Natureza Proibida – Capítulo 01

natureza-proibida-1

Capítulo 01 – Quem é essa mulher?

 

A vida nem sempre segue seu fluxo normalmente, estamos sempre a mercê de surpresas e ironias do destino que podem nos pegar desprevenidos. A história que estou prestes a lhes contar pode ser considerada um clichê? Ou uma história mais do que original com reviravoltas que até o mais sádico poderá se surpreender. Uma história de uma mulher capaz de tudo por amor… Mas amor ao dinheiro. E então está preparado para conhecer a sua Natureza Proibida?

 

Cena 01

Dia/Igreja/Interior

Imagine uma igreja, um casamento elegante, os convidados mais ricos da região. Vários fotógrafos e a imprensa de todo o país param para cobrir a festa mais exuberante da vez. Uma grande limusine estaciona em frente a igreja. O motorista abre a porta e vê-se uma mulher vestida de noiva com um sorriso encantador, cabelos ruivos presos em um grande véu de noiva, seu vestido branco bordado com lindas pérolas brilha com a luz dos flashes dos fotógrafos.

A jovem se chama Gabriela Duarte, filha adotiva do empresário mais rico da cidade, Fernando Duarte, o pai todo orgulhoso observa a filha que está simplesmente exuberante.

Fernando: Enfim, chegou a hora minha filha!

Gabriela: Sim, papai! Chegou a grande hora.

A caminhada até o altar é ainda mais emocionante, Gabriela segue triunfante pelo tapete vermelho. Ela chega ao altar e encara o noivo, o grande amor de sua vida, Heitor, filho legitimo de Fernando que se encantou por Gabriela desde a primeira vez que  a viu, com olhos verdes, cabelos castanhos e que naquele dia estava mais lindo ainda, o terno preto e a gravata borboleta azul dava o toque especial que ela tanto adorava. Mas ao contrário do que estava acostumada a ver, Heitor não estava dando aquele sorriso que a encantou na primeira vez que se viram, estava sério e com lágrimas no olhar que ela acreditava ser de emoção.

Fernando entrega Gabriela para Heitor no altar que cumprimenta o pai com frieza.

Fernando: Eu só quero que vocês sejam felizes.

Heitor não agradece o pai e segura fortemente o braço de Gabriela.

O padre logo dá inicio a cerimônia e Gabriela relembra o dia em que ela e  Heitor deram seu primeiro beijo, a primeira noite de amor e o dia em que ele a pediu em casamento, num inesquecível passeio de balão. As lembranças eram inevitáveis, Gabriela não poderia estar mais feliz. O padre dá inicio a cerimônia, mas Gabriela não presta atenção no que ele diz só tem olhos para seu amado que não troca olhares com a jovem e presta atenção somente no padre como se estivesse esperando a hora certa para falar, a frieza no olhar dele a incomodava, assim como a forma rude como ele a segurava pelos braços. Logo, ela percebe que havia acontecido alguma coisa, estava prestes a perguntar quando percebeu que o padre falava com ela.

Padre: Senhorita Gabriela, você aceita Heitor como seu legítimo esposo para amá-lo e respeita-lo na saúde e na doença até que a morte os separe?

Gabriela: Sim, eu aceito.

Nesse momento Heitor aperta o braço de Gabriela com uma força descomunal que ela não consegue entender.

Gabriela: O que é isso Heitor? Aconteceu alguma coisa?

Heitor não responde a pergunta de Gabriela e solta seu braço, as lágrimas nos seus olhos parecem incontroláveis. O padre não dá importância e continua a cerimônia.

Padre: E você Heitor? Aceita Gabriela como sua legítima esposa para amá-la e respeita-la na saúde e na doença até que a morte os separe?

Heitor fica em silêncio e deixa todos na igreja apreensivos.

Gabriela: Heitor? O Padre fez a pergunta, responda logo.

Heitor permanece calado por alguns segundos até pronunciar a palavra que destruiria as esperanças de Gabriela.

Heitor: Não. Eu nunca aceitaria me casar com uma vadia feito essa aí.

Gabriela fica atônita ao ouvir as palavras do noivo e lágrimas começam a cair.

Gabriela: O que você disse?

Heitor não resiste e dá um tapa na cara de Gabriela e todos na igreja se assustam.

