O Amor é um Jogo – Capítulo 03

o-amor-e-um-jogo-classificacao

CENA 1, ÔNIBUS, INTERIOR, DIA

Trilha sonora: Thinking Out Love — Ed Sheeran

Giovana está sentada no ônibus, com seus fones de ouvido nos ouvidos, escutando música, enquanto sorri ao conversar com Karen por seu celular; Miguel entra no ônibus, e avista Giovana, que ao mesmo tempo lhe olha; Ele vai em sua direção.

Miguel – Posso sentar?

Sorrindo, Giovana responde.

Giovana – Claro…

Miguel se senta ao lado de Giovana; Eles se olham rapidamente, mas Giovana volta a mexer em seu celular, enquanto Miguel olha para frente; A trilha sonora começa a tocar mais alto, como pano de fundo da cena.

CENA 2, COLÉGIO ESCOLHAS, PÁTIO, INTERIOR, DIA

Giovana e Karen entram no colégio; Enquanto Miguel vai até Rafael, Breno, Felipe e Júnior, Giovana vai até Karen.

Karen – Ainda bem que você chegou, vou te contar tudo o que aconteceu.

Giovana – Conta, vai!

Karen – Sabe aquela garota que tava sentada atrás de mim ontem na sala?

Giovana – Sei…

Karen – Então, encontrei ela na balada ontem. Eu tava no bar, tinha pedido um coquetel, e aquela ridícula veio para perto de mim me provocar…

Enquanto Karen fala, Giovana olha para Miguel, sem dar muita atenção para o que sua amiga diz.

Karen – Ai então ela veio e começou a falar da minha roupa que usei ontem, mas quem ela pensa que é? Ai então não deixei barato, joguei o coquetel em cima dela, mas a vaca veio e me jogou um copo de vodca por cima…

Giovana olha para Miguel, enquanto sorri, sem dar atenção a Karen; Karen repara que Giovana está olhando para Miguel e começa a estalar os dedos e gritar, para lhe chamar a atenção.

Karen – Alô? Giovana? Em que mundo você tá.

Giovana para rapidamente de olhar para Miguel e se vira de frente para Karen.

Giovana – Oi, o que você tava falando mesmo?

Karen – Você não ouviu o que eu disse?

Giovana e Karen olham para Miguel ao mesmo tempo.

Karen – Ah, tá olhando para aquele garoto do terceiro ano…

Giovana – O Miguel?

Karen – É, o Miguel. (T) Pensei que não tava interessada nele.

Giovana – E não estou.

Karen – Mas o jeito que você olha para ele diz o contrário…

Giovana – Ah, mas eu estou olhando normalmente para ele…

Karen – Okay… Mas admita, ele é lindo.

Giovana – Pode ser…

Karen – Estou só esperando a oportunidade… Quero ter ele na minha listinha… Você não se importa mesmo se eu pegar ele?

Giovana – Já disse que não, até porque, não estou interessada nele.

Karen – Okay…

Giovana – Termina de contar o que estava falando.

Karen – Então, a Cláudia, aquela que tava sentada atrás de mim veio e me jogou um copo de vodca por cima, depois…

O sinal para o incio da aula toca.

Karen – Ih, vou terminar de contar só depois que o último período acabar.

Giovana – Não faz mal…

Giovana pega sua bolsa que está em cima do banco e coloca atravessada a seu braço.

CENA 3, HOSPITAL, CONSULTORIO DE HELENA, INTERIOR, DIA

Helena e a paciente se levantam, e apertam as mãos; A paciente sai do consultório, e no mesmo instante, Fernando entra.

Fernando – Olá Helena, como vai?

Helena – Vou muito bem, e você?

Fernando – Não muito bem…

Helena – Mas por quê?

Fernando se senta em frente a Helena.

Fernando – Ah, a Karen, ela sempre me dá trabalho… Acredita que ontem ela foi para uma balada escondida de mim?

Helena – Ah Fernando, isso se chama adolescência, a sua filha está na idade de querer sair. Já a minha Giovana, é só de casa para o colégio, do colégio para casa, da casa para o futebol e por ai vai, raramente ela vai para festas.

Fernando – Quem dera a Karen fosse assim… Mas enfim, vamos deixar isso para lá. Como passou ontem após o jantar?

Helena – Muito bem, eu adorei bastante aquele jantar.

Fernando – Eu também, minha noite foi bastante agradável.

