Anjos na Escuridão – Capítulo 01

CENA 01 – RUAS DA CIDADE – NOITE

Em uma rua escura, uma garota ruiva caminha sozinha. O eco do seus saltos batendo no concreto da calçada era o único ruído que se dava para ouvir. Com frio, ela coloca as mãos em seu casaco.

Porém, é surpreendida com o chamado de uma mulher, que estaciona uma BMW preta ao seu lado. A porta é destravada e a mulher de cabelos pretos desce.

MULHER: Será que você pode me ajudar? É que to perdida nessa cidade, sou nova aqui…

Ela mostra o mapa para a garota, e a garota começa a explicar. É quando dois homens de ternos a segura por trás. A GAROTA se assusta, ela tenta gritar, mas eles colocam um pano com clorofórmio, fazendo ela desmaiar.

MULHER: Josué (o homem de terno da esquerda) leva ela para o lugar combinado… Sem falhas, por favor! Com esses órgãos vamos faturar alguns milhares… (Ela sorri maliciosamente)

Ela entrega as chaves do carro para o homens, e caminha até a moto que os homens de ternos tinham chegado que estava estacionada no outro lado da rua.

CENA 02 – BOATE ANACONDA – NOITE

Uma extensa fila de jovens se formam em frente a Boate Anaconda. E o furdunço é interrompido com a presença da mulher de roupa de couro que se aproxima com a sua moto.

Descendo da moto, estava a mesma mulher que abordou a garota na primeira cena, seu nome era Savana, possuía uma boca carnuda, de corpo atraente.

Lá dentro, Savana caminha entre os adolescentes que se aglomeram na pista de dança. Até chegar em uma escada, que sobe calmamente. Ela coloca suas delicadas e brancas mãos sobre a maçaneta, e entra em uma sala a prova de som.

SAVANA: CHEGUEI MAYA!

MAYA: Até que enfim.

SAVANA: Desta vez foi difícil encontrar a garota que Janaina falou… Sabe quantas garotas existem com as mesmas caracteristicas que Janaína falou?

MAYA: Então, deu tudo certo?

SAVANA: Comigo tudo dá certo, vamos abrir o champagne para comemorar mais um grande negócio que vamos fazer.

Savana serve o champagne em duas taças. As duas bebem, e ficam em silêncio. Até Savana falar.

SAVANA: Agora ela deve está deitada na maca do nosso hospital clandestino, esperando que Janaína a corte para ela fazer sua salgada doação a nossa organização.

MAYA: Eu adoro essas doações!

SAVANA: E esse órgão vai ser “doado” para quem?

MAYA: Para uma família que estava desesperada para salvar a vida de seu filho. Eu adoro também ajudar essas famílias necessitadas.

SAVANA: Tem certeza que os órgãos dessa garota é compatível?

MAYA: De acordo com a Janaina, sim! Ela falou que a garota tem sangue tipo O. Mas porque a preocupação?

SAVANA: É que se a cirurgia dessa família não dê certo, eles podem tentar abrir a boca.

MAYA: Eles só vão tentar mesmo!

As duas começam a sorrir, brindando com as taças de champagne.

CENA 03 – HOSPITAL CLANDESTINO – NOITE

Em uma maca hospitalar estava deitada a garota que foi seqüestrada na primeira cena. Inconsciente. Além dela, na sala ainda estava também médicos, especialmente uma médica negra, a Dra. Janaina.

Eles começam a cortar o corpo da garota.

Depois de alguns minutos, eles terminam, colocando um pedaço do  fígado dentro de um cooler com várias pedras de gelo. E entregam para Josué que estava esperando no lado de fora.

Ele sai do hospital clandestino, coloca o cooler dentro do carro e começa a dirigir por uma estrada de terra até chegar em uma pista de asfalto. Josué dirige com rapidez para entregar o órgão para a família que espera em um heliporto próximo. É quando ele passa por um radar da polícia, e os guardas notam que ele está dirigindo mais rápido do que o permitido na estrada e o barra.

POLICIAL 01: Vai com tanta pressa para onde?

JOSUÉ (nervoso): Minha esposa está em trabalho de parto, tenho que chegar em casa o mais rápido possível, seu guarda.

