Incontroláveis – Capítulo 12

Rio de Janeiro

CENA 1/RESTAURANTE DE MARIANA/SALÃO/INT./NOITE

Selene e Paula já estavam sentadas em um lugar mais afastado do restaurante. O restaurante estava lotado, os gracons caminhavam de um lado para o outro.

PAULA — Aproveita que ainda não nos perceberam aqui, solta os ratos.

SELENE — Não diga o que devo fazer, Paula!

PAULA — Rápido!

Selene coloca a bolsa no chão e, discretamente, a abre, liberando os ratos. Uma mulher olha para o chão, vê alguns ratos e começa a gritar.

EDUARDO — O que está acontecendo?

MARIANA — Não sei?

Outrosa fregueses começam a gritar e Eduardo se assusta ao ver os ratos correndo por debaixo das mesas.

EDUARDO (GRITANDO) — Ratos!

MARIANA — Não pode ser!

O caos toma conta do lugar, Selene e Paula aproveitam para saírem sem serem vistas.

CENA 2/PARQUE DE DIVERSÕES/EXT./NOITE

Sonoplastia: Pillowtalk (Zayn Malik)

Kitty e Igor caminhavam de mãos dadas pelo parque de diversões. Na outra mão, a it-girl levava um algodão-doce rosa.

KITTY — Nunca me diverti tanto!

IGOR — A noite está apenas começando!

Igor puxa Kitty e a beija, logo em seguida eles param.

KITTY — Vamos, quero ir em outros brinquedos!

IGOR — Lógico!

Os dois começam a caminhar em direção a montanha-russa.

CENA 3/RESTAURANTE DE MARIANA/SALÃO/INT./NOITE

Mariana corria entre as mesas, afastando os ratos dos clientes, enquanto Eduardo e Camila tentavam acalmá-los.

MARIANA (NERVOSA) — Isso não pode estar acontecendo!

EDUARDO — Fiquem calmos, por favor!

CAMILA — Muitos estão saindo sem pagar, Eduardo.

EDUARDO — Não podemos fazer nada, Camila.

MARIANA — Saiam animais, saiam antes que o problema seja ainda maior!

Mariana pega uma vassoura e começa a empurrar os ratos para fora do restaurante, mas já era tarde, o restaurante estava vazio, apenas os funcionários estavam ali.

AMANHECE

CENA 4/CASA DE MARIANA/SALA DE ESTAR/INT./DIA

Alguém bate na porta e Mariana sai correndo da cozinha.

MARIANA — Já vai!

Ela abre a porta e sorri ao ver Eduardo do lado de fora.

EDUARDO — Bom dia, Mariana. O restaurante está fechado, o pior aconteceu?

MARIANA — Entra Eduardo, vou pegar um café.

Eduardo entre, Mariana vai para a cozinha e volta com duas xícaras de café, uma dela e outro do garçom.

EDUARDO — A vigilância sanitária fechou o restaurante?

MARIANA — Inelizmente sim e por tempo inderteminado.

EDUARDO — Minha ficha ainda não caiu, você sempre cuidou tão bem do restaurante, sempre foi impecavelmente limpo!

Mariana coloca a xícara de café em uma pequena mesa no centro da sala.

MARIANA (CHORANDO) — É muito azar!

EDUARDO — Calma, logo vamos resolver tudo e o restaunte voltará a funcionar!

Ele a abraça.

CENA 5/RUA/EXT./DIA

Camila ia para o colégio sozinha, quando Renan encontra com ela. Os dois primeiramente se beijam.

RENAN — Você está triste?

CAMILA — Renan, você não imagina o que aconteceu ontem. O restaurante da minha mãe foi invadidio por vários ratos.

RENAN — Nossa, que coisa estranha!

CAMILA — Como assim?

RENAN — Todas as vezes que estive no restaurante vi que tudo era tão limpo. Será que não é uma armação?

Camila ri.

CAMILA — Não exagera, Renan!

RENAN — Talvez um concorrente invejoso.

CAMILA — Pode ser, mas acho difícil. O que nos resta agora é esperar que a vigilância sanitária permita que o restaurante volte a funcionar.