Helena – E Fernando, sobre seu pedido…

Fernando – Diga.

Helena – Hoje eu conversei coma Giovana, e perguntei o que ela acharia se eu voltasse a me relacionar, e ela se mostrou bastante feliz. Mas eu acho que precisarei pensar mais um pouco, pois isso não é fácil de se resolver. Eu nunca tinha te visto dessa maneira, apenas como um amigo, mas agora não consigo te olhar de outra maneira.

Fernando – Você pode pensar o quanto quiser, eu sempre estarei aqui esperando sua resposta, seja lá qual for.

Helena – Obrigada por me compreender.

Fernando – Eu vou voltar para o meu consultório, tenho alguns pacientes pra atender.

Helena e Fernando se levantam e se abraçam; Fernando dá um beijo na bochecha de Helena, e passa alguns segundos olhando para seus lábios, mas logo se afasta.

Fernando – Eu vou indo.

Fernando sai do consultório, e Helena se senta em sua mesa, e fica pensativa no que acabou de acontecer.

CENA 4, COLÉGIO ESCOLHAS, QUADRA DE ESPORTES, INTERIOR, DIA

Giovana, Karen, Cecília, Cláudia e outras alunas estão vestidas com uniforme de futebol na quadra do colégio, enquanto Digão anda de um lado para o outro.

Digão – Então meninas, como algumas de vocês sabem, daqui a dois dias serão abertas vagas para as meninas que estiverem interessadas em fazer parte do time de futebol feminino. E eu quero ver como todas vocês se saem jogando em um campo de futebol, ou futsal, seja lá o que for.

Karen – Professor, a gente pode escolher os times?

Digão – Não, isso eu vou escolher.

Digão pega vários coletes azul e branco em cima de um banco.

Digão – Vamos lá… Time azul será formado por Cláudia, Giovana, Tati, Larissa e Beatriz.

Digão joga os coletes azuis para Cláudia Giovana, Tati, Larissa e Beatriz, e os brancos para as outras que sobraram; As meninas vestem os coletes.

Digão – E obviamente, o time branco será formado por Karen, Cecília, Angélica, Daniela e Thaís.

Digão tira uma moeda de seu bolso.

Digão – Giovana e Cecília, venham aqui, vamos tirar no cara ou coroa para ver qual time começa com a bola.

Cecília – Escolho coroa.

Giovana – Fico com cara então…

Digão joga a moeda para o alto, que cai em sua mão, e depois a vira em seu braço.

Digão – O time branco começa com a bola.

Digão pega a bola e joga para Cecília.

Digão – Agora, todas para suas posições!

Trilha sonora: Shake It Off — Taylor Swift

Todas as meninas vão para suas posições; Karen vai para um dos gols, enquanto Cláudia vai para outro; Cecília fica no meio do campo com uma colega do time, com a posse da bola; Digão pega seu apito e o apita, dando sinal para o começo da partida. A partida se inicia com Cecília chutando a bola para sua colega, que logo lhe toca a bola; Cláudia sai do gol para tentar tirar a bola de Cecília, mas acaba sendo driblada por Cecília, que chuta a bola para dentro do gol; A música para de tocar aos poucos.

Giovana – Poxa Cláudia! Não sai do gol!

Cláudia vai até Giovana e a encara.

Cláudia – Ah garota, me deixa!

Giovana – Mas a gente vai perder assim.

Digão – Chega vocês duas! Cláudia, melhor você fazer o que a Giovana tá dizendo, se não estiver afim de levar gol. (T) De volta para suas posições.

Trilha sonora: Shake It Off — Taylor Swift

Cláudia volta para o gol, e Giovana vai para o meio do campo com uma colega, e ficam com a posse da bola; Digão toca o apito, dando o sinal para que a partida retornasse. Giovana toca a bola para sua colega de campo, que lhe devolve a bola; Giovana dribla Cecília e outras meninas do time adversário, chegando até ao gol onde está Karen. Giovana chuta a bola no canto esquerdo da trave, mas Karen se joga e pega a bola. Giovana põe a mão na testa após ter errado o gol.

Digão (gritando) – Boa Karen! Que defesa!

Karen sorri para Digão; Ela coloca a bola no chão, e resolve sair do gol com a bola.

Digão (grito) – Karen, não faz isso!

Karen (grito) – Deixa eu arriscar, Digão!

