Curiosidades da TV – 34ª Edição (Última Edição)

cdtvCURIOSIDADES DE HOJE: As Novelas Brasileiras no Exterior!

Boa noite, queridos e estimados leitores do Tv Mix! Hoje, o blog encerra mais um ciclo: depois de quase um ano e quatro meses no ar, declaramos com um nó na garganta o encerramento da coluna Curiosidades da TV (pausa na gravação para a equipe consolar Hash). Mesmo com exibição irregular, os colunistas declaram cumprido o objetivo de levar mais conhecimento aos leitores e agregar conteúdo ao blog. E nessa emocionante despedida, falaremos um pouco sobre as novelas produzidas no Brasil que são exportadas mundo afora!

Como é de conhecimento geral, as novelas brasileiras fazem tanto sucesso que transcendem os limites geográficos e repercutem a nível mundial. Por isso, são consideradas as melhores do mundo e, juntamente com as mexicanas, as mais vendidas. E, como diria Tulla Luana, novela não é pouca bosta mundo afora, tanto é que exportação de novela brasileira é uma das principais práticas de exportação do nosso país e revolucionou o mercado teledramatúrgico mundial.

Seguem abaixo algumas CURIOSIDADES sobre as novelas brasileiras no exterior:

  • Como já é de conhecimento geral, as nossas telenovelas são produções caríssimas. Seja novela da Globo, da Record, do SBT, da Band, da Manchete, da Tupi, ou até mesmo novela independente, não importa: todas elas investem bastante nisso. Tanto é que a telenovela é o produto mais investido e, consequentemente, mais lucrativo, assistido e repercutido da televisão brasileira. Não é à toa que é consumido também por mais de 130 países mundo afora.
  • A participação brasileira no mercado internacional de telenovelas, digamos, é até antiga. A primeira produção brasileira a ser apresentada na televisão estrangeira foi O Bem-Amado (Globo, 1973). E não podia ser diferente, já que foi a primeira novela brasileira a ser produzida e gravada a cores. Mas essa não foi a estreia do Brasil nesse mercado, porque antes ela já atuava comercializando textos nacionais. Atualmente, a Globo colhe os frutos de ter sido a pioneira nesse mercado, faturando algo em torno de US$ 150 milhões anuais.
  • Vale a pena mencionar que vender novela brasileira não é algo muito fácil. Porque, para início de conversa, ela tem que agradar primeiro os brasileiros para depois agradar a gringaiada. E, muitas vezes, as novelas trazem um ar tão brasileiro que às vezes é rejeitada pelo mercado estrangeiro por questões culturais, já que elas podem não ser entendidas pelo público. Muito raramente uma novela brasileira é concebida visando o sucesso internacional.
    • O CloneSalve JorgeNegócio da ChinaBelíssimaPassioneTerra NostraJoia RaraCaminho das Índias são bons exemplos de novelas que foram produzidas visando o sucesso internacional. Algumas conseguiram fazer sucesso tanto nacional quanto internacionalmente, outras não.
  • Claro, algumas produções só conseguiram ter visibilidade no estrangeiro graças a fatores externos, como o peso de um ator X no elenco ou até mesmo a influência de outras produções. Por exemplo:
    • O sucesso da novela Sinhá Moça no exterior se deve ao fato de que o mercado internacional a associou como uma nova versão do grande fenômeno A Escrava Isaura;
    • Esperança foi concebida como uma espécie de continuação de Terra Nostra, mas na prática não foi bem isso o que ocorreu… quer dizer, aqui no Brasil, porque no exterior ela foi tratada como tal. Em alguns países, ela chegou a ser chamada de Terra Nostra 2 (e no Casseta & Planeta também);
    • O nome de Regina Duarte valorizou tramas como Roque SanteiroVale Tudo no exterior; dentre outros exemplos.
    • Claro, isso também acontece aqui no Brasil com as novelas mexicanas.
  • A exportação de novelas brasileiras causou uma revolução na teledramaturgia de vários países, como a italiana, portuguesa, argentina, angolana, etc.
  • Nos anos 90, por exemplo, surgiram as primeiras novelas frutos de coproduções entre emissoras brasileiras e estrangeiras, em um esforço de facilitar a comercialização da produção no mercado mundial de telenovelas.
