. Valeu a pena ler cada vírgula desses 16 capítulos. Você sabe que sou fã da sua escrita e com O Preço da Vida não foi diferente. Vai ficar marcada para a história do TV Mix. Parabéns por todo o trabalho! 😀

    Curtido por 1 pessoa

    • Mas gente, o Tiago não se suicidou não, resta aceitar… heheehehhe 😛 Sobre o tipo sanguíneo, lamento pelo erro, irei corrigir. Paola não perdoou Célia, apenas se despediu dela e, depois daquela cena, não a procurou mais. Agradeço por sua participação, Caíque, fico feliz que tenha lhe agradado! 😀

      Curtido por 1 pessoa

  3. EU TO SEM AAAAAAR!
    FOI MUITA LOUCURA< MUITOS ACONTECIMENTOS! AI DEEEUS!!

    A cena iniciial com aquele fudevu tudo eu acabei rindo HAHAHA
    Sei que era dramática, mas aquela confusão de coisas acontecendo ao mesmo tempo achei engraçado.

    Em pensar que isso tudo aconteceu porque Titi fez um filme pornô.

    Marieta ficou louca! Não gostei. Queria ela com um boy magia tomando drinks numa lancha.
    Paola não merecia um final feliz porque não fez nada que prestasse durante toda a web. Sim, sou rancoroso.

    Abner morreu sem uma surra. Ain que raiva. Mas achei ótimo ele ter morrido pra salvar o pai.
    Ainda não me recuperei da morte da rainha Kelly no capítulo anterior.

    Célia só sofreu HAHAHAHA

    Já estava revoltadíssimo do Titi se matar!
    Sorte que Jenni o salvou e ainda por cima prenha!

    ESTOU DEPRIMIDO!
    NÂO QUERIA O FIM!

    Saudaaaadee!

    Airton, parabéns, parabéns, parabéns!
    Você sabe o quanto te admiro e quanto gosto de você!
    Super merecido o sucesso da web! E que venham outros trabalhos maravilhosos como esse ❤

    Curtido por 2 pessoas

  4. Foi uma grande surpresa a Célia ter matado o Gabriel. Eu, no lugar da Paola, teria sim cortado relações com a Célia. Por mais que ela seja a minha melhor amiga, por mais que ela tivesse todos os motivos do mundo, ELA MATOU O MEU FILHO. E isso é imperdoável.

    Só achei meio inverossímil o juiz ter diminuído a pena da Célia porque ela matou um assassino. Não vi sentido nisso.

    Tiago foi muito egoísta em ter tentado suicídio. Coitada da Célia, passar anos sem ver o marido e, depois de solta, descobrir que ele se matou. Ele não pensou na Célia, e isso pôs em xeque o amor dele pela esposa. Mas graças a Deus a Jennifer o impediu de cometer esse desatino e ainda lhe deu uma motivação para continuar vivendo: a gravidez do Abner Júnior.

    Chegamos ao final com uma grande decepção: o Tiago usou o amor e o apoio da Célia, ele se aproveitou dela. Se teve alguém que aguentou tudo sozinho, esse alguém foi a Célia. A verdadeira guerreira da história é a Célia, e não o Tiago. E podemos perceber isso graças à tentativa de suicídio do Tiago.

    #MomentoDivulgação: https://audienciadatvmix.wordpress.com/2016/08/15/mundos-opostos-capitulo-11/

    Curtido por 2 pessoas

    • Mas a Paola cortou relações com Célia, depois daquela visita na delegacia, elas não se encontraram mais. Não romperam a amizade por completo, mas também não conviveram mais. Sobre o juiz ter diminuído a pena, creio que pelo fato do processo inteiro não ter sido mostrado, apenas o veredito, você não tenha entendido. Pelas várias fases do julgamento, Rafael conseguiu provar que Célia matou Gabriel por um desequilíbrio psicológico após o mesmo matar seu filho, Abner, e o juiz levou em consideração isso. Sobre o Tiago, não creio que sua visão esteja correta. Ele não foi egoísta e nunca usou o amor de Célia, mas diante da tragédia familiar que lhe abateu, ele ficou na solidão e sufocado, se sentindo pequeno demais, entrou em depressão e resolveu se suicidar. Célia foi uma grande mulher, mas Tiago também foi um grande homem, e este casal é um exemplo do quão forte pode ser um amor para superar tantos obstáculos. Agradeço pela sua participação, Glay, obrigado por tudo! 😀

      Curtir

      • Só em não terem rompido a amizade, elas não cortaram relações. Eu teria sim cortado relações com ela na hora, sequer teria permitido que ela se explicasse, nem teria pedido desculpas ao Tiago depois de ter discutido com ele por causa do Gabriel.

        Sim, entendo que ele tenha levado esse fato em consideração, só estranhei a menção nominal do fato. Mas enfim.

        Eu o julgo egoísta sim, ele não pensou na Célia quando tentou suicídio, e parecia bem lúcido quando tomou essa atitude. Para ele, pouco importava se a Célia seria liberta dentro de alguns anos e poderia continuar lhe apoiando, dando razões para ele continuar a viver, cumprindo a promessa vitalícia de fidelidade, amor e respeito que eles fizeram no dia em que se casaram. Ele não foi acometido por um momento de desespero, ele parecia bem lúcido quando decidiu se matar, como eu já disse. Não encontro outra palavra para definir a besteira que ele fez senão egoísmo.

        Foi um prazer acompanhar essa web 😉

        Curtir

  5. Que final triste dessa família, Abner morreu, Dona Marieta ficou louca, Célia foi presa. Minha nossa, eu imaginei direitinho na minha mente todas as cenas que eu li. Pode se sentir orgulhoso Airton, sua web me fez me emocionar de um jeito que você nem imagina. Não vou negar que fiquei triste por este terrível final da família, mas que felizmente Jeniffer fez aliviar um pouco toda essa carga. Eu estou feliz pelo final, e triste com o que aconteceu com o núcleo da família, Tiago é um homem de ferro. Aguentou toda a barra até as suas últimas forças. Graças a Deus a Jeni impediu dele se matar, porque isso já seria d+, apesar de tudo o que houve com eles. Como disse antes, Tiago foi o HERÓI dessa linda e emocionante história, fazer o que ele fez pra salvar a vida de um filho, não é pra qualquer um. Ele foi um verdadeiro PAI. Queria muito ver uma continuação, saber o que iria acontecer com o Tiago e a Jeniffer depois de tudo isso. Enfim, PARABÉNS PELA WEB + UMA VEZ. Linda a história… Linda!

    Curtido por 2 pessoas

    • O fim da família realmente foi bastante triste e trágico, não foi fácil para Tiago suportar tudo isso, tanto que resolveu se suicidar, mas foi salvo no último instante pela Jeniffer. Muito obrigado por todos os elogios, Júlio, é muito satisfatório saber que agradei tanto a você! Sobre uma continuação, não penso no momento, mas quem sabe? Obrigado por tudo! 😀

      Curtir

  6. Parabéns, Airton, você é um ótimo escritor, O Preço da Vida é a minha 4ª web favorita (perdendo para Flor de Liz, A Desonra e Azarados) mas vamos as críticas

    As cenas foram muito bem escritas, mas eu não gostei da Marieta pirada, nem da Célia presa, mas eu gostei da Célia ter matado o Gabriel e da morte do Abner, a ingratidão dele foi muito grande

    Mas parabéns, nada disso altera o meu gosto pela história

    Curtido por 1 pessoa

    • Lamento por não ter lhe agradado tanto no final, mas fico feliz que tenha tanto apresso pela minha web-novela. Abner foi muito ingrato sim, mas se regenerou nos últimos capítulos e, ao salvar o pai da morte, conseguiu provar que mudou e se arrependeu. Agradeço pela participação, Roberto! 😀

      Curtir

  7. Gente!!! Vou ali me enterrar e volto ma outra vida 😂
    To morto com esse final, bárbaro.
    Estou sem estruturas para esse final.
    Meu Deus, que lástima, nem eu que sou apaixonado por escrever tragédias pensaria num fim tão forte
    Gente!!! Ai que final incrível! Pena que o lindinho do Abner morreu 😢

    Curtido por 1 pessoa

  8. Apenas morto com o último capítulo cheio de tragedias, fui tombado.

    Nunca poderia imaginar que a Célia seria presa por 10 anos e ainda por cima ter matado o nojento do Gabriel.

