Descobertas – Capítulo 02

CENA 01: MANSÃO DE ROSA, QUARTO DE STEFANNY, INTERIOR, MANHÃ.

Stefanny revela seu plano para Patrícia, deixando-a chocada.

(PATRÍCIA): – Nossa amiga, tô sem palavras… Você teria coragem de fazer isso?

(STEFANNY): – E porque não? Ah, eu sempre quis zoar com alguém dessa forma, mas nunca tive a oportunidade. Agora, a Maria é a minha oportunidade!

(PATRÍCIA): – É, mas nesse plano, você envolve o Jonathan e, sinceramente, eu não sei se ele vai topar fazer isso. E outra: você tem sangue de gelo? Não vai sentir ciúmes?

(STEFANNY): – Eu? Com ciúmes daquela idiota? – ela fica em pé. – Olha pra mim, Paty: vê se eu preciso ter ciúmes do meu namorado com a Maria? Eu me garanto! Aquela bolha não é capaz de despertar interesse em nenhum garoto, muito menos no Jonathan! Isso tudo seria apenas uma brincadeirinha, um jogo passageiro! Me ajuda?

(PATRÍCIA): – Olha, eu sou sua melhor amiga né, eu não fui com a cara da Maria também. Tá bom, eu te ajudo! Mas primeiro, você precisa falar com o Jonathan, ele é o principal envolvido.

(STEFANNY): – Pode deixar, com o Jonathan eu me entendo. Eu sei como convencê-lo de fazer tudo o que eu quero. Agora, vamos almoçar que a mamãe tá nos esperando!

Stefanny e Patrícia saem do quarto e vão almoçar com Rosa e Lucas.

CENA 02: PENSÃO DA YOLANDA, INTERIOR, MANHÃ.

Yolanda e Maria estão almoçando, juntamente com outros moradores da pensão. Pelos fundos da cozinha, Bruna entra vagarosamente, para não ser notada. Ela observa, atrás da cortina, os hospedes almoçando com sua colega de escola. De repente, sua mãe abre a cortina pra entrar na cozinha e se surpreende com a filha.

(YOLANDA): – Minha filha, que bom que você chegou, já tava preocupada. Vem, vamos almoçar, aproveito e já te apresento a minha afilhada, ela estuda na sua escola e tem a sua idade.

(BRUNA): – Não mãe, agora não, eu tô muito cansada, vou dormir.

(YOLANDA): – Mas não vai nem comer alguma coisa? Olha, saco vazio não para em pé hein!

(BRUNA): – Depois, agora não vai dar. E não fala pra ela sobre mim ok? Tchau!

Yolanda estranha a reação de Bruna, que corre até a escada e sobe ao segundo andar, trancando-se em seu quarto.

CENA 03: CASA DE FERNANDA E CARLOS, INTERIOR, MANHÃ.

Fernanda e Carlos estão almoçando junto com seus filhos, Wesley e Richard.

(RICHARD): – Pai, hoje tem futebol com os amigos de tarde. Me empresta sua chuteira?

(CARLOS): – Claro, pode pegar no meu quarto.

(WESLEY): – Se quiser, pode pegar a minha.

(RICHARD): – Ah, esqueci que você não vai pra ajudar a mamãe. Tá, eu uso a tua então.

(FERNANDA): – Me ajudar? Ajudar em quê? – intrigada.

Wesley sente-se encurralado diante da mentira que inventou e todos estão intrigados, enquanto almoçam.

(CARLOS): – Porque você não vai jogar futebol com teus amigos e com teu irmão? Porque mentiu?

(WESLEY): – Não é isso, é que… Bem, eu vou sair, por isso não quero jogar.

(FERNANDA): – Sair onde pra mentir que ia me ajudar?

(WESLEY): – Ah… Por aí! – disfarçando tensão.

(RICHARD): – Ih, sei não… Isso tá me cheirando namoro!

(CARLOS): – Opa, meu filho arrumou uma gatinha? Ah, então tem um bom motivo pra faltar o futebol, melhor a garota do que um bando de marmanjos suados né? – rindo.

(WESLEY): – É, era isso, eu só não queria contar… – envergonhado.

(RICHARD): – Ah, mas você vai ter que me contar quem é essa garota que te encantou desse jeito! Sou teu irmão, entre nós não tem segredos, fala vai: eu conheço?

(FERNANDA): – Ai Richard, não seja indiscreto, deixa o Wesley ir do jeito dele, respeita seu espaço né?

(WESLEY): – Eu vou pro meu quarto me arrumar, com licença… – levanta da mesa e vai ao quarto.

(CARLOS): – Põe bastante perfume, mulher adora homem perfumado! – olhando sério para Fernanda. – Mas para algumas, nem coberto de perfume, adianta.

(FERNANDA): – Talvez por que o cheiro do perfume não apague os erros da pessoa.

Richard percebe a tensão entre os pais, mas se cala. Eles seguem almoçando, enquanto Wesley permanece angustiado no quarto, por ter que mentir.

CENA 04: MANSÃO DE CATARINA E LUIZ, INTERIOR, TARDE.

Catarina está se olhando no espalho, passando batom, para sair ao trabalho. Luiz entra na sala, pronto para sair trabalhar.

(LUIZ): – De novo se maquiando, meu amor? Você já é linda sem maquiagem!

(CATARINA): – Você também passou perfume de novo e eu não reclamei, seu bobo.

Eles sorriem e se beijam. Logo, Jonathan entra na sala, com roupa de jogador de futebol.

(JONATHAN): – E então, tô o novo Cristiano Ronaldo ou não?

(LUIZ): – É, tá no caminho! – rindo.

(CATARINA): – Tua namorada tá sabendo que você vai jogar hoje, meu filho?