    • Lua Cheia de Amor (1991), co-produção entre Rede Globo e a espanhola RTVE;
    • Pedra sobre Pedra (1992), co-produção entre a Rede Globo e a portuguesa RTP1;
    • Mulheres de Areia (1993), co-produção entre a Rede Globo e a portuguesa RTP1;
    • Chiquititas (1997), co-produção entre o SBT e a argentina Telefe, gravada na Argentina;
    • Paixões Proibidas (2006), co-produção entre a Rede Bandeirantes e a portuguesa RTP, que misturou brasileiros e portugueses no seu elenco e na sua equipe de produção;
    • Laços de Sangue (2010), co-produção entre a portuguesa SIC e a Rede Globo; dentre outros exemplos.
  • Quando exportada, a novela normalmente já teve sua produção concluída, o que torna possível a reedição do material a fim de torná-lo mais ágil e melhor digerível ao novo público. Um bom exemplo é a novela Amor à Vida (Globo, 2013): quando exibida no Brasil, ostentou longos 221 capítulos que, no exterior, foram condensados em 160.
  • É claro que as novelas brasileiras da Rede Globo são as mais requisitadas pelo mercado. Afinal, são as de maior qualidade e visibilidade tanto dentro quanto fora do país. A novela brasileira mais vendida no exterior, sem dúvidas, é Avenida Brasil (pausa na gravação para Glay ir vomitar no banheiro), que já foi apreciada por mais de 130 países; também foram muito consumidas as novelas Caminho das Índias (jekumiáperikanherê)A Vida da Gente (tempo, tempo, tempo, tempo, tempo)Da Cor do Pecado (esse corpo moreno, cheiroso e gostoso, que você tem)Escrava Isaura (lerê-lerê)O Clone (sob as nossas cabeças o sol, sob as nossas cabeças a luz)Terra Nostra (martirio, tormento d’amore), Por Amor (se eu pudesse, por um dia, esse amor essa alegria…)Insensato Coração (dei afeto e carinho, como retribuição, procuraste um outro ninho, em desalinho ficou meu coração)Mulheres de Areia (a noite vai ter lua cheia, tudo pode acontecer)Laços de Família (I was brought here by the power of love)O Rei do Gado (sou deste chão onde o rei é peão)Renascer (laialaiá, lerê), dentre outros.
  • Sente só o poder da Vênus Platinada: seus principais clientes são a argentina Telefe, a mexicana TV Azteca, a uruguaia Teledoce, a equatoriana Ecuavisa, a peruana ATV e, principalmente, a portuguesa SIC, que consome produções globais há mais de 30 anos e ainda tem a Globo como acionista. Além disso, a Globo conta com canais próprios na TV paga portuguesa, como a Globo Premium e a Globo Básico. Sim, podemos falar que os principais clientes da Rede Globo são os países que falam português e espanhol.
  • A Globo tem sim as produções mais requisitadas pelos gringos, mas isso não significa que as suas concorrentes não atuem nesse ramo ou só se contentem com migalhas. A Rede Record, por exemplo, vê Os Dez Mandamentos repetindo o seu extraordinário êxito em audiência pela América Latina inteira; mais de 20 países já exibiram a trama de Vivian de Oliveira. Mas sem dúvidas o principal nome da Record nesse horário é a novela A Escrava Isaura, de 2004, que já foi vista em mais de 40 países. Quem também deixou seu nome ali foi Essas MulheresBicho do MatoBalacobaco (Shocka)A Lei e o CrimeProva de AmorOs Mutantes (claro…)José do EgitoMilagres de Jesus.
  • O SBT, por sua vez, também participa ativamente desse mercado. Seu principal nome é o remake de Carrossel em 2012, que já foi visto por cerca de 40 países; Fascinação já foi vista por cerca de 30 países; ambas as versões nacionais de Chiquititas, bem como os remakes de As Pupilas do Senhor ReitorÉramos SeisO Direito de NascerUma Rosa com AmorOs Ossos do BarãoPérola NegraRazão de ViverSangue do meu SangueCúmplices de um Resgate também representam bem o SBT nesse mercado. Os remakes de ChiquititasCúmplices de um Resgate também contam com a ajuda da Televisa.
  • Outro caso bem famoso é o da novela Pantanal (Manchete, 1990), que repetiu o seu extraordinário sucesso por onde passou.