    O mais surpreendente foi a Marieta ter desmaiado pelo impacto da festa e depois ela ter ficado louca e não se lembrar mais de nada da família para sempre e indo para o hospício.

    Paola e Rafael único casal que conseguiu ter seu final feliz apesar da tragedia.

    O Henrique também vai conseguir ser feliz e viajar para um curso em Tóquio construir o futuro dele.

    Eu achava que o Abner iria sobreviver, mas estava com metade da certeza de que ele ia morrer, infelizmente ele não merecia.

    O que mais sofreu mesmo foi o Tiago: ele teve que fazer um filme para salvar a vida próprio filho, e para anos depois, o filme ser descoberto, ter intrigas com os seus familiares, com as pessoas que os criticaram pra no final sofrer vários golpes de uma vez.

    Eu me tremi todo quando começou a cena do quase suicidio dele, mas ainda bem que a Jenifer conseguiu salvá-lo.

    Morro que a Jeniffer está grávida do Abner e falou da notícia pro Tiago e foi o que motivou a ele ter coragem e apesar de tudo, recomeçar.

    Apenas emocionado com a última cena e com a carta que o Tiago escreveu.

    E parabéns Airton pela finalização de mais uma web-novela sua. 😀

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai Fernando, fico feliz que consegui lhe surpreender nesse final, resolvi fazer algo diferente de tudo o que já fiz. Realmente, o maior sofredor dessa trama foi o Tiago, a vida dele foi um calvário e o suicídio foi a solução mais aparente, mas graças a Deus, a Jeniffer apareceu na hora e o salvou, provando que em meio a tantas tragédias, a vida pode recomeçar. Muito obrigado pela sua participação e opinião nos capítulos, Fernando! 😀

      Curtir

  9. E vamos pra mais um final de web
    Célia mata Gabriel
    Célia é presa
    Abner morre
    Marieta enlouquece,risos
    Paola e Rafael vão para o RDJ
    Tiago tenta se suicidar
    Jeniffer gravida do Abner,Só que não essa projeto de Kelly deu pra outro depois do Abner
    Tiago vive e fim

    Pelomenos Abner morreu,Airton o que eu disse sobre o fim lacrador da Marieta?
    Esqueçe muito melhor ela louquinha pirada num hospicio dei muitos risos

    E agora:
    É hora da despedida mais dolorida não vamos mais poder ler as loucuras de Gabriel e Kelly, A ingratidão de Abner,Os pornos de Tiago,Os sambas da Marieta,
    O que falar do Airton? essa rainho divo nos emocionou e nos encatou nessa web,
    Que foi um sucesso e pra sempre sera um sucesso ficara pra sempre nas nossas memorias essa trama movida por um porno e por personagens tão cativantes,
    Parabéns Airton não consigo descrever com palavras o que sinto e que muitos vão sentir com esse forte drama que você escreveu,Manoel Carlos do MIX,risos
    E que esteja sendo reprisado em 2017 no Vale A Pena Ver Um Porno DeNovo!
    E desde ja ansiosa pela sua nova web que teremos certeza que sera um luxo!
    Olha não sei como não chorei mas tenho certeza que você ira chorar e se surprender com o carinho e sucesso que sua trama teve,Bjs até

    Curtido por 2 pessoas

  10. Vocês sabem como eu amo um final trágico né? Pois não esperava um final trágico para O Preço da Vida. Nem estava tão ansioso pois imaginei que o Abner se recuperaria e tudo ficaria bem e feliz e tal. Graças a Deus isso não aconteceu, pois eu não te perdoaria kkkk
    Para começar temos a morte do Gabriel pelas mãos da Célia! Não vou mentir: amei ela ter matado ele. Mostrou o quão forte ela é como mãe, mostrou que o sofrimento guardado todo esse tempo finalmente explodiu de uma forma alucinante. Mas odiei a forma que isso aconteceu…
    Desculpa, mas achei horrível ela ter deixado o filho sangrando na casa para perseguir o Gabriel de carro com uma faca. Nenhuma mãe de verdade deixaria um filho a beira da morte para perseguir o assassino dele. Se ela tivesse matado o Gabriel ali na hora, na casa, em um impulso, sem sair por ai atrás dele seria muito melhor.
    Mas relevamos esse detalhe e vamos para a melhor coisa do capitulo: O TROUXA MORREU!!!!!!

    Pois amei a cena da morte dele. ❤ Odiei ele com todas as minhas forças durante a web, odiei como nunca odiei outra personagem, mas gostei dessa redenção no final. Foi muito tocante ver ele morrer nos braços do pai que se sacrificou tanto para salvá-lo no passado. Foi emocionante e teve muito significado. Amei essa cena e toda a ideia por trás dela.

    Por alguns momentos fiquei com medo que a Marieta morresse. Depois de amar tanto essa personagem seria triste ver ela morrer. Mas seria morte demais pra um capitulo, então gostei dela ficando louca. Faz sentido na idade dela passando por tudo isso enlouquecer. Talvez seria mais interessante ela ter esse colapso depois de ver a filha sendo presa por assassinato, mas de qualquer forma foi incrível e ao mesmo tempo absurdamente triste. A loucura foi mais triste que a morte…

    Uma coisa que não me agradou foi toda a parte entre Célia e Paola. Primeiro que a Paola parece que nem ligou do filho morrer, não ficou brava com a Célia nem nada, achei estranho. Foram muito estranhas as palavras da Celia falando que fez uma bseteira, como se ela tivesse feito algo banal… E a cena entre as duas na delegacia devia ser cortada. Achei muito forçado a Paola conseguir conversar assim com a mulher que matou seu filho a tão pouco tempo, mesmo nessas circunstâncias. Mas vamos relevar mais uma vez pois o resto compensa essa parte kkkkk

    Gostei muito da Jennifer grávida do Abner. Isso deu uma razão para a existência dela na web e toda a trama com ela e com a Kelly. Mas o melhor foi esse final.
    Achei digno o Tiago querer se matar. Foi egoismo com a Célia? Foi. Mas depois de tudo o que ele passou, o desprezo do filho, ver o vídeo vazar, ser mal tratado pelas pessoas pelo pornô, ver o filho morrer em seus braços, ver a esposa presa, ver a sogra louca… Era compreensível que por um momento ele pensasse em desistir de tudo.

    Mas Jennifer salvou o dia revelando uma luz no fim do túnel. Neste caso o túnel é o canal vaginal dela e a luz é o bebe em seu útero! Gostei muito dessa ponta de esperança após tanta tragédia. Foi perfeito! Simplesmente magnífico. Não seria nem de perto tão bom se o Tiago fosse me frente e se matasse, pois seria um final meio vazio, e não era isso que a web propunha em seu desenvolvimento.