Heitor: Cala a boca sua puta desgraçada. Eu já descobri tudo

Heitor joga notas de dinheiro na cara de Gabriela.

Heitor: É isso que você gosta? Então está aí. Já está paga por todas as nossas fodas.

Gabriela com lágrimas nos olhos põe a mão em seu rosto que fica vermelho com o tapa. Ela olha para Heitor que está enfurecido com ódio no olhar.

A cena fica embaçada e surge o letreiro…

 

ALGUNS DIAS ANTES…

 

Cena 02

Noite/Boate/Interior

Imagine um lugar, onde seus segredos são guardados a sete chaves, um lugar onde seus pecados são realizados, um lugar onde o prazer está acima de tudo, um lugar em que você possa se sentir livre para fazer o que quiser e com quem quiser. Bem vindo ao Natureza Proibida.

Flashes de cenas da boate mais popular da cidade são exibidas, um lugar pecaminoso, local preferido de homens de todos os tipos, jovens, velhos, solteiros ou casados, e até mesmo mulheres, todos em busca de prazer. Um grande salão que se ilumina com cores frias, no centro do salão um grande palco onde as as garotas dançam e fazem exibições, e em cada canto da boate, um poste de poli dance onde sempre tem uma garota totalmente nua a exibir seus belos corpos, e em um canto fica o bar onde são servidos os mais variados tipos de bebidas, o local fica em rua não muito movimentada, num local escuro, onde o único ponto de destaque é o letreiro que brilha indicando o nome da boate. A boate é comandada pela excêntrica Madame Dolores, uma senhora de meia idade, gorda e com cabelos grisalhos que faz questão de anunciar as atrações e cobra um bom dinheiro pelos shows.

As atrações principais são meninas que dançam em shows de poli dance, ou strip-tease, todos com uma única finalidade, mostrar a exuberância de seus corpos femininos. Mas o que mais chama atenção dos clientes é que todas elas estão dispostas a se prostituir, a prostituição por muitas das vezes foi escolha delas mesmas que viram nessa profissão a única forma de se sustentar.

Porém nenhuma das atrações se iguala a de uma mulher mais do que exuberante, a mulher que faz verdadeiras loucuras para dar prazer aos seus clientes, conheça RAMONA, A MULHER PERIGOSA.

No palco duas meninas encenam uma dança lésbica começam a se tocar e passando assim a mão uma na outra, os lábios tocando seu corpo todo lentamente arrepiando cada fio de seus corpos nus ao chuparem os seios uma da outra, fazendo assim os homens ficarem loucos de excitação.

Madame Dolores observa o show por trás do palco. De repente, a câmera foca no andar de uma mulher de salto alto, que surge atrás de Madame Dolores. A mulher é Ramona que usa uma lingerie preta e uma meia trançada que deixa suas lindas coxas a mostra, os cabelos ruivos cacheados estão soltos o que lhe dá um visual bem sensual,  ela também usa uma máscara que deixa a mostra apenas os seus lindos olhos verdes sedutores e dissimulados, não sendo possível identificar seu rosto..

Ramona: E então Dolores? Esse showzinho de merda não acaba mais não? Está na hora da diva aqui brilhar.

Dolores: Você está muito linda hoje, hein?!

Ramona: Sei disso querida, não estou só hoje, eu sou linda sempre.

Dolores: Pois bem, as meninas já estão terminando. Elas precisaram ficar um pouco mais. Os clientes adoraram o show lésbico, precisamos ter mais.

Ramona se enfurece ao ouvir as palavras de Dolores.

Ramona: O quê? Ninguém faz mais sucesso do que eu nessa merda, como duas mulheres podem ser melhor que Ramona a Mulher Perigosa… (risos altos).

Ramona abre a cortina e invade o palco começando a sensualizar e dançar, fazendo movimentos matadores até para quem esta acostumado a vê-la se apresentando o que deixa os homens loucos e todos começam a gritar.

Ramona: Não se preocupem rapazes, deixamos o melhor para o final. A Mulher Perigosa chegou para lhes fazerem gozar.

Uma chuva de notas de dinheiro começam a ser atiradas ao palco juntamente com os gritos de euforia da macharada enlouquecida, Ramona olha para as duas que estavam apresentando o show lésbico.

Ramona: Aposto que só com a minha chegada já arrecadei mais que as duas juntas. Agora, saiam daqui deixem que a profissional tome conta do pedaço.

