Diva – Episódio 06

Diva - 3EPISÓDIO 06: SEGREDOS E ILUSÕES – PARTE 2

CENA 01: PRÉDIO GLAMOUR/APARTAMENTO DE FÁBIA E JEAN/SALA/INT./NOITE

TRILHA SONORA: Angel – Massive Attack

Daniela encara Fábia, sem reação.

DANIELA – Eu não sei o que dizer. Apenas sentir.

FÁBIA – O que me diz de se unir a mim pra descobrir o segredo que ela esconde?

As duas se entreolham. Fábia aguarda uma resposta de Daniela.

DANIELA – Ai, mana, não sei não… pode ser perigoso, nós não sabemos o que ela esconde…

FÁBIA – Prostituta ela não é. Ninguém seria louco de pagar por aquilo.

DANIELA – Enfim, vamos descobrir sim o segredo dessa ordinária.

As duas trocam um aperto de mão.

CENA 02: PRÉDIO GLAMOUR/CORREDOR/INT./NOITE

Bruna e Carolina fazem várias pichações na frente do apartamento de Fábia e Jean. Claramente vemos que se tratam de mensagens ofensivas das mais diversas procedências. Assim que o serviço termina, Bruna se vira para Carolina.

BRUNA – Agora eu tenho que ir, prima, a mamadeira do Heitor tá me esperando.

CAROLINA – Onde mama um, mama dois?

BRUNA – Não, mama a minha mão na sua linda carinha. O Heitor é meu, Carolina, tira o olho.

Irritada, Bruna se dirige ao elevador, deixando Carolina sozinha em cena. A mulher começa a guardar as latas de tinta, mas é surpreendida por Daniela e Fábia, que abrem a porta do apartamento e a flagram levantando a bolsa e se preparando para ir embora. Daniela e Fábia gritam de susto, assustando Carolina.

FÁBIA – Jesus, tô seca. As portas do inferno se abriram dentro do Prédio Glamour.

CENA 03: MOTEL/CORREDOR/INT./NOITE

Brett sai de um dos quartos lentamente. Ela se esbarra no homem que ficara com Rosilda. Os dois sorriem e trocam um beijo.

HOMEM – E então, tirou tudo de valor?

BRETT – Até a heterossexualidade deles. E você?

HOMEM – Tirei tudo também.

Os dois não resistem e riem.

HOMEM – Que otários, caíram feito patinhos.

BRETT – Agora nós temos que ir. Felizmente, não precisaremos mais dessas identidades falsas.

HOMEM – Claramente, Kelly. Nós jogamos pela janela numa estrada qualquer.

Eles se beijam novamente e vão embora.

CENA 04: PRÉDIO GLAMOUR/FACHADA/EXT./NOITE

Os moradores continuam gritando em protesto.

MORADORES – O POVO NÃO É BOBO! FORA CARA DE BRIOCO!

Jorge aproxima-se de Augusto.

JORGE – Augusto, vamos aproveitar essa confusão toda pra procurar algum celular ou dinheiro que deixarem cair…

AUGUSTO – Gente, pra quê?

JORGE – Pra comprar alguma coisa. Vai que tem algum celular com Pokémon Go instalado? Meu sonho de consumo, claramente.

AUGUSTO – Mas isso é roubo.

JORGE – Não, é achado. E achado não é roubado.

Jorge se mistura à multidão. Augusto, por sua vez, tenta controlar a multidão.

CENA 05: PRÉDIO GLAMOUR/CORREDOR/INT./NOITE

Daniela e Fábia continuam encarando Carolina.

FÁBIA – E então, não vai falar nada? Além de horrorosa é muda? Olha, tô começando a acreditar que assombrações existem mesmo.

CAROLINA – Ahm… ehm…

DANIELA – Ihm, ohm, uhm. Pronto, aprendi o alfabeto das assombrações. Agora eu quero formar uma frase. Como eu faço?

FÁBIA – Ah, quer saber? Deixe-me ver o que você está guardando dentro dessa bolsa.

Fábia levanta a mão na direção da bolsa de Carolina, que imediatamente se afasta. Fábia se irrita.