IMPACTO DAS TELENOVELAS BRASILEIRAS

Por ser um produto bem popular, a telenovela tem a capacidade de lançar modas e tendências, mesmo que passageiras ou de pouca amplitude. Não poderia ser diferente no exterior, né non? Veja alguns exemplos:

  • Escrava Isaura, definitivamente, foi um fenômeno mundial. Em Cuba, por exemplo, os horários dos jogos de futebol tiveram que ser alterados. O povo preferia assistir a novela do que ir pros estádios. Acreditam também que o governo CANCELOU a campanha de racionamento de energia por causa da novela? Na China, Lucélia Santos, intérprete da protagonista, chegou a receber o prêmio Águia de Ouro, que é mais ou menos o nosso Troféu Imprensa para eles. Apesar disso, essa foi uma das poucas novelas brasileiras a entrar lá na China
  • Em Portugal, a novela O Clone fez aumentar a procura por viagens para o Marrocos e por aulas de dança do ventre.
  • No Equador, a emissora Ecuavisa criou uma campanha pela defesa dos direitos dos portadores de síndrome de Down, temática abordada pela telenovela Páginas da Vida por meio da personagem Clara (Joana Morcazel).
  • Nos Estados Unidos, um grupo se mobilizou numa campanha para doação de medula óssea por causa de Laços de Família, que abordava o tema.
  • Mas às vezes, o impacto é inesperado:
    • Na Romênia, por exemplo, a “overdose” de novelas cariocas fez com que uma praia na costa do Mar Negro fosse batizada de Copacabana;
    • Em Angola, Roque Santeiro fez tanto sucesso que nomeou uma praça e uma feira.
    • Vale Tudo fez tanto sucesso em Cuba que uma rede de restaurantes privados ganhou o nome de “Paladares”, em uma alusão ao restaurante da protagonista Raquel (Regina Duarte).

REMAKES DE TELENOVELAS BRASILEIRAS NO EXTERIOR

Às vezes, o sucesso é tão grande que algumas emissoras têm a brilhante ideia de refazer uma novela brasileira no seu país, quem sabe na intenção de “nacionalizar” uma boa história. Veja alguns exemplos:

  • Em 2002, a Globo e a estadunidense Telemundo criaram uma parceria. A primeira “filha” dessa parceria foi a versão hispano-americana de Vale Tudo. Batizada de Vale todo, a novela contava com um elenco completamente miscigenado, contando com nomes brasileiros, mexicanos, argentinos, peruanos, cubanos, colombianos e venezuelanos… tipo novela adolescente produzida pela Nickelodeon, sabe? Tivemos Itatí Cantoral (MARGINAAAAAAAAAAL) vivendo Raquel, tivemos também participação especial de Antonio Fagundes numa novela escrita por Yves Dumont (conhecido por escrever novelas pra Record no final da década de 90 e pro SBT no final da década de 2000) e dirigida por Wolf Maya, que foi um completo flop.
  • Em 2010, Globo e Telemundo produziram a versão colombiana de O Clone. Batizada de El clon, a novela contou com a direção de Jayme Monjardim, com Sandra Echeverría no papel de Jade e Saúl Lisazo no papel de Leonardo (na versão brasileira, Leônidas, vivido por Reginaldo Faria).
  • Ainda em 2010, a Globo e a TV Azteca produziram a versão mexicana de Louco Amor. Batizada de Entre el amor y el deseo, a novela contou com Héctor Bonilla (o astro que caiu na vila do Chaves, lembra?) no elenco.
  • Em 2012, a SIC e a Rede Globo produziram a versão portuguesa de Dancin’ Days. Homônima à obra original, a trama contou com Joana Santos (vilã de Laços de Sangue) como Júlia, papel dado a Sônia Braga na versão original.
  • Em 2013, a Globo e a Telemundo produziram a versão hispano-americana de Fina Estampa. Batizada de Marido en alquiler, a trama contou com Sonya Smith (a Gaivota de Acorralada) como Griselda, Maritza Rodríguez (a Marión e a Deborah de Acorralada) como Tereza Cristina e Kimberly Dos Ramos (a Matilda de Grachi e a Graciela de Vino el amor) como Patrícia.

