Viagem no Tempo – 22ª Edição

Viagem no Tempo – 22ª Edição

Por Fabyene e sua personal colega Jeana

viagemnotempo

Olá amadinhos, hoje a edição é especial, é uma homenagem para uma grande novela cuja reprise acabou no dia 23/09. Claramente estamos falando da segunda versão de Anjo Mau.

Anjo Mau

SINOPSE:

Pra quem não se lembra ou não assistiu a reprise: Nice é a moça pobre que não mede esforços para atingir seus objetivos. Emprega-se como babá na mansão dos Medeiros, onde já trabalha seu pai, Augusto, e se apaixona por Rodrigo, o filho mais velho da família, irmão de sua patroa, Stela. A ambiciosa Nice usa de todas as armas para conquistar o rapaz e planeja o dia em que deixará de ser pobre e se transformará na dona daquele casarão.

Uma cara de anjo mas com atitudes nada corretas, e inconformada com o destino previsível – casar-se com o namorado suburbano, Júlio, e ter muitos filhos -, Nice aproveita as descobertas que faz na mansão para fomentar intrigas e tentar se aproximar de Rodrigo. Ele está prestes a se casar com Paula quando descobre – através de uma armação da babá – que a noiva o trai com seu próprio irmão, o playboy Ricardo. Desiludido com os dois e disposto a desafiar a família e a soberba da sociedade que o rodeia, Rodrigo começa a aparecer na noite paulistana em companhia de Nice. Mas o caminho ainda não está totalmente aberto para ela. Rodrigo se encanta com a doce Lígia, apaixonada pelo rapaz, e a babá usa seu próprio irmão, Luís Carlos, para separar os dois.

Enquanto luta para conquistar Rodrigo na mansão dos Medeiros, Nice vive um inferno em sua casa. Ela é a filha adotiva de Augusto e Alzira. O pai ama a sua filha, mas Alzira nutre um estranho ódio por Nice e esconde um segredo do passado.

Além da trama central, o preconceito racial afasta a simplória Cida da filha Tereza: para manter o casamento milionário com Rui Novaes, ela diz que a mãe já morreu temendo que o marido descubra que ela é negra. Mas Bruno, filho de Tereza e Rui, começa a namorar Vívian, filha de criação de Cida, obrigando Tereza a desenterrar seu passado.

A decadência da tradicional família paulista quatrocentona também é enfocada na história, através das irmãs Clotilde e Elisinha Jordão Ferraz, que tentam esconder a ruína mantendo a pose e dando calotes. Também a luta da costureira Goreti para educar a filha Simone. Goreti foi abandonada, no passado, pelo homem que a engravidou. Ele é Tadeu, marido de Stela Medeiros, que corroído de remorso, tenta se aproximar da filha adolescente.

CURIOSIDADES:

  • Anjo Mau marcou a estreia do diretor Carlos Manga em novelas (depois de 50 anos de carreira). Também da autora Maria Adelaide Amaral como novelista solo – ela havia sido colaboradora de Cassiano Gabus Mendes e Silvio de Abreu em produções anteriores. E o primeiro trabalho de Vincent Villari na TV, como um dos colaboradores de Maria Adelaide.
  • Maria Adelaide Amaral baseou-se na novela original de Cassiano Gabus Mendes, de 1976. Novos personagens em novas histórias foram criados para adequar a trama ao ritmo e à linguagem das telenovelas do final da década de 1990.
  • Os nomes de alguns personagens foram trocados. O bebê da novela original chamava-se Edinho, e seu avô, Edmundo Medeiros. Nessa nova versão, o bebê passou a chamar-se Téo, e o patriarca dos Medeiros, Eduardo. Na versão original, o marido e a filha de Marilu eram Téo e Léa. Na nova novela eles foram Ciro e Lígia.
    O marido de Stela em 1976 chamou-se Getúlio, e na nova versão, Tadeu.
  • Tal qual na novela original, o casal Stela e Tadeu foi um sucesso (interpretados aqui por Maria Padilha e Daniel
    Dantas).
  • Susana Vieira, a Nice da primeira versão, fez uma participação especial afetiva no último capítulo, como a nova
    babá contratada pelos Medeiros (apesar de estar no ar na novela das oito contemporânea, Por Amor).
  • O ator Átila Iório retornava neste remake vivendo o mesmo personagem que interpretou em 1976: Josias, o verdadeiro pai de Nice (na primeira versão o personagem chamava-se Onias).
  • Maria Adelaide Amaral deu um final feliz para Nice no remake: ela finalmente viveu feliz com Rodrigo (Kadu
    Moliterno). Na versão original Nice teve um fim trágico: morreu no parto de seu filho.
  • Grande destaque para Glória Pires, que viveu a protagonista, a dúbia babá Nice. E Alessandra Negrini, como a vilã Paula, em um de seus melhores momentos na televisão.
  • Entre os temas abordados em algumas tramas estava o preconceito racial e a valorização da etnia negra. A fútil Tereza (Luiza Brunet) escondia de todos sua verdadeira origem. Ela se casou por interesse com Rui (Mauro Mendonça) e teve os filhos, Paula (Alessandra Negrini) e Bruno (Emilio Orciollo Netto), mas era filha de Cida (Léa Garcia), uma mulher negra, bondosa e resignada, que convivia com a rejeição dela sem questioná-la. Costureira, Cida vivia modestamente, à margem da vida glamurosa e sofisticada de Tereza. Cida era, ainda, mãe adotiva de Vivian (Taís Araújo), uma ex-menina de rua que se tornou uma brilhante aluna, enchendo de orgulho a mãe de criação. Vívian combatia o racismo e defendia os direitos dos negros, atuando como porta-voz de questões como a participação no mercado de trabalho e o acesso às universidades. Ao longo da novela, Vívian e Bruno se apaixonaram, e a jovem passou a sofrer forte perseguição de Rui, que não tolerava que o filho se relacione com uma negra. Foi o próprio Bruno quem descobriu a verdade sobre sua avó e contou tudo ao pai. Indignado, Rui expulsou o filho e a mulher de sua vida. No final da novela, Cida foi finalmente reconhecida por Tereza, enquanto Rui acabou preso por suas falcatruas políticas. (Fonte: site Memória Globo.)
  • Anjo Mau também abordou a violência sexual, por meio da tentativa de estupro de Vívian por Ricardo (Leonardo Brício). Após a agressão, Vívian se dirigiu ao Instituto Médico Legal e submeteu-se a exame de corpo de delito. A novela informou todos os passos que a mulher deve tomar em um caso como esse. Na trama, Ricardo acabou por transformar-se em uma pessoa melhor, desculpou-se e foi absolvido em seu julgamento. Ele e Vívian se casaram no final da trama. (Fonte: site Memória Globo.)
  • A reinserção social de um menor abandonado foi outra questão importante inserida na novela. Atendendo a um pedido de Ricardo, que passou a dedicar-se às causas sociais, Alzira (Regina Dourado) adotou um menino de rua, dando-lhe a oportunidade de conviver em família. Em seguida, criou um orfanato em sua própria
    casa. (Fonte: site Memória Globo.)
