Descobertas – Capítulo 15

CENA 01: CASA DE FERNANDA E CARLOS, INTERIOR, NOITE.

Trilha Sonora: Como Fui (Rio Roma).

Wesley levanta do sofá e vai sair da sala, quando Victor levanta também, meio zonzo, e segura seu braço, puxando-o para si. Naquele momento, Wesley e Victor ficam frente a frente, se olhando fixamente, com a respiração ofegante.

(VICTOR): – Eu gosto muito de você, cara.

(WESLEY): – Eu também. Você é meu melhor amigo.

(VICTOR): – Ah, não é disso que eu tô falando. É disso!

Wesley está confuso e, de repente, Victor dá um beijo intenso na boca do amigo. Wesley está surpreendido, pois não esperava aquilo, já que Victor é um hétero convicto, mas como Wesley sempre foi apaixonado por ele, não recusou e retribuiu o beijo na mesma intensidade. Lentamente, Victor caminha aos beijos com Wesley até seu quarto, trocando abraços e carícias, até que entram no cômodo.

CENA 02: CASA DE FERNANDA E CARLOS, QUARTO DE WESLEY, INTERIOR, NOITE.

Trilha Sonora: Como Fui (Rio Roma).

Vitor empurra Wesley na cama e começa a se despir, ficando apenas de cueca, enquanto Wesley observa tudo, incrédulo. Logo, Victor deita em cima de Wesley e começa a beijar seu pescoço, seu rosto e, por fim, sua boca. Wesley retribui na mesma intensidade, com beijos e carícias, começando a se despir também, ficando apenas de cueca. Eles permanecem aos beijos por algum tempo, o clima esquenta e Wesley levanta da cama, ofegante.

(WESLEY): – Tem certeza que é isso que você quer, Victor? – confuso.

(VICTOR): – Claro, vem logo! – sorrindo.

Wesley sorri timidamente, mas fica imóvel. Victor levanta e se aproxima dele, meio zonzo pela bebida, e segura em sua mão. Eles se beijam e Victor trás Wesley até a cama onde, por fim, eles transam. Para Wesley, é o momento mais incrível de sua vida, transou com a pessoa por quem é apaixonado, mas nunca pensou que isso fosse acontecer, por Victor ser heterossexual.

CENA 03: BOATE, INTERIOR, NOITE.

Trilha Sonora: Can’t Stop The Feeling (Justin Timberlake).

Na pista de dança, Bruna está completamente suada de tanto dançar com Ryan, efeito do comprimido que ele colocou escondido na bebida dela. Na batida, Bruna está muito eufórica, com as pupilas dilatadas, sentindo uma grande liberdade, com os batimentos cardíacos acelerados e uma sensação de prazer imensa. Ryan assiste tudo achando graça, dançando junto com ela. Bruna começa a ter alucinações com o jogo de luzes da boate, vendo objetos e pessoas voando, começando a rir sem parar.

(BRUNA): – Ai Ryan, essa boate tá uma loucura!

(RYAN): – Tá curtindo?

(BRUNA): – Tá muito bizarro, mas eu tô adorando! – alucinada.

Bruna ri e dança, extremamente eufórica. Ryan caminha até o bar e pede uma dose de wodka, retirando discretamente de seu bolso uma caixa escrito LSD. O jovem retira um comprimido da droga, coloca em sua bebida até dissolver, e bebe tudo em um único gole, retornando a pista e dançando com Bruna. Logo, o efeito recai sobre ele também, ficando muito eufórico e alucinado.

CENA 04: HOSPITAL SANTA RITA DE CÁSSIA, QUARTO DE JONATHAN, INTERIOR, NOITE.

Jonathan está em silêncio na maca, com uma expressão triste. Richard está sentado em uma cadeira ao lado da maca, surpreso com sua deformação.

(JONATHAN): – Minha vida acabou, Richard. Nunca mais vou conseguir sair na rua do mesmo jeito. As pessoas vão me olhar com nojo e medo.

(RICHARD): – Que isso, meu amigo, não pense assim… Teus pais têm condição de pagar uma plástica, você vai voltar a ser como antes.