POLICIAL 01: Sendo assim, podem ir!

É quando o cachorro do policial começa a latir farejando as drogas que tinha em seu porta-malas.

POLICIAL 01: Espere só um minuto… Tem como você abrir esse seu porta-mala. Só para conferir.

Josué sai do carro, assim que o POLICIAL 01 fica de costas JOSUÉ acerta um golpe em sua nunca, fazendo ele cair. O cachorro salta em cima do Josué. Ganhando tempo para que o POLICIAL 02 saia do carro.

POLICIAL 02: Você ta preso!

CORTA PARA:

CENA 04 – CASA N° 367 – NOITE

Descendo a escadaria, estava Mel, uma garota loira, de olhos negros como a noite. Usava um vestido curto preto, usando botas da mesma cor.

MEL: Como tô?

Sentados nos sofás a frente estava Ian, o pai daquela garota, e Suzana, a avó.

SUZANA: Linda minha neta, você vai arrasar na festa, é assim que dizem hoje, não é?

Mel sorri, mas faz sim com a cabeça para avó.

IAN: To achando esse vestido muito curto, cadê aquela saia longa que te dei?

SUZANA: Deixa de implicar com a minha neta… Vai logo querida, antes que seu pai resolva lhe transformar em uma freira.

IAN: Mãe, você me deu uma grande idéia agora…

MEL: Ai gente, tchau…

Mel dá um beijo no rosto da avó e do pai. E sai.

Lá fora…

Um carro se encontrava estacionado, dentro dele, estava Gale e Clarice, melhores amigos de Mel.

GALE: Pensei que não vinha mais!

CLARICE: Tu tava era passando concreto na cara?

MEL: Que horror, gente eu tava só me produzindo, não é todo dia que a gente completa dezoito anos…

CLARICE: Pois entra logo, não é todo dia que a mãe do Gale libera o carro.

Mel na hora que ia entrar no carro, nota que não estava com a bolsa.

MEL: Gente, eu esqueci da coisa mais importante, o dinheiro. Vou pegar…

CLARICE: Gata, tu ta muito lesada hoje.

Dentro da casa…

Mel procurava sua bolsa, é quando chega perto da cozinha e ouve o seu pai e sua avó conversando.

SUZANA: Filho quando você vai contar para a Mel a verdade?

IAN (se fazendo de sonso): Que verdade mãe?

SUZANA: Não se faça de sonso, esse papel não combina com você.

IAN: Já disse que a Mel nunca vai saber que a mãe dela ta viva.

SUZANA: Filho, mas a Mel já tem dezoito anos, ela tem maturidade o suficiente para entender que você mentiu dizendo que a mãe dela estava morta para a proteger.

IAN: Mas eu não quero que ela saiba que foi abandonada. Deve doer.

Mel que estava escutando tudo, aparece na porta da cozinha, assustada e surpresa com as revelações.

MEL (com a voz embargada): Eu não acredito no que to ouvindo… Então quer dizer que minha mãe ta viva? Vocês não podiam ter feito isso, vocês não podiam.

Ian se levanta e tenta abraçar Mel, só que ela é mais rápida e desvia do toque dele.

MEL (chorando) : Não me toca. Vocês são uns mentirosos… Eu não fico mais nessa casa.

Mel sai correndo, ela passa pelo o carro dos amigos…

CLARICE: Mel, tu vai pra onde?

Mel não responde, apenas continua  a correr, chorando.

Ian aparece no jardim e ver os meninos ainda dentro do carro.

IAN: Cadê a Mel?

GALE: Seu Ian, ela saiu correndo, nem respondeu a gente. Porque ela tava daquele jeito?

IAN: É uma longa história…

CLARICE (com uma voz sexy): Pro senhor eu tenho todo tempo do mundo…

Gale lança um olhar de reprovação para amiga. Que se encolhe no banco do carro.

IAN: Depois eu explico, só encontrem ela…

CENA 05 – DELEGACIA – NOITE 

VALENTINA: Já faz dois meses que garotas somem, e a gente ainda não tem uma pista, um suspeito, Malvino. Nada!

