Diva – Episódio 12 (Penúltimo Episódio)

Diva - 3EPISÓDIO 12: CASA ABANDONADA

CENA 01: CASA ABANDONADA/FACHADA/EXT./NOITE

A casa era em um lugar cercado de árvores. Com as janelas quebradas, pintura desgastadas. A chuva estava forte e com trovoadas que fazia a casa abandonada clarear de tão fortes.

CENA 02: CASA ABANDONADA/QUARTINHO/INT./NOITE

Era um lugar bem espaçoso. Os raios no céu fazia a sala clarear várias vezes. Augusto estava amarrado em uma cadeira e encarava Bruna.

AUGUSTO – Onde estou? Me solta!

BRUNA – Não sei se você leu o script antes de entrar no estúdio, mas nós estamos num quartinho dentro de uma casa abandonada. Digamos que você é uma isca para atrair a presa.

AUGUSTO (debochado) – Você acha mesmo que a Daniela e a Fábia vêm até aqui para me salvar? Por favor, Bruna, elas se importam comigo tanto quanto se importam com você. A única diferença é que eu sou ignorado por elas, e você é odiada.

BRUNA – Não me subestime, Augusto. O que seria de um prédio sem o seu síndico? Seu sumiço vai chamar a atenção de todos naquele prédio. Com certeza, os amiguinhos da Daniela e da Fábia vão procurar por você e no final teremos as duas aqui.

Bruna tira seu celular do bolso da calça e liga a câmera.

BRUNA – Sorria para selfie, seu Vavá.

Bruna posiciona o celular e tira uma selfie. Com ela sorrindo e Augusto atrás, amarrado.

AUGUSTO – Me solta, sua louca!

BRUNA – Enviado. E agora cale a boca, seu figurante!

AUGUSTO – Me respeite, sua ordinária! Ou deveria dizer ordinário?

Os dois continuam brigando.

CENA 03: PRÉDIO GLAMOUR/FACHADA/EXT./NOITE

Rosilda e Fred estão no lado de fora do prédio, em frente a portaria.

FRED – Eu vou só tirar o carro da garagem e já volto. Me espere aqui.

ROSILDA – Claro. Não se pode negar carona pra casa, né non?

Fred sorri para Rosilda e se dirigem à garagem, que está escura. Ele tenta se proteger da chuva enquanto procura seu carro. Quando vai se aproximando do carro, os arbustos das árvores começam a balançar.

FRED – Tem alguém aí?

Ninguém responde. Ele respira fundo e volta a caminhar para o seu carro. Ele coloca a chave na porta e gira, fazendo o carro abrir. Ele olha para o retrovisor e avista uma sombra. Ele é surpreendido pela pessoa que coloca um pano sobre seu nariz, o fazendo desmaiar. O homem revela-se ser Heitor.

HEITOR – Antes tarde do que nunca. Agora sim o jogo vai começar.

Ele rir, estava entregue a total devoção para Bruna e suas loucuras.

CENA 04: PRÉDIO GLAMOUR/APARTAMENTO DE FÁBIA E JEAN/SALA/INT./NOITE

Jean e Lucas estavam conversando. Alguns convidados da festa ainda estavam no lugar e conversavam sobre o segredo de Bruna.

LUCAS – A noite foi de total surpresa. Até a chuva nos surpreendeu. Que eu me lembre, a Maju Coutinho disse que não ia chover hoje por aqui.

JEAN – Hoje o dia foi épico. Devia virar feriado.

O celular de Jean começa a tremer. Ele pega e abre. Após ver do que se trata, ele se assusta e começa a tremer.

LUCAS – O que foi, Jean? O que é isso, Parkinson?

JEAN – Não, é a Bruna e o Augusto.

Jean, tremendo, mostra o celular com a foto de Bruna mantendo Augusto refém. Em baixo tinha uma mensagem com o endereço e mandando eles irem seu chamar a polícia, se não, Augusto morreria. O celular começa a tocar “número desconhecido”, Jean atende.

HEITOR (cel.) – Alô, alô, você sabe quem sou eu? Alô, alô, graças a Deus. Sou eu, Heitor, mas pode me chamar de #Heitor. Só tô ligando para avisar que se você se atrever a falar alguma coisa a Fábia e Daniela, seu amiguinho, o Fred, morre.

Heitor desliga. Jean e Lucas se encaram.

JEAN – Vamos até lá, Lucas.

LUCAS – Vamos, mas não desarmados. Eu vou lá na cozinha pegar uma… uma… (tenta lembrar)

JEAN – Faca?

LUCAS – Isso. Não podemos ir desarmados, vai que alguma coisa acontece, né? Bom, vou lá na cozinha pegar a… a… (tenta lembrar)

JEAN – Faca?