(JONATHAN): – Os médicos não fazem milagres, Richard. Eles podem corrigir algumas deformações, mas deixar exatamente como era, é impossível. Eu podia ser considerado um metrossexual, pois cuidava muito da minha aparência física, tinha orgulho de cultuar ela. Mas agora, eu perdi isso. Perdi o que eu mais gostava em mim. Perdi o que mais pessoas gostavam em mim. Agora, eu não sou nada…

(RICHARD): – Você é uma pessoa incrível, a parte física é o de menos. Quem gosta de você, vai continuar do teu lado, independente da deformação. – segurando em sua mão. – Eu vou estar sempre do teu lado.

(JONATHAN): – Obrigado! Como eu vou voltar pra escola? Todo mundo vai me desprezar… Acho que isso é um castigo, meu amigo. Um castigo pela cafajestagem que eu fiz com a Maria.

(RICHARD): – Teus pais já sabem disso?

(JONATHAN): – Não, eu não tive coragem de contar.

(RICHARD): – Tá certo, mas é bom você ir pensando num jeito de falar, mais cedo ou mais tarde, essa história virá à tona.

Jonathan concorda e continua conversando com Richard por algum tempo, até que os dois adormecem no quarto hospitalar.

CENA 05: CASA DE FERNANDA E CARLOS, QUARTO DE WESLEY, INTERIOR, MANHÃ.

Wesley está acordando lentamente, se espreguiçando na cama. Ele olha para o lado e vê Victor deitado, em um sono profundo. Os dois estão cobertos por um lençol. Wesley olha para o relógio e se assusta, levantando rapidamente da cama e começando a se vestir.

(WESLEY): – Daqui a pouco, meus pais estão chegando, como eu vou explicar isso? Será que o Victor vai lembrar de algo, ele tava tão bêbado… Bom, deixa eu arrumar a casa!

Wesley termina de se vestir e arruma seu quarto, deixando apenas a cama desarrumada, pois Victor está dormindo ainda.

CENA 06: CASA DE FERNANDA E CARLOS, INTERIOR, MANHÃ.

Wesley está colocando travesseiro e cobertas no sofá, para dizer que dormiu ali pela noite. Logo, ele começa a preparar o café da manhã. Não demora muito e Fernanda, Carlos e Richard chegam em casa, cansados após passar a noite no hospital.

(FERNANDA): – Bom dia, filho. Como foi o show ontem?

(WESLEY): – Boa dia, mãe. Foi bom, me diverti bastante.

(CARLOS): – Porque o sofá tá bagunçado assim? Alguém dormiu aqui?

(WESLEY): – O Victor dormiu no meu quarto e eu acabei ficando no sofá.

(CARLOS): – Mas porque ele não dormiu no sofá e você no teu quarto? – intrigado.

(WESLEY): – Ah… Ele tava muito bêbado, acabou capotando na cama, não tive como tirar ele de lá, então deixei. E o Jonathan, como está?

(RICHARD): – Muito triste, ele ficou com deformações no rosto. Eu não vou na aula hoje, passei a madrugada no hospital, quero descansar. Depois você me passa a matéria, meu irmão, eu vou pro meu quarto.

(FERNANDA): – E eu vou tomar um banho, quero renovar minhas energias.

Quando Fernanda, Richard e Carlos vão sair da sala, Victor abre a porta do quarto de Wesley e sai, com uma forte dor de cabeça e visivelmente cansado. Victor cumprimenta a todos, após cada um vai para seu quarto. Victor senta-se a mesa e Wesley o observa com tensão, esperando alguma reação após o que aconteceu.

(WESLEY): – Bom dia, Victor. Tudo bem?

(VICTOR): – Fala baixo, Wesley, minha cabeça tá explodindo. Cara, eu bebi demais né?

(WESLEY): – Pois é, bastante mesmo. Bebe esse café que ajuda a curar ressaca.

(VICTOR): – Obrigado. – pegando xícara. – Eu ainda tô zonzo, Wesley, eu não lembro de nada.

(WESLEY): – Não lembra de nada? Nem do show? – surpreso.

(VICTOR): – Nada, nada. Eu devo ter bebido muito mesmo porque nunca tive amnésia desse jeito. Eu só lembro da gente na balada antes do show, depois tenho um branco na memória. Não sei como foi o show, não sei como eu cheguei na tua casa, nem sei como eu dormi no teu quarto.