    Não considero essa sua melhor web-novela Airton, mas com toda certeza seu melhor final. Ousado, trágico, ágil, emocionante… Perfeito! ❤ Mil parabéns amigo! 😀

    Curtido por 1 pessoa

    • Célia não matou Gabriel na casa porque não havia chances, com certeza levaria um tiro. E no mais, ela ficou transtornada demais, cega de raiva, saiu de casa sem pensar em mais nada, com o único propósito de vingar seu filho. Abner foi uma pessoa muito controversa no decorrer de toda a trama, mas seu amor pelo Tiago era verdadeiro, ao levar o tiro pelo pai ele provou isso. A cena da despedida de pai e filho foi extremamente tensa de escrever, me emocionei demais, ainda mais porque escrevi ontem, no Dia dos Pais. Sobre Paola e Célia, elas não reataram, não continuaram amigas, apenas se despediram com muita mágoa uma da outra. E sim, a tentativa de suicídio do Tiago demonstra o quão sofrimento ele estava sentindo, completamente em depressão, não viu outra alternativa. Mas surge Jeniffer e lhe salvou, provando que há vida em meio a tragédia. Agradeço por suas opiniões, Luiz, fico muito feliz que tenha conseguido lhe surpreender tanto! 😀

      Curtir

  11. A atitude do Tiago fazer um filme pornográfico para salvar o Abner foi vista de muita maneiras pelos leitores, é inevitável o teor erótico mesmo sendo um drama familiar, mas creio que o desfecho provou que o conflito de família foi muito além do cunho sexual. Muito obrigado pelas opiniões, Gabriel! 😀

    Curtir

  12. Ainda em estado de choque…
    Não imaginava alguns desfechos, acho que nenhum. Realmente me surpreendeu.
    Fiquei chocado com a Célia matando o Gabriel. Aquele verme devia ter caido do penhasco e não ela ter esfaqueado 😦 . Dona Marieta enlouquece, tadinha :(. Fiquei com muita pena da Paolla tbm, apesar de lixo era um filho. E acho q nunca mais iria conseguir olhar pra Célia. Meu Deus, a cena mais forte, a reconciliação de pai e filho , isso foi muito lindo e emocionante, eu simplesmente fiquei arrepiado imaginando tudo. Não imaginava que o Abner fosse morrer, a cena da morte foi muito forte. A melhor cena dessa último capítulo ❤ e mais uma vez coitado do Tiago, muito sofrimento. Célia julgada e condenada. Henrique vai pra Tóquio, Jennifer desolada mas ainda sim seguindo em frente. Rafael e Paolla terminam bem. Ai , essa carta do Tiago, fiquei em pânico, ja imaginando suicídio e foi o que ele tentou fazer, achei que ele iria morrer, graças a Deus Jennifer chegou no momento certo , o salvou, e lhe deu digamos que motivo pra continuar e recomeçar, linda cena, um alívio pra mom diante de tantas tragédias. Final foi foda, um dos mais épicos que ja li de uma web aqui. Arriscado, pois não é fácil fazer um final assim, e ainda tem a carga emocional. Enfim, amei essa web desde o início, vc sabe o quanto fui fã. Sentirei muita saudade. Texto ótimo ,tudo magnífico. Uma pena que tenha sido tudo tão triste, mas compreendo. Parabéns amg e volte logo 😀 ❤

    Tiago foi o grande personagem dessa história. Pai e herói!

    Morrerei de saudades da Marieta e da Kelly.

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai Ítalo, que bom que te surpreendi, a intenção foi essa mesma: surpreender todo mundo! Infelizmente, nem todo mundo teve um final feliz (aliás, praticamente todos não tiveram final feliz né), mas enfim, faz parte da vida. Diante de tanto sofrimento, Tiago não viu outra saída senão a morte, e se não fosse por Jeniffer, ele teria cometido uma loucura. Em meio a tanta tragédia, a vida renasceu, fica essa a mensagem. Muito obrigado pela participação, Ítalo, agradeço por suas opiniões! 😀

      Curtido por 1 pessoa

  13. Morro com a morte do Abner!
    #. 😮 😮 😮
    Que pena!
    #. 😥 😥 😥
    Morro com o quase suicídio do Tiago!
    #. 😮 😮 😮
    Morro com o grande e emocionante final da web-novela!
    #. 😥 😥 😥
    Mais uma vez você arrasou nessa sua web-produção!
    Parabéns pelo grande sucesso e pela web-novela!
    #. ❤ ❤ ❤
    #. 😀 😀 😀

    Curtido por 1 pessoa

  14. Deixe uma resposta

    Parabéns Aírton!
    Que final triste e surpreendente.
    Chorando aqui, nem sei por onde começar a elogiar esse seu belíssimo trabalho e sua grande dedicação em O Preço da Vida, que com certeza se tornará a maior audiência do blog.
    O início do capítulo foi avassalador, alucinante. Gabriel conseguiu destruir a família de Tiago. Atirou em Abner e Rafael, Marieta ficou louca e Célia perseguiu Gabriel.
    Foi uma sequência incrível a da perseguição. Célia tomada pelo amor materno matou Gabriel. Foi um ato impulsivo, mas necessário na altura que os fatos se encontravam. Nesse ponto eu não apostava que Célia se tornasse assassina, mas foi preciso.
    Paola ficou transtornada ao ver seu filho morto a facadas, difícil pra uma mãe mesmo que adotiva ver um filho morto.
    Triste estes acontecimentos, mas o pior tava por vir.
    Marieta ficou louca, Rafael ficou bem. Mas, Abner passou por uma difícil cirurgia e estava bem. A cena mais emocionante com certeza foi o pedido de perdão de Abner para Tiago, o pai que falou coisas horríveis, estava brigando a tempo. Parecia que teríamos o final feliz. Mas, aí apareceu a coerência do Aírton e matou nosso protagonista. A morte foi preciso por dar credibilidade a trama. Abner morrer foi triste pra todos, mas necessário pra concluir sua trajetória.
    Célia condenada a 10 anos, por mim ela nem ia presa, mas é a lei né. Com isso acabou a vida do Tiago, ao ponto de ele tentar suicídio. Ali que acontece a coia mais linda e poética da trama, Jennifer grávida de Abner. Agora Tiago teria um neto, assim uma forma de ter uma parte de seu filho perto dele novamente, Achei bonito, criativo e caiu como uma luva nesse final.
    Paola e Rafael felizes. Henrique continuando sua vida de estudante dedicado.
    Marieta infelizmente ficou louca. Célia na cadeia, pensando em sair o mais rápido de lá.
    Tiago e Jennifer felizes por term uma nova chance pra recomeçarem suas vidas.
    Nova vida, om um filho de Abner pra nascer e tornar um final trágico em um início promissor e muito alegre.
    Esse drama chegou ao fim, de forma surpreendente. Gostei do final. Foi impecável seu trabalho na condução dessa web que me fez refletir, chorar e me emocionar com seus diversos dilemas, mas com esse fim me vem uma pergunta em mente qual é o preço da vida?
    Depende do ponto de vista.
    Mas o final foi correto e preciso. A resposta dessa questão depende de como cada pessoa reagiu ao ler este emocionante drama escrito pelo Airton Guites, o autor do maior fenômeno desse blog.
    Você superou todas minhas expectativas nessa web. Nunca imaginei que ao ler o primeiro capítulo atrasado eu leria um último capítulo arrebatador, surpreendente, coerente. E com uma mensagem de recomeço. Que seja feliz esse recomeço pra família de Abner e seu filho, que nascerá sem seu pai e que foi um inesquecível protagonista dessa web, que marcou a mim e ao TvMix.
    Sem mais delongas, eu só tenho a agradecer por ter me dado a oportunidade de ler essa web e refletir tanto assim.
    Fico emocionado e feliz pelo seu trabalho.
    Foi positivo ler O Preço da Vida.
    Uma web que prometia bastante e se tornou um fenômeno muito elogiada.
    Muito obrigado Aírton.
    Só tenho elogios a essa web.
    Final épico.
    Palmas a você!!!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai Gremista, o que dizer diante de um comentário assim? Você foi um dos leitores mais fiéis e interativos, refletiu muito sobre minha trama, e como autor isso me deixa muito satisfeito, porque são exatamente essas sensações que eu queria causar. Não foi fácil escrever esse final, eu nunca tinha escrito um final trágico em toda minha carreira no blog. Sem dúvidas, a cena da morte de Abner após se reconciliar com o Tiago, foi a mais difícil, confesso que quase chorei escrevendo, foi muito intensa. Quase todos os personagens tiveram finais tristes, de fato, mas com certeza Tiago foi o que mais sofreu e, ao ver sua família destruída, tentou se matar. Só que Jeniffer surgiu com um filho de Abner e reascendeu nele a vontade de viver, mostrando que há luz no fim do túnel. Enfim, não tenho mais palavras para expressar meus agradecimentos por sua participação na minha web-novela, é muito gratificante ter um leitor tão assíduo e reflexivo como você. Obrigado por tudo, Gremista! 😀

      Curtir

  15. Parabéns amigo vc pelo sucesso e pela história maravilhosa, assim que puder eu lerei todos os capítulos atrasados e postarei um comentário maior, mas vc arrasa sempre com as suas histórias. Você merece sucesso sempre amigo.