(JONATHAN): – Não sei… Porquê, mãe?

Naquele instante, Stefanny entra na sala, sorridente, e aproxima-se dele.

(STEFANNY): – Oi meu amor, vim te fazer companhia!

Jonathan fica surpreso, mas sorri.

(LUIZ): – Bom, nós estamos indo trabalhar, voltamos no fim da tarde. Juízo hein!

Jonathan e Stefanny riem e se despedem de Catarina e Luiz com um abraço, que saem ao trabalho e deixam-nos sozinhos.

(JONATHAN): – Eu não sabia que você ia vir aqui hoje, tinha marcado com a galera de jogar futebol agora de tarde.

(STEFANNY): – Desmarca ué! Eu acho que sou mais importante que eles né?

(JONATHAN): – Não é isso, Stefanny, eles são meus amigos e…

(STEFANNY): – E nada, meu amor, hoje você vai ficar comigo, só comigo! – ela o abraça. – Hoje à tarde é nossa, meu lindo! – ela beija o pescoço dele e sussurra em seu ouvido. – Vai, fica aqui, comigo, tô com saudades de você…

Jonathan fica envolvido por Stefanny e não resista, dando-lhe um beijo longo na boca. Vagarosamente, eles caminham até o quarto, aos beijos, e trancam-se lá dentro.

CENA 05: CAMPO DE FUTEBOL, EXTERIOR, TARDE.

Richard e Victor estão fazendo alongamento no campo, juntamente com outros amigos.

(VICTOR): – Cara, cadê o Jonathan e o Wesley hein?

(RICHARD): – O meu irmão não vem e o Jonathan eu não sei, ele disse que viria.

(VICTOR): – Ah é, esqueci que o Wesley me disse que precisava ajudar a mãe. Bom, espero que venha mais gente, senão os times vão ficar desfalcados né.

(RICHARD): – O Wesley é muito besta em inventar essa mentira pra não contar que vai se encontrar com uma garota.

(VICTOR): – Como assim, Richard? – surpreso.

(RICHARD): – Meu irmão mentiu dizendo que não ia jogar futebol pra ajudar nossa mãe, na verdade ele foi se encontrar aí com uma garota. Resolveu enfrentar a timidez!

(VICTOR): – Eu não acredito que o Wesley não me contou nada… Poxa, nós somos melhores amigos e ele mentiu pra mim!

Richard vai responder, quando se surpreende com a chegada de Gustavo no campo.

(GUSTAVO): – E aí, galera, tem lugar pra mais um no time?

(RICHARD): – Você? Mas você era um perna-de-pau na Educação Física!

(GUSTAVO): – Posso surpreender, me deem uma chance.

(VICTOR): – Olha, nosso time tá desfalcado, vou te dar uma chance hein, mas se a gente perder por tua culpa…

(GUSTAVO): – Relaxa, é só um jogo! E eu vou mostrar que não sou mais aquele perna-de-pau.

Richard e Victor estão receosos, mas decidem dar uma chance a Gustavo. Em seguida, a partida de futebol começa, entre os times de amigos. Todos se surpreendem com Gustavo, o nerd atrapalhado e introvertido agora ganhou o destaque na jogada, que se estende pela tarde toda.

CENA 06: MANSÃO DE ROSA, QUARTO DE LUCAS, INTERIOR, TARDE.

Lucas entra no quarto, juntamente com Wesley. Eles se abraçam fortemente.

(LUCAS): – Ai Wesley, que bom que você veio, tô precisando tanto de você.

(WESLEY): – Eu também, tava precisando sumir um pouco. E sumir contigo, é melhor ainda.

Em seguida, eles se afastam e se olham fixamente. Lucas e Wesley dão as mãos e acariciam um ao outro, enquanto se encaram com ternura. Em seguida, eles se beijam, um beijo longo em meio a um abraço carinhoso. Após, eles sentam na cama, de mãos dadas, um de frente pro outro.

(WESLEY): – Tô te achando meio pra baixo, Lucas. Aconteceu alguma coisa?

(LUCAS): – Tô me sentindo cansado dessa vida, Wesley. Cansado de me esconder, de mentir o que eu sinto de verdade.

(WESLEY): – Eu também, mas fazer o quê? Não me sinto preparado pra me assumir pra minha família. Tenho muito medo que eles não me aceitem.

(LUCAS): – Eu já tive uma breve experiência de ser rejeitado, doeu muito, não quero que se repita. Quando meu pai descobriu, ele me humilhou e me proibiu de contar pra mamãe. No fundo, eu acho que ela também não vai aceitar. Se até minha irmã, que é adolescente como eu, tem preconceito, imagina minha mãe?

(WESLEY): – A Stefanny sabe que você é gay?

(LUCAS): – Não, mas ela desconfia, vive soltando indiretas, desde que criança era assim. A Stefanny tem veneno no lugar de saliva.

(WESLEY): – Lá em casa, acho que ninguém desconfia, eu não notei nada. Hoje mesmo, acham que eu sai pra encontrar com uma garota. Tive que mentir pra confirmar, me sinto mal fazendo isso. Porque a gente não pode viver como a gente é?

(LUCAS): – Eu não sei, Wesley, só sei que eu estou cansado de viver escondido e com medo do preconceito. Eu só queria ser feliz, mas eu não consigo.

(WESLEY): – Não? – acariciando seu rosto. – Eu não te faço mais feliz?

(LUCAS): – Claro que faz, muito! Mas não se pode ser feliz por completo vivendo desse jeito. Às vezes, eu penso que se eu morresse, tudo seria mais fácil.

(WESLEY): – Que isso, Lucas, nunca mais repita uma coisa dessas! – perplexo.