LUCAS – Isso.

Lucas se levanta e vai à cozinha, deixando Jean sozinho na sala.

JEAN – Gente, baixou a Palmirinha Onofre no Lucas?

CENA 05: PRÉDIO GLAMOUR/FACHADA/EXT./NOITE

Jean e Lucas caminha pelo estacionamento. Ambos totalmente molhados pela chuva.

LUCAS – Cadê o desgraçado?

HEITOR – Tô aqui.

Eles viram para onde a voz está e vê Heitor apontando uma arma. Eles se aproximam.

JEAN – Calma, calma, sem violência.

HEITOR – A amiguinha de vocês estava procurando pelo Fred… descuidada a moça, viu? Peguei dois coelhos numa cajadada só. Agora é a vez de vocês. (ergue um pano com clorofórmio e o oferece aos dois) Levem esse pano até o nariz, caso não queiram levar um tiro.

Heitor aponta a arma e o pano para Lucas, que rapidamente o pega e cheira o clorofórmio. Segundos depois, ele cai desmaiado no chão. Quase que instantaneamente, Jean não resiste ao pavor e apaga.

HEITOR – Que rápido…

Heitor pega os dois corpos e coloca dentro do carro. Ao olhar para baixo, Heitor percebe que seu cadarço está desamarrado. Nesse momento, Jean abre os olhos lentamente, e olha para frente. Ele vê Heitor agachado, de costas para ele, e consegue ver a ponta do celular dele em sua calça. Cautelosamente, ele consegue roubar o celular de Heitor.

Corte rápido. Heitor fecha a porta do carro e dá partida no carro. Ao fundo, no banco de trás, Jean manda uma mensagem de texto.

A cena escurece lentamente.

CENA 06: CASA ABANDONADA/FACHADA/EXT./NOITE

Um carro de cor negra estaciona um pouco distante a casa. As portas se abrem e Fábia e Daniela descem de dentro.

DANIELA – Tem certeza que é aqui?

FÁBIA – Claramente que sim. Agora vamos arrumar um jeito de entrar sem muito alarde.

DANIELA – Vamos pelo mato.

FÁBIA – Mato, adoro. Me traz boas lembranças…

DANIELA – Controle-se, Fábia. Vamos

As duas caminham pelo mato.

CENA 07: CASA ABANDONADA/QUARTINHO/INT./NOITE

Augusto, Rosilda, Fred, Jean e Lucas estão sobre a mira da arma de Heitor e Bruna.

JEAN – Gente, qual a necessidade disso?

BRUNA – Tá doido pra levar um tiro, né, homem culto e inteligente? Isso aqui é pura e simples vingança.

ROSILDA – Mas eu só faço a contabilidade e o secretariado, o que é que eu tô fazendo aqui?

BRUNA – Se até agora você ainda não entendeu, então não vai adiantar eu explicar.

AUGUSTO – Se você queria atingir a Daniela e a Fábia, porque você não sequestrou uma delas? Ou então o Aurélio, que é irmão da Daniela? O Jean eu até entendo, mas nós não somos as pessoas com as quais elas mais se importam.

LUCAS (rindo) – Imagina se eles vão sequestrar o Aurélio, Augusto? A Bruna traía o Heitor com o Aurélio…

FRED (rindo) – Daria uma boa pauta pro Casos de Família, né non? “Sequestrei o amante da minha namorada”.

Nesse momento, Heitor surpreende Fred com uma potente bofetada.

HEITOR – Fica caladinho que você não morre hoje.

Fred e Heitor se encaram.

Corta para Bruna, com o celular no ouvido.

BRUNA – E a Fábia que não atende… será que eu vou ter que matar todos os meus reféns mesmo?

AUGUSTO (apavorado) – Eu não quero morrer!

Um ruído chama a atenção de todos.

BRUNA – O que foi isso, Heitor?

HEITOR – Tá me achando com cara de Mãe Dináh? Eu hein, vá lá ver. Eu fico aqui tomando conta dessa cambada.

BRUNA – Por que eu?

HEITOR – Não sei se você percebeu, mas você não está intimidando eles, quem tá deixando eles apavorados sou eu. Sua presença ou ausência nesse quartinho não vai mudar em nada o clima do ambiente.

Bruna sai do quartinho.

CENA 08: CASA ABANDONADA/CORREDOR/INT./NOITE

Bruna caminha pelo corredor escuro.

BRUNA – Já aviso que eu tô armada. Qualquer movimento brusco e eu—

Ela é atingida com um golpe na cabeça e caí no chão, desmaiada. Duas figuras femininas saem da penumbra. São Daniela e Fábia, esta última segurando algo na mão.

FÁBIA – E você desmaia.