As duas olham com desprezo para a mulher e se retiram do palco, enquanto a Mulher Perigosa começa a dançar no poste de poli dance como se fosse um ato sexual, sobe, desce, lambe e beija, esfrega suas partes intimas nele provocando ainda mais os homens. Fazendo um olhar matador ela lentamente vai dançando e rebolando suas curvas, a cada passo e seu publico vai a loucura, Ramona desce ate o chão do palco fica de joelhos e de repente tira seu sutiã e mostra seus belos seios avantajados e os homens não param de atirar notas em sua direção, querendo tocar naquele corpo e possui-lo completamente em puro prazer. Ao som da música Dangerous Woman – Ariana Grande, cenas da boate são exibidas, mostrando a loucura dos homens ao assistir o show de Ramona e as diferentes posições que ela consegue fazer no poste. Também podemos ver outras garotas beijando seus clientes ou tentando seduzir eles para lhes dar muito prazer.

Ao terminar sua apresentação ela desce do palco e uma verdadeira multidão a segue em direção a um dos quartos reservados para atendimento dos clientes, ela vai desfilando enquanto a macharada a segue já formando uma fila. A mulher para na porta e finalmente tira a máscara, revelando o seu rosto, porém aquele o rosto já se era conhecido, trata-se do mesmo rosto da jovem noiva Gabriela que futuramente seria humilhada no altar. Ela cinicamente olha para seus clientes e dá um sorriso sacana.

Ramona: E aí quem vai ser o primeiro?

 

Cena 03

Dia/Mansão/Interior

Mais uma manhã nasce na casa da família Duarte, na mesa tomando café-da-manhã estão Júlia, esposa de Fernando e Felícia sua sobrinha.

Júlia: Então quer dizer que ela saiu a noite?

Felícia: Sim. E eu não vi que horas ela chegou.

Júlia: Isso é muito estranho.

As duas são interrompidas com a chegada de Heitor e Gabriela, que estão muito sorridentes.

Heitor: Bom Dia, família!

Júlia: Bom Dia, filho.

Felícia encara fixamente Gabriela,

Gabriela: Que foi? Tá me olhando com uma cara.

Felícia: Que horas chegou ontem?

Júlia: Felícia? Por favor.

Gabriela: ah não sei, talvez meia noite.

Felícia: Meia noite. Engraçado por que eu estava na internet meia-noite e não vi você chegar.

Gabriela: Faça me o favor, agora eu tenho que ficar dando satisfação da minha vida pra você.

Felícia: Pra mim não, mas pro Heitor sim.

Heitor: A Gabriela me ligou disse que ia chegar tarde, que ia jantar com uma amiga. Então eu fui dormir.

Felícia: Então você também não viu que horas ela chegou?

Fernando aparece e se surpreende com o clima tenso na mesa.

Fernando: O que houve? Perdi alguma coisa?

Júlia: Não querido nada.

Gabriela e Felícia se entreolham com raiva no olhar.

 

Cena 04

Dia/Boate/Interior

As duas garotas que faziam o show lésbico, Tina e Suzana arrumam o salão e conversam sobre a atitude de Ramona na noite anterior.

Suzana: Totalmente desnecessária a merda que aquela puta fez ontem com a gente querendo se sentir melhor.

Tina: Ela se acha só por que é a mais cobiçada da boate, mas duvido que ela consiga fazer com os clientes o que eu faço com eles na cama.

Suzana: Tirar a roupa e dançar no poste é fácil quero ver é aguentar três clientes em uma só noite como eu faço.

Tina: Esquece amiga, nós não vamos conseguir nada, afinal ela é a queridinha da Dolores, aquela vagabunda.

Suzana: Mas sabe o que é pior? Ela tem uma vida boa, vive com roupas finas e elegantes, com certeza ela tem alguém que banca ela, faz aquela cara de coitada e de moça, ela e uma puta isso sim!!!

Tina: Isso é o que me irrita mais. Agora ela deve tá lá na vidinha secreta dela que ninguém conhece e nós aqui trabalhando feito condenadas.

Suzana: Relaxa amiga, o que é dela está guardado puta que e puta, sempre volta para sua vida de puta.

 

Cena 05

Dia/Mansão/Quarto/Interior

Gabriela e Heitor estão deitados na cama de Heitor se acariciando.