FÁBIA – Meu amor, isso aqui não é assalto, mas passa a bolsa. Eu quero ver o que tem aí dentro.

Fábia volta a estender a mão para pegar a bolsa, mas Carolina novamente se afasta.

FÁBIA – Ai, gente, não tenho paciência pra quem tá começando…

Fábia acerta uma potente bofetada em Carolina, atordoando-a e fazendo-a cair no chão. Fábia tenta puxar a bolsa, mas ela se abre, fazendo as latas de tinta caírem em cima de Carolina. Nesse momento, Daniela, que estava virada na direção oposta, cutuca Fábia.

FÁBIA – O que é, Daniela? Não sou touch screen não.

DANIELA – Olha pra trás, Fábia.

Fábia larga a bolsa em cima de Carolina e olha para trás. Ela se assusta ao ver a parede toda pichada. Uma expressão de ódio se forma no rosto de Fábia.

FÁBIA – Ninguém vai me segurar não? Tem certeza?

DANIELA – Eu faço é te jogar em cima dessa vândala.

Daniela vira Fábia de frente para Carolina e a empurra. Fábia aproveita o impulso e já cai batendo em Carolina, que tenta se esquivar, mas falha miseravelmente. Fábia monta em cima de Carolina, com o rosto já ferido pelas latas de tinta que caíram em cima dela, e começa a lhe desferir várias bofetadas.

FÁBIA – Isso é pra você aprender a não vandalizar a casa dos outros, sua cachorra!

Daniela filma tudo com um sorriso no rosto. Paulo, então, sai do apartamento e se choca com o que vê.

PAULO – Gente, o que está acontecendo aqui?

Daniela se vira e se assusta ao reconhecer Paulo, que tem a mesma reação.

DANIELA e PAULO (surpresos) – Você?

Fábia sai de cima de Carolina e a arrasta pelos cabelos até a parede.

FÁBIA – Eu vou te fazer pintar essa parede com o seu próprio sangue, sua rameira!

Fábia começa a esfregar o rosto de Carolina na parede. Paulo puxa Fábia e separa a briga. Atordoada e ferida, Carolina caminha cambaleando até o elevador. Felizmente para ela, o elevador se abre em poucos segundos e ela entra, fugindo de Fábia.

FÁBIA – Quem era aquela vagabunda?

PAULO – É a prima da Bruna.

FÁBIA – Tinha que ser… pois diga à sua amiga que quem vai pagar a pintura dessa pichação é ela.

Fábia empurra Paulo e entra com Fábia no apartamento.

CENA 06: PRÉDIO GLAMOUR/SAGUÃO/INT./NOITE

Os protestos da multidão continua firme e forte. Augusto não consegue impedir a ofensiva dos moradores revoltados, que o forçam a entrar no saguão. Os protestantes entram junto, amedrontando Augusto. O sistema elétrico do prédio começa a falhar, assustando a todos. A porta do elevador se abre para a saída de Carolina, que assusta a todos com seus ferimentos, arranhões e cabelos e roupas bagunçados.

MULHER – OLHA A CARA DE BRIOCO! SALVEM-SE QUEM PUDER!

Apavorados, os moradores começam a correr de um lado para o outro, instaurando o maior caos no saguão. Alguns moradores se aproximam de Carolina, apontam-lhe o crucifixo e tentam exorcizá-la. Surtada, Carolina junta suas poucas forças e tenta atacar os moradores, que se afastam com medo. Sirenes podem ser ouvidas ao fundo.

AUGUSTO – Jesus, até polícia? Espero que eles consigam resolver isso.

Augusto se aproxima do portão de entrada aberto do prédio e se assusta com o que vê. Um paramédico entra no condomínio.

AUGUSTO – Em que posso ajudar?

PARAMÉDICO – Procuro por uma mulher. Ela é alta, um pouco forte, ruiva, completamente vestida de vermelho e se chama Carolina.

AUGUSTO – Veio ao lugar certo. Acompanhe-me, por favor.