OS TÍTULOS DE NOSSAS TELENOVELAS NO EXTERIOR

Assim como comumente acontece aqui com novelas estrangeiras, algumas novelas brasileiras mudam de título quando apresentadas ao exterior. Seja por problemas com a tradução literal, seja pela presença de gírias, seja por questões culturais, etc. Veja alguns exemplos:

  • Salve Jorge mudou de nome no exterior graças ao viés religioso do título original. No mundo anglófono, foi chamada de Brave Woman, mas no mundo latino foi chamada de A Guerreira.
  • Sangue Bom mudou de nome no exterior pelo fato do título original ser uma gíria tipicamente brasileira. Seus títulos no exterior foram Corações Enrolados ou Labirintos do Coração.
  • Quem também passou por algo parecido foi Cama de Gato, já que essa expressão também é uma gíria brasileira. Quando passou em Portugal, pela SIC, a trama foi renomeada para A Armadilha.
  • Cheias de Charme é conhecida como Sparkling Girls entre os noveleiros que falam inglês e como Encantadoras pelos noveleiros que falam espanhol.
  • Araguaia mudou de nome no exterior talvez porque o nome soasse estranho pra gringaiada. Por isso, no exterior, a novela é conhecida como Rio do Destino.
  • Ti Ti Ti também foi outra novela que mudou de nome porque o título original é uma gíria brasileira (e olha que essa gíria já tá entrando em desuso). Para os que falam inglês, ela foi apresentada como The Buzz; e para os que falam espanhol, Cuchicheos.
  • Em Família mudou o título e, consequentemente, o seu foco. Com o novo título A Sombra de Helena, a protagonista da vez não é mais Helena (Júlia Lemmertz), e sim sua filha Luísa (Bruna Marquezine).
  • Os Dez Mandamentos, por sua vez, teve seu título estendido: Moisés y los diez mandamientos.
  • Caminho das Índias mudou de nome no exterior porque o título original se trata de uma expressão tipicamente brasileira, que dificilmente seria entendido no exterior. Por isso, lá fora ela é conhecida como Índia, uma história de amor.
  • Babilônia causou muita polêmica aqui no Brasil por diversos motivos, dentre eles a escolha do seu título. Ele faz alusão ao morro da Babilônia, mas contém um viés religioso que causou um furdúncio daqueles. Por isso, no exterior, a trama é conhecida como Mujeres ambiciosas, fazendo alusão às três protagonistas da trama (gente, qual é a ambição da Regina? querer justiça?)
  • No exterior, Amor à Vida é conhecida como Rastros de mentiras.
  • Alguém explica qual o sentido do título Morde & Assopra? Talvez pensando nisso que se achou melhor apresentar a trama no exterior com o título Dinossauros e Robôs.
  • No exterior, Quatro por Quatro é conhecida como Quatro Vidas, Quatro Amores.
  • Sinhá Moça, é vendida para outros países com o nome de Pequena Senhora, na livre tradução.
  • Cordel Encantado é um caso especial. Cordel é uma espécie de poema popular na região Nordeste, onde a trama se passa, e se ela se fizesse presente no título internacional da novela, talvez o público não entenderia o título. Por isso, no exterior, a trama é apresentada com o título Conto Encantado.
  • Fina Estampa fora do Brasil se chama Aparência e Essência.
  • Na América Latina, A Vida da Gente se chamou A Vida Segue.
  • No mundo anglófono, Caras & Bocas é conhecida como Watercolors of Love.
  • Malhação é conhecida internacionalmente como New Wave.
  • Viver a Vida foi chamada de Aproveite o Dia em outros países.
  • A novela Da Cor do Pecado teve seu título alterado para algo como Tons do Pecado.
  • O remake da novela Paraíso foi denominado de Cidade Paraíso.
  • Senhora do Destino é chamada de Seu Próprio Destino, no exterior.