MALVINO: Eu ainda acho que é trabalho de serial Killer.

VALENTINA: Não pode ser, esses crimes que estão acontecendo não tem cara de um serial. Eles gostam de se exibir, de mostrar o que fazem. E esses, a gente não tem nenhum corpo.

Malvino abre a boca para protestar, mas é interrompido pelo o POLICIAL 02, que chega com Josué algemado.

POLICIAL 02: Delegada Valentina, encontramos esse homem com o porta-malas cheias de drogas…

Antes que Valentina pudesse falar alguma coisa, Josué diz:

JOSUÉ: Eu não vou dizer nada, até a presença do meu advogado. Vou logo dizendo…

Valentina faz com a cabeça um gesto para o policial leva aquele homem.
CENA 06 – BOATE ANACONDA – NOITE

SAVANA: Como assim preso? Josué o trabalho era simples… Ta, a gente vai mandar um advogado. (Ela olha para Maya) O Josué foi preso.

MAYA: Com o órgão?

SAVANA: Parece que sim.

Maya soca a mesa de vidro com raiva.

CENA 07 – SEQÜÊNCIA DE CENAS

1. Josué, sendo interrogado pela a delegada Valentina. Com a presença do advogado.

2. Savana e Maya sentadas ainda na sala da presidência. As duas conversam.

SAVANA: Quando a gente pensa que tu vai dar certo vem uma bomba dessas. (Ela olha para a Maya) O que você vai fazer com ele?

MAYA: O que se faz com todas as pessoas que falham nessa facção.

Maya abre sua gaveta pega uma arma que estava lá dentro, coloca na sua bolsa. E sai.

3. Ian dentro do seu carro procurando Mel.

4. Mel caminhando desolada pelas as ruas da cidade.

5. Suzana ajoelhada, segurando um terço na mão.

6. Josué saindo da delegacia. E furioso ao saber que o carro não foi liberado.

7. O policial 02 entrando na sala da delegada com o cooler. Ele abre, e Valentina se assusta.

VALENTINA: Isso é um pedaço de fígado?

O policial faz sim com a cabeça.

VALENTINA: Meu Deus!

CENA 08 – RUAS DA CIDADE – NOITE

Maya dirigia o carro em alta velocidade, no banco do passageiro estava Josué.

JOSUÉ: Desculpa senhora, eu juro como isso não vai mais se repetir.

MAYA: Acredito muito que tal fatalidade não vai mais acontecer…

CORTA PARA

Mel caminha pela areia da praia, ainda chorando, ela se ajoelha. Ela ver um carro parando, e fica observando.

Sai de dentro do veículo Maya e Josué.

Josué na frente com Maya pressionando a arma na sua cabeça.

MAYA: … Porque você não vai ter outra chance para errar.

Josué (com medo): Por favor senhora, eu juro que isso não vai mais acontec…

Ela dispara tiros contra o corpo de Josué.

MAYA: No vemos em uma nova encarnação.

Mel ver Maya atirando na cabeça do Josué.

MEL(Em pânico grita): Nãããão!

Maya escuta aquele grito de medo, e gira seu rosto rapidamente para ver quem gritou. Ao longe ela ver aquela garota ajoelhada na areia.

MAYA: VOCÊ PARADA AÍ!

A imagem congela em Mel, apavorada.

valeapenaverdenovo

24 thoughts on “Anjos na Escuridão – Capítulo 01

  1. Web-novela épica, um dos grandes ícones do blog em 2015, brilhantemente desenvolvida pelo meu querido amigo Manoel Oliveira, tenho enorme prazer de anunciar sua reprise. Espero que todos acompanhem e gostem dessa trama maravilhosa, pois vale muito a pena ler e reler quantas vezes puder!😀❤

    #AnjosNaEscuridão
    #ValePenaLerDeNovo
    #Lacre

    Curtido por 3 pessoas

  2. E vamos ao #MyAnalysis

    A abertura é linda, Caíque ficou nessa abertura
    Na primeira cena, vemos uma garota sendo levada a força para retirarem seu fígado na organização Anaconda (morri com esse nome)