O paramédico faz um sinal, convocando alguns colegas. Dois deles trazem consigo uma camisa de força. Augusto os guia até onde está Carolina. A mulher tenta fugir, mas é detida por dois paramédicos, que a seguram enquanto lhe põem a camisa de força. Ela tenta debater, se contorcer, mas seus esforços são inúteis. Enquanto é levada pelos paramédicos, Carolina encara com raiva os moradores do prédio, que aplaudem sua ida. Augusto se aproxima do primeiro paramédico.

AUGUSTO – Quem é essa mulher?

PARAMÉDICO – Ela se chama Carolina. Ela fugiu do hospício há algumas semanas. Nós a encontramos graças à denúncia de um morador do prédio, que nos disse que ela estava se escondendo no apartamento de uma parente.

O paramédico vai embora, seguindo sua equipe, enquanto os moradores continuam aplaudindo.

CENA 07: CASA DE HEITOR/SALA/INT./NOITE

Tudo escuro. A porta é destrancada e aberta para a entrada de Bruna, que se surpreende com o que vê.

BRUNA – Ué, cadê o Heitor? HEITOR!

Sem respostas.

BRUNA – Ué, será que ele saiu? HEITOR, HEITORZINHO, CADÊ VOCÊ?

Bruna vai para o corredor, procurando por Heitor (olha, até rimou).

CENA 08: CASA DE HEITOR/QUARTO DE HEITOR/INT./NOITE

Bruna entra no quarto de Heitor e o flagra dormindo. Ela aproxima-se dele e começa a sacudi-lo.

BRUNA – Heitor? Heitor, acorda!

Heitor acorda bruscamente. Ao reconhecer Bruna, Heitor lhe dirige um olhar raivoso e lhe atira um travesseiro. Surpreendida com o golpe leve, Bruna se afasta, mas logo se reaproxima.

HEITOR – Eu já disse que eu odeio ser acordado desse jeito.

BRUNA – As luzes estavam apagadas, estava ficando preocupada. Quase morri de medo—

HEITOR – A única pessoa que quase morreu de medo fui eu, agora.

BRUNA – Mudando de assunto… vim aqui para receber a minha bilada matinal.

HEITOR – Mas são dez horas da noite, Bruna.

BRUNA – Ai, que corta clima. Cala a boca, Heitor, bota o pirulito pra fora e me dá uma surra de pau mole.

Bruna esconde a sua mão no edredom de Heitor, que o cobre da cintura pra baixo. Imediatamente, Heitor se acentua, mas logo permite que ela comece a fazer movimentos ( ͡° ͜ʖ ͡°).

AMANHECE…

CENA 09: MOTEL/QUARTO/INT./MANHÃ

Jean e Lucas estão dormindo juntos na cama. Jean é o primeiro a acordar. Assustado com o que vê, ele solta um grito. Assustado com o grito de Jean, Lucas se agita e acaba caindo da cama.

JEAN – Gente, o que significa isso?

LUCAS – Cadê a Brett?

JEAN – E eu sei lá? Melhor a gente se vestir e ir embora daqui.

Eles se levantam e começam a se vestir. Eles procuram por seus pertences, mas não encontram nada além da roupa do corpo.

LUCAS – Eu não acredito que nós fomos dopados e roubados.

JEAN – Vamos procurar a Rosa. Ela não deve ter ido muito longe.

Já vestidos, eles saem do quarto.

CENA 09: MOTEL/CORREDOR/INT./MANHÃ

Jean e Lucas se encontram com Rosilda no corredor. Desesperada, ela abraça Jean.

JEAN – Rosa—

ROSILDA – Eu fui roubada, gente… Jesus, como foi que eu me prestei a essa papel?

JEAN – Nem me fala, Rosa… lá se foi a nossa dignidade. Me sinto tão humilhado…

LUCAS – Ai gente, parem de reclamar. Pelo menos estamos vivos. Vamos procurar uma maneira de voltar pra casa, tá certo?

Jean e Rosilda encaram Lucas e balançam a cabeça, em sinal de concordância com suas palavras.

CENA 10: PRÉDIO GLAMOUR/APARTAMENTO DE JEAN E FÁBIA/SALA/INT./MANHÃ

TRILHA SONORA: Essa Mina É Louca – Anitta

Fábia cantava e dançava pelo apartamento. A campainha toca, Fábia para o que está fazendo e vai atender. É Daniela.

