Há 21 anos, estreava “Lazos de Amor”, um dos maiores clássicos da dramaturgia mexicana!

Por: Willian Gonçalves

No dia 02 de Outubro de 1995, há exatos 21 anos, a produtora Carla Estrada levava ao ar uma de suas novelas de maior êxito e que lhe proporcionou o status de uma das maiores produtoras da casa.

Uma proposta um tanto quanto inovadora, é assim que podemos definir “Lazos de Amor”, que trouxe em sua espinha dorsal a clássica história de rostos iguais, porém, não eram somente duas, e sim, três irmãs de rostos completamente idênticos e de personalidades completamente diferentes.

Para dar vida as trigêmeas Maria Guadalupe, Maria Fernanda e Maria Paula, a eleita foi a atriz e cantora Lucero, com quem Carla já havia trabalhado em alguns êxitos anteriores, mas foi com essa novela que Lucero também conseguiu seu espaço na emissora, ao lado de atrizes promissoras como Adela Noriega, Thalia e muitas outras. Para comemorar os 21 anos da telenovela, vamos relembrar um pouco mais sobre seu enredo e suas curiosidades.

AS TRIGÊMEAS

trillizas

Apesar dos rostos iguais, as três irmãs tinham personalidades, traumas e sonhos bastante diferentes. A história tem seu pontapé inicial há alguns anos antes, quando as três irmãs eram apenas pequenas meninas. Um acidente de carro, causado indiretamente por Maria Paula, foi capaz de causar uma grande cicatriz na vida das três irmãs, que além de ficarem órfãs, passam a carregar diversos dramas.

Maria Guadalupe, nossa protagonista principal, foi separada de suas duas irmãs no acidente, e acaba por não se lembrar de nada. Foi encontrada por Ana, uma humilde e bondosa mulher, perto do local do acidente, e a partir daí, passa a ser criada como sua filha, sem que Maria Guadalupe soubesse da verdade. Anos se passam, e ao se mudarem para a capital, Ana descobre toda a verdade sobre Maria Guadalupe, e fará de tudo para ter sua filha perto de si apesar de tudo. É também na capital que Maria Guadalupe conhece Nicolas, um humilde taxista, que imediatamente, se apaixona pela jovem.

Maria Fernanda é a nossa segunda protagonista, a irmã que mais sofreu dentre as três. Ficou cega, cresceu em um mundo onde tudo era cor de rosa, apesar disso, e volta e meia, é passada para trás por Maria Paula, sua outra irmã. Junto com a avó e com o tio, mantém a esperança de que um dia irá reencontrar Maria Guadalupe. Mas para Maria Fernanda, nem tudo são sonhos e tristezas, ela também acaba descobrindo o amor verdadeiro em Geraldo, filho de Edmundo, o administrador da família, e juntos, terão que enfrentar a oposição do pai de Geraldo, que apesar de achar Maria Fernanda uma boa moça, não quer que seu filho se envolva com uma moça cega.

Maria Paula é a grande vilã da trama, e desde pequena, cresceu invejando suas duas irmãs. No passado, indiretamente, casou o acidente que matou seus pais, fez com que Guadalupe desaparecesse e causou a cegueira de Fernanda, e ela sempre teve consciência disso, e como Maria Guadalupe, tem constantes sonhos envolvendo o acidente. Mas sua culpa não lhe fez uma mulher boa ou talvez arrependida, pelo contrário, Maria Paula cada vez mais se tornou uma pessoa desequilibrada, capaz de qualquer coisa para conquistar seus interesses. Sempre teve a proteção de seu tio Eduardo, e por conta disso, acabou desenvolvendo uma paixão desenfreada pelo tio, chegando a assassinar sua noiva, Nancy, lhe jogando de uma construção, além de fazer a vida de todas as mulheres que se aproximassem dele um inferno. E não para por ai, Maria Paula sempre contou com a ajuda de Osvaldo, seu amante, um executivo ambicioso que é capaz de cumprir todas as ordens da amante para subir na vida. E por inveja e despeito, a vilã chega muitas vezes a se passar por suas irmãs com o objetivo de seduzir seus pares e ir para a cama com eles. Uma víbora completa!