Karen dribla várias jogadoras do time adversário, e ignora suas colegas de time, que pedem para lhe tocar a bola. Karen chega perto do gol onde está Cláudia, e chuta rastairo a bola no canto direito do gol, enquanto Cláudia fica parada e olha a bola.

Karen (gritando) – Toma essa!

Giovana (gritando) – Poxa Cláudia! Como foi deixar esse gol bobo?

Karen se exibe após ter feito um gol em Cláudia; Irritada, Cláudia sai do gol e empurra Karen.

Cláudia – Sua idiota!

Karen – O que foi, hein? Tá nervosinha porque tomou um gol?

Karen empurra Cláudia.

Cláuda – Sua idiota!

Cláudia tenta partir para cima de Karen, mas Digão a impede.

Digão – Ei, ei! O que tá acontecendo aqui?

Cláudia – Essa retardada saiu do gol dela e me fez um gol, e agora fica se exibindo.

Digão – Isso foi sorte dela, que conseguiu fazer um gol, não sei porque tá nervosa.

Cláudia – Eu fui fazer o mesmo e você me xingou.

Digão – Eu não te xinguei, só te alertei, assim como alertei a Karen, mas ela teve sorte e conseguiu fazer um gol. (T) Agora já chega, vocês estão todas de cabeça quente, é melhor todas irem para o vestiário.

Digão sai do meio de Karen e Cláudia, que se encaram por um tempo; Todas as meninas tiram seus coletes e jogam em cima de um banco, e vão para o vestiário.

CENA 5, COLÉGIO ESCOLHAS, PÁTIO, INTERIOR, DIA

O sinal toca, e todos os alunos saem em uma multidão para o pátio; Giovana, Karen e Danilo descem as escadas do corredor.

Karen – Ai que ódio daquela Cláudia! Aquela ridícula não sabe jogar futebol e ainda quer vir para cima de mim.

Giovana – É, ela é bem nervosinha. Viu como ela quis vir para cima de mim quando eu falei com ela?

Karen – Ela não se toca.

Danilo – Essa Cláudia de quem vocês tanto falam é aquela que senta atrás da Karen lá na sala?

Karen – Sim, é. Foi ela que aquele dia me jogou vodca na balada, e o pai pensou que eu tinha bebido.

Danilo – Não sei cono vocês podem brigar tanto, se só se conhecem a dois dias.

Giovana – Ai, vamos esquecer essa garota! Vamos para o Cariocão?

Karen – Eu topo.

Danilo – Vamos então.

Giovana, Karen e Danilo afastam-se dos arredores colégio.

Corta para:

CENA 6, CARIOCÃO LANCHES, INTERIOR, DIA

O lugar está bastante cheio, com vários alunos do Escolhas conversando alto no local. No rádio, toca “Thinking Out Love — Ed Sheeran”; Giovana, Karen e Danilo entram no local.

Giovana – Vamos nos sentar, eu estou faminta.

Karen – Eu também.

Giovana, Karen e Danilo sentam-se uma mesa perto da entrada, e colocam suas mochilas atravessadas a cadeira; Karen olha para o lado e avista Cláudia e Victória em uma mesa.

Karen – Ai meu Deus… Aquela garota tá aqui…

Giovana – Ai, vamos deixar ela prá lá, e vamos fazer nosso pedido.

Ao ver Giovana, Camila se dirige até a mesa onde ela está.

Camila – Oi amiga! Oi Karen e Danilo

Giovana – Oi!

Giovana se levanta e comprimenta Camila; Karen e Danilo acenam para Camila.

Camila – Vão querer o que hoje?

Giovana – Eu vou querer um sanduba natural, e um suco de laranja.

Karen – Vou querer o mesmo.

Danilo – Pra mim também.

Camila – Okay… Três sandubas e três sucos de laranja. Vão querer mais algo?

Giovana – Por enquanto não, amiga.

Camila – Tá bom, eu só vou ali entregar os pedidos para o meu pai e atender algumas mesas, e ai venho falar com vocês

Giovana e Karen sorriem para Camila, que se retira; Após entregar os pedidos para José, Júnior chega por trás de Camila, carregando um buquê de flores.

Júnior – Qual é, Camila? Tava pensando em você, e ai resolvi trazer umas flores para você…

Camila – Você não quer se poupar de ficar me trazendo esses presentinhos toda hora?