DANIELA – Cheguei!

FÁBIA – Adoro. Mana, eu tô começando a ficar preocupada com o Jean, acho que ele chegou tarde e saiu cedo.

DANIELA – Conta mais…

FÁBIA – Ontem ele foi pra balada com o Lucas e a Rosilda, mas até agora não vi nem um sinal de vida dele. Será que eles fizeram a Marina Joyce e foram sequestrados?

Elas continuam conversando. A trilha sonora vai abaixando aos poucos.

CENA 11: RUAS/EXT./MANHÃ

Um veículo de cores escuras estaciona naquela rua deserta. É possível ver Rosilda no banco do acompanhante, devido ao vidro abaixado.

ROSILDA – Pode parar aqui, moço. Obrigada.

Rosilda abre a porta e desce do carro. Uma das portas traseiras também se abre para a saída de Jean e Lucas. Eles continuam perto do carro.

MOTORISTA – E o pagamento?

LUCAS – Deixa só eu pegar a minha carteira…

Lucas faz menção de pôr as mãos no bolso, mas Jean é mais rápido. Ele olha para a direção oposta e começa a entrar em estado de pânico.

JEAN – Ih, lá vem os taxistas! Corre, moço da Uber, corre!

Jean começa a correr, sendo seguido por Lucas e Rosilda. Desesperado, o motorista sai cantando pneu. Os três param de correr, e observam o motorista desaparecer da vista deles.

LUCAS – Não acredito que esse plano meia-boca deu certo…

JEAN – As definições de humilhação foram atualizadas depois desse dia…

ROSILDA – Olha pelo lado bom… apenas um quarteirão separa essa rua deserta do Prédio Glamour. Assim eu aproveito e almoço na sua casa, Jean.

LUCAS – Ah, eu também.

Os três começam a caminhar, em direção ao Prédio Glamour.

CENA 12: PRÉDIO GLAMOUR/APARTAMENTO DE FÁBIA E JEAN/SALA/INT./MANHÃ

Fábia e Daniela almoçavam. Tocam à campainha.

FÁBIA – Deixa que eu atendo.

Fábia se levanta e vai atender a porta. Ela se alivia ao ver que se trata de Jean, acompanhado de Lucas e Rosilda.

FÁBIA – Jean! Finalmente você apareceu! Já ia dar queixa na polícia do teu desaparecimento.

JEAN – Dilma vai ficar com inveja, mas nós sofremos um golpe, um golpe de verdade. Roubaram tudo da gente, até a dignidade.

LUCAS – Podemos entrar? Quero almoçar, tô cagado de fome.

ROSILDA – Eu também.

DANIELA – Sentem-se logo, então.

Corte rápido. Daniela, Fábia, Jean, Lucas e Rosilda estão sentados à mesa, almoçando. A conversa é descontraída e fluida, mas é interrompida quando o celular de Daniela começa a tocar.

DANIELA – Ih, gente, desculpa, vou ter que sair um pouquinho. Estão ligando para mim.

Daniela se levanta da mesa e se afasta da mesa. Ela percebe que se trata de uma ligação de Aurélio e atende.

DANIELA – Aurélio? Que saudades de você, meu irmão.

AURÉLIO (cel.) – Eu também tô morrendo de saudades de ti, mana. Mas felizmente, trago-lhe boas notícias.

DANIELA – E qual seria?

AURÉLIO (cel.) – Muito em breve, eu também estarei de volta ao Brasil.

Daniela fica surpresa com o que ouve de Aurélio.

FIM DO EPISÓDIO.

17 thoughts on “Diva – Episódio 06

  1. Adorei a cena da Fábia com a louca da Carolina
    Paulo e Daniela se conhecem… (Não sei o que falar)
    Parabéns, Flávio

    Curtir

  2. Parabéns!
    Quero que a Fábia apanhe de alguém porque ela sempre bate nas outras pessoas.
    A web ta muito interessante, os diálogos são bons.
    Parabéns Flávio pelo grande sucesso de DIVA!