Heitor: Está preocupada com alguma coisa?

Gabriela: È a Felícia! Tá cada vez mais insuportável com essa desconfiança toda.

Heitor: Deixa ela. Isso tudo é inveja de você.

Gabriela: Inveja de mim ou ciúmes de você? Ainda não engoli aquela história de vocês dois terem um caso no passado essa historinha de trepar com ela a noite quando todos dormiam.

Heitor: Você disse bem, no passado querida. Antes de eu conhecer você, o grande amor da minha vida a mulher que eu mais quero.

Gabriela: É bom mesmo isso ser verdade.

Heitor: Adoro essa sua cara de raivinha.

Heitor deita por cima de Gabriela e começa a beijá-la loucamente. Ele passa a mão pelas suas coxas, seus beijos gulosos, suas mãos bobas e folgadas já penetram dentro dela e ai a situação fica mais quente e sexual.

Ao som de uma música instrumental provocante, flashes das cenas dos dois fazendo amor são exibidos os corpos nus cobertos de prazer e de gozo, assim como a troca de olhares onde é possível sentir o prazer intenso e provocante que os dois transmitem um ao outro.

 

Cena 06

Dia/Mansão/Jardim/Exterior

Théo, um belo jovem, de cabelos e olhos pretos, que acaba de ser contratado como o novo jardineiro da mansão da família Duarte está aparando as flores, quando percebe ao longe a presença de Heitor e Gabriela após uma tarde de amor intenso.

Heitor: Você está cada vez mais selvagem na cama, sabia?

Gabriela: Eu? Que nada eu sou uma santa, pura mal sei das coisas.

Heitor: Por acaso você anda praticando com alguém?

Gabriela se assusta ao ouvir Heitor.

Gabriela: O que você disse? Esta insinuando o que?

Heitor: Calma, amor. Só estava brincando. Eu confio muito em você sei que esse seu corpo é só meu e nessas curvas só meu carro pode andar.

Os dois se abraçam e a câmera mostra o olhar aliviado de Gabriela.

Heitor: Tem certeza que você não quer que eu leve você ao shopping? Não suporto ficar longe de você.

Gabriela: Ah amor, só vou ao shopping rapidinho e depois vou experimentar o vestido de noiva e não é bom que você esteja comigo, sabe que dá azar.

Heitor: Então é melhor que eu não vá mesmo, não quero que nada estrague nossa felicidade.

Gabriela dá um ultimo beijo em Heitor e se retira. Théo que observava a cena fica tenso que deixa a tesoura de jardineiro cair.

Théo: Isso não pode ser verdade. Será que é realmente quem eu estou pensando?

 

Cena 07

Dia/Restaurante/Interior

Luna, uma bela jovem estudante de psicologia, de cabelos pretos e ondulados, olhos pretos como uma noite sem luar e um sorriso encantador, conversa com seu namorado Nando, melhor amigo de Heitor, um jovem fotografo de cabelo escuro e bastante simpático considerado um Boy Magia.

Luna: Você demorou hein?!

Nando: Estava tirando fotos para uma revista.

Luna: Isso não importa eu quero meu beijo.

Os dois dão um beijo apaixonado um mordendo a boca do outro.

Nando: Nossa você está tão gata.

Luna: Obrigada!

Nando: Eu não aguento mais Luna, eu tenho que falar com seus pais. Não aguento mais esses encontros escondidos. Quero gritar pra o mundo inteiro ouvir que eu te amo.

Luna: Você não sabe o quanto isso me deixaria feliz. Mas eu estou esperando a hora certa pra contar a verdade para eles.

Nando: E o seu noivo?

Luna: Ele vai ter que entender que eu não o amo e não seria feliz se me casasse com ele.

Nando: Em pleno século XXI e o seu pai ainda querendo um casamento arranjado.

Luna: Esquece isso! O importante é que estamos juntos agora.

Os dois se beijam novamente.

 

Cena 08

Dia/Boate/Interior

Madame Dolores conversa com as meninas em um dos dormitórios que fica em cima da boate

Dolores: Bom garotas, ontem a noite foi um verdadeiro sucesso, lucramos bastante e eu estou muito agradecida a vocês.

Tina: Ainda bem né. A senhora gostou do nosso show lésbico?