As duas se entreolham e tentam segurar o riso.

CENA 09: CASA ABANDONADA/QUARTINHO/INT./NOITE

Heitor caminha até a porta e fica esperando algum sinal de Bruna. Jean, Lucas, Fred, Rosilda e Jean que estavam um próximo do outro, se olham.

JEAN – Vamos nos distrair. Que tal se cada um confessasse algo antes de morrer? Eu começo… eu queria confessar, antes de morrer, que eu não sou tão puro assim como todos pensam.

LUCAS – É, Jean, sei bem o quão impuro você é…

JEAN – Lucas…

AUGUSTO – Eu queria confessar, antes de morrer, que eu tenho sonhos eróticos com a Giovanna Antonelli fazendo a dança do ventre…

ROSILDA – Eu queria confessar, antes de morrer, que eu sou viciada em pornografia vintage.

Todos ficam chocados com o que ouvem.

FRED – Eu não quero confessar nada, mas eu queria que algo acontecesse antes de eu morrer.

JEAN – E o que seria?

FRED – Eu queria que o Lucas revelasse o que tinha naquela carta.

Todos olham para Lucas.

LUCAS (tenso) – A carta?

FRED – Ela mesma. Carta de Mello.

LUCAS (tenso) – O que tem naquela carta é—

HEITOR – Eu vou atrás da Bruna. Se algum de vocês sair daqui, considerem-se mortos.

Eles se olham. Heitor sai da sala indo em busca de Bruna.

AUGUSTO – É a nossa chance de fugirmos e nos salvarmos.

Jean tira seu celular do bolso.

JEAN – Mensagem da Fábia. Ela e a Daniela estão aqui. Vamos sair daqui, temos que encontrá-las.

Eles se levantam e saem pela janela, assustados.

CENA 10: CASA ABANDONADA/OUTRO QUARTINHO/INT./NOITE

O quartinho era pequeno, tinha apenas uma cadeira no centro, onde Bruna estava amarrada. As paredes eram sujas e desgastadas. Fábia e Daniela encarava Bruna, que acabará de acordar.

BRUNA – Me soltem, suas loucas! Invejosas! O sequestro é meu, não tentem mudar as coisas.

Fábia, que estava segurando um Xbox 360, vira o console de cabeça pra baixo.

FÁBIA – Parece que o jogo virou, não é mesmo?

BRUNA – O Heitor ainda está com seus amiguinhos. Eles vão comer capim pela raiz muito em breve.

Bruna se desamarra e se levanta da cadeira. Ela tenta correr, mas Daniela coloca o pé, impedido que ela sai da sala, fazendo-a cair no chão. Fábia se ergue até o chão e pega Bruna pelos cabelos.

FÁBIA – Tá achando que tá no filme “A Fuga das Galinhas”, palhaça? Volta pro teu lugar, ridícula.

Fábia solta os cabelos de Bruna e se levanta, sobre a mira do revólver, Bruna se levanta e volta para cadeira.

DANIELA – Aí, Fabinha, vamos fazer cantar uma musiquinha para animar o ambiente.

FÁBIA – Adoro. E a biscate vai cantar com a gente. (cantando) Eu tô eu tô que tô/Com faniquito aceso eu tô.

DANIELA (cantando) – Tu tá tu tá que tá/ Que está botando é pra quebrar.

Fábia aponta sua arma para Bruna.

FÁBIA – Sua vez, sua biscate. E já adianto, se não cantar, tu vai perder os miolos.

BRUNA (canta forçada) – Eu tô eu tô que eu tô que eu tô/Com muito amor/Com faniquito aceso.

Fábia e Daniela se divertem com a humilhação de Bruna, que canta contra sua vontade. Fábia e Daniela cantam junto e desdenham de Bruna.

CENA 11: CASA ABANDONADA/CORREDOR/INT./NOITE

Jean, Lucas, Fred, Augusto e Rosilda estão caminhando pelos corredores.

JEAN – Temos que encontrar a Fábia e a Daniela para sairmos daqui.

ROSILDA – Tá bom, Jean, já entendemos que temos que encontrá-las para sair daqui. Para de repetir que temos que encontrá-las para sairmos daqui.

LUCAS – Mas como vamos encontrá-las para sairmos daqui se nem ao menos sabemos onde estamos?

JEAN – Na mensagem que a Bruna me enviou tinha o endereço. Logo, eu enviei pra polícia e também pra Fábia.

ROSILDA – Se ela mandou o endereço, porque o Heitor tava na garagem?

JEAN – Acho que ele queria surpreender ela…

LUCAS – Jean, ela disse pra não chamar a polícia.

JEAN – Ninguém disse a eles que nós chamamos a polícia.