    Curtir

  3. Amoooooo.
    Brett é Kelly? Choque, e aquele homem, será o Gabriel?
    😂😂😂😂
    Daniela e Paulo se conhecem? Bastante curioso.
    Mas, gente…..
    Parabéns pelo capítulo, mucura. ❤

    Curtir

  4. Fabia fazendo Carolina pintar o muro pichado com o sangue do rosto dela, morri. Uma rainha dessas! Aderindo o famoso “Brioco”. Eu gritei com esse povo do apartamento. Airton (Augusto) uma pessoa de bem? Um trabalhador desses. Rosa, Jean e Lucas caíram nas garras de Kelly. Três safados que foram a procura de outra coisa… GRITO! Bruna querendo mamar Heitor. 😮 Mas gente… Aurélio voltará ao Brasil e a história vai engrenar ainda mais.

    Parabéns, Flávio! 😀

    Curtir

  5. Depois dessa, o Jean nunca mais sai pra uma balada.
    Carolina foi embora, mas algo me diz que ela ainda pode voltar.
    Carolina foi tão foderosa que conseguiu deixar a Bruna na whosidade por dois episódios seguidos. Pelo menos vimos a história do segredo dela ser cozinhada no banho-maria, né non?
    Daniela parece ser uma personagem dependente. Não tem história própria, precisa ou da Fábia ou do Aurélio pra ter alguma importância. É como se ela fosse uma ponte, sabe?

    Curtir

  6. Coitado do Jean, Lucas e Rosilda, Kelly e o outro vagabundo, esses péssimos golpistas.

    Carolina levada para o manicômio e levou uma surra da Fábia, adoro.

    Bruna só gosta de chupar né, porque será que ela não aprofunda a relação com Heitor? Risos, apenas.

    E Aurélio voltando ao Brasil, finalmente.

    Parabéns Flávio. :*

    Curtir

  7. “FÁBIA – Prostituta ela não é. Ninguém seria louco de pagar por aquilo.” – UMA INVEJOSA! Betina linda!❤

    “BRUNA – Agora eu tenho que ir, prima, a mamadeira do Heitor tá me esperando.
    CAROLINA – Onde mama um, mama dois?
    BRUNA – Não, mama a minha mão na sua linda carinha. O Heitor é meu, Carolina, tira o olho.” – Heitor/Hash❤ Betina diva!!!❤

    “HOMEM – E então, tirou tudo de valor?
    BRETT – Até a heterossexualidade deles. E você?” – Morrido aqui! KKKKKkkkkkkkk…😀❤
    E morro que Brett é Kelly!😮😮😮

    “JORGE – Pra comprar alguma coisa. Vai que tem algum celular com Pokémon Go instalado? Meu sonho de consumo, claramente.” – KKkkkkkkkkkkKkkk… ❤❤❤

    Estou arrasado após essa cena de violência explícita entre o satã e a Fabiana!😮😮😮 Gente, que tudo!😛 Coitada da Carolina, além de ser feia teve que pintar a parede com seu próprio sangue… KKkkKkkkk…>:D😛
    Morro com esse escândalo no Prédio Glamour!😮 Gente, e não é que a cara de brioco é doida mesmo!😮
    Cena 7: Morro que meu personagem, Heitor, o eterno hash, está prestes de ser revelado. Lindo! O verdadeiro protagonista e antagonista da porra toda!❤ E morro com a rima!😛
    Morrendo com a diva Betina e seus movimentos com o antagonista da web!😮 ( ͡° ͜ʖ ͡°)😛
    Gente, que episódio top! Amei! Parabéns, amigo!
    #.😀❤
    E quantos episódios a web erá?
    #Hein?

    Curtir

  8. Daniela e Fábia unidas para descobrir o segredo de Bruna. Então, Brett é a nossa querida Kelly, uma rainha. ❤ Exijo uma participação da Marieta. Morto com a Carolina teve que limpar com o próprio sangue, merecido. Rindo até 2050 com a rameira fugiu do hospício, igual certas @ . Bruna é uma safada, ela só sabe fazer boquete? Imagino até a razão. Jean e Lucas ficam vergonhados ao saber que foram enganados por Kelly. Aurélio vai voltar, amo.
    Parabéns querido, cada dia melhor! ❤

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s