O FIM MARCADO POR UM MITO

final

A reta final foi se aproximando, e o acontecimento mais esperado pelo público aconteceu: Após passar diversos capítulos conversando com Maria Fernanda por ligações, a trigêmea perdida descobriu que a sua amiga era na verdade, sua irmã gêmea, que moveu buscas por ela durante anos. Em uma cena emocionante, Maria Guadalupe, Maria Fernanda, e até mesmo Maria Paula, não se contêm e dão um forte e emocionante abraço, por novamente estarem juntas.

Mas as desgraças estavam longe de acabar… Com a volta da irmã, o estado mental de Maria Paula foi se agravando, e cada vez mais, a vilã foi ficando desequilibrada, tendo surtos e mentindo para si mesma que ela era Maria Guadalupe.

Os últimos capítulos foram marcados por um sequestro armado por Maria Paula dentro da própria mansão da família Iturbe Rivas. Em uma noite, armada, Maria Paula tranca Maria Guadalupe, Maria Fernanda e Eduardo no porão da mansão, sob as agressões e ameaças da vilã. Já completamente transtornada, a vilã revela a Eduardo seu amor, e descontrolada, ela atira contra o tio, o matando no mesmo instante. E após se dar conta do que fez, ela se suicida diante de Maria Guadalupe e Maria Fernanda.

Meses se passam, e as irmãs têm finais felizes ao lado de Nicolas e Geraldo, e na cena final, vemos Maria Guadalupe revendo as fotos de seu casamento com Nicolas, e cada vez mais, a câmera dá um close no rosto da heroína, e num ultimo instante, ela faz o gesto característico de Maria Paula, o toque do dedo mindinho em sua sobrancelha, deixando ali, a dúvida de que Maria Paula possa ter matado Maria Guadalupe e tomado seu lugar.

CURIOSIDADES

versiones

Lazos de Amor foi preparada por Carla Estrada em questão de poucos meses, a produtora naquele ano produzia a trama de época Alondra, que ia ao ar às 22h da noite, e um mês após o fim da trama, ia ao ar Lazos de Amor na faixa das 20h.

Lazos de Amor causou um verdadeiro estouro em seu final, alcançando o índice de 52.2 pontos, ficando como o segundo final mais visto daquele ano, perdendo apenas para o final de María la del Barrio, que deu 54.3.

Ainda falando em María la del Barrio, o folhetim foi desbancado por Lazos de Amor na premiação anual TvyNovelas, levando o prêmio de melhor telenovela daquele ano.

Seu final foi tão intrigante que em 1997, houve um especial denominado Lazos de Amor: El Desenlace, apresentado por Lucero, que esclareceu ali que quem havia morrido era Maria Paula. A explicação dada para isto foi que as três irmãs tinham o gesto do toque na sobrancelha, porém, o tique de Maria Fernanda era com os cinco dedos da mão, ao contrário das duas irmãs, que usavam o dedo mindinho.

Podemos destacar as incríveis atuações das atrizes Marga Lopes, que deu vida a dona Mercedes, a avó das trigêmeas, que além de fazer parte da trama principal, tinha uma sub-trama paralela com Felisa, a governanta da casa, que era sua irmã biológica desaparecida. Maty Huitrón, a mãe da produtora Carla Estrada que ganhou destaque fora da trama após dar vida a Ana, a mãe adotiva de Maria Guadalupe, uma mulher guerreira e que amava verdadeiramente Guadalupe. E Silvia Derbez, que deu vida a Milagros, a avó do protagonista, que era grande confidente de Ana.