    Curtido por 1 pessoa

  16. Bom… Eu disse desde o começo que o Abner faria a passagem, né!? Então eu já fui com essa expectativa. Já o Gabriel eu também tinha isso em mente, mas não esperava que fosse morto pela Célia. Com relação a Dona Marieta eu pensei que ela passaria despercebida pelo final, mas como todo personagem ela teria o seu impacto.

    Com relação ao capítulo, que capitulo maravilhoso. Óbvio que trágico, mas longe do clichê com “felizes para sempre”. Ótimo capítulo! Ótima trama.

    E espero um dia ainda dividir uma trama com você, eu adoro escrever vilões 😜

    Curtido por 1 pessoa

  17. Chocadíssimo com as cenas de ação, Célia perseguindo Gabriel, e Paola perseguindo os dois, cenas de tirar o fôlego, adoro. E por fim, Célia mata Gabriel a facadas, amei, o instinto de mãe é capaz de tudo e Gabriel mereceu.

    Mas não vou mentir, tava esperando alguma revelação nesse embate da Célia e do Gabriel, pensei que teria algo a mais por trás dessa inveja dele e tava criando teorias mirabolantes para esse encontro. Mas ok, foi melhor assim, tudo na devida coerência.

    E Célia foi presa. Olha aqui, eu já achava a Paola uma who, depois da reação dela diante da morte do filho, eu peguei birra definitiva dela. Sério, ela não pareceu se importar com a morte do filho, chorou sobre o corpo dele e na cena seguinte ela deixou o sofrimento de lado, ela não me convenceu com seu sofrimento.

    E a amizade de Célia e Paola, como era de se esperar, ficou estremecida, pra não dizer rompida. É algo normal nessas circunstâncias, é difícil manter a amizade.

    E o Abner morreu numa cena linda e emocionante, tudo estava se encaminhando tão bem, ele parecia estar se recuperando, e quando enfim se reconciliou com o pai, partiu dessa vida. Ele precisava do perdão do Tiago pra partir em paz, uma cena emocionante.

    A morte de Kelly foi parar nos jornais, chocado com o poder da biscate, gerando repercussão até depois de morta.

    Agora vamos falar do final da rainha Marieta. Não aceito!

    Não aceito esse final, ela não merecia esse fim, não merecia ficar sem juízo, numa clínica e sem chances de cura, NÃO ACEITO!

    E as cenas finais, dedicadas ao estopim do “cansaço” de Tiago, que decide se suicidar. Ele foi covarde sim, ele deixaria a esposa presa e a sogra doente na clínica, mas sua atitude é mais que compreensível, ele passou por tanta coisa durante toda a trama, tirar a sua vida era uma forma de acabar com todo o sofrimento. Mas eis que Jeniffer aparece e o salva, o tirando da forca e revelando estar grávida de Abner, mostrando e dando um novo motivo pra viver ao Tiago, ai que lindo, o plot da web, a vida, se fez muito presente nesse desfecho que encerrou a trama com chave de ouro e de forma emocionante.

    E agora eu dou parabéns por mais uma excelente obra concluída, Airton, você arrasou novamente e O Preço da Vida foi incrível, conduzida com competência. Um drama envolvente e que fez geral refletir. Parabéns amigo, você mais uma vez provou porque é um dos melhores autores desse blog, e todo sucesso que suas webs fazem e que O Preço da Vida fez é merecido. Parabéns. ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai gente, o que dizer diante desse comentário? Muito obrigado, Jean, eu fico muito feliz em saber que a trama lhe agradou tanto e que o final lhe surpreendeu, era exatamente esse o meu objeto: surpreender e fugir do óbvio. Sobre o fim que lhe desagradou, o da Marieta, eu sinto muito, se fosse ser justo ela realmente não merecia esse fim, mas presenciar toda essa tragédia na idade dela foi muito forte, infelizmente isso acontece e é muito triste, faz parte da vida. Enfim, obrigado por todos os elogios e críticas, isso é muito importante para mim! 😀

      Curtido por 1 pessoa

  18. Amei as cenas que li, infelizmente não pude ler tudo, estou sem tempo, mas adoooooooro, pena que a Kely não estava nesse capítulo para pisar nas recalcadas 😂😂😂😂
    Achei muito engraçado a Marieta falando que a boneca é filha dela, tá igual a mãe da Esmeralda de A Gata, amei a Célia atirando no ordinário do Gabriel, amei o Tiago tentando se suicidar e acho que ele não deveria ter morrido ao contrário de certas @ acham.
    Enfim, um luxão, esse drama familiar alastrante que fez o leitor perder o fôlego e deu muita polêmica também, adooooooooooooooooooro.
    Parabéns Airton, sucesso em seus novos projetos.

    Curtido por 1 pessoa

  19. Gente, mas estou chocado! Confesso que já sabia que o Abner iria morrer porque recebi um pedido que obrigatoriamente era acompanhado de um spoiler, mas né…

    Bom, esse último capítulo teve muita ação e suspense (AMO)! Inclusive, quantas mortes, ein? Gabriel, Kelly, Abner… Logo eles três, que tinham relações diretas, acabaram do mesmo jeito. Célia matou Gabriel e eu fiquei muito surpreso! Achei que ela fosse ser absolvida, mas não, foi condenada! 😮

    Quando li essa carta de suicídio pensei que essa seria, definitivamente, a família mais infeliz da história das web-novelas, e talvez tenha sido, porém só não foi ainda mais porque Jeniffer conseguiu impedir o pior!

    Airton, meus parabéns! Sua web cativou a todos os leitores aqui e, como sempre, trouxe mensagens muito belas aos leitores! Peço perdão por não ter acompanhado ela 100%, mas sempre fiz o possível para estar aqui! Muito obrigado por me permitir participar um pouco desse trabalho magnífico! E aguardo uma próxima web sua, claro. Parabéns ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai Bruninho, se tem alguém que tem que agradecer alguém, sou eu a você, por toda a paciência e ajuda no designer do logotipo e das chamadas. Muito obrigado por tudo e entendo seu tempo curto, mas fico feliz que tenha gostado tanto da trama que se esforçou para acompanhar. E fico feliz também por ter conseguido surpreender! Obrigado por tudo, querido! 😀

      Curtido por 1 pessoa

  20. Oh, Airton, me desculpe a demora pra comentar. Durmo 21h00 e quando cheguei da aula, fui logo estudar para a prova. Adorei o último capítulo! Como eu esperava! Muito emocionante! Que reprise logo!