A exportação das nossas novelas, como você deve ter percebido na edição de hoje, é de grande importância tanto para as emissoras responsáveis por produzi-las e exportá-las, como também para o nosso próprio país, visto que elas são responsáveis por levarem um pouco da nossa cultura para vários lugares do planeta, e por divulgarem pelo mundo o nosso talento e nossas qualidades, e muito mais.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Agora é com você: qual as suas opiniões sobre as novelas brasileiras no exterior? Deixe as suas opiniões nos comentários!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Então, amigos, concluímos aqui o Curiosidades da TV… (Um minuto de silêncio) …

O fim é algo temido por muitos, que muitos tentam evitar, mas em alguns momentos, mesmo sendo doloroso, ele é necessário(DC, Hashtag). E já que é pra terminar, vamos terminar em grande estilo!

CENA 18 (FINAL): PRÉDIO GLAMOUR/REDAÇÃO DO CdTV/INT./NOITE

TRILHA SONORA: Gostava Tanto de Você – Tim Maia

Hash e Glay se despedem dos leitores e um do outro:

HASH: Quanto tempo, hein! Ao longo desses mais desses mais de 13 meses tentamos levar o máximo de informação, entretenimento e CURIOSIDADES para vocês, amigos do TV Mix, e hoje tenho a confirmação que esse tempo todo que dedicamos à coluna e todo esse nosso esforço não foram em vão. Mais uma vez peço perdão a todos vocês pelas vezes em que a coluna atrasou ou deixou de ser exibida, pelos muitos recessos e por todos os nossos erros. Tudo isso tem uma série de explicações: falta de tempo, compromisso com uma web-série do Mix no qual atuei como o protagonista mal, problemas pessoais, e outra coisa que muitos de vocês não sabiam: o cancelamento de uma grande frente de edições que já estavam prontas. Pasmem: Após a conturbada edição de estreia da coluna, que sofreu por conta das muitas críticas ao formato da mesma, que apresentava muito conteúdo (um verdadeiro livro do Harry Potter) e que não parecia bem ser semanal, fez com que, logo após a estreia, eu desistisse daquelas edições e daquele formato de coluna. Com isso dei um formato novo à coluna, para tentar assim agradar todo o público, o que deu certo. Por isso que costumamos dizer sempre que o CdTV é feito por vocês e para vocês. Agradeço a todos que, com sinceridade, criticaram a coluna. Isso só nos ajudou. Agradeço a todos que realmente deram as suas opiniões, sugestões e aqueles que contribuíram só mesma na audiência. É graças a todos vocês que conseguimos chegar até aqui. Agradeço a todos vocês, e principalmente a Willian, que permitiu a publicação da coluna, e ao Glay, meu colega de trabalho e amigo, que desde as primeira edições me ajuda com a edição da coluna e tudo mais. É muito gratificante concluir um trabalho que muitas pessoas não acreditavam que ia dar certo e que não iria poder ser concluído. Mais uma vez muito obrigado por tudo, amigos!

GLAY: Me faltam palavras para definir o que foi ajudar a fazer o CdTV acontecer. Me faltam palavras para definir o que foi trabalhar por cerca de um ano nesse redação, ao lado do Hash. Me parte o coração ver que a coluna está se encerrando hoje, mas infelizmente tem que ser assim, o ciclo se encerrou. Mas vamos alimentar as esperanças de que, futuramente, o coração do Hash amoleça e ele decida voltar com uma futura segunda temporada do CdTV, né non? Mas, por hora, declaramos encerrada a nossa jornada. Gostaria de dirigir meus agradecimentos a todos aqueles que contribuíram para o sucesso dessa coluna ao longo desse quase um ano e meio de exibição. Gostaria de agradecer nominalmente a cada um de vocês, mas para evitar esquecimentos, vou juntar todo mundo e dizer OBRIGADO pra todos eles. Para dizer a verdade, esse não é um adeus, porque nós não vamos nos afastar do Tv Mix, mas sim um até logo. Porque com certeza muito em breve voltaremos a aparecer por aqui, nem que seja como convidado especial em outra coluna do Tv Mix ou fazendo figuração em Diva (olhada irônica e disfarçada para Hash). Enfim, até a vista, queridos leitores!