De repente, quando eles vão dobrar para entrar em outro corredor, ficam cara a cara com Heitor, apontando uma arma.

HEITOR – Claro que disseram. Você me disse. Agora.

ROSILDA – Por favor, nos deixa ir, eu te imploro. Será sua única chance de se livrar da prisão, pensa.

HEITOR – E vocês acham que eu vou para cadeia. Claramente que não. Não vai sobrar nenhum para contar a história pra polícia.

LUCAS – Você não ganha nada matando a gente. Deixa de ser otário.

HEITOR – Quer saber? CANSEI! Os quatro, já, fiquem de joelhos.

JEAN – Mas nós somos cinco.

LUCAS (debochado) – Faltou às aulas de Matemática, Heitor?

Heitor da mais um passo para frente, ainda com a arma apontada.

HEITOR – Ou vocês ajoelham agora ou eu faço vocês deitarem com um tiro na cabeça.

TRILHA SONORA: Together – The xx

Jean, Lucas, Rosilda, Augusto e Fred se ajoelham diante de Heitor.

HEITOR – Agora todo mundo vai cantar pra subir. Ou descer, dependendo da pessoa.

FRED – Eu quero escolher uma música ao meu nível, tenho que subir com estilo, né non?

HEITOR – Isso, vai fazendo gracinha. Tenho maneiras hilárias de te matar. Você pode ser o primeiro… isso se ninguém se oferecer primeiro, né non?

Todos ficam assustados e encaram Heitor, que rir descontroladamente.

FIM DO EPISÓDIO.

37 thoughts on “Diva – Episódio 12 (Penúltimo Episódio)

  1. Ai que tenso e maravilhoso! Também rachei o bico aqui 😂😂😂😂
    Mesmo as portas da morte,ninguém perde o humor 😂😂
    Bruna de sequestradora virou a sequestrada !
    Morto com a periculosidade do Heitor!
    Maravilhosa !!!! Parabéns multiplicados por mil 👏👏👏

    Curtido por 1 pessoa

  2. A cena mais engraçada foi a da Daniela e da Fábia sequestrando a Bruna no sequestro dela.Ela jogou Xbox 360,virou de cabeça para baixo jogando e a Bruna foi forçada a cantar a música que Fábia e Daniela cantavam.Foi uma cena cômica!
    A cena mais chocante foi a do Heitor colocando um pano para o Lucas e o Jean cheirarem.Será que Heitor e Bruna serão presos?Espero que sim,porque não podem ficar impunes.Com quem Aurélio ficará?Com alguém ou sozinho?
    Parabéns pelo episódio!Vai ter segunda temporada?

    Curtido por 1 pessoa

  3. Bruna sequestrou Augusto e Heitor sequestrou o resto do povo, as divas Fábia e Daniela sequestraram a vadia da Bruna e obrigaram ela a cantar, morri nessa cena
    O que tinha naquela carta? Tô doido pra saber
    Morri com a confissão do Airton/Augusto e com o #Heitor
    E por fim, o Heitor obrigou todo mundo a cantar, já até sei a música que o Augusto vai cantar…
    Parabéns, Flávio!
    Uma pena que vai acabar!
    Mas que venha uma segunda temporada desse luxo chamado “Diva”

    Curtido por 1 pessoa

  4. Parabéns Flávio. Muito bom, gostei do capítulo. Muito bom. Capítulo parecido com a web que foi postada no EPC resumida. Mas agora Diva tá maior e melhor, Flávio cada cenão, e o gancho foda. Será que o final vai ser o mesmo. Muda porque bastante gente sabe do final na versão do EPC. Faz pouco tempo que passou. Mas é um prazer ler Diva.
    Frases épicas em todos capítulos, esse é o ponto forte da web, os bons diálogos.
    Parabéns Flávio!

    Curtido por 1 pessoa

  5. E ri muito com essa série, mesmo sendo o penúltimo capítulo, já estou sentindo saudades😔 mas parabéns pelo maravilhoso capítulo, Fábia e Daniela tem que ser rápidas porque Heitor não está de brincadeira, ansiosa pro último capítulo❤

    Curtido por 1 pessoa

  6. Heitor se revelando nesse penúltimo episódio. E a história mudou em relação ao Diva do EPC, gostei. Torço por #Fresilda nesse final sim! Um casal desses. Morto com o ganchão! Parabéns, Flávio.😀

    Curtido por 1 pessoa

  7. Episódio maravilhoso!❤

    Bruna sendo vítima do próprio sequestro… kkkkk Adoooro. Espero que termine tudo bem, mas não duvido nada que você mate algum personagem (Mil Acasos…). Só espero que não seja a Fábia.

    No mais, parabéns, querido!🙂

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s