    ❤❤❤❤

    Curtido por 1 pessoa

  21. Queria poder fazer um comentário maior, mas como você sabe e entende, minha vida ta meio corrida.
    Gostaria de me desculpar por não ter acompanhado inteiramente a segunda fase da trama. Mas a primeira e partes da segunda que li foram completamente excelentes.
    Como todos, eu não esperava um fim tão trágico, Marieta louca vai fazer orgia no hospício, Abner morrendo, Célia presa e Tiago a um passo do suicídio.
    A cena da Célia perseguindo Gabriel foi implacável, consegui imaginar cada detalhe.
    E após muito sofrimento, na cena final temos uma notícia que possivelmente será o recomeço para Tiago.
    Meus parabéns por essa trama polêmica e delicada que você soube conduzir muito bem! ❤️

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai Brenddo, ter você aqui é uma honra, pois sei como é difícil pra você! E se esforçar para ler minha web, mesmo em meio a essa correria, me deixa emocionado. Fico feliz por ter surpreendido no final e lhe agradado nos capítulos que conseguiu ler durante a exibição, muitíssimo obrigado pela participação e até janeiro naquele nosso projetinho (abafaremos)! ❤

      Curtir

  22. Como o meu comentário foi boicotado, eu vou fazer um novo comentário e vou salvar se essa mal comida apagar dessa vez eu posto mil vez se for preciso.
    Nem sei por onde começar. Vou começar falando desse capitulo épico.
    Célia fica fora de si e vai em busca de Gabriel, não tiro a razão dela uma mãe revoltada é capaz de tudo. Marieta passa mal, fiquei com muita pena do Tiago é muita tragédia junta, ninguém merece. Célia matou Gabriel, jamais imaginei que ela iria fazer isso, mesmo ela estando revoltada não era a melhor atitude de ser fazer e ela é presa :o. Paola vai no hospital revoltada e conta para o Tiago que sua mulher matou o Gabriel.
    Ai Airton, você não fez isso com a rainha, Marieta não merecia terminar louca, não aceito esse final. Chocado com ela no hospício com um boneca chamando de filha,ela não merecia terminar seus dias dessa forma, mas pensado bem ela iria sofrer mais ainda vendo seu querido neto morrer e sua filha presa , ela não iria aguentar a pressão.
    Fiquei totalmente emocionado com a cena do Abner com o pai, muito triste que ele tenha tido um final tão cedo mas ele teve tempo de perdoa o seu pai de tudo que ele falou na briga e provou o amor e admiração que tinha o pai.
    Paola fala com Célia, uma não teve ódio da outra mas a amizade delas acabou, também não tinha nem cabimento de continuar, apesar de tudo as duas estando sentindo a mesma dor que é de perder um filho.
    Coitada de Célia sendo condenada a 10 anos de cadeia, muito triste. Mas a justiça foi feita o Gabriel fez tudo que fez mas ela não tinha o direito de tirar a vida dele.Jennifer vai no cemitério, sinceramente eu não gostava muito dela e gostei muito menos agora, tipo ela amava o Abner mas como ela age é como eles tivesse um caso a 20 anos, tudo bem que com o amor não tempo mas achei um pouco imaturo da parte dela.
    Henrique passou e vai estudar em Tóquio, gostei do final dele, ele merece um garoto de ouro. Que situação da Célia e do Tiago mas ele prometeu que vai visitar sempre a mulher, e assim espero eles merecem ser felizes novamente. Rafael e Paola vão para o Rio tentar recomeçar a vida, mesmo sendo difícil depois de tanto sofrer.
    Tiago depois de tanto sofrimento decide da pior maneiro encerrar esse sofrimento, mas eu gostei muito que a Jennifer chegou a tempo dele não cometer esse erro e ela revela que esta grávida esperando o seu neto sendo uma alegria para ele depois de tanto chorar, simplesmente um final emocionante, não tinha como ser melhor,
    Então, é isso! Nem sei o que falar, se eu elogiar da maneira que merece iria ficar aqui a dias e ainda seria pouco. Airton meus parabéns pela essa obra magnifica, valeu a pena cada palavra que eu li dessa web. Não vou esquecer jamais dassa web das cenas marcantes do inicio como o Tiago fazendo um filme pornográfico para salvar a vida de seu filho, a briga do filho ao descobrir desse filme o drama da família. Como se esquecer da Kelly, com sua vida dupla? Da Marieta e sua desconfiança a namorada do neto? enfim. Já estou com saudades e depois desse capítulo tive a certeza que essa foi a melhor web que já tenha lido, não tenho o que mais falar, não sai que esse comentário foi melhor ou pior do que o outro ou os dois foram péssimos mas eu queria deixar aqui meu carinho por essa emocione história. Obrigado, Airton por emocionar e fazer a gente pensar na vida. ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai Paulo, você refez seu comentário, ai que querido! ❤ Nossa, eu fico muito feliz em saber que minha web-novela te agradou tanto, te fez pensar e que considera sua preferida. Nem sei o que falar, a não se agradecer muito por toda sua participação e opinião nos capítulos, muito obrigado por tudo e não sabe como fico feliz com seu reconhecimento! 😀

      Curtir

  23. Capítulo 14:

    Pasmo com a surra que a Jeni deu na Putelly, não vou negar ADOOOOOOOOOOOORO ❤ 😛 Foi merecido! 😛 – Que horror o Tiago ser atingido por uma pedra, mas que delinquentes! Deveriam ser presos! – Gabriel expulso da universidade 😮 amei? Adorei? Bem feito? – Marieta convida Abner para ir ao aniversário dela – Pasmo com a discussão que Paola e Gabriel tiveram, mais pasmo ainda que Abner deu um soco na cara dele 😮 Kelly grávida? GGGGGGGGGGGGGGG 😮 Pasmo que o Gabriel tem uma inveja absurda do Abner 😮 Pasmo com a surra que o Abner deu no Gabriel, não vou negar ADOOOOOOOOOOOOOOORO ❤ Surra mais do que merecida! 😀 O que Gabriel fará agora? 😮

    Capítulo 15:

    Jeniffer e Abner tem uma noite de amor juntos ❤ ❤ ❤ – Prostikelly está grávida e não sabe quem é o pai, mas também 🙄 – Pasmo que a Kelly foi até o apê do Henrique e falou que ele era o pai da criança que ela está esperando, GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG, mas Abner e Henrique não acreditaram dela e ela foi expulsa do apê, bem feito pra piranha 😀 😛 – Pasmo com o Tiago dando uma bofetada na cara da biscate e a Célia expulsando ela da casa a força, Putelly mais do que humilhada ❤ 😀 😛 – Abner aparece na festa de aniversário da avó e faz ás pazes com Célia, porém ainda não tem coragem de falar com Tiago – Chocado com a morte da Kelly, GGGGGGGGG, mas também, como uma grávida vai fazer uso de bebida alcoólica misturando com energético e repetir a dose várias vezes? Só poderia dar nisso! Embora Kelly não tenha sido uma vilã horrível para merecer esse final, é nisso que dá só pensar em sexo e homens e prejudicar a vida dos outros, Kelly colheu o que plantou! – Chocado que Gabriel ameaçou atirar em Tiago, mas Abner se jogou na frente do pai e acabou sendo atingido, GGGGGGGGGGGGGGGG, pasmo que a Célia foi atrás do Gabriel! 😮 Que gancho de primeira! 😮

    Capítulo 16:

    Enfim chegamos ao fim desse LACRE de web, quase não tenho palavras para descrever esse último capítulo, apenas que o Tinho sambou novamente, kkkkkkkkkkkkkk 😛 – Pasmo que Rafael também foi atingido, porém está bem, chocado com a perseguição da Célia e do Gabriel, GGGGGGGGGGGG, aja barbeiragens no trânsito 😛 – A situação está tensa na casa do Tiago! :\ – Novamente chocado com a perseguição, Célia está descontrolada de ódio! 😮 – Célia da uma facada em Gabriel e mata o vilão, não vou negar, foi merecido! Célia ficou irada com Gabriel e seu extinto materno despertou com muita fúria dentro de si, Paola reclamando com Célia, ZzZzZzZz, perdeu pontos comigo 🙄 Célia é presa, poxa! :\ – Pasmo com a discussão de Tiago e Paola, situação muito tensa – Gente, como assim a Rainha Marieta ficou louca? Que horror! 😮 Poxa gente, espero que isso seja temporário, Marieta não merecia isso :\ – Ao menos Rafael está bem – Em choque que Abner morreu, gente, que cena foi essa? Tinho, seu destruidor de sentimentos! Essa cena foi muito triste! 😥 :\ Coitado do Tiago! :\ Ao menos, Abner foi em paz, salvou a vida do pai e eles se reconciliaram, mas Abner não merecia morrer! 😥 :\ Coitada da Jeni também! Queria vê-los juntos! :\ – Pela conversa que Paola deve com Célia, entendi que Paola não a odeia, porém, a amizade delas não poderá mais persistir depois disso, coitada da Célia, não merecia isso 😥 :\ Poxa Tinho, você ta muito malvado com os personagens! 😮 😛 – Célia é condenada a 10 anos de prisão, poxa vida, Célia não merecia isso, tudo bem que ela matou uma pessoa, mas olha pelo lado dela, e Gabriel não valia nada! Coitada da Célia! :\ – Incrível o talento que o Tinho tem pra nos deixar sem reações em certas cenas, a cena da Jeni visitando o túmulo de Abner foi muito triste, porém, Jeni está grávida de Abner, FINALMENTE uma boa notícia! 😀 – Muito triste o fim da Marieta, Rainha não merecia terminar assim :\ O menos mal é que a idosa não está desamparada, mesmo sem ter noção, Tiago e Célia (depois de sair da prisão) vão estar cuidado e visitando ela – Henrique vai pro Japão, que chique hein 😛 – Célia e Tiago se apóiam nesse momento difícil – Tiago não aceita ir para o Rio de Janeiro e prefere ficar em Belo Horizonte – Rafael e Paola serão felizes – Pasmo coma cara que Tiago escreveu, mais pasmo ainda que Tiago quis tirar a própria vida 😮 Porém, Jeniffer chegou a tempo e impediu Tiago se cometer essa besteira, Jeniffer conta a Tiago que ele será avô, Tiago agradece a Deus e fica feliz com a notícia, voltando a ver esperanças e alegrias em viver, fico feliz que a web não tenha terminado tragicamente, Jeniffer RAINHA salvou a vida de Tiago na última hora 😀 😛 E espero que Tiago consiga refazer sua vida! Que final foi esse? To sem palavras! Grande final! To até sem fôlego com esse último capítulo! 😮 Bom, Tinho, eu confesso que eu não gosto de novelas/web novelas com finais trágicos, mas dependendo da ocasião, até que conta em alguns casos, mas nesse caso, eu imaginava um que no final, Abner e Tiago iriam se acertar, Gabriel teria um final trágico, mas não morto pela Célia, pensei que ele sofreria um acidente quando tentava escapar da polícia ou algo do tipo, o final de Rafael e Paola saiu bem como eu imaginei 😛 Também pensei que Tiago e Célia seriam felizes juntos, e Marieta ficaria bem, e claro, imaginei que Abner e Jeniffer ficariam juntos no final, porém não foi o que aconteceu, mas isso não é uma crítica, é mais o meu ponto de vista pessoal, foi esse final foi muito mais impactante do que o final que eu imaginei, Tinho tem fama de destruidor, esperar o que né? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk 😛 – Mas tem o lado bom da história nesse final: Tiago será avô e de certa forma, ganhará Jeniffer como uma parente querida, a mãe de seu neto, Célia irá sair da prisão e poderá refazer sua vida, será difícil, mas nada é impossível, Marieta mesmo sem razão, terá o carinho da filha e do genro, mesmo sem tendo noção de que são parentes. E claro, a web deu jus ao nome, “O Preço da Vida”, Tiago salvou Abner e Abner salvou Tiago, porém, Abner morreu, mas deixou um neto para o pai. Tinho, me desculpe até em fazer um comentário mais “pequeno” do que o de costume, mas é que eu não tenho mais palavras, esse último capítulo foi tão impactante e tão bem escrito que me deixou quase que sem palavras, texto impecável, emoções a flor da pele, final diferente, reviravoltas de tirar o fôlego, Célia numa perseguição delirante com Gabriel 😛 Enfim, meus imensos parabéns por mais um LACRE de web novela feito e aprovado com sucesso no Tv Mix, Airton, “O Preço da Vida” é sem dúvidas um clássico do blog! Foi um prazer ler essa web novela, inovadora e muito impactante! Novamente, parabéns Airton! 😀 😛 😉

    Curtido por 2 pessoas

    • Audy, seu rei, ai emocionado com seu comentário! Você que acompanhou todas minhas web-novelas sabe que eu nunca escrevi finais trágicos e foi justamente por isso que abri uma exceção em “O Preço da Vida”, quis me arriscar e fazer algo diferente, acho que o horário das 22h dá essa liberdade. Apesar de saber que você não gosta de finais trágicos, fico feliz que mesmo assim o final da minha web lhe agradou. Obrigado por sua participação e opinião, é muito importante pra mim! 😀

      Curtir

  24. Pensou que eu não ia comentar como fiz com Destinos Cruzados, né? Pois se enganou, meu bem. Airton, meu querido, se sua intenção era me destruir, você conseguiu. Sabe, nem acredito que o luxo chegou ao fim, eu acompanho suas obras desde Conectada ao Fim e todas elas foram excelentes e me deixaram saudades, e cada obra que você fez, cada vez mais você se superou, melhorou tanto em termos de escrita, quanto em termos de enredo. Eu até agora estou em dúvida de qual web-novela sua é melhor, cada uma teve suas qualidades, mas mesmo assim fico dividido entre Destinos Cruzados, Laços de Afeto e agora com O Preço da Vida, é difícil eleger sua melhor web, são todas ótimas, mas enfim, vamos à opinião sobre o capítulo.

    Olha, você já deve saber que sou fascinado por finais trágicos, pois bem. Não poderia ser melhor os destinos dos personagens, principalmente com a morte de Abner, a qual tanto quis que acontecesse, e aconteceu, grito. Mas gggg, como assim Marieta ficou fora de si? Pois saiba que essa foi a pior parte, talvez a única do capítulo, não gostei mesmo. Morte, Célia fez certíssimo em ter matado o Gabriel, mas acabou sendo presa, umas mortes.

    E eu até o último momento pensei que Tiago iria de suicidar, confesso que antes de ler até o fim, ficaria decepcionado. Mas apesar de não ter shippado Jeniffer e Abner, adorei essa última cena dela revelando ao sogro que tá esperando um filho do Abner, foi emocionante, sabe.

    E no geral, O Preço da Vida foi mais uma obra espetacular sua, Tinho, não tenho do que reclamar sobre o enredo. Confesso que no começo pensei que a web não seria essas coisas todas, mas vindo de você, qualquer coisa vira um luxo. Depois de que Abner descobre que seu pai fez um filme pornô pra salvar sua vida, a web deslanchou de vez, a cada capítulo um acontecimento de tirar o fôlego, como sempre presente nas suas obras. Bem, não vou estender muito, hoje eu estive fora e não deu pra comentar mais cedo, queria prolongar mais meu comment, mas enfim, só vai dar pra opinar na sua web hoje, não poderia deixar de lhe prestigiar.Finalizo lhe parabenizando pelo imenso sucesso que sua web fez, foi merecedora de ser a maior audiência das web-novelas, aliás você merece, isso é apenas o retorno e o reconhecimento do público de uma web-novela de qualidade como O Preço da Vida foi. E que venham mais luxos seus, já quero um romance de época, uma web-teen e uma web-série, sim, bj.