  • Anjo Mau teve um “quem matou?”, que culminou com a prisão de Nice, suspeita de assassinato. Ela havia recebido um chamado de Josias (Átila Iório), seu pai biológico, com quem havia se desentendido, para encontrar-se com ele num local distante e dar-lhe vultosa quantia em dinheiro. Entrando no local, uma construção inacabada, encontrou Josias morrendo. Ele, que acabara de ser esfaqueado, mal conseguia falar. Disse apenas “a faca” e morreu em seguida. Nice pegou a faca, deixando lá suas impressões digitais, quando a polícia chegou e a prendeu em flagrante. Tiana (Thelma Reston), cozinheira da família Medeiros, era a assassina de Josias, com quem estava de namoro. Ela demorou, mas confessou o crime: teve que matá-lo porque estava com medo de ser a próxima vítima dele, um criminoso. Depois de ter agido em legítima defesa,
    Tiana limpou a faca, com medo de ser presa. Por uma fresta, escondida, viu Nice, mas esperou até que todos fossem embora para sair, temendo ser desmascarada. Na versão original da novela, Onias (o Josias de 1997) foi morto por Alzira (Vanda Lacerda), mãe de Nice, cansada de suas chantagens e com medo de que ele fizesse algum mal a ela ou a alguém de sua família.
  • A autora fez citações a outras novelas dentro de Anjo Mau: O personagem de Mauro Mendonça revelou ser primo de Filomena Ferreto, de A Próxima Vítima, ao anunciar seu nome completo: Rui Ferreto Novaes; História de Amor foi lembrada num comentário de Goreti sobre suas brigas com a filha Simone, comparando com as brigas entre Helena e Joice naquela novela; Meu Bem Meu Mal foi citada várias vezes, no
    derrame de Américo; Cambalacho, quando Clô e Elisinha dão o calote em Goreti; Vale Tudo, no primeiro encontro de Clô e Nice, quando Clô pergunta se não conhece Nice de algum lugar, fazendo alusão à Odete Roitman e Maria de Fátima. A fala foi um “caco” de Beatriz Segall.
  • Estafada, Glória Pires saiu da novela por uma semana e voltou capítulos depois. Na trama, Nice foi passar uns dias em Paris.
  • O ator Humberto Martins já havia gravado algumas cenas de sua participação em Anjo Mau, como Fred. Mas ele acabou escalado para a próxima novela das sete horas, Corpo Dourado, e as cenas tiveram que ser refeitas com o ator substituto, Jackson Antunes.
  • Numa ação de merchandising inserida na abertura da novela, a moça que se vestia de noiva usava produtos
    Avon (indústria de cosméticos). A moça em questão era a atriz Graziela Di Laurentis, que já fora dublê de Glória Pires nas cenas em que as gêmeas Ruth e Raquel contracenavam em Mulheres de Areia, em 1993.
  • O tema de abertura, a música Cruzando Raios, gravada por Orlando Moraes (marido de Glória Pires), já havia estado na trilha da novela Mico Preto, de 1990, também estrelada por Glória.
  • Em sua primeira versão, Anjo Mau foi ambientada na cidade do Rio de Janeiro. No remake, a ação foi transferida para São Paulo. A novela foi gravada no Projac (Central Globo de Produção), no Rio, e em diversas locações da capital paulista, como o clube Hebraica e a Fundação Oscar Americano. O hall e o bar da Fundação Armando Alvares Penteado (Faap), em São Paulo, serviram de cenário para o núcleo jovem de estudantes ligados à moda e à arte. Muitos dos encontros de Ricardo (Leonardo Brício) e Paula (Alessandra Negrini) foram gravados no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) e no Parque do Ibirapuera. (Fonte: site Memória Globo.)
  • Primeira novela na Globo de Taís Araújo, Luciano Szafir e Samara Felippo.
  • Anjo Mau anunciou a novela substituta no horário, Era Uma Vez…, de forma inusitada: o próprio elenco apresentou aos telespectadores os personagens da nova atração.
  • Reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo em duas ocasiões: de 04/08/2003 a 09/01/2004, e a partir de 28/03/2016.
  • Reprisada também no Viva (canal de TV por assinatura pertencente à Rede Globo), entre 08/07/2013 e 07/03/2014, às 15h30.
  • A autora fez uma homenagem ao final do último capítulo: “A Susana Vieira, a nossa primeira Nice. A Cassiano Gabus Mendes, autor de Anjo Mau e mestre de todos nós. Em nome de toda a equipe e elenco, o nosso respeito.” (Maria Adelaide Amaral)