Júnior – Ah Camila, não faz assim… Eu tava de boa, pensando em você, quis te trazer um presente…

Camila – Primeiro, a gente já terminou faz tempos, segundo, eu não gosto de flores, e terceiro, eu não quero ter mais nada com você. Mas como eu não sou nenhuma mal-educada, eu vou aceitar suas flores.

Camila pega o buquê com agressividade e põe em cima do balcão, enquanto Júnior lhe olha sorrindo.

Camila – Já terminou?

Júnior – Já…

Camila – Pode sair então, tenho que trabalhar.

Com um ar de desprezo, Camila pega uma bandeja e encara Júnior, que logo se afasta.

CENA 7, HORAS DEPOIS…

CENA 8, APARTAMENTO DA FAMÍLIA DUARTE, SALA DE ESTAR, INTERIOR, NOITE

Giovana está no sofá escrevendo em alguns cadernos e apostilas, quando Helena entra no apartamento, arrastando um carrinho de compras.

Giovana – Oi mãe, chegou cedo hoje!

Helena – Não tive muitos pacientes hoje, ai passei no supermercado pra fazer umas comprinhas e vim pra cá.

Giovana – Hum…

Helena – E você, como foi na escola?

Giovana – Fui bem, a escola é bastante agradável… E você, como está indo com seu “admirador secreto”?

Giovana larga os cadernos e apostilas em cima do sofá e se senta na mesa com Helena.

Helena – Ai filha… Sei lá, eu nunca tinha visto ele como homem, só como amigo. Do nada, passei a meio que gostar dele de outra forma…

Giovana – Ai mãe, o que tá esperando pra aceitar esse namorado? Eu já te disse que eu aceito o seu namoro de boa.

Helena – Mas minha filha, ele também tem filhos, e ele ainda não conversou com eles.

Giovana – Filhos? Quer dizer que ganharei irmãos? — risos.

Helena – Para, Giovana!

Giovana – Bom, vou voltar a fazer minhas tarefas, assim quando tiver novidades do caso “Helena e seu admirador secreto”, me conte — risos.

Giovana dá um beijo na bochecha de Helena, e em seguida volta para o sofá.

CENA 9, CARIOCÃO LANCHES, INTERIOR, NOITE

O lugar está razoavelmente cheio, com algumas pessoas conversando alto; Camila, escorada no balcão, conversa com José.

José – Sabe filha? Esse lugar tá tão caido, e eu pensei que agora com o início do ano letivo no Escolhas, o movimento ia melhorar…

Camila – Pois é… A gente devia fazer algo pra melhorar o movimento, tipo uma festa aqui…

José – Festa? Mas como assim, minha filha?

Camila – A gente podia pegar um dia do fim de semana, um sábado, por exemplo. E ai a gente fechava o Cariocão, e cobrava ingressos, e vendia bebida e essas coisas, tipo uma balada.

José – Tá, mas e ai? Como você vai fazer pra divulgar que terá uma ” balada” aqui?

Camila – Ah, sei lá, eu entrego panfletos lá no Escolhas, falo com o pessoal lá e tal.

José – Sei não hein… Eu não quero bagunça e confusão aqui…

Camila – Deixa pai! Eu farei tudo direitinho, não vai ter bagunça! A gente vai lucrar e muito com essa festa.

José – Hum… Você me convenceu… Quer saber? Vou deixar que você faça a festa, mas sem bagunça, hein!

Camila – Jura? Obrigada papai, obrigada!

Camila dá alguns pulinhos e beija José na bochecha, que sorri com a felicidade da filha.

CENA 10, CASA DA FAMÍLIA SOUZA, SALA DE JANTAR, INTERIOR, NOITE

Miguel, Tomás e Laura estão a mesa jantando, enquanto conversam.

Laura – E então filho, o que tá achando do colégio novo?

Miguel – Estou achando legal, já estou ficando amigo da galera e tal.

Tomás – E as meninas, já tá interessado em alguma?

Miguel – Pra falar a verdade tem uma que eu acho interessante, mas tem outra que é amiga dela, que toda hora me dá tchauzinhos e tal.

Laura – Hum… Mas eu não quero você com nenhuma periguete.

Tomás – Laura, o Miguel escolhe quem ele quiser pra namorar.

Miguel – Eu não tô namorando ninguém, também nem estou de olho em nenhuma periguete.

Laura – Hum… Mas e essa garota que você disse que está de olho, como ela é?