    Curtido por 1 pessoa

    • Finais trágicos não são meu perfil não, tanto que eu nunca escrevi, mas como escritor acho importante me arriscar, e foi o que eu fiz, me arrisquei em escrever um final trágico para “O Preço da Vida”, surpreendendo a todo mundo, até mesmo a você, e isso me deixa muito feliz e satisfeito. Agradeço muito pelo seu carinho e seus elogios, também pelas suas críticas, muito obrigado por tudo! 😀

      Curtir

  25. Estou escrevendo com o coração.
    Nesse ultimo capitulo eu me emocionei,chorei,senti um coração apertado com esse por causa do fim dessa web.
    Parabéns Airton Guites, esperando o seu próximo sucesso!
    Continue sempre assim garoto!

    Curtido por 1 pessoa

  26. Último capítulo esplendoroso, parabéns Airton, amei muito.
    Ainda bem que eu conseguir me atualizar a tempo e estou aqui pra comentar esse luxo de web. Gente não acredito na virada que a web deu desde que o Abner descobriu sobre o DVD. Gente o que foi tudo aquilo, confesso que tive muito ódio desse garoto, como pode fazer isso com o pai e a mãe? 😮 não pude deixar de notar as loucuras do Gabriel, como pode fazer maldade aos outros põe inveja 😛
    E o que dizer desde final? Bem, logo quando o Abner está disposto a se reconciliar com o pai vem o Gabriel e atira em quase todo mundo, e para provar seu amor pelo pai o Abner leva o tiro que era pra o pai. Fiquei tipo pasmem com a cena 😮 mas pelo menos os dois ainda puderam conversar e se dar bem uma cena emocionante (como muitas outras na web)
    E a Célia gente 😮 nem cheguei a suspeitar que ela ia conseguir fazer essa barbárie, matar o Gabriel, se bem que ele merecia mas ela não merecia estragar sua vida assim e acabar indo parar na prisão. 😦
    Kelly morrendo de overdose gente eu jamais imaginaria esse fim pra ela, assim como não imaginava a Marieta ficando louca e internada numa clínica.
    As cenas finais foram as mais tensas, confesso que fique aflito com o Tiago se levando para o matadouro, ainda bem que a Jennifer chegou a tempo para salvar, e olha a felicidade que ele ia perder. E agora poderá recomeçar sua vida ao lado do neto e que de agora em diante sejam apenas alegrias (mesmo sabendo que isso é impossível na vida de qualquer um, né? Mas não vista nada acreditar)
    Parabéns pelo conjunto da obra O Preço da Vida. Foi uma web linda e muito cativante, esperamos mais e mais obras de suas mãos 😉 😀

    Curtido por 1 pessoa

  27. Capítulo 14
    Kelly e Jennifer continuam a briga a soltam o verbo, pelo menos as duas disseram tudo o que estava engasgado até aquele momento, eu só fiquei perplexo que Henrique e Abner assistiram a tudo sem interferir, realmente gostam de ver o circo pegar fogo.
    Kelly volta para casa toda arrebentada e passa maquiagem por seus hematomas, já se tornou uma cena memorável. E então descobrimos, ou apenas desconfiamos, que ela está grávida. Eu ainda não consigo aceitar o spoiler sobre seu fim e estou tremendo só de pensar em chegar no próximo capítulo.
    Marieta vai até a casa de Henrique ver o neto e o convida para seu aniversário, em meio disso, Gabriel é denunciado para a polícia, para a faculdade, para todo mundo, todo mundo querendo tirar a pele dele.
    Gabriel é humilhado e começa a pagar por suas atitudes, eu fiquei muito surpreso com a frieza da Paola em ser submissa a tudo isso e não dar nenhuma palavra de apoio a ele. Ele errou? Sim, ela quer que ele concerte o erro? Talvez. Ela deveria dizer: “olha você errou, e vai pagar, mas estou aqui pra te ajudar nessa etapa de sua vida para que isso não volte a acontecer”, mas não, ela simplesmente sai com o Rafael e deixa o filho em casa, sozinho.
    Que minutos depois tem um encontro desagradável com o Abner, os dois brigam, e a história de inveja do Gabriel eu não engulo não, isso não tem cabimento, mas enfim, depois de rolarem pelo chão (igual a Kelly e a safada da Jennifer), Abner vai embora satisfeito e Gabriel pega um revólver e jura vingança.
    Só temo pela vida de Tiago…

    Capítulo 15
    A morte da Kelly me chocou muito. Eu não tenho muito a dizer sobre esse capítulo, afinal o destaque principal foi a Kelly morrendo, de uma forma muito original e do Abner se desculpando com Celia, e em seguida se atirando na frente de Tiago para salvar a vida de seu pai, eu acreditei que Tiago fosse morrer, mas fiquei feliz de isso não ter acontecido.

    Capítulo final.
    Com quais palavras devo começar? Celia não deveria ter sujado suas mãos matando o Gabriel, e eu sofri muito com os desfechos, e quando você disse que iria surpreender, você não estava brincando mesmo.
    A emoção foi muito grande e eu passei a sentir a dor dos personagens, Abner morre no hospital, mas antes ele pede perdão para seu pai, isso me deixou desolado e sem rumo, como proceder depois de tudo isso? Eu não sei, eu me senti tão abalado com isso e tão fragilizado ao mesmo tempo, eu nunca pensei que uma web pudesse mexer tanto com meus sentimentos como a sua web foi capaz de fazer.
    Tiago foi se matar…
    Eu torcia para que ele não morresse, no fim eu sabia que Jennifer salvaria ele, mas depois eu já não tinha certeza, não era um final apropriado a ele, e quando ela o salvo eu senti meus olhos pesarem ainda mais.
    Na verdade tocar nesse assunto ainda me machuca de uma forma que você nem imagina, eu estou muito abatido com o final (que assim como Destino Cruzados, aposto que todo mundo estava esperando mais alguma coisa, afinal não parecia um final mesmo, parecia que ficou algo por dizer), mas isso não ofuscou nem um pouco a grandeza dessa web, sensacional.
    Eu posso falar? Eu disse que Laços de Afeto era minha web preferida, mas agora digo sem dúvida nenhuma que O preço da vida é a melhor web que eu já li, sofri muito com o final, e não consigo imaginar outro autor desenvolvendo uma história dramática tão intensa quanto essa.
    Airton com quais palavras eu poderia agradecê-lo? Eu me sinto honrado, tanto por escrever essa web para o horário quanto por permitir que essa história criasse vida. Eu me senti realizado ao ver seu sucesso, me senti feliz ao ver que a web de maior audiência realmente merece essa audiência, e eu fico muito agradecido por proporcionar essa leitura maravilhosa…

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai Hivan, você não me arrasa não! Eu realmente fico muito emocionado em saber que “O Preço da Vida” lhe causou tantas sensações assim, que você gostou tanto dessa trama e que mexeu tanto com você. Ler tais palavras da pessoa que aprovou minha sinopse e que me apoiou todo esse tempo pra seguir com o projeto em frente, é muito gratificante. Obrigado por tudo mesmo, seu reizão, e fico satisfeito em saber que atingi meu objetivo em surpreender! ❤

      Curtir

  28. Mil perdões, querido, mas não conseguirei ler a tempo. Estou MUUUUUITO cansado. Dei uma olhada básica e sei que lacrou. A cada web você se supera, seu rei. ❤

    Deixo minha participação, mas assim que puder deixarei um big comentário. Abraço! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  29. E depois de 15 capítulos repletos de tensões e emoções, chegamos ao último capítulo. Assim como foi desde a estréia, recebemos surpresas nesse desfecho surpreendente, emocionante, gritante e triste.

    Célia foi capaz mesmo de matar Gabriel, fiquei bem surpreso pois pensei que ela não teria coragem para esse ato. Nossa, essa sequência de perseguição entre eles dois e Paola, foram de tirar o fôlego. Você soube muito bem detalha-la e transmitir a tensão que a cena pedia. Achei justo e sensato Célia pagar pelo que fez. Eu particularmente achei 10 anos muita coisa ainda, só pra vc ter uma idéia, risos. Paola foi bem dura na decisão em não perdoar assim de cara Célia, o que eu gostei pois ficaria muito esquisito se depois de tudo, elas permanecessem amigas.