A trama ainda rendeu a revelação de grandes estrelas na casa, como Luis José Santander, o protagonista e par de Maria Guadalupe, que já vinha fazendo carreira como ator na Venezuela, onde encabeçou o elenco de Morena Clara e contracenou com Gabriela Spanic. Mónika Sanchez, que aqui, interpretava uma doce e sonhadora secretária, apaixonada por Eduardo, mas que, porém, seguiu carreira como vilãs de telenovelas na Televisa. E Veronica Merchant, que deu vida a enferma Virginia, que disputava com Maria Guadalupe o amor de Nicolas.

Aqui no Brasil, a trama chegou apenas em 2006, exatos 10 anos após seu fim, mas infelizmente, acabou por fracassar, e vários fatores podem ser apontados como explicação para seu fracasso, como a enorme lentidão da trama ou talvez o desinteresse por parte do público em uma trama que saiu dos arquivos da emissora após uma década. Mas apesar disso, a trama ganhou alguns tratamentos de luxo, como por exemplo, a regravação do tema de abertura em português, interpretado pela própria Lucero.

Atualmente no México, vai ao ar um remake da trama estrelado por Angelique Boyer e denominado Tres Veces Ana, porém, ele não está repetindo a mesma repercussão de sua versão original, sem falar que seus rumos são completamente diferentes. Pode-se dizer que a trama das trigêmeas foi deixada de lado, e o destaque está sendo em torno do personagem Marcelo/Santiago, de Sebastian Rulli, que sofre de dupla personalidade após sofrer um atentado planejado pela vilã Ana Leticia.

CENAS MARCANTES

A trama rendeu diversas cenas marcantes em torno de seus 100 capítulos, e abaixo, você poderá rever, ou conhecer, essas cenas:

O acidente com as trigêmeas:

Ana resgata Maria Guadalupe:

Maria Paula assassina Nancy:

Maria Paula agride Maria Fernanda:

Maria Paula humilha Maria Fernanda:

O reencontro das trigêmeas:

Maria Paula assassina Eduardo:

Cena final:

ABERTURA

E para finalizar este post, revejam a abertura do folhetim:

Anúncios

16 thoughts on “Há 21 anos, estreava “Lazos de Amor”, um dos maiores clássicos da dramaturgia mexicana!

  1. 21 anos de um fenômeno, 21 anos de uma novela de extrema qualidade e que queiram ou não, é um verdadeiro clássico, não só como mexicano, mas mundial, por ter sido até então, a única novela no mundo a usar três protagonistas trigêmeas. Carla Estrada e Lucero com certeza ficarão marcadas para o resto de suas vidas com essa novela maravilhosa, que jamais será superada. ❤

    Curtido por 2 pessoas

  2. A história dessa novela me agrada bastante, não sei se o desenvolvimento me agradaria, mas a história em si é muito boa. E essa cena final, já tinha visto antes, e sobre como ela repercutiu, na época, deve ter sido um alvoroço enorme.

    Curtido por 2 pessoas

  3. Uma novela bem interessante, tenho bastante curiosidade nela, pena que fracassou quando passou aqui no Brasil… Tomara que o SBT exiba Três Veces Ana logo
    Parabéns, Willian, a matéria ficou muito boa

    Curtido por 1 pessoa

  4. Exato Vinícius, o SBT não soube valorizar a novela q assim como Maria do bairro seria um fenômeno se fosse exibida logo em seguida da primeira exibição de Maria aqui no Brasil , estaria no mesmo patamar de usurpadora , agora o SBT quer remediar o leite derramado com a lucero , contratando ela pra esse remake tosco de carinha , enfim só o SBT na época pode nos dizer o pq não ter exibido a novela no Brasil assim q terminou no México , espero q três veces ana não decepcione , e não seja exibida em 2016.

    Curtir

  5. Uma novela clássica e muito cativante. Meu sonho é que o SBT reexiba com melhor repercussão e maior dignidade. Ótimo texto.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s