(LUCAS): – Mas é verdade, Wesley, se eu morresse, pelo menos essa dor acabava. Eu sinto uma angústia muito grande aqui no peito, tô cansado, só quero que isso acabe logo! – uma lágrima escorre.

(WESLEY): – Ei, não fica assim, eu tô do seu lado! – abraçando. – Eu sei que é difícil, mas a gente tem um ao outro, um dia isso vai melhorar. – se afastando. – Eu te amo!

(LUCAS): – Eu também te amo! – sorrindo timidamente.

Wesley e Lucas se beijam com muita paixão, envolvidos em seus dilemas sobre a descoberta de suas sexualidades.

CENA 07: PENSÃO DA YOLANDA, QUARTO DE BRUNA, INTERIOR, TARDE.

Bruna está sentada na cama e Yolanda está em sua frente, em pé.

(YOLANDA): – Agora eu quero que você me explique porque está fugindo da Maria.

(BRUNA): – Primeiro, eu quero que a senhora me explique o que ela está fazendo aqui.

(YOLANDA): – A Maria é a minha afilhada que eu te falei, ela veio morar aqui.

(BRUNA): – Ai, eu não acredito… Então, nós somos quase parentes?

(YOLANDA): – De certa forma, sim. Mas qual o problema, minha filha?

(BRUNA): – Nada não, mãe… Só peço que não fale sobre mim pra ela, pelo menos por enquanto. Não quero vê-la também.

(YOLANDA): – Mas Bruna…

(BRUNA): – Eu não quero e pronto, ok? – gritando.

(YOLANDA): – Olha a mau-criação, garota!

(BRUNA): – Ai mãe, sai do meu quarto, me deixa sozinha tá!

Bruna vira-se na cama e fica de costas para Yolanda, que estranha a atitude da filha, mas sai do quarto, pasma com a rebeldia dela.

CENA 08: PENSÃO DE YOLANDA, QUARTO DE MARIA, INTERIOR, TARDE.

Maria está sentada na escrivaninha de seu quarto, olhando fotos dela com seus pais na fazenda do interior. Seus olhos se enchem de lágrimas. Yolanda entra no quarto e percebe sua emoção, acariciando seus cabelos.

(YOLANDA): – Oh minha querida… Saudades dos seus pais né?

(MARIA): – Muitas! Não pensei que fosse perder eles tão cedo.

(YOLANDA): – A vida é um mistério, Maria. Tem coisas que nunca vamos entender porque acontecem daquele jeito, mas acontecem.

(MARIA): – Se não fosse pela sua ajuda, madrinha, eu não sei onde estaria agora depois da morte trágica dos meus pais. Minha família era só eles, não tenho mais nenhum parente, obrigada por me ajudar e ser tão boa em ceder um quarto da pensão de graça.

(YOLANDA): – Imagina que eu iria cobrar aluguel pra minha única afilhada! Maria, seus pais, infelizmente, não estão mais aqui, mas eu estou e vou estar sempre com você. Eu não quero substituir a sua mãe porque isso é insubstituível, mas eu quero que você tenha confiança em mim como tinha nela.

(MARIA): – Eu já tenho, Dona Yolanda. A senhora era muito amiga da minha mãe né?

(YOLANDA): – Muito! A sua mãe era uma mulher muito guerreira e um coração tão bom. A gente se conhecia desde a época da escola, sabia? Amizade de escola quando vinga, dura pela eternidade!

(MARIA): – Tomara que eu tenha amigos nessa escola, mas esse primeiro dia foi um pouco tenso.

(YOLANDA): – Não ligue pra quem zomba de você. Quando eles te conhecerem de verdade, vão querer ser teu amigo na mesma hora, pois você é uma menina encantadora.

Maria sorri e Yolanda beija seu rosto, saindo do quarto e deixa-a sozinha com suas fotografias de família.

CENA 09: MANSÃO DE CATARINA E LUIZ, QUARTO DE JONATHAN, INTERIOR, TARDE.

Stefanny e Jonathan estão deitados na cama, em trajes íntimos, após fazerem amor. Deitada no peito de seu namorado, ela recebe cafuné dele.

(STEFANNY): – Ai eu não quero ir embora, tá tão bom aqui!

(JONATHAN): – Então fica! Vamos lanchar, assistir um filme, que tal? Pode ficar pra janta, meus pais te adoram.

(STEFANNY): – Mesmo? Olha que eu fico hein…

(JONATHAN): – Fique, eu vou adorar! – eles se beijam. – Vem cá, tua mãe já sabe que você… Bom, que a gente já…

(STEFANNY): – Se a minha mãe já sabe que eu não sou mais virgem? Talvez desconfie, mas nunca me perguntou e eu também nunca contei. E teus pais, sabem de você, de nós?

(JONATHAN): – Meu pai me perguntou uma vez, aí eu contei.

(STEFANNY): – A mamãe só sabe falar de shopping e calmantes, nunca falamos de sexo. – ela senta na cama e ele se escora nos travesseiros da guarda. – Meu amor, eu tô querendo falar com você sobre uma coisa.

(JONATHAN): – Tá, fale! O que é?

(STEFANNY): – Seguinte: eu tô tendo umas ideias para aquela novata da turma e vou precisa da tua ajuda.

(JONATHAN): – Como assim, Stefanny?

(STEFANNY): – Eu não fui com a cara dela ok, não sou obrigada a aturá-la e tô querendo mostrar quem manda, entende? Você sabe como eu e minhas amigas gostamos de umas brincadeirinhas né, com uma novata não seria diferente.

(JONATHAN) – Ai, ai, ai… E o que você pensou dessa vez? – intrigado.