Dolores: Lógico meninas, vocês foram incríveis.

Suzana: Eles estavam loucos para ir pro quarto ontem. Fiquei com dois ao mesmo tempo e foi incrível.

Suzana: Você teve sorte, quando eu ia levar meu cliente pro quarto a Dolores chegou e despachou o cara.

Dolores: Eu conhecia aquele cara, ele trabalha na delegacia, podia ser um informante desde a morte daquela garota no mês passado a polícia tá de olho na gente, não podem dar bandeira. Pra todos os efeitos aqui funciona apenas uma casa de shows e todo cuidado é pouco.

Suzana: Se fosse a Ramona seria diferente aposto.

Dolores: Com ela seria diferente mesmo.

Suzana: E por que seria diferente?

Dolores: Acontece que a Ramona é…

Dolores é interrompida com a chegada da própria Ramona que entra no quarto com um olhar provocante.

Ramona: Acontece que Ramona, a mulher Perigosa é bem mais esperta que qualquer vadia desse lugar, a mais linda e desejada. E é a única capaz de reconhecer um policial disfarçado a distancia.

Dolores: Ramona? Aconteceu alguma coisa?

Ramona: Isso não é do seu interesse.

Dolores: É que achei que sua vida dupla não permitia que você pisasse aqui durante o dia.

Ramona: Quer calar essa boca velha de praga, por favor? E não se intrometa na minha vida. Eu sou a rainha desse lugar, posso vir aqui a hora que quiser.

As meninas da boate olham desconfiadas para Ramona.

Ramona: Estão olhando o quê? Vocês achavam que eu era assim uma vadia o dia todo como vocês?

Tina: Na realidade eu achava sim, uma puta da vida.

Ramona: Pois se enganou querida, eu tenho quem me banque e estou ficando cada vez mais poderosa.

Garota 01: Ai conta pra gente vai Ramona, você está envolvida com algum ricaço?

Diana: Qual é o seu verdadeiro nome?

Ramona: Vocês são um bando de futriqueiras, e desgraçadas mesmo, hein! Não vou revelar meus planos muito menos pra vocês.

Tina e Suzana olham com desprezo para as garotas que estão interessadas em saber da vida de Ramona.

Ramona: Bom só passei aqui porque esqueci meu celular e parei quando ouvi que estavam falando de mim e também porque adoro entradas triunfais inesperadas. Tchauzinho piranhas, beijo na inveja de vocês e enxugam esse veneno que esta escorrendo sobre suas bocas (risos altos).

Ramona passa por entre as garotas e põe um belo óculos escuro joga o cabelo. Antes de passar pela porta, ela se vira para Diana.

Ramona: Ah propósito respondendo a sua perguntinha Didi, você pode me chamar de Gabriela. (Risos Altos)

Ramona sai dignamente deixando as garotas abismadas ao descobrir o suposto verdadeiro nome de Ramona.

 

Cena 09

Noite/Mansão/Portão/Exterior

A noite já caiu e o carro de Gabriela se aproxima do portão, ela buzina e aparentemente ninguém a ouve.

Gabriela: Ué onde está o segurança pra abrir esse portão?

Ela desce do carro para abrir o portão manualmente e se assusta ao dar de cara com Théo.

Gabriela: Nossa! Você me assustou! Quem é você?

Théo: Meu nome é Théo, sou o novo jardineiro.

Gabriela: Ah sim, Théo. Você pode abrir o portão para eu entrar?

Gabriela se vira de costas em direção ao carro.

Théo: Claro que sim, dona Ramona.

A jovem para imediatamente e se vira novamente para Théo.

Gabriela: De que você me chamou garoto?

Théo (em tom de deboche): Ué de Ramona, a Mulher Perigosa.

A tela foca no olhar espantado de Gabriela ao ouvir a provocação de Théo.

 

Cena 10

Noite/Interior

A jovem Liliana, 18 anos, loira, olhos azuis e corpo esbelto, estudante de Direito, trabalha na boate escondida de sua mãe Rebeca, uma mulher evangélica que condena todo tipo de pecado. Ela tenta conseguir dinheiro para pagar a faculdade e as despesas da casa e inventa que trabalha numa empresa noturna.

Liliana arruma sua mochila para ir para a boate, ela coloca sua lingerie e sapatos quando é surpreendida pela mãe e se cobre com um casaco.