(WESLEY): – Você tava muito bêbado, eu te trouxe pra cá porque sua casa era mais longe. Você ficou no meu quarto porque acabou deitando na cama e não quis levantar mais, então deixei e eu dormi aqui na sala.

(VICTOR): – Ah sim… Eu devia estar muito louco, até pelado eu dormir, nunca fiz isso. – rindo.

(WESLEY): – Pois é… Eu vou no banheiro, já volto. – disfarçando a tensão.

Wesley levanta da mesa e vai ao banheiro da casa, enquanto Victor bebe o café, com dor de cabeça. No banheiro, Wesley lava o rosto na pia, sem acreditar que Victor esqueceu de tudo o que aconteceu na noite anterior e se sentindo um grande idiota.

CENA 07: PENSÃO DA YOLANDA, QUARTO DE BRUNA, INTERIOR, MANHÃ.

Yolanda entra no quarto de Bruna e abre as cortinas e a janela, chamando pela filha até que ela acorda, muito lentamente, e senta na cama.

(BRUNA): – Ai mãe, não grita, tô com dor de cabeça forte…

(YOLANDA): – Eu imagino, você chegou bêbada ontem em casa. Olha, minha filha, não tem problema nenhum você sair pra se divertir, quando eu tinha a sua idade eu também sai muito, agora você precisa ter responsabilidade também. Chegou em casa às 3h da madrugada, eu não admito isso!

(BRUNA): – Não grita, mãe, olha minha cabeça! Ai desencana, eu nunca fiz isso, foi só ontem…

(YOLANDA): – Pois que seja a primeira e a última vez que você apronta uma coisa dessas, você ainda é menor de idade e não te quero na rua até essa hora, ainda mais bêbada.

(BRUNA): – A senhora sabe que eu não bebo, foi só ontem… Dizem que pra tudo tem a primeira vez, então ontem foi minha primeira vez no porre. – rindo.

(YOLANDA): – Não vejo a menor graça, Bruna. Tô decepcionada contigo.

(BRUNA): – Tá, mãe, desculpa, isso não vai se repetir.

(YOLANDA): – Eu vou preparar um café bem forte pra você, daqui a pouco você vai pra escola.

(BRUNA): – Ah não, hoje eu quero ficar de boas em casa…

(YOLANDA): – Negativo, você vai pra escola sim, só admito que perca aula por doença.

Yolanda sai do quarto e Bruna boceja, meio zonza pela bebedeira e pela droga que usou sem saber. Naquele momento, Maria passa pelo corredor, com uma vassoura e balde de água na mão.

(BRUNA): – Empregadinha acordou logo cedo pra pegar no batente, que eficiência! Oh caipirona, vai limpar meu banheiro.

(MARIA): – Eu já limpei ontem, Bruna, tenho outros quartos pra limpar agora.

(BRUNA): – Eu vomitei o banheiro todo depois que cheguei da balada, acho bom você limpar de novo porque eu não vou sujar minhas mãos lá.

(MARIA): – Até quando você vai continuar com essa exploração, garota?

(BRUNA): – Até quando eu quiser! Se não quiser limpar, não limpe, mas eu vou convencer a mamãe que você roubou aa joia de família, aí você será expulsa. – rindo.

Maria fica indignada, mas se cala e vai até o banheiro do quarto de Bruna, ficando pasma com a sujeira que se encontra e começando a limpar, sentindo nojo e raiva.

CENA 08: DIAS DEPOIS.

Alguns dias se passaram e a vida de nossos personagens começam a demonstrar mudanças. O afastamento de Maria do Colégio Máximo se encerrou e hoje será o primeiro dia dela na escola após o escândalo do vídeo. Profº Rômulo está investigando a publicação do vídeo e a criação da página “Caipira Vadia” com ajuda de um amigo que trabalha com computação. Jonathan recebeu alta do hospital e já está em casa, ainda muito abalado pela deformação no rosto. Victor não se recordou da sua transa com Wesley, agindo normalmente com o amigo e continuando sua rotina de mulherengo. Jorge finalmente chegou a Vitória e agora procura abrigo para pensar em uma forma de se aproximar de Catarina.

CENA 09: CASA DE CATARINA E LUIZ, QUARTO DE JONATHAN, INTERIOR, MANHÃ.