(STEFANNY): – Bom, a Maria é aquela típica moça do campo, toda tímida, atrapalhada, sem maldade em relação ao outro, entende? Uma bobinha! – rindo. – Aposto que ela nunca namorou, é uma BV e virgem. E aí entra você, meu amor. – aproximando-se dele. – O que você acha de seduzir a Maria para expor ela diante de toda a escola hein?

Trilha Sonora: Team (Iggy Azalea).

(JONATHAN): – Oi? Você quer que eu tenha um caso com a Maria, é isso? – pasmo.

(STEFANNY): – Sim, mas vai ser tudo de fachada, pra enganar a tonta! Você é muito bonito, muito popular, sempre foi a atração das garotas na escola, não vai ser difícil despertar a atenção da Maria, ainda mais ela sendo uma caipira virjona. Nenhum cara deve ter se interessado por ela, basta você sugerir que tá afim que ela embarca na tua!

(JONATHAN): – Mas Stefanny, eu não sei se é uma boa ideia, brincar com os sentimentos de uma pessoa desse jeito… E você, não sentiria ciúmes, afinal eu teria que beijar a Maria!

(STEFANNY): – Óbvio que não né, Jonathan, porque eu sei que você não sentiria o menor tesão naquela ridícula. O beijo faz parte do plano e eu sei separar as coisas. Topa?

Jonathan levanta-se da cama só de cueca, confuso, e caminha pelo quarto.

(JONATHAN): – Ah Stefanny, você sabe né, eu não sou a favor desses bullyings que você e tuas amigas fazem, esse seu plano é bem mais maldoso que normalmente…

(STEFANNY): – Bullying é exagero, isso é apenas uma brincadeira boba, só pra se divertir nas costas de uma tonta. – ela levanta-se apenas de calcinha e sutiã e o abraça por trás. – Vai, meu amor, aceita minha proposta! Olha pro espelho, veja teu reflexo. Acha que não é capaz de seduzir a Maria, é isso?

(JONATHAN): – Que isso, eu me garanto tá, sei do que sou capaz. – se admirando no espalho da porta do guarda-roupa. – Mas não é isso, eu não acho legal enganar o sentimento de alguém.

(STEFANNY): – Ai, não sabia que tinha um namorado tão moralista assim, tá pior que meu bisavô. – ela se afasta. – Qual é o problema em dar uns beijinhos na Maria pra escola zoar dela? É até um favor você fazer isso porque chegar aos 17 anos sendo BV é uma vergonha, seja bondoso e faça uma caridade.

(JONATHAN): – Tá, mas e você? Será tratada como chifruda por todo mundo e eu como galinha! Não pensou nisso?

(STEFANNY): – Meu amor, eu tô me lixando pra opinião desse povo, eu sei que tudo foi brincadeira, não tem chifre nenhum. E você é homem né, não será tratado como galinha e sim como garanhão, é sempre assim, veja pelo seu amigo, o Victor, que pega geral e tratam ele como o garanhão da escola, nunca vi ninguém chamá-lo de galinha. No fim de tudo, quem sairá com a reputação suja é a Maria, sempre a mulher fica em desvantagem, vão chamar ela de vadia, aposto! Mas já que você é um frouxo medroso que não se garante, então ok né…

Stefanny começa a vestir suas roupas, enquanto Jonathan fica pensativo. Ela demonstra estar chateada e ele fica em dúvida com a proposta. Quando Stefanny vai sair do quarto, Jonathan a puxa pelo braço.

(JONATHAN): – Ei, vai embora? E meu beijo de despedida?

(STEFANNY): – Tô de cara contigo, não tem beijo! Tchau…

(JONATHAN): – Peraí, meu amor… – respira fundo. – Tá, eu topo fazer isso.

(STEFANNY): – Ai jura? Como eu te amo! – ela pula nele, que a segura no colo. – Vamos colocar a Maria em seu devido lugar!

Stefanny beija Jonathan intensamente, enquanto começa a arquitetar mentalmente uma forma de expor Maria.

CONTINUA…

NO PRÓXIMO CAPÍTULO: Jonathan e Maria ficam próximos.

Anúncios

43 thoughts on “Descobertas – Capítulo 02

  1. Sabe o chão? Então, minha bunda tá nele nesse exato momento. 😛

    E vamos ao #MyAnalysis

    Descobertas – Capítulo 02

    Stefanny conta a Patrícia todo o seu plano contra Maria. Patrícia fica completamente chocada com a frieza e maldade de Stefanny, mas resolve compactuar no seu plano, mas ela diz a Stefanny que Jonathan precisa saber do plano, porque ele é o principal envolvido nesse plano contra a Maria – o Jonathan é o principal envolvido no plano da Stefanny, ok, isso nós já sabemos desde as chamadas. Mas e a Patrícia? Que função a Patrícia vai ter nessa história?

    Na pensão de Yolanda, todos os hóspedes almoçam juntos. Bruna entra pela porta dos fundos (não pensa no duplo sentido, hein. 😛) da pensão para não ser vista por Maria, mas Yolanda tenta apresentá-la a Bruna, mas não consegue – um dia esse forninho cai, Bruna… ah, se cai!

    Na casa de Fernanda, Carlos, Richard e Wesley (podia ter colocado um sobrenome para eu não citar todos), Richard pede para Carlos se pode pegar emprestado a sua chuteira, porém, Wesley oferece a sua (idiota, devia ter ficado calado). Richard se lembra que Wesley não vai, pois precisa ajudar Fernanda. Ao ouvir isso, Fernanda revela que não pediu a ajuda de Wesley em nada. Encurralado, Wesley inventa uma mentira, dizendo que vai encontrar uma garota… senti um pouquinho de veneno nos últimos diálogos, adoro. 😛

    No campo de futebol, Victor e Richard esperam Jonathan chegar, porém, ele não chega e o time fica desfalcado. Gustavo chega na mesma hora e se oferece para jogar no time. Os garotos ficam receosos, mas deixam Gustavo jogar com eles. A partida de futebol, Gustavo mostra que mudou não só no visual, mas na cultura também e deixa todos os meninos surpresos.