Rebeca: Já vai trabalhar filha?

Liliana rapidamente esconde as vestimentas na bolsa.

Liliana: Sim mamãe tenho que ir mais cedo hoje.

Rebeca: Ai filha, fico tão preocupada com você trabalhando a noite, é perigoso.

Liliana: Não se preocupe mãe, eu já estou acostumada e tudo o que faço é garantir uma boa vida para a senhora.

Rebeca: O pastor disse que vem aqui daqui a pouco, falou que está preocupado por você não ter mais ido aos cultos.

Liliana: Não vou poder falar com ele mãe, a senhora pode explicar pra ele que eu estou trabalhando agora e fica difícil de eu ir.

Rebeca: Tudo bem querida.

Liliana termina de se arrumar e abraça a mãe.

Liliana: Te amo.

Rebeca: Eu também te amo querida.

Liliana dá um beijo na mãe e se retira.

Rebeca: Vai com Deus filha.

Liliana sai de casa e quando percebe que já se afastou o suficiente, ela passa um batom vermelho bem provocante e nem percebe o olhar curioso de Gabriel atrás dela.

Gabriel: Nossa Liliana, nunca vi você com um batom desses.

Liliana se vira assustada ao ver seu melhor amigo sorrindo para ela.

 

Cena 11

Noite/Mansão/Portão/Exterior

Gabriela responde nervosa a provocação de Théo.

Gabriela: Desculpe, acho que você está me confundindo com alguém!

Théo: Até parece. Nossa! Então é aqui que você se esconde, hein. Tem uma vida muito boa para uma puta!

Gabriela: Mas do que você está falando? Onde está o segurança?

Nesse momento Théo segura fortemente os braços de Gabriela.

Gabriela: Você está me machucando. Me solta.

Théo: Então é assim. Vai mesmo fingir que não me conhece?

Gabriela: Mas eu não conheço você.

Théo: Tudo bem Ramona, vou entrar no seu joguinho também?

Gabriela: Você é louco.

Théo abre o portão e Gabriela corre para o carro assustada e ao passar por ele observa o sorriso malicioso que ele esbanja.

Théo observa o carro se distanciando e fala consigo mesmo.

Théo: É Ramona, acho que você está nas minhas mãos.

Ele dá um sorriso malicioso e a tela fica embaçada.

CONTINUA…

38 thoughts on “Natureza Proibida – Capítulo 01

  1. Enfim.. O 1 capítulo está no ar.. Nem acredito que um dos meus grandes sonhos de publicar uma história aqui no TV Mix está enfim se realizando.. E começar com Natureza Proibida que é uma história tão importante pra mim me deixa ainda mais feliz. Só tenho a agradecer ao Hivam que acreditou no meu trabalho e também ao Caíque que fez a parte artística.. Acho que sem eles a trama nem tinha saído do papel.. RS Bom espero que vcs possam acompanhar essa historia que promete muitas surpresas. 😊☺

    Curtido por 6 pessoas

  2. Natureza Proibida estreou muito bem. A trama é envolvente e bem amarrada, as personagens são bem construídas e a narração é esplendorosa, com bastante ênfase nas descrições.

    Estou na dúvida se aquela primeira cena foi realmente algo bom para o desenvolvimento da webnovela, pois revelou um importante acontecimento que, talvez, traria mais impacto se fosse uma surpresa.

    A trama principal, da Felícia, da Gabriela e do Heitor, parece ser a mais interessante da trama. E confesso que fiquei com bastante raiva da Dolores por aceitar ser pisada pela Gabriela daquele jeito… algo me diz que a Gabriela sabe algum segredo da Dolores.

    Essa chantagem do Théo parece ser interessante.

    O único defeito dessa estreia foram os erros de português. Infelizmente, houve alguns probleminhas quanto a gramática e acentuação. Um revisor, talvez, seria uma boa. @Glauce

    Porém, o saldo desse primeiro capítulo foi muito positivo. Parabéns, José! 😀

    Curtir

    • Fico muito grato em receber seu comentário.. Logo logo vc entenderá o motivo dessa primeira cena assim tão repentina.
      Muitas surpresas ainda vão envolver Dolores e Ramona.. RS
      Obrigado por avisar dos erros e prometo ficar mais atento..
      Enfim fico feliz em saber que no geral vc gostou.