    Depois, conhecemos Maya e Savana, as donas da boca, duas verdadeiras diabas em formato humano

    Após o fígado da garota ser retirado, Josué vai levá-lo para o Heliporto, quando é abordado pela policia por causa de drogas que havia no carro

    Depois, conhecemos Mel, a protagonista da história, sua família e seus amigos, quem merece ser citado nesse comentário é a Clarice, com as suas falas
    – Tu tava era passando concreto na cara?
    – Gata, tu tá muito lesada hoje
    – Pro senhor tenho todo tempo do mundo
    Já amei essa rainha

    Depois disso, Mel descobre que sua mãe não morreu e fica indignada por seu pai ter escondido isso dela e sai pela rua

    Josué sai da delegacia, Maya o leva para dar uma “passeio” sem volta
    Maya o leva para uma praia deserta e o mata lá mesmo, porém, a praia não estava deserta, Mel estava lá, o que será que vai acontecer com ela?

    Uma das coisas que eu mais amei é a narrativa, parece um livro, é excelente

    Parabéns, Manoel!

    Curtir

  3. E depois de mais de um ano, estou eu aqui de novo, lendo esse lacre❤ E esse gancho? Amo. O futuro ainda reserva muita coisas para a Mel… Josué já cantou para subir logo no primeiro capítulo, sofro. Kkk Maya e Savana, as rainhas, adorooo. Tudo perfeito nessa web, que é ícone do Mix, adorooooo❤

    Curtir

  4. Adorei essa web-novela!A cena mais chocante é da mulher da cena 1 sendo sequestrada por dois homens em um plano da Janaína. Acho que ela,Maya e Savana armaram isso,elas são monstruosas e cruéis!Que uma hora sejam presas!A cena mais dramática foi
    a de Mel descobrindo que sua mãe está viva e seu pai Ian estava mentindo para ela.Será que ela vai perdoá-lo por ter escondido por muitos anos?
    Parabéns!

    Curtir

  5. Juliana Paiva pegou um papel ótimo em Anjos na Escuridão. Ela é experiente em tipos como a Clarice.

    Queria poder comentar sobre o capítulo, mas seria impossível fazer isso sem dar spoilers. Como claramente isso não é a reprise de A Próxima Vítima e não teremos um final alternativo (axo), então não vou fazer comentários específicos.

    Curtir

  6. Não sei se conseguirei acompanhar essa reprise, mas desde já deixo meus parabéns ao Manon. Essa é uma das minhas webs preferidas, e ainda tive a honra de fazer a abertura desse luxo.❤

    Curtir

  7. Mel, Savana e Maya, as rainhas. Lembro do burburinho que essa estréia causou em 2015, um hit desses. Sem falar nessa narrativa que é uma aula, né? Parabéns e espero que se repita o sucesso nessa representação, Manon :*

    Curtir

  8. Acompanhando pela primeira vez. Primeiro, parabéns pela escolha Airton, parece ser uma web de grande apelo popular e pelo que vi, bombou muito em sua exibição original, merecia a reprise.
    O capítulo de estreia foi bastante envolvente, o gancho foi maravilhoso. Será que Mel vai conseguir se livrar dessa? Maya e Savana mais malvadas impossível, socorro. O pouco que li ja gostei e pretendo acompanhar, se Deus quiser. Vai ser reprisada na íntegra ou será compactada? Parabéns e sucesso na reprise!

    Curtir

  9. Amoooooooo, o lacre de volta, que nostalgia relembrar os acontecimentos. Aliás, quantos acontecimentos, e com a estreia curta, tudo acontece muito rápido, fruto de uma trama muito abrangente, mas curta.

    Enfim, Maya e Savana rainhas desde sempre, e Janaína, who. Clarice, morro muito com ela, muito bom relembrar suas tiradas. E Mel, coitada, um turbilhão de problemas caiu sobre ela: descobriu que a família mentiu sobre a história de sua mãe, e agora presencia um assassinato, e o pior de tudo, ela é o próximo alvo.

    E não vou me estender, ou vai acabar vazando spoiler, risos. Parabéns Manoel, onde quer que você esteja, e volte ao blog :*

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s