AUDIÊNCIA EXIBIÇÃO ORIGINAL (1997)

Com forte impacto de divulgação, faturamento recorde e alto orçamento, a segunda versão de Anjo Mau mostrou a que veio logo em sua estreia, no dia 08 de setembro de 1997, quando marcou 32 pontos com picos de 35. Número muito maior que a média geral da antecessora O Amor Está no Ar (27 pontos).

Como se já não bastasse a ótima audiência do primeiro capítulo, já no terceiro a novela da babá Nice registrou média de 34 pontos, mas teve um motivo: o share estava alto em São Paulo, o que resultou neste índice.

Em novembro, quando Nice se casa com Rodrigo, o folhetim chegou aos 35 pontos semanais. Na última semana de dezembro com as festas de fim de ano, a audiência caiu pra um número abaixo de 26 pontos. Em janeiro, os números subiram e o folhetim obteve médias semanais acima dos 30/31 pontos. Em fevereiro os números subiram ainda mais, assim como em março. No seu último mês, Anjo Mau obteve médias semanais de 35 pontos, já da sua última semana não se sabe os números.

Anjo Mau terminou com 33 pontos de média, a maior desde História de Amor, em 1995. Mas esses não são simples 33 pontos de média, a novela recebia de 17 a 22 pontos de Malhação e elevava esses índices pra 32/35 semanais além de chegar a picos de 40 pontos diariamente. Sua elevação foi maior do que muitas novelas das nove da época, e também foi maior do que grandes sucessos dos anos 2000 como Alma Gêmea.

Anjo Mau também teve o êxito de sair na capa de algumas revistas da época como a Amiga e a Contigo.

AUDIÊNCIA REPRISE (2003)

Anjo Mau entrou no Vale a Pena Ver de Novo em 04 de agosto de 2003 com o objetivo de manter a boa audiência de O Cravo e a Rosa. Aqui, em primeira mão, entrego a média verdadeira da primeira semana da reprise + a situação da concorrência:

04/08:

Globo – 25
SBT – 07

05/08:

Globo – 22
SBT – 08

06/08:

Globo – 20
SBT – 06

07/08:

Globo – 19
SBT – 07

08/08:

Globo – 17
SBT – 10

Motivo da ladeira: em capítulos de 55 minutos a novela chegou a ter 4 breaks diários, o que fez cair na primeira semana. Além disso, o SBT tentou “limar” a reprise botando filmes fortes pra concorrer com a novela, na sexta por exemplo, o SBT chegou a atingir 13 pontos de pico contra 17 da novela.

Já nas seguintes semanas, a reprise foi subindo até fechar seu primeiro mês com 23 de média e 56% de share.

O último capítulo registrou 38.1 de média e 73% de share em SP, o maior ápice da faixa. Já no PNT registrou 40 pontos.

A média da reprise não se sabe ao certo, mas explodiu entre 27 e 28 de média. Além disso, a trama dava picos diários de 30 pontos e muitas vezes ficava acima disso. Foi o maior sucesso da história da faixa tendo uma média de 20 milhões de telespectadores assistindo a reprise por dia.

AUDIÊNCIA REPRISE (2016)

Anjo Mau voltou a ser reprisada nesse ano, e veio num péssimo momento. Além de estrear num horário ingrato (das 15h05 a 15h45), Anjo enfrentou diversas mudanças de horário por conta dos jogos de futebol. Além disso, teve também as olimpíadas que fez com que a reprise fosse cancelada em 6 dias, o que prejudicou e muito sua audiência. Mesmo com todas as dificuldades, a segunda reprise de Anjo Mau registrou média de 14.5 (15) pontos, 0.4 décimos a mais que a antecessora, Caminho das Índias, que fechou com 14.1. Também pode-se notar que essa re-reprise obteve mais repercussão que algumas outras novelas que foram ao ar pela primeira vez no Vale a Pena. Em 2016, Anjo Mau também bateu 12 recordes de audiência (nunca outra reprise havia batido tantos recordes assim).