    Outra surpresa no capítulo foi o enlouquecimento de Marieta. Quando eu vi como essa pobre senhora ficaria, pensei “agora essa família ficará vazia”. Tiago além de perder o filho, a esposa, o irmão que foi embora, perdeu a sogra que dava um ar alegre naquela casa. Minhas esperanças em que Marieta esta se recuperando e começou a reconhecer seus parentes permanecem vivas após esse final.

    Parece que vc gosta de me emocionar, né? Que cena foi aquela entre Abner e Tiago no hospital? Linda! Linda! Linda! Eu me emocionei de verdade aqui. Sabe quando vc se entrega a uma cena e começa a sentir ela dentro de si como se fosse conosco aquele momento? Pois bem, eu me entreguei ao momento e chorei. Pode parecer infantil, mas vamo fazê o que? Eu me emocionei sim e não me arrependo.

    Queria que Henrique decidisse assumir o filho de Abner casando-se com Jeniffer. Ficaria tão lindo esses dois. ❤

    Quando li a cena do Tiago querendo dá uma de Ivana, eu entrei em pânico pensando que Jeniffer não conseguiria dizer a ele sobre o seu filho. Entendo os motivos para ele querer cometer isso, mas ele foi egoísta com Célia nesse aspecto. A mulher que sempre esteve ali do seu lado, apoiando-o nos momentos difíceis… Ele foi muito ingrato. Ainda bem que Jeniffer chegou no momento e impediu essa loucura. Vc fechou o capítulo e a web com chave de ouro com naquele momento de avô do Tiago. TOCANTE!

    FIM Chorei!

    Bom, esta sendo bem difícil pra mim me despedir de mais uma web que me prendeu desde a estréia. “O Preço da Vida” teve momentos em que me fez pensar e repensar em diversas coisas, me fez descobrir que os pais, na maioria das vezes, são capazes de fazer atitudes terríveis e complicadas para salvar a vida de um filho. Essa web foi bem produtiva pra mim e será guardada com um carinho imenso, pode ter certeza. Ai, Airton, é seu segundo trabalho nesse ano e é o seu segundo trabalho que eu acompanho. Mesmo que ainda não tenha terminado de ler “Laços de Afeto”, eu vejo que você se supera em cada folhetim que escreve. Tanto em “Destinos”, quanto em “Laços” e agora em “O Preço”, vc faz uma coisa que nenhuma outra pessoa consegue em uma trama: Envolver o leitor. Vc tem uma escrita tão perfeita, uma história, um desenvolver tão magnífico, que não dá pra vc ler só a primeira cena sem querer ler os restantes. Todos nós mergulhamos nas suas webs de uma forma fantástica que se bobear, não queremos sair desse mergulho nem tão cedo, risos. Suas enquetes para nós podermos deixar nossas opiniões sobre os assuntos de sua trama, foram um frescor bem inteligente. Adorei tudo, adorei acompanhar essa web aplausível e primorosa. Aviso para rede Globo de televisão: Airton é um autor fodah (Desculpe o palavreado). Podem contrabata-lo. Beijas. Aguardando uma outra trama sua, agora para o horário das 21, ok? Parabéns, amigo, parabéns pelo sucesso merecido, parabéns por mais um trabalho concluído **Marejando aqui ** e obrigado por nos presentear com mais uma web fantástica e tocante.
    Meu último Parabéns em “O Preço da Vida”. 😀 😢 AIRTON REI! ❤ Parabéns!

    FIM

    “Não aprendi dizer adeus, mas deixo você ir, sem lágrimas no olhar, se adeus me machucar. O inverno vai passar… E apaga a cicatriz…” 🎵❤

    Parabéns de novo! (Não me canso pois vc merece) 😀

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai Fred, como assim, você quer me fazer chorar aqui é? Depois de quase chorar escrevendo a cena da despedida de Abner e Tiago, agora eu quase choro lendo os comentários do último capítulo, inclusive o seu. É muito gratificante como escritor ter um leitor tão assíduo e envolvido como você, e saber que minha humilde história conseguiu mexer tanto com você desse jeito, é algo indescritível. Obrigado por tudo, meu querido amigo, não sabe como me sinto feliz em saber que consegui te surpreender e te emocionar! 😀

      Curtido por 1 pessoa

  30. Primeiro queria me desculpar por não ter comentando em tantos capítulos e só ter deixado meu ponto. Muito triste mesmo, pois perdi de comentar vários acontecimentos marcantes 😢

    Pensou que eu não ia aparecer com meu comentário específico, né? Pois agora voltei, sim. E ainda com uma música sobre a web/e Marieta: “Pensou que eu fosse embora? Eu não deixei respostas. Mas quando o mel é bom a abelha sempre volta. Quê que isso Marieta? Você veio do céu. E o nosso romance vai além de um quarto de motel” 🎵

    Vamos por partes. Marietão armou para desmascarar Kelly junto com a amiga da onça, vide Jennifer. Jennifer uma cobra que fez tudo na intenção de liberar a shasha e fazer bacanal com Abner. Não gostei de quase todos os personagens ter batido em Kelly, principalmente Jennifer, Abner e Thiago. Se eu fosse a Kelly denunciaria esses otários! E espero que todos adiram a campanha:

    A única tapa justa foi a de Marietão. Esse Abner é um sem coração. Por mais que Kelly tenha liberado para todos, no fundo ele deveria ter num mínimo uma comoção pois tem chance do filho ser dele. Na hora dele sarrar ele soube. Infelizmente nossa rainha Kelly morreu.

    A vida é cheia de momentos, sejam bons ou ruins. A felicidade que fez ela amar, viver e se divertir. Pra quer ‘dá’ à um, se pode ‘dá’ a trinta? Viver intensamente é o que sempre fez. Encontrou o amor, mas deixou partir. Errou, mas errou feliz. O amor nem sempre se resume a fidelidade, mas sim ao sentimento. O sorriso encantador, a cavalgada veloz, a vadia e que foda-se o mundo; hoje é apenas uma lembrança, uma bela lembrança de quem viveu intensamente. #LutoKelly

    No começo eu pensei que iria torcer pelo Gabriel, mas não foi bem assim. É que Abner não fodia bem era bom de cama, preferia Kelly com outros homens. Mas depois passei a odiar ao Gabriel. E esse final da Célia matando ele? Chocado. 😮 Célia e julgada e condenada. E Gabriel morre.

    Eu não gostava muito de Abner, mas o final dele me comoveu muito. Eu não queria que ele morresse. A cena de reconciliação dele e do Tiago foi muito emocionante 😢

    Rafael e Paola eram tão whos que nem sei o que dizer… Que bom que eles estão felizes ❤

    EU NÃO ACEITO OS FINAIS DAS RAINHAS KELLY E MARIETA! NÃOOO! 😢

    Marieta é muito rainha, não mereceu o final que teve. Não aceito. Eu não acredito que a crush gótica e vingativa ficou louca… 😢

    Final Moral
    Marieta em Paris, rica, e com dois amante. Um chamado Flavio, cordialmente.

    Tiago iria se suicidar, mas Jennifer chegou e disse que estava grávida. Jennifer, Tiago e Henrique terminaram felizes.

    Final sem sobra de dúvidas surpreendente. Parabéns Airton 😀 ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Lamento por você não ter comentado sempre, mas sei que você acompanhava porque sempre interagíamos sobre a trama no EPC. Adorei saber o quanto você gostou de Marieta e Kelly, foram personagens que eu criei com muito gosto e essa repercussão só me deixou muito feliz. Obrigado por tudo, Flávio! 😀

      Curtido por 1 pessoa

  31. Aqui o meu 50! Eu não acompanhei porque não gosto de tramas pesadas(é verdade) mas Airton, se você escrever uma web para as oito ou nove pode ter certeza que vou acompanhar😘

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s