      Curtido por 1 pessoa

  3. Começamos pelo meio. Pela derrocada da Gabriela/Ramona. Mas nós precisamos entender como ela caiu, pra depois continuar acompanhando a história a partir do seu desmascaramento em plena cerimônia de casamento.

    Será que o Théo foi o responsável por tirar a máscara da Gabriela perante o Heitor? Claramente não foi uma tarefa nada fácil, afinal o Heitor era louco pela Gabriela. Mas nós sabemos que ele acreditou, talvez porque viu com seus próprios olhos.

    #MomentoDivulgaçã1: https://audienciadatvmix.wordpress.com/2016/09/12/mundos-opostos-capitulo-31-ultimos-capitulos/

    Curtir

    • Realmente esse começo pelo meio terá uma explicação bem pra frente.. RS ah e o Théo terá sua utilidade.. Aguarde!
      Muito obrigado fico feliz por seu comentário.

      Curtir

  4. Adorei Isso!!! Gostei de Todas as Histórias, achei bem interessante.
    A história da Gabriela e HEitor é bem interessante, gostei quero saber mais desse Babado Aí, quero ver tretas nesse negócio kkkkk… Adorei a parte da inclusão da música da Ariana(Diva), não pode faltar kkk..
    To Ansiosa pros proximos capítulos, Nao demora pra colocar, Ja quero saber..Rsrs

    A D O R E I desde a introdução! !!!

    Parabéns!!! Sempre soube q ia acabar escrevendo uma história. .kkk
    Parabéns Amigo

    Curtir

  5. Parabéns!
    Adorei a Ramona, com suas entradas triunfais e suas frases humilhantes.
    Vejo que você tem uma ótima história pra contar, é muito envolvente e bem contada.
    Ansioso pro próximo capítulo.
    Gostei que logo de cara mostrou que Gabriela é desmascarada no casamento, mas curti quando começou a contar a história dias antes. Theo a descobriu, por ser seu cliente.
    Núcleos fortes, bem distribuídos e que podem resultar nua bela trama, como vi hoje.
    Parabéns, desejo muito sucesso e sorte nessa sua primeira web.
    Natureza Proibida é um bom título.
    Adorei a web!!!!!!

    Curtir

    • Obrigado! Ramona é bem provocativa mesmo. Ainda vai aprontar muito.. Aguarde.
      Enfim fico feliz que tenha gostado.

      Curtir

  6. Bom José, vou ser sincero… Desde as chamadas, “Natureza Proibida” não me chamava atenção, sentia falta de algo a mais na trama. A sinopse reforçou isso e agora com o capítulo, foi comprovado. Sua web-novela tem uma proposta boa, mas sinto falta de algo além, fica muito preso as aventuras eróticas da boate e deixa de lado outros conflitos que gerariam tramas mais envolventes e folhetinescas. E a primeira cena, muito boa por sinal, porém acabou entregando o clímax da história, que só deve ocorrer na reta-final, isso tirou um pouco o entusiasmo de seguir lendo. Enfim, não quero ser aquele chato que só faz críticas, mas espero que compreenda, não estou criticando gratuitamente, veja isso como uma crítica construtiva. Desejo muito sucesso, criatividade e inspiração pra você, José, sei que é sua estreia e provavelmente esteja bastante nervoso, eu já passei por isso aqui, é normal, mas siga em frente com seu projeto e espero que sua web-novela melhore nos aspectos que mencionei, não sei se todos tiveram a mesma visão que eu, mas enfim, não podia deixar de opinar. E parabéns novamente! 😀

    Curtido por 1 pessoa

    • Gente… Primeiramente fico muito feliz por vc ter tirado um tempo para ler RS. Entendo suas críticas que serão bem construtivas..
      Bom como já falei a cena do casamento não é nada comparado a grande revelação que está por vir. É uma cena importante, mas digamos que não é o clímax da historia.
      Enfim muito obrigado pela sinceridade e espero te surpreender futuramente.
      😊😊😊

      Curtido por 1 pessoa

  7. Gostei da estreia, a primeira cena já entregou a virada da trama, mas não foi revelado como Heitor descobriu, então isso não me frustrou, pode ter grandes surpresas por trás dessa descoberta. Mas sobre o capítulo em si, apresentou os personagens e teve alguns acontecimentos, com um bom ritmo e a leitura fluiu muito bem. Me decepcionei com a Dolores, esperava outra personalidade, mas ela é completamente submissa a Ramona, que por sua vez é muito egocêntrica. Mas como ser a puta de grande renome da boate trás bons frutos para Gabriela, essa característica lhe trouxe uma grande pedra no sapato: Theo a reconheceu e a está chantageando. Não sei não se esse personagem dura, tem cara de ser daqueles que brinca com fogo mas se queima, creio que Ramona dará um fim nele.