Miguel – Ela é bonita, tem cabelos escuros, parece ser uma garota bem legal…

Laura – Hum…

Miguel – Bom, se me dão licença, eu vou para meu quarto.

Miguel se levanta da mesa, e dá um beijo no rosto de Laura, e bate no ombro de Tomás.

CENA 11, DIAS DEPOIS…

CENA 12, COLÉGIO ESCOLHAS, QUADRA DE ESPORTES, INTERIOR, DIA

Várias meninas estavam lá para fazer a seletiva para entrar para o time de futebol feminino do colégio; Alguns garotos estavam mais afastados, pois estavam lá para conseguir uma vaga de ajudante do time. Giovana e Karen entram na quadra, levando nas costas uma mochila com seus uniformes de treino e suas chuteiras.

Giovana – Quanta garota hein… Tudo isso para entrar no time?

Karen – Fica tranquila que a gente vai entrar.

Giovana – Queria ter a mesma confiança que você…

Giovana e Karen caminham pelo o ginásio, e acabam dando de frente com Camila.

Giovana – Camila? Você por aqui?

Camila – Oi meninas! Esqueceram que a ideia do time foi minha, e a diretora deixou eu jogar? Aliás, vou ajudar a selecionar algumas garotas para entrarem para o time.

Giovana – Ah, é mesmo, tinha esquecido.

Karen – Seja boazinha com a gente, Camila, por favor, queremos entrar pro time!

Camila – Eu não vou precisar ser, eu sei que a Giovana é uma ótima zagueira, e tenho certeza que você também deve ser uma ótima goleira. Fica tranquila, vocês vão entrar.

Camila, Giovana e Karen sorriem; De repente, Giovana sente uma bolada fraca em suas costas.

Giovana (grito) – Ai! O que foi isso?

Camila (apontando) – Aquele garoto ali que te deu uma bolada.

Giovana se vira, e se depara com Miguel vindo em sua direção.

Miguel – Ih, foi mal pela a bola…

Miguel para de falar e começa a olhar fixamente para Giovana, enquanto ela também lhe olha fixamente; Karen e Camila olham para os dois.

Miguel – Eh… Eu tava dizendo que queria me desculpar pela a bolada que te dei.

Miguel sorri para Giovana, que também lhe corresponde com um sorriso tímido.

Giovana – Ah, não foi nada, não se preocupe…

Giovana continua com seu sorriso tímido no rosto, enquanto Miguel também lhe olha sorrindo. De repente, Karen se intromete entre os dois e começa a mexer no cabelo, e Miguel desfaz seu sorriso

Karen – Miguel, o que você ta fazendo aqui? Veio nos ver? – risos.

Miguel – Eu vim atrás da vaga de ajudante do time.

Karen – Hum, ajudante do time? Acho que só veio atrás dessa vaga por causa das meninas… – risos.

Giovana dá uma cotovelada no braço de Karen, que desfaz o sorriso e começa a alisar o braço de tanta dor.

Giovana – Liga pra Karen não…

Miguel – Tem problema não… Eu vim atrás da vaga só pra ajudar mesmo, e também porque adoro futebol. – risos.

Giovana – Hum…

Camila olha para trás, e vê Digão lhe fazendo um sinal, e logo sem seguida, se vira para frente

Camila – Ei meninas, acho que o Digão ta chamando a gente. Vamos?

Giovana – Eh.. Depois a gente se vê por ai, Miguel…

Karen – Até mias tarde…

Karen se aproxima de Miguel e lhe dá um beijo na bochecha; Giovana se desanima ao ver a amiga beijando Miguel.

Karen – Vamos meninas?

Giovana – Sim…

Miguel sorri novamente para Giovana, que lhe retribui o gesto. Ela se vira e vai com Karen e Camila para a multidão de meninas.

Camila – Ei Giovana, eu vi errado, ou o Miguel estava sorrindo para você de uma maneira…

Karen (cortando) – Viu errado, queridinha! Ele não ta afim da Gi e nem ela por ele, né amiga?

Se sentindo pressionada com o olhar dissimulado da amiga, Giovana apenas concorda com a cabeça.

Giovana – Eu não estou afim do Miguel, e eu já disse isso a Karen. E além do mais, quem ta interessada nele é a Karen.

Camila – Hum… Okay então.

Giovana, Karen e Camila param aos poucos de caminhar e ficam junto com todas as meninas que estão a espera do teste.