    Wesley chega na casa de Lucas. Os dois trocam alguns beijos e carícias, porém, o destaque da cena são as falas depressivas de Lucas – confesso que senti pena quando ele disse que contou pro pai dele que era gay e ele foi humilhado – Wesley consola Lucas… simplesmente emocionante essa cena.

    Maria vê as fotos de quando morava no interior com os seus pais e se emociona. Yolanda chega e consola Maria, dizendo que vai sempre estar ao lado dela – boatos de que a Maria me lembrou a Cida de “Cheias de Charme”, espero que a Maria seja tão diva quanto ela.

    Após dar a sua xota para Jonathan, Stefanny diz que precisa dele em um dos seus planos. Jonathan fica curioso e pergunta que plano é esse. Stefanny revela que quer que ele seduza Maria para expô-la ao ridículo. Jonathan se nega a fazer isso, porém, Stefanny o seduz e ele aceita o plano.

    Nesse capítulo, a Stefanny subiu bastante no meu conceito, creio que ela será uma grande vilã e quero desde já uma surra da Maria na Stefanny, numa vibe bem “Celebridade” mesmo.

    Queria ser uma Stefanny, mas eu sou a Maria, sofro!

    Capítulo nota 10.

    Parabéns, Airton!

    OBS: quando a classificação etária sobe?

    Curtido por 2 pessoas

  2. Olá meu amigo Airton… Eis-me aqui, novamente acompanhando uma web sua. Bom, procurei me atualizar e li os dois primeiros capitulos dessa versão de Malhação, super elaborada. Bom, primeiramente o que me faz acompanhar suas obras são justamente a forma humanizada com que procura retratar a historia de cada um dos personagens que a compõe. Eu, como ator, acabo me identificando plenamente, já que no mundo dos palcos, a humanização das personagens é um dos pontos mais fortes passados pelo mestre Stanislavski.

    Enfim, sobre a trama… Eu já havia me encantado ao saber que Descobertas seria ambientada na minha cidade (Vitorinha, sz)… Depois fui me encantando com os personagens e por fim, o tema bullying me fisgou. Já havia te explicado os motivos em outro momento. Achei a trama agil, com algumas situações inusitadas e que fizeram grande diferença. O encontro do casal protagonista, foi muito descontraido e quebrou aquela monotonia que geralmente existe por tras de tramas mais romanticas. Depois já comecei a odiar Stefanny. Odeio pessoas mimadas e tenho até medo de pensar onde chegará essa doença dela, afetando a pobre Maria. Imagino que chegará as ultimas consequencias. Me encantei também com a trama de Wesley e Lucas, com sua depressão silenciosa. E Bruna acho que renderá muito também. Sobre o nucleo mais adulto, ainda não houve nenhuma historia que me chamou atenção.

    Imagino que Ryan seja um trunfo que você deve apresentar em breve. Até achei legal ele não ter entrado ainda na historia. Um personagem desses merece um tempo diferente, justamente para não ser engolido com outras tramas.

    Pra não dizer que sou somente elogios, quero reclamar do tamanho dos capitulos. Uma webzona dessas merecia capitulos um pouco maiores. Masa no geral gosto de como você trabalha, sem pressa, apresentando os personagens, um a um, contando seus conflitos pessoais e os dramas que estão envolvidos. Espero que em breve tenha algum acontecimento poderoso, uma reviravolta, algo que marque…

    Enfim, aguardo seus proximos capitulos… Vamos ver, que DESCOBERTAS nos esperam ao decorrer desses 40 capitulos.

    No mais, parabens pelo luxo. Você sempre se renova, em cada historia, contando temas atuais e de uma forma bem simples.

    Curtido por 1 pessoa

    • Então Henrique, ter você como leitor é uma honra, por ser um ator formado, sua opinião é extremamente importante, pois você analisa o lado profissional também. Aproveito sua presença para agradecer sua ajuda na construção da web-novela, pois você me deu informações de Vitória para inserir na trama, creio que irá se localizar aos poucos. Enfim, só posso agradecer pelos elogios e críticas, fico muito feliz pela trama ter lhe agradado tanto e que a abordagem da adolescência tenha sido descontraída e realista, era essa minha intenção. A respeito do Ryan, ele vai entrar na história mais pra frente, não quis inserir todos os personagens de uma só vez, pois são muitos e causaria estranheza. Logo teremos uma grande reviravolta, uma não, algumas! Muito obrigado por tudo, Henrique, te espero nos próximos capítulos! ❤

      Curtir

  3. Amei o capítulo maravilhoso…Essa Estefany ô mulherzinha cobra viu gente que plano esse dela é bem feito que perca esse namorado exibido dela…Quanto ao meu casal favorito amei os beijos e cena fofa deles lindoos Wesley e Lucas que vivem um dilema que eu conheço tão bem parece que é minha história que tá sendo cobrada é tão triste… Parabéns ao autor por estar abordando de forma tão emocionante é real…

    Curtido por 2 pessoas

  4. Oi Oi Oi!

    E vamos comentando sobre o segundo capítulo desse luxo, eu estava super cansado do pré vestibular mas não quero deixar minha leitura atrasada e resolvi ler de uma vez. E ainda bem que eu fiz isso, pois ia perder de cara um capítulo bem instigante.

    E hoje a vilã tomou conta do capítulo, Stefanny e seu plano teve um foco maior e Maria ficou mais “de lado” apenas hoje. Capítulo divertidíssimo, muito envolvente, a trama está me conquistando cada vez mais.

