Ancine investiga possível fraude na Record na produção da série sobre os Mamonas Assassinas!

ancine

Polêmicas voltam a cercar a série sobre o Mamonas Assassinas que estava prevista para ir ao ar ainda esse semestre, na Record. É que a produção iria contar com captação de verba pública, mas problemas com a verba e com a família dos integrantes do grupo fizeram com que a série fosse cancelada. Acontece que agora uma nova polêmica volta a pairar sobre a série.

Segundo o Notícias da TV, a Ancine resolveu investigar a produção por suspeita de fraude. É que a série seria produzida por uma produtora independente chamada OSS. O problema é que a Ancine começou a desconfiar que a OSS seja uma imprensa de fachada que captaria recursos para Endemol, produtora multinacional responsável por formatos como o “Big Brother”. A suspeita começou porque a sede da OSS está localizada onde era a antiga residência de Juliana Algañaraz, esposa de Nibio Salatino que, apesar de não estar diretamente ligado a Endemol, presta serviços para a empresa e tem livre acesso à produtora.

Sendo assim, a Ancine começou a desconfiar que a OSS foi criada como uma empresa de fachada para captar recursos públicos e repassar ilegalmente para a Endemol. Vale lembrar que nem ma Endemol e nem a Rede Record poderiam captar verbas do governo já que são uma empresa multinacional e um canal de TV aberta, respectivamente. Ambos os veículos são proibidos por lei de captar verbas públicas.

Anúncios

One thought on “Ancine investiga possível fraude na Record na produção da série sobre os Mamonas Assassinas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s