TRILHA SONORA: Conga-Conga-Conga – Gretchen

Os dois autores do Curiosidades da TV dão um aperto de mãos e se abraçam. Após isso, vai cada uma para um lado, seguir os seus destinos. A imagem escurece.

Benício Martins invade o estúdio processando Hash e Glay por usarem o gif de Guerra de Luxemburgo

Anúncios

83 thoughts on “Curiosidades da TV – 34ª Edição (Última Edição)

  1. Parabéns!
    Realmente as novelas da Globo são as melhores, as mais exportadas e alguns títulos no exterior são melhores que no Brasil!
    Alguns são inusitados e outros muito criativos.
    A última edição da coluna foi interessante, eu sabia de algumas novelas mas não de tantas com esses nomes. Pior que eu já li títulos de novelas estrangeiras sem saber que eram da Globo, como o caso de Caras e Bocas..
    Parabéns Hash e Glay bela belíssima coluna que escreveram e que foi um sucesso.
    Aprendi muito lendo CURIOSIDADES DA TV, adorei.
    Excelente desfecho, literalmente fecharam com a chave de OURO.

    Curtido por 2 pessoas

  2. As novelas estão muito desgastadas e repetitivas, se continuar assim vão continuar perdendo espaço para as séries e mini séries. Mais sim , as novelas são o principal motivo da explosão da TV aqui no Brasil e claro, em dezenas de outros países.
    Parabéns pela coluna e muito triste pelo fim… espero que volte com uma nova temporada, pois é uma super coluna e vai fazer muita falta. 😀
    Amo essa coluna de montão… ❤

    Curtido por 2 pessoas

    • Pois é…
      Muito obrigado, amigo! Que bom que gostou da coluna, agradeço muito o carinho, e quem sabe, não é?!
      Agradeço muito mesmo!
      #. ❤ 🙂 😀

      Curtir

    • Se a gente for parar pra pensar, novela sempre foi algo repetitivo. A única coisa que mudava era a maneira como a história era contada… quem contava a história e como contava. Por isso que fazia tanto sucesso, porque tinha muita gente diferente pra contar as mesmas histórias de maneiras tão diferentes que passavam a impressão de se tratar de histórias completamente distintas. Com o passar dos anos, com o surgimento de um público cada vez mais exigente e com o surgimento de novas possibilidades de contar histórias, foi ficando cada vez mais evidente a semelhança entre as histórias contadas.

      Curtir

  3. Interessante edição, já conhecia grande parte das curiosidades, mas estou tombado que “Mulheres de Areia” foi uma co-produção entre Brasil e Portugal, nunca tinha ouvido falar nisso. E também morri de rir com o nome internacional que “Viver a Vida” recebeu: “Aproveite o Dia”, que horror! 😛 No mais, estou triste, é a última edição! Poxa, uma coluna icônica aqui no blog, vai deixar saudades… Mas tudo tem um ciclo né, tudo se acaba um dia, enfim… Parabéns por toda sua trajetória, Hashtag, e parabéns ao Glaydson pelo auxílio. 😀 ❤

    Curtido por 2 pessoas

  4. Ai, essa edição foi pra tombar meu coração né? ❤ 😥

    Morri que eu não conhecia a maioria das curiosidades. E confesso que ri dos temas de abertura.

    Ai, essa coluna vai deixar muitas saudades. Faz tanto tempo que ela está presente no Mix e na minha vida que vai ser difícil dizer adeus.

    Parabéns por toda a trajetória, Hash e Glauce ❤

    Curtido por 2 pessoas

  5. Adorei a coluna!! Gostei do conteúdo, acho que ela deveria voltar em uma próxima oportunidades, hein!?

    Da cor do pecado se chama tons do pecado? Que isso? Há nomes, que não caem bem.

    Faltou citar “Geração Brasil” como “Hombre nuevo” e Boogie Oogie como “El baile de la vida” e “Eterno Amor”.