RENAN — Sim…

CENA 6/COLÉGIO ESCOLHAS/BANHEIRO FEMININO/INT./DIA

Selene entra, com o celular em mãos. Paula então sai de uma das cabines, sorrindo.

PAULA — Você é mesmo pontual.

SELENE — Sou como você, não suporto atrasos!

PAULA — Pronta para a parte dois do plano?

SELENE — Agora chegou a minha vez de te ajudar, não é?

PAULA — Isso, vamos separar Igor e Kitty de uma vez por todas!

As duas riem

CENA 7/COLÉGIO ESCOLHAS/CORREDOR/INT./DIA

Camila e Renan chegam no colégio e caminham até Igor e Kitty que estavam parados, conversando. Eles se cumprimentam.

CAMILA — Cadê o Mateus e a Selene.

KITTY — O Mateus ainda não chegou e a Selene está no banheiro.

CAMILA — Entendi…

Kitty percebe que Camila estava um tanto triste.

KITTY — O que está acontecendo?

IGOR — Verdade, você está tão quieta, Camila!

CAMILA — Vocês ainda não ficaram sabendo? Houve uma infestação de ratos no restaurante de minha mãe.

RENAN — E agora ele está fechado!

KITTY — Sinceramente, estou chocada.

CAMILA — Estamos!

ANOITECE

CENA 8/CASA DE MARIANA/SALA DE ESTAR/INT./NOITE

Mariana estava sentada, assistindo televisão. Alguém bate na porta.

MARIANA — Já vai!

Ela abre a porta e Eduardo, que estava do lado de fora, sorri.

MARIANA — Edu?

EDUARDO — Olha, eu sei que você ainda está trsite por tudo o que aconteceu.

MARIANA — E quem não ficaria triste no meu lugar?

Eduardo sorri.

EDUARDO — Vamos então jogar essa tristeza fora?

MARIANA — Como assim?

EDUARDO — Vamos jogar conversa fora, nos divertir… abriu um bar aqui perto e dizem que é muito bom.

MARIANA — Não sei…

EDUARDO — Vamos, por mim!

MARIANA — Vamos, você insiste tanto!

Eduardo sorri.

CENA 9/COLÉGIO ESCOLHAS/ESTACIONAMENTO/EXT./NOITE

Carla caminhava pelo estacionamento vazio, rumo ao seu carro, quando alguém a segura pelo braço. Era Tomás.

CARLA — Que susto!

Renata também caminhava do outro lado do estacionamento, em direção ao seu carro, quando percebe a movimentação, escondendo-se atrás de seu carro.

RENATA (P/ SI) — O que o meu Tomás quer com aquela estranha?

Tomás se aproxima de Carla, ainda a segurando.

TOMÁS — Não consigo mais me controlar, Carla!

Carla ri, envergonhada e confusa.

CARLA — Não estou entendendo…

TOMÁS — Eu te amo, desde o primeiro instante que lhe vi!

Ele então a puxa para perto o suficiente para que eles possam se beijar. Renata, que via tudo, fica em  estado de choque.

RENATA (P/ SI) — Não pode ser…

Londres

CENA 10/MANSÃO DE ÚRSULA/QUARTO DE ÚRSULA/INT./NOITE

Úrsula estava deitada na cama, usando seu tablet, quando Tony entra.

TONY — Me chamou, madame?

ÚRSULA — Sim. Defini meu plano!

Ela levanta-se sorridente.

TONY — Perdoe-me madame, mas qual plano?

ÚRSULA — Finalmente sei o que farei para destruir a imagem de Otávio e Cora, minha vingança está chegando, Tony!

A imagem foca em Úrsula, sorrindo.

Anúncios

13 thoughts on “Incontroláveis – Capítulo 12

  1. O restaurante de Mariana é fechado devido à armação de Selene e Paula. Mas o objetivo do plano, que é separar Camila e Kitty ainda não teve sucesso. E Úrsula decide se vingar de Otávio e Cora, qual será o seu plano?

    Parabéns Felipe 😀

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s