    Meu caro, qual a fórmula de fazer tantas coisas acontecerem em menos de dez cenas? Porque olha, só nesse segundo capítulo, vimos a Stefanny pedindo a ajuda da Patricia pro plano e ela aceitando, o Wesley mentindo pros pais e pro Richard dizendo que ia se encontrar com uma menina (aliás, coitado dele, ter que enganar os pais e se enganar dessa forma… Mas também né, a pressão do pai e do irmão são enormes). Vimos também a fuga da Bruna, que inclusive me fez dar umas risadas. Jurava que seria hoje que a Maria já ia descobrir da verdadeira origem dela, mas deixa isso pra depois, vamos ver a Bruna se enganando mais um pouco nesse teatrinho meia boca. Ainda nesse capítulo, conseguimos ver a relação de um intenso amor e de uma intensa paixão que existe entre Wesley e Lucas. Sério, não imaginava que fosse tão intenso assim, foi lindo ver como eles se amam e confiam um no outro, trocando seus dilemas, desabafando. E Lucas, vira essa boca pra lá, não pensa em morrer não porque você tem muita história pra contar e muito preconceito pra vencer. Ai, será mesmo que além de tudo a Stefanny é homofóbica também? Será que ela rejeitaria o próprio irmão? Bom, não duvido de mais nada vindo dela né… Gritei com o Gustavo jogando futebol, nem eu iria imaginar, mas ele já está mostrando o que pode e do que é capaz pro Victor e pro Richard no segundo capítulo, e tome. Ele arrasou no gramado, espero que arrase ainda mais com a cara deles. Tem mais algum esporte em que o Gustavo é bom? Risos. Jonathan e Stefanny fazendo amor, eu sabia que a vilã já havia cedido faz tempo e cede sem parar quantas vezes for preciso… Do seu jeitinho ela vai mexendo suas peças aqui e ali e consegue o que quer. Sofri com o detalhamento do plano podre da Stefanny, como ela pode ter tanto prazer em simplesmente humilhar alguém? Credo, sai pra lá, sua louca! E caramba, o Jonathan aceitou depois de tanta merda que escutou da it-girl. Ele não devia ter aceitado! Veio com esse discurso todo de que era contra brincar com os sentimentos de alguém, que era contra o bullying… Tudo pra no final das contas aceitar fazer parte do plano da Stefanny? E ainda por cima sendo peça principal desse momento de humilhação pura?! Euhein, me poupe. Mas cara, dá pra ver que ele foi praticamente forçado a fazer isso, e infelizmente Maria vai ter que passar por maus bocados pra ter seu momento de felicidade. Veremos no próximo capítulo o início da aproximação dos mocinhos, é isso? E vem mais cenas da Luana, por favorzinho, quero conhecer mais dela, aquela dama que ajudou minha Maria.

    Parabéns, querido, segundo capítulo divino e tenho certeza que você vai conseguir manter um bom público com essa trama, é bastante envolvente e já me conquistou! ❤

    Curtido por 2 pessoas

    • Que comentário bem gostosinho, adoro. Pois bem, não sei o que dizer sobre tantos acontecimentos em poucas cenas, começo a escrever e flui assim, só isso. 😛 Pelos comentários que Lucas fez a Wesley, ficou implícito que Stefanny é homofóbica, pois ela desconfia da homossexualidade do irmão e dispara muitas indiretas e piadas, logo, isso ficará mais nítido na trama. Jonathan acabou entrando no jogo de Stefanny por pressão sim, no fundo ele não quer, mas se deixou levar. Não perca amanhã, obrigado por tudo, Guilherme! ❤

      Curtir

  5. Tramas teens são minhas preferidas. Tudo que diz respeito ao universo adolescente me atrai.
    No fim de semana eu leio os cinco primeiros capítuos, pois precisarei de um tempinho pra gravar quem é quem e ler a sinopse.
    Muitos textos da faculdade pra analisar… Meio sem tempo essa semanana.
    No mais, sucesso. Já vejo pelos comentários que trata-se de uma ótima história.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Não tem desculpa, Stefanny. Tu foi burra, praticamente pediu pra perder o Jonathan. Tu cometeu o mesmo erro que o Júlio em Amizade de Isopor. E, tal qual o Júlio, tu vai terminar a trama chupando dedo e vendo o seu amor e seu rival vivendo felizes para sempre por causa dessa tua ideia ridíciula e da tua autoconfiança.

    Isso, Bruna, continua. Quero ver como é que tu vai fazer pra se esconder de uma pessoa que mora debaixo do mesmo teto que tu. Se bem que ela não vai ter muitas dificuldades, ela tem o apoio da frouxa da Yolanda. Tudo bem que a Bruna pediu pra Yolanda não falar dela pra Maria, mas uma hora ou outra elas vão acabar se encontrando dentro daquela pensão.

    E, para encerrar a convenção dos animais, temos o Jonathan sendo comprado pela Stefanny. Não, ela não o comprou com sexo, o comprou com argumentos rasos que, estranhamente, conseguiram fazer o Jonathan repensar seus princípios. Esperava algo mais inteligente tanto da parte da Stefanny quanto da parte do Jonathan. É triste ver uma personagem cair tanto no conceito de um leitor da pré-estreia para o primeiro e segundo capítulos… a Stefanny me decepcionou bastante nesse capítulo e eu acho quase impossível ela recuperar a minha simpatia… eu já não esperava muito do Jonathan, desde as chamadas ele parecia ser um babaca, mas ele superou as minhas expectativas nesse capítulo.