Jonathan está deitado em sua cama, entristecido, apenas com o abajur ligado ao lado da cama. Stefanny entra no quarto para ver o namorado, pela primeira vez desde o acidente. Quando ela liga a luz do cômodo, ela se surpreende ao ver sua deformação. Jonathan e Stefanny se olham fixamente a distância, em silêncio, tentando entender o que cada um está pensando.

(JONATHAN): – Se aproxime, Stefanny, vamos conversar, tô com saudades.

Stefanny está surpresa e, vagarosamente, se aproxima da cama de Jonathan, sentando ao lado dele. Ela o observa com estranheza, sem acreditar que a beleza do homem que amava, desapareceu.

(JONATHAN): – O que foi? Tô muito diferente né?

(STEFANNY): – Eu não sei o que dizer. Eu não esperava por isso.

(JONATHAN): – Pois é… Eu tô horrível, eu sei, mas nada mudou entre nós né?

Stefanny não responde, fica em silêncio por alguns instantes, até que muda de assunto.

(STEFANNY): – Porque você saiu de carro naquele dia, naquele temporal? Foi por causa do escândalo do vídeo?

(JONATHAN): – Foi. Eu tava me sentindo muito culpado, queria desaparecer, ficar longe de tudo. Eu não queria fazer a Maria sofrer daquele jeito, mas agora já é tarde. Ela sofreu e eu tô sofrendo também.

(STEFANNY): – Não se culpe por nada, a Maria teve o que merecia. E você vai superar isso, é jovem, vai reverter esse quadro. Agora eu preciso ir pra escola, a gente se fala. Tchau!

Jonathan vai beijar Stefanny, mas ela levanta da cama e sai do quarto sem permitir nenhum contato físico com o namorado, pois a deformação a fez sentir repulsa. Ele percebe a indiferença e uma lágrima escorre de seus olhos, remoendo sua tristeza.

CENA 10: RUA, EXTERIOR, MANHÃ.

Wesley e Luana estão caminhando pela rua para ir à escola, enquanto conversam.

(WESLEY): – Luana, eu queria conversar contigo sobre uma coisa séria. Já faz alguns dias, mas a gente não tinha um momento sozinho, o Richard sempre estava junto.

(LUANA): – Tudo bem, pode falar. O que aconteceu?

(WESLEY): – Você não vai acreditar, Luana, nem eu acredito que isso aconteceu. Eu e o Victor, nós transamos.

Luana para de caminhar e fica boquiaberta, enquanto Wesley olha para ela com vergonha.

(LUANA): – Vocês transaram? Mas… Como assim? O Victor não é hétero?

(WESLEY): – Ele é, mas sei lá, eu não entendo como isso foi acontecer! Mas foi incrível, Luana, foi o momento mais especial da minha vida. Nunca pensei que beijaria a pessoa que eu amo, muito menos que minha primeira vez seria com ele.

(LUANA): – Tá, mas como isso foi acontecer? Eu tô pasma, amigo!

(WESLEY): – A gente foi num show, o Victor ficou super bêbado, eu levei ele pra dormir lá em casa, aí de repente ele me puxou e me beijou. O clima esquentou e, quando eu percebi, já tava na cama com ele. Só que no dia seguinte, ele não lembrava de nada e até hoje ele não lembra, o Victor age comigo normalmente, continua o mesmo mulherengo de sempre. Ele teve uma amnésia pelo álcool, sei lá!

(LUANA): – Pra ele ter esquecido, deve ter bebido muito mesmo. Mas o que eu não entendo é ele tomar a iniciativa com você, tipo é inacreditável! Pelo visto, o Victor é aquele típico hétero até os primeiros goles de cerveja. – rindo. – Você não falou nada pra ele?

(WESLEY): – Óbvio que não, eu não vou falar nada. Ainda bem que ele esqueceu, imagina minha situação? Eu transei com meu melhor amigo bêbado, o que ele vai pensar?

(LUANA): – Mas ele quis isso, não foi abusado!

(WESLEY): – O Victor é hétero, Luana, o que aconteceu naquele dia foi um erro, ele ficou desnorteado pelo excesso de bebida. Já que ele não lembra, é melhor deixar quieto.