    Curtido por 2 pessoas

    • A gente citou mesmo só alguns exemplos, pra também não deixar a edição muito grande e cansativa. 😉
      Que bom que gostou! Muito obrigado!
      #. 🙂 ❤

      Curtir

    • Todos nós esperamos 😀

      Bom, isso aí já é outros quinhentos. Pode ser que, lá nas bandas onde ela foi exibida com esse nome, caiu e muito bem. Nunca se sabe, né?

      Verdade, esquecemos desses exemplos. Mas não faz mal, você complementou a edição com esse comentário.

      Curtir

  6. Nossa HASH adorei saber de tudo isso,nem sabia que Carrossel foi exportada pra mais de 40 países…….parabéns e muita sorte……….thau…………

    Curtido por 2 pessoas

  7. Parabéns aos autores da coluna, foi ótima. E apenas uma correção : a novela portuguesa da SIC protagonizada por Joana Santos realizada em parceria com a Rede Globo em 2010 chamou – se Laços de Sangue e não Laços de Amor (novela mexicana da Televisa protagonizada por Lucero em 1996 e exibida pelo SBT dez anos mais tarde).

    Curtido por 2 pessoas

  8. Uma pena eu não ter conhecido o blog antes pra eu desfrutar dessa coluna maravilhosa, mas consegui ler as duas últimas edições, que foram excelentes
    Adorei saber dos nomes das novelas brasileiras no exterior, dos remakes que a Globo produziu juntamente com a Telemundo
    Essa coluna pelo pouco que li foi divina
    Parabéns, Hash (e Glay, não sei se a coluna também é dele)

    Curtido por 2 pessoas

    • Se quiser você pode pesquisar aqui no blog e ler outras edições passadas! 😉
      É muito bom saber que você gostou da coluna, Roberto! Glay e eu estamos agradecidos!
      #. 🙂 ❤

      Curtir

    • Se quiser, pode ler as outras 33 edições, que estão disponíveis nos arquivos do blog, basta clicar na tag com o nome da coluna, lá no cabeçalho do post 😉
      A coluna é só do Hash, eu só faço a contabilidade supervisão e me intrometo agradecendo nos comments também 😉

      Curtido por 1 pessoa

  9. Alguns nomes lá fora, combinaram bem mais do que os originais, alguns pioraram como o de Viver a Vida.

    Toda novela que teve Ana Paula Arósio no elenco fez sucesso internacional, ela tem muitos fãs lá fora, principalmente por causa de Terra Nostra.

    Curtido por 2 pessoas

  10. Vcs esqueceram que Xerecas de Areia foi usada como arma política

    Parabéns maninhas pela coluna, melhor edição sem dúvidas. Eu jurava que era aquela coisa chata de emissoras de TV de novo, mas vcs melhoraram, parabéns.

    Curtido por 2 pessoas

  11. Gente, “Morde e Assopra” é tipo brigar e depois fazer as pazes novamente, é morder e assoprar, pq você não teve a intenção de machucar a pessoa, é um título lindo, infelizmente difícil de explicar (e entender).
    A maioria dos títulos em outros lugares são melhores do que aqui, vai saber porque, até hoje não entendo “Araguaia”, meu Deus, e quando falam nessa novela penso que é da década de 80 só pelo nome estranho e enfim.
    O título mais bonito (e a mudança também) foi “A sombra de Helena” (Em Família).
    E enfim, parabens pela coluna maravilhosa, um luxo apenas sentir

    Curtir

    • Sim, Araguaia tinha esse nome por causa do rio em que a trama se passava, e o título aqui no Brasil e eu ainda acho melhor que o internacional, que é Rio do Destino (eu hein… 😛 )…
      Morte e Assopra e realmente não sabia o que significava! 😛
      A Sombra de Helena foi um bom título, mas eu realmente acho que Chá de Cocamila combina mais! 😛 Brincadeira!
      Muito obrigado, amigo!
      #. 😀 ❤

      Curtir

  12. Sabe que por um momento me esqueci que era a última edição? Só fui lembrar quando as informações acabaram e os redatores começaram a chorar, e fazendo seus leitores fazerem o mesmo.