ESCÂNDALO POLÍTICO PREJUDICOU A NOVELA

Os escândalos políticos desse ano também ajudaram a prejudicar Anjo Mau: A trama dos personagens Rui e Olavinho sofreram vários cortes em virtude do toque político que as cenas tinham. No último capítulo, por exemplo, houve o grotesco corte do discurso de Olavinho e Paula, nele diziam sobre corrupção e honestidade.

O MAIOR BOICOTE QUE A REPRISE SOFREU

Dentre outros empecilhos, a re-reprise de Anjo sofreu o maior boicote no último capítulo: Foram exibidos 30 minutos de comercial dentro do capítulo. Em consequência disso, o último capítulo registrou apenas 17 pontos de audiência, um bom número, mas se levarmos em consideração que a sua primeira registrou 38 pontos no final, o número torna-se de razoável a baixo.

TABELA:

Anjo Mau

NOVELA: Anjo Mau – Vale a Pena Ver de Novo
HORÁRIO: 15h00/16h30/14h10
DE: Maria Adelaide Amaral
META: 15 pontos

Estreia: 28 de Março de 2016
Término: 23 de Setembro de 2016

-Com 124 capítulos

Maior Audiência: 20 pontos
Menor Audiência: 09 pontos

Média Decimal: 14.48 pontos

28/03 a 01/04/2016 10 10 11 11 10 = 10
04/04 a 08/04/2016 13 10 12 13 13 = 12
11/04 a 15/04/2016 12 14 10 14 13 = 13
18/04 a 22/04/2016 14 13 13 13 13 = 13
25/04 a 29/04/2016 15 10 11 16 16 = 14
02/05 a 06/05/2016 15 11 11 13 12 = 12
09/05 a 13/05/2016 15 16 15 14 16 = 15
16/05 a 20/05/2016 15 16 17 16 14 = 16
23/05 a 27/05/2016 16 16 15 12 16 = 15
30/05 a 03/06/2016 15 14 16 16 17 = 15
06/06 a 10/06/2016 16 16 13 15 14 = 15
13/06 a 17/06/2016 15 14 15 15 13 = 14
20/06 a 24/06/2016 16 15 16 15 15 = 15
27/06 a 01/07/2016 14 16 15 14 14 = 15
04/07 a 08/07/2016 17 15 09 10 14 = 13
11/07 a 15/07/2016 15 15 15 14 14 = 15
18/07 a 22/07/2016 17 16 16 17 16 = 16
25/07 a 29/07/2016 16 15 18 17 19 = 17
01/08 a 05/08/2016 17 20 ** ** 13 = 16
08/08 a 12/08/2016 11 ** 11 ** 16 = 13
15/08 a 19/08/2016 ** ** 16 20 17 = 17
22/08 a 26/08/2016 18 18 16 15 12 = 16
29/08 a 02/09/2016 16 15 17 12 14 = 15
05/09 a 09/09/2016 15 15 17 15 15 = 15
12/09 a 16/09/2016 14 13 14 14 15 = 14
19/09 a 23/09/2016 15 17 15 16 17 = 16

MÉDIA GERAL: 14 pontos – Mediano


Antes do recado da autora, vem um pequeno e breve recadinho da coordenação, que pede desculpas pelo esquecimento da coluna num churrasco. A edição foi ao ar quase meia-noite, sofremos? Muito, mas bora fazendo, porque Fabinha sim merece esse tipo de tratamento, não umas e outras que chegam a inventar até mentiras cabeludas de que esteve em hospital só porque não conseguiu fazer seu trabalho direito. Agora vamos ao recado das manas Fábia e Jeana?