    Gostei bastante da estreia, a leitura foi muito gostosa, a minha única ressalva é a narração de algumas cenas, muito longa. Não achei esse aspecto cansativo, mas o problema é que com esse tipo de narração, a leitura leva mais tempo e pra quem tem o tempo corrido, isso é prejudicial. Mas gostei da trama apresentada, parabéns José. 😀

    Curtir

    • Obrigado.. Realmente Dolores é subsmissa a Ramona.. Mas por que será?? RS Enfim muito obrigado pelo comentário.. E aguarde muitas surpresas e o Théo terá sua utilidade no decorrer da trama.

      Curtido por 1 pessoa

  8. Estreamos juntos ontem e com acontecimentos anteriores, risos, uma coincidência ótima. Assim que comecei a ler o capítulo, já me apaixonei de cara com essa narração. Nas tramas do Hivan que sempre leio e tem esse tipo de narração, eu fico maravilhado e com “Natureza Proibida” não foi e nem vai ser diferente. Começar do meio é uma proposta arriscada, mas como vc disse: Tem bastante revelações vindo ainda, então fiquei mais tranquilo. Até chegar ao momento do casamento tem bastante coisas pra acontecer então assim seja.

    Gabriela/Ramona tem a mesma personalidade em ambos os lugares, achei magnífico isso pois tinha achado que a mesma se fazia de moça calma, tontinha na frente da família de seu noivo, mas não. As cenas da boate foram o destaque do capítulo em si, muito boas e bem escritas. Esse ar diferente ao horário foi ótimo e o bom é que não deixou de lado a ousadia, os momentos fogosos. Ramona é a mandante daquela boate, a dona do local. O capítulo foi voltado para a vida dela, o que eu achei bem bolado para apresentar a principal história da trama. Um núcleo que promete também é o da Liliana. Mesmo em uma cena foi bem tenso o momento. Oi? Já sabem da farsa de Gabriela/Ramona? Gente… Será que ela é capaz de cometer algum crime para manter em sigilo sua identidade?

    Bom, uma estréia muito boa para um estreante. Vc se saiu muito bem, José, tudo foi muito bem bolado e bem arquitetado. Foquei no capítulo e me apaixonei por Ramona. Enfim, Parabéns e sucesso. 😀

    Curtir

    • Hehe muito obrigado. Fico feliz que tenha gostado. Coincidentemente começamos juntos e com acontecimentos anteriores.. RS Ramona é a grande estrela da web que nem a Regiane, eu tambem me apaixonei por ela.
      Muitas surpresas ainda estão por vim e logo vão entender o motivo desse começo pelo meio.
      Muito obrigado e sucesso pra nós dois.
      😊

      Curtir

  9. Amigo estou meio ocupado e ainda irei sair e não sei que hora irei volta, então vou deixar meu ponto e depois um comentário de verdade.

    Parabéns

    Curtir

  10. Bom, vamos começar pelo começo, ou melhor, a primeira cena que é espetacular, muito bem escrita e a descrição dos acontecimentos é muito boa, um texto realmente bom.
    Sei o quanto esse primeiro capítulo prometia algo diferente (para os leitores que criaram expectativas erradas), mas seguiu seu contexto, afinal o centro das atenções é “Natureza Proibida”, e o autor soube muito bem conduzir as cenas que centralizavam a trama.
    Sobre a primeira cena, que foi um presságio do que iria acontecer (típico aqueles filmes que começam pelo final) mostrando que o importante não é como as coisas terminam e sim como elas chegaram até esse ponto, ou seja, a grande revelação nem se compara com a primeira cena, e a web promete uma grande virada (sei porque tenho acesso aos roteiros, risos).
    Então José, lhe desejo muito sucesso, sua web é grandiosa, meus parabéns 😀

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s