    Eu não diria que o Lucas fez comentários depressivos para o Wesley. Eu não achei nada de anormal nas declarações dele, por incrível que pareça, o que eu vi foi o Lucas pedindo colo pro Wesley. Falando em Wesley, ele mais uma vez me confirmou que não ama o Victor, e sim o Lucas. Bem, Lucas falhou na primeira oportunidade de provar ser um personagem depressivo, mas mais pra frente terá outra oportunidade: quando a suposta paixão do Wesley pelo Victor ganhar força na história e o Lucas for sendo deixado de lado.

    Gustavo era uma grande promessa para Descobertas, mas a sua história não chama atenção e parece deslocada em relação aos outros núcleos.

    Fiquei surpreso com a troca de farpas entre o Carlos e a Fernanda. Não tava esperando por aquilo, mas também não resisti em abrir um sorrisinho. Mal posso esperar para a chegada do Jorge.

    O saldo final do segundo capítulo de Descobertas foi negativo, mais decepções do que qualquer outra coisa. Personagens caindo em meu conceito e/ou agindo burramente, ninguém ainda disposto a segurar o bastão de personagem central…

    Curtido por 1 pessoa

    • A egocentria de Stefanny será a perdição dela, como você mesmo disso, tá empurrando o Jonathan pra rival só pra se divertir, mas o destino pregará uma peça. A farsa de Bruna é muito melindrosa, vai ser difícil durar muito tempo, mas pode ter certeza que vai render muito ainda. Stefanny usou de sua lábia para convencer Jonathan porque ele é muito ligado com beleza e se acha o cara popular, ela usou isso para convencê-lo. Lamento pela vilã estar lhe decepcionando, mas prometo que em breve ela terá uma grande reviravolta e acredito que vai superar essa sua decepção de agora, recém está no começo, temos 38 capítulos pela frente, vem muita coisa por aí ainda, calma. Os comentários de Lucas foram depressivos sim, falou até em morte, mas nos próximos capítulos a depressão dele ficará mais explícita, você vai entender melhor. Wesley gosta muito do Lucas, mas quem ele ama mesmo é Victor, e isso também ficará mais explícito muito em breve. Gustavo terá uma função primordial na trama mais pra frente e já digo que tem a ver com Stefanny, joguei no vento, risox. Enfim, muito obrigado pela participação e pela crítica, é muito importante pra mim, sinto muito por estar decepcionando você neste início, mas espero de verdade conquistar tua simpatia pela trama através das reviravoltas dos próximos capítulos. Obrigado, Glay! ❤

      Curtido por 2 pessoas

  7. O plano de Stefanny parece que vai ser bem cruel, sangue de gelo? Garota maligna, não sei o que o Jonathan viu nela… Lucas e Wesley são uns fofos ❤ Gostando da volta por cima de Gustavo e Bruna não vai conseguir escapar de se encontrar com Maria, difícil pra quem mora no mesmo testo, desista Bruna, e espero Jonathan largue de vez essa peste. A web anda muito bem, adorei ❤ Venha terceiro capítulo \o/

    Curtido por 1 pessoa

    • A Stefanny ainda não mostrou seu plano totalmente e será bem cruel sim, aguarde. A farsa de Bruna não vai durar muito tempo mesmo, mas seu conflito com Maria promete e muito. Jonathan acabou caindo na lábia de Stefanny por ser um rapaz muito prepotente por sua beleza e autoconfiança, mas ao se aproximar de Maria vai mudar. Obrigado pela participação, feliz por estar gostando e te espero no próximo capítulo! ❤

      Curtido por 1 pessoa

  8. E Lucas e Wesley são muito shippáveis, sério. Lamentando desde já que o Wesley vai se apaixonar pelo Vitor, e provavelmente, deixará Lucas de lado. Muito tocante o diálogo da cena dos dois juntos, eles se completam com seus conflitos.

    Bruna, fofa, até quando acha que pode se esconder da Maria? Te aconselho fugir para as colinas, porque logo você será descoberta.

    E que nojo desse Jonathan. Que frouxo e manipulável, Stefanny manda e desmanda nele. Vai enganar a Maria apenas por capricho da namorada mimada. Eu hein, nunca que Maria merece esse garoto, quero mais é que ela meta um pé na bunda dele depois de descobrir tudo, mesmo que ele se apaixone de verdade.

    Parabéns, Airton 😀

    Curtido por 1 pessoa

  9. Adivinha que é… Sim, eu.

    Hoje eu deixo apenas minha participação, SQN! :*

    E mais um capítulo gostosinho e importante.

    Bruna, meu bem, você pode correr o quanto quiser, mas uma hora ou outra, Maria vai descobrir sua existência dentro dessa pensão, e descobrir que vocês duas possuem o mesmo sangue. Quando a rainha Yolanda descobrir que a filha tem vergonha do que é, tadinha gente. Me preparando aqui.

    Wesley e Lucas tendo uma conversa sobre essa difícil e dura realidade. Demonstrou o que vimos no dia a dia nas ruas e na tv. Infelizmente o caminho deles os levam para a solução mais aceitável no momento: A mentira. Espero que Lucas não cometa nenhuma burrada, mesmo eu tendo a impressão de que ele irá cometer. Acho que prefiro o casal assim, sem o Victor. Vamos ver no desenrolar, né?

    Fernanda e Carlos quase tendo uma DR na frente dos filhos. Ele deve ter a traído de uma maneira bem humilhante para espalharem essa faísca toda.

    Jonathan querendo se achar o Cristiano Ronaldo, gritei. Você tem que comer muito arroz e feijão, filhão. Stefanny e ele tem um fogo que contagia, ui. Até que ela chegou em um ponto importante. De uma forma ela quis mostrar que os pais deveriam falar com os filhos sobre sexo. Sei que deve ser constrangedor, mas eu apoio essa causa, acho importante. E vai começar as maldades… Não nego que amo. E Jonathan vai começar a se aproximar de Maria, e o amor vai aos poucos ganhando forma entre eles. Eu gosto do destino porque eu sou assim: Polêmico!