Então suas kenguinhas, gostaram da edição? Se sim, uma beija na tcheca. Se não, venham tretar com as manas.

Anúncios

94 thoughts on “Viagem no Tempo – 22ª Edição

    • 14.48 vira 14.5 que vira 15 pontos, sim, sempre que vcs somam as tabelas decimais das Mexicanas e da 15.28 por exemplo, vcs colocam 15.3 na média geral, então com quase Anjos deu 14.5 (15) pontos de média geral

      Curtir

  1. “Anjo Mau” nunca me despertou interesse, um fato. A re-reprise não me agradou, não é uma história que me atrai. Porém, com o decorrer da novela, algumas coisas começaram a me agradar, então eu considero uma novela razoável, bem razoável mesmo. É um sucesso atemporal, um trama icônica na TV brasileira, mas eu não curti, porém reconheço seu desempenho. Parabéns pela edição, Fabinha e Jeanzinho!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Anjo Mau foi uma ótima novela, aliás foi graças a ela que eu conheci o blog
    A edição está incrível e o recado da coordenação também
    Parabéns, Fábia e Jean

    Curtido por 2 pessoas

  3. Melhor edição, saudade Nice. Já tinha conhecimentos de algumas curiosidade e outras adorei em conhecer. A re-reprise foi muito boicotada mesmo, adorei nos pisões e você jogou na cara das inimigas.
    Parabéns gente, quero recorde hoje.

    Curtido por 2 pessoas

  4. Lacre de novela. Assisti uns pedaços em 2003 e 2016 e assisti na íntegra quando passou no Viva. O único defeito pra mim foi o Rodrigo.

    Morri que foi o mesmo ator que interpretou o Josias nas duas versões, não sabia. E sofri que caiu de 25 pra 17 na primeira semana em 2003.

    A coitada da Nice foi muito boicotada agora em 2016, se não fosse a Globo agindo como uma vagabunda, teríamos fechado com 15,0.

    Parabéns gostosas.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Parabens pela Matéria ❤ 😀
    Eu sempre tive curiosidade em assistir essa trama,sempre falaram tão bem dela,e pude acompanhar essa reprise….achei uma novela deliciosa,um texto completamente atual,mesmo sendo quase 20 anos depois e personagens super carismáticos ❤

    Curtido por 1 pessoa

  6. Eu particularmente odiei essa novela. Porém ouço muitos comentários positivos a respeito dela. Enfim né. Gosto não se discute. Parabéns pela coluna.

    Curtir

  7. Morro com a edição lacrante de hoje! ❤
    um luxo! ❤
    Anjo Mal parece ser uma trama bem interessante, uma pena eu nunca ter conseguido assisti-la. Amo novelas com a protagonista má (ou meio má).
    Parabéns pela edição lacrante de hoje, gloriosas Fabyana e Jeany! Arrasaram!
    #. ❤
    E sobre o comunicado da coordenação: MORTO!
    #. 😮 😮 😮
    Gente… Que foi isso? Só sei disso: No sábado a pessoa indiretamente citada e eu estávamos nos comunicando via Facebook porque sou o entrevistado da próxima edição da coluna dominical e ele realmente estava doente e internado…
    #….

    Curtir

  8. Nossa,a segunda reprise de Anjo Mau foi muito boicotada,além disso,sofreu picotes daqui e cortes dali.Se não fossem os jogos de futebol,Anjo Mau teria fechado com 18 pontos,o que aconteceu com Mulheres Apaixonadas,na reprise em 2008,fechou com essa média que Anjo Mau fecharia.Eu tinha visto nas cenas inesquecíveis,especial de sábado do blog,a Paula fazendo roleta russa com a Nice e a cena,foi bem chocante,com certeza a Globo cortou essa cena e a novela tinha um apelo político e várias cenas foram cortadas per causa das Eleições 2016 pelo o que vi aí em cima.Essa coluna é boa,vou ler as outras edições.Parabéns!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s