    Mas sobre a edição, o que me surpreendeu muito foi o fato de Mulheres de Areia ser uma co-produção da Globo com uma emissora estrangeira. Alguns títulos das novelas brasileiras no exterior eu tinha conhecimento, talvez da maioria, mas alguns eu não sabia. Alguns títulos internacionais são melhores que os brasileiros, já outros, não tem salvação.

    Infelizmente, a coluna chegou ao fim. Cumpriu com sucesso a missão de entreter e principalmente informar nós, leitores que pensam saber algo sobre a tv, mas na verdade não sabem de nada. Mas o ciclo chegou ao fim, é triste, mas o que se pode fazer? Eu poderia dizer que não se pode fazer nada, mas na verdade pode sim… é só providenciar a segunda temporada, grato.

    Mas enfim, parabéns Hash, parabéns Glay, vocês fizeram um trabalho incrível e que vai fazer falta. Espero e desejo que voltem com a coluna num futuro próximo, para acabar com toda essa sofrência. Parabéns. ❤

    Curtir

    • Gente, para que eu estou sofrendo também! 😥 😥 😥
      Que bom que fiz você se emocionar! Suas palavras também me arrasaram! 😥 😥 😥
      Que bom que gostou e quer uma segunda temporada (acho isso quase impossível, mas quem sabe talvez, não é?)! Agradeço muito todo o apoio!
      Muito obrigado, amigo!
      #. 😀 ❤

      Curtir

  13. Queremos segunda temporada! Ai, vou escrever tudo riscado, amooo. Brincadeira kkk

    Já é a última edição? 😭 Que emoção essa última edição… Amei descobrir as curiosidades. E as citações de Diva ❤

    Emocionado…

    Eu não pude ler várias edições, mas li muitas sim, e ninguém pode negar 😛 Enfim, amigos, espero que um dia voltem com as edições 😀

    palavras riscadas… ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    Parabéns 😀

    Curtido por 1 pessoa

  14. Ótima edição, como sempre. Morro com o Glay vomitando. 😛

    “Não aprendi dizer adeus, mas tenho que aceitar que amores vêm e vão. São aves de verão. Se tens que me deixar… Que seja, então, feliz…” 🎵❤😭

    Li a coluna hoje com um aperto no coração. Saber que depois de um longo período lendo esse luxo e que terei que parar, foi bem doloroso. Aprendi e muito com essa coluna, podem ter certeza disso. Um humor na medida certa sem ser exagerado e sem tomar conta da coluna toda foi o que mais me chamava atenção quando lia e sempre deixei claro isso (acho). Um trabalho sério que não media esforços em nos contar curiosidades que na maioria das vezes (85% de 100) não conhecíamos. Agradeço muito mesmo por isso. Uma mini escola? Claro! :* Bom, foi uma longa jornada adorável essa. Adorei acompanhar as edições dessa humilde coluna. Parabéns ao Hash e ao Glay que brilharam e muito no “Curiosidades da Tv”. ❤😭 ** Marejando ** Sucesso nos próximos trabalhos e nessa vida linda. :*

    Curtido por 1 pessoa

    • #Emocionado!
      “Não aprendi dizer adeus, mas tenho que aceitar que amores vêm e vão. São aves de verão. Se tens que me deixar… Que seja, então, feliz…” 🎵❤😭 ²
      Muito obrigado por tudo amigo! Fico muito feliz que gostou! 😥 ❤
      #. ❤ ❤ ❤

      Curtir

  15. Ah q pena q acabou!!!!!!

    😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭

    Curtido por 1 pessoa

  16. E chega o fim um classico um espetaluco , um luxo de coluna , me desculpa Hash por nao ter comentado antes , é semana de provad e passo a noite estudando. , valeu amigo por criar essa fabulosa coluna , digna de excelencia , amei do começo ao fim , parabens cara por todas essas ediçoes , e digo com toda claresa eu virei fa dessa coluna . Parabens a todos por esse trabalho magnifico e me despeço desse luxo , espetaculo e maravilhosa coluna desejando sorte e muito sucesso a todos por toda esta jornada .

    Curtido por 1 pessoa

    • #. 😥
      Muito obrigado por todo o apoio e força, amigo! Muito obrigado pelas belas palavras e muito obrigado por tudo!
      #. 🙂 ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s