    Capítulo dois no mesmo nível do um, vulgo divino. Parabéns, Airton! E vamos descobrindo coisas, adoro. ;*

    Curtido por 1 pessoa

    • Adoro, chegou chegando. Pois bem, Bruna tá querendo fugir de algo impossível, não tem como fingir que é rica pra Maria sendo que elas moram na mesma pensão e a Yolanda liga as duas, vamos ver até onde isso vai. A conversa de Wesley e Lucas expressa toda a angústia que muitos jovens passam ao se descobrir homossexual, o relacionamento deles vai render uma grande reviravolta em breve. Fernanda e Carlos vivem um casamento em ruínas, aos poucos os temas adultos serão introduzidos, isso vai só uma prévia. E agora o plano de Stefanny começa a ser tecido com ajuda de Jonathan, que vai se aproximar de Maria, aguarde. Muito obrigado, Fred, muito feliz por estar gostando! ❤

      Curtido por 1 pessoa

  10. Primeiramente me desculpe por não ter comparecido no capítulo anterior, sorry, umas correrias na vida e nos estudos, testes e trabalhos, sofro. Cara, estou impactado com a qualidade do texto da sua trama (o que não é novidade ser tão bem escrita, porém está ainda melhor que as outras webs que você escreveu). E os diálogos, o que dizer? Soam tão naturais que eu me imagino realmente falando aquilo que os personagens dizem. Eu ainda não sei porque a Globo não te contratou como autor, sério, sem falsidade nenhuma (porque não sou desses, graças a Deus), você tem um talento pra escrever e criar enredos de uma forma única, genial. Me senti assistindo Malhação Escolhas e Sonhos ao ler Descobertas. Já quero uma segunda temporada com outra história, ok? Falando sobre os dramas dos jovens, estou adorando todos, sem exceção. Você como sempre inserindo tramas paralelas ótimas nas suas webs, e com esse não foi diferente, adorei. Eu berrei com essa Bruna, uma pobre que esconde sua real posição social. Será que Maria vai expor ela quando descobrir? 😈 😛 E o Wesley e Lucas, tadinhos, escondem de todos suas opções sexuais com medo da reação perante à sociedade, que com certeza vão os recriminar. Eu li de relance a sinopse e como o Wesley gosta do Victor (acho que é ele) e namora o Lucas? E Stefanny… essa eu estou chocado. Não tira da cabeça essa ideia de querer humilhar a Maria e praticamente obrigou o Jonny (e apelidei de Jonny, ok) a fazer parte do plano dela, mas piranha, que atitude ridícula, jamais namoraria uma garota desse tipo. E parabéns amigo, mais uma vez te parabenizo pela qualidade do texto, tá gostosinho de se ler, amo. E continue lacrando com esses capítulos curtos e objetivos.

    Curtido por 1 pessoa

  11. – Às vezes, eu penso que se eu morresse, tudo seria mais fácil.
    – Que isso, Lucas, nunca mais repita uma coisa dessas!
    MORTO!

    E Bruna escondendo de Maria sua condição financeira. Quero ver o tombo dela quando Maria descobrir. Pela minha bola de cristal, a cena acontecera, bati o martelo!
    Stefanny cedeu, gritooooo. Rainha da porra bicho! E Jonathan aceita ajudar ela no plano. Para alimentar seu ego de fodão…
    Os sentimentos do Wesley pelo Lucas me pareceu bem verdadeiros – contrário do que a chamada mostrou. E vamos ver como ira desenrolar esse núcleo.
    Coitada da Maria, gente… Sera humilhada perante a escola… Ela não merece isso, coitada. Ninguém merece no caso. E a abordagem sobre, promete ser bem intensa e realista. Ansioso pra debater o assunto logo eu, que tenho interessante na área de ciências sociais!
    E Gustavinho parece ter mudado e se aproximando dos outros com uma segunda intenção (não da forma de interessante amoroso, mas sim, talvez, de um interessante “matérial”. Uma vingança?) E vamos cantando o tema do rei: “De onde vem a calma daquele cara? Ele não sabe ser melhor, viu? Como não entende de ser valente, ele não sabe ser mais viril. Ele não sabe não, viu? Às vezes dá como um frio. É o mundo que anda hostil… O mundo anda hostil…” 🎵

    Parabéns, Airton 😀

    Curtido por 1 pessoa

    • O sentimento do Wesley por Lucas é verdadeiro, mas no fundo, quem ele ama é Victor, mesmo havendo apenas amizade entre eles e mesmo ele sabendo que o amigo é hétero. Esse núcleo ainda vai gerar muitos conflitos para debater sobre a descoberta da sexualidade. Sobre Maria, vocês nem imaginam o plano da Stefanny que está por vir, aguarde. Obrigado pela participação, Flávio, que bom que está gostando! 😀

      Curtir

  12. Não vejo a hora dessa Bruna ser descoberta. Lucas e Wesley se já estão sofrendo assim, imagina quando todos souberem, msm que não seja nenhuma novidade nessa questão, devem ter suas relações expostas da pior maneira , vitimas de uma armação. ~estou imaginando aqui ~
    Jonathan o pau mandado da Ste msm.
    Parabéns pelo cap ;*

    Curtido por 1 pessoa

  13. Gostei!
    Parabéns!
    A trama começa a se desenvolver mito bem. Airton a cena gay foi muito bem escrita, aliás todo capítulo né.
    Jhonatan é pau mandado da Stefhany. Acredito que ela vai se arrepender desse plano.
    Realmente está bem melhor que Malhação!! Sucesso!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s