CENA 13, HOSPITAL, CANTINA, INTERIOR, TARDE

Sentados em uma mesa, Helena e Fernando conversam enquanto bebem café.

Helena – Ai Fernando, essas nossas filhas hein… Elas rendem a maior parte das nossas conversas. – risos.

Fernando – E foi graças a elas que nos conhecemos e nos tornamos amigos.

Helena – Pois é… (T) Por falar em filhos, você já falou com a Karen e o Danilo sobre aquilo?

Fernando – Aquilo o quê?

Helena – Sobre aquele pedido que você me fez…

Fernando se anima ao pensar que Helena aceitou seu pedido de casamento.

Fernando – Quer dizer que você aceita o meu pedido?

Helena – Vamos com calma… Eu já fiz a minha parte de falar com a Giovana, agora é sua vez, você tem que falar com a Karen e o Danilo para saber o que eles pensam sobre o assunto.

Fernando – Meus filhos sempre quiseram que eu voltasse a me relacionar, acho que não tem o porquê de perguntar novamente.

Helena – De qualquer forma, fale com eles novamente. Olha, vamos jantar hoje à noite? Assim você me conta o que eles disseram, e dependendo da resposta deles, eu aceitarei o seu pedido.

Fernando – Tudo bem, Helena…

Helena pega nas mãos de Fernando.

Helena – Eu agradeço muito por estar sendo compreensivo comigo neste momento. Eu jamais esperaria um pedido desses vindo de surpresa… E pior que você ainda conseguiu mexer com meus sentimentos.

Fernando – Valerá muito a pena esperar por você, eu prometo lhe fazer muito feliz se ficar a meu lado.

Helena solta às mãos de Fernando.

Helena – Bom, eu vou voltar para meu consultório, tenho alguns pacientes marcados para daqui a pouco. Hoje à noite nos vemos naquele restaurante de sempre, tudo bem?

Fernando – Como você quiser.
Helena abraça Fernando e o beija na bochecha; Ela se retira, indo em direção a seu consultório.

CENA 14, COLÉGIO ESCOLHAS, QUADRA DE ESPORTES, INTERIOR, TARDE

Giovana, Cecília e várias outras meninas saem do vestiário, já vestindo os coletes dos times.

Digão – Bom meninas, agora vem a ultima parte do teste. Como eu expliquei antes, eu pedi que vocês vestissem esses coletes porque eu queria fazer partidas de futebol entre vocês. Temos 4 times, então todos os times se enfrentarão. Também como puderam perceber, as candidatas a goleiras do time, Karen, Cláudia, Lara e Tânia não tiveram um teste especial para elas, então o teste delas será na partida mesmo, quero ver como elas se saem ali na hora mesmo.

Digão pega sua prancheta e checa algumas coisas

Digão – Agora os primeiros times a se enfrentar serão os times azul e amarelo.

Karen, que está com o colete azul, se levanta e vai até Giovana.

Karen – Vamos ficar no mesmo time!

Karen dá um breve abraço em Giovana, que sorri.

Digão – Bora começar isso ai! Pra quadra todas vocês.

Todas correm para suas posições na quadra, e logo em seguida, Digão toca seu apito, dando sinal para o começo da partida; A tela se divide em quatro partes, mostrando as várias partidas pelo os times organizados por Digão; Alguns gols são feitos pelo os diversos times, enquanto isso, Digão anota algumas coisas em sua prancheta, e Camila também anota algumas coisas em seu caderno, enquanto conversa com Renata sobre as jogadoras. Digão toca seu apito, e as quatro partes volta a se formar em uma só, e o foco da cena volta-se para Digão, olhando para todas as meninas, que estão sentadas a sua frente.

Digão – Bom meninas, eu gostaria antes de tudo agradecer a vocês por terem se candidatado, pois não era esperado que viessem tantas candidatas, e também para não desistirem, pois quem sabe ainda pode pintar uma vaga no time. Como todas sabem, serão selecionadas 21 garotas para o time, sendo as seguintes vagas: Duas goleiras, quatro laterais, duas esquerdas e duas direitas, quatro volantes, uma atacante, seis meias e quatro zagueiras. Eram para serem duas atacantes, mas a Camila ficará com uma das vagas. Sem mais delongas, vamos lá…

Foco nos rostos nervosos de Giovana, Karen, Cláudia, Victória e Cecília.

Digão – Para as vagas de goleira, as selecionadas são Karen e Cláudia.

Feliz, Cláudia se levanta e dá um pulo e abraça Victória, enquanto Karen sorri e dá as mãos a Giovana.

Digão – Para as laterais, as vagas ficarão com Larissa, Tatiana, Bárbara e Maria. Já as volantes do nosso time serão Lola, Rebeca, Linda e Cecília.

Bastante alegre, Cecília sorri e dá sua outra mão para Giovana, que também sorri.

Digão – Já a atacante que irá acompanhar Camila é… Victória!

Victória se levanta e dá um pulo de alegria e abraça Cláudia.

Digão – Das nossas seis meias, as selecionadas são Branca, Graziela, Laila, Alice, Elisa e Valéria. E por ultimo, nossas zagueiras serão Manuela, Samantha, Lina e Giovana.

Bastante alegre por ser selecionada, Giovana abraça Karen e Cecília.

Digão – É isso meninas, dou meus parabéns para jogadoras oficiais do time de futebol feminino do Escolhas, e volto a lembrar que todos os treinos serão todas as segundas, quartas e sextas, ok? Estão liberadas.

Giovana, Karen e Cecília pegam suas mochilas e se levantam, e mais a frente está Camila, a espera delas.

Camila – Ai meninas, parabéns por terem entrado!

Camila abraça Giovana, Karen e Cecília.

Cecília – Obrigada Camila, eu estou bastante contente mesmo por ter entrado.

Giovana – Eu também!

Camila – Então meninas, para comemorar, partiu Cariocão?

Karen – Eu topo, mas só esperem um estante, vou ali falar com o Miguel.

Karen se vira e vai em direção a Miguel, que está parado perto da saída da quadra.

Miguel – E ai, Karen? Conseguiram entrar para o time?

Karen – Sim! Estou bastante contente por ter entrado.

Bastante atirada, Karen abraça Miguel, enquanto Giovana observa de longe com, com uma expressão bastante desapontada.

Karen – E você, será que consegue virar ajudante do Digão?

Miguel – Eu acho que sim, já que todos os meninos foram embora, e só tem eu aqui…

Karen – Hum… Bom, eu vou indo, a Camila convidou a Gi, a Cecília e eu para irmos no Cariocão. Até outra hora.

Karen dá um beijo no rosto de Miguel, que fica sem reação. Após o beijo, Karen sorri para Miguel, e logo em seguida se virando para Giovana, Cecília e Camila, lhes fazendo um sinal.

Giovana, Camila e Cecília vão até Karen; Giovana e Miguel trocam olhares por alguns instantes, até que todas as meninas saem; Alguns minutos depois, Digão se aproxima de Miguel.

Digão – Ei! Cadê os outros meninos que vieram fazer o teste para me ajudar com o time?

Miguel – Sei lá, eles estavam com pressa, e como as seletivas demoraram, eles foram embora.

Digão – Hum… Enfim, só tem você aqui… Topa me ajudar com o time feminino então?

Miguel – Claro que sim.

Digão – Então ta certo, esteja aqui todas as segundas, quartas e sextas, no mesmo horário que você veio. Vai me ajudar com os equipamentos, ajudar as meninas a treinar, ajudar elas quando tiverem contusões e etc., tudo bem?

Miguel – Por mim, tudo bem.

Digão – A gente se vê então, cara!

Digão e Miguel apertam as mãos; Miguel sai logo em seguida.

valeapenaverdenovo

Anúncios

11 thoughts on “O Amor é um Jogo – Capítulo 03

  1. Um novo casal! #Ferlena=Fernando e Helena
    Mais un casal! #Gioguel=Giovana e Miguel em breve vão ficar juntos!
    Karen dando uma de vilã mais uma vez!
    Brigou com a Cláudia dessa vez no estádio!Chocante!

    Curtir

  2. Os capítulos estão bem gostosos de ler, a edição está ótima e eu adorei essa sua abordagem sobre o futebol feminino
    Parabéns, Willian

    Curtir

  3. E mortágua que a senhora falou sério quando disse que ia botar ganchos avulsos

    Se OAÉUJ fosse trama inédita, Giovana seria uma concorrente e tanto pro Guto de Mundos Opostos na categoria Trouxa do Ano do Troféu Mix 2016, porque gente… a moça praticamente entregou o Miguel nas mãos da Karen e agora fica de ciuminho deles…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s