Luana compreende, mas não pensa da mesma forma de Wesley. Naquele momento, eles estão em frente à Pensão da Yolanda e aguardam por Maria. É quando eles avistam um homem se aproximando, vestindo roupas simples e barbudo. Era Jorge, que cumprimenta os dois jovens com um sorriso simpático, indo até a porta da pensão e solicitando a campainha. Logo, Maria abre com a mochila nas costas.

(MARIA): – Bom dia, em que posso ajudar?

(JORGE): – Bom dia. Gostaria de saber se tem uma vaga nessa pensão?

(MARIA): – Ah sim, entre aí e converse com minha madrinha, a Dona Yolanda, ela é dona aqui da pensão e vai te ajudar.

(JORGE): – Muito obrigado, menina. Tenha um bom dia.

Maria agradece e sai da pensão, enquanto Jorge entra com sua pequena mochila de roupas. Ela se aproxima de Wesley e Luana, que a abraçam.

(MARIA): – Ai gente, será que eu vou conseguir?

(LUANA): – Claro que vai, a gente vai estar do teu lado.

(WESLEY): – Você não tá sozinha, Maria, a gente vai enfrentar junto com você essa bando de idiotas desocupados.

(MARIA): – Obrigada, vocês são uns amores!

Eles riem e seguem caminhando até o Colégio Máximo, conversando no percurso.

CENA 11: PENSÃO DA YOLANDA, QUARTO, INTERIOR, MANHÃ.

Yolanda mostra um quarto para Jorge, que logo se instala.

(YOLANDA): – Então, aqui os pensionistas têm direito a um quarto, o banheiro é coletivo, servimos todas as quatro refeições e aceitamos colaborações mensais para adquirirmos alimentos ou móveis, além do pagamento do aluguel. O senhor tem interesse?

(JORGE): – Lógico, eu adorei a pensão, é bem aconchegante, senti um ar tão família, eu queria muito isso. Eu venho de muito longe, Dona Yolanda, não tenho família, quero recomeçar minha vida aqui no Espírito Santo. A sua pensão será meu lar.

(YOLANDA): – Ah, que bom, eu fico muito feliz que gostou tanto assim do meu humilde estabelecimento. Bom, depois que você se instalar, desça na sala de refeições pra tomar um café da manhã, a mesa fica servida até às 09h30.

(JORGE): – Muito obrigado, daqui a pouco eu desço.

Yolanda compreende e sai do quarto, enquanto Jorge tranca a porta e se atira na cama.

(JORGE): – Ah, finalmente em Vitória… Atravessei o Brasil, estou exausto de tanto viajar nessas estradas péssimas, mas agora eu sei que tô pertinho de você, Catarina. – rindo. – Te prepara que logo a gente vai se reencontrar!

Jorge permanece deitado na cama, pensando em Catarina e logo adormece, cansado pela viagem extensa desde o Amapá.

CENA 12: COLÉGIO MÁXIMO, SALA DE AULA, INTERIOR, MANHÃ.

Bruna e Ryan estão conversando, com a sala vazia. Ele está sentando na classe e ela está em pé ao seu lado, mexendo no cabelo.

(BRUNA): – A gente podia marcar algum de sair por aí… Aquela noite foi bem divertida!

(RYAN): – Toda noite comigo é divertida, garota.

(BRUNA): – Só que eu não posso chegar tão tarde como da outra vez, minha mãe ficou uma fera.

(RYAN): – E você tem medo da mamãezinha? Na boa, tu já é quase maior, tem que se impor. Meus pais não mandam em mim… Se você quer aproveitar a adolescência, tem que aprender a ser livre. – descendo a mesa e se aproximando dela. – E eu posso te ensinar.

Bruna fica imóvel e ofegante, enquanto Ryan abre um sorriso safado, indo para sua classe. Logo, a turma toda entra na sala, fazendo muito barulho. Profº Lauro entra na sala e senta em sua classe, pegando a chamada. Naquele momento, Maria surge na porta, chamando atenção de todos da turma. Wesley e Luana surgem atrás de Maria e, pouco a pouco, entram na sala, vagarosamente.

(STEFANNY): – Eu não acredito que essa garota teve a ousadia de aparecer aqui depois daquele escândalo. – sussurrando.

(PATRÍCIA): – Pelo visto, teu plano pra afastar a caipira da escola, não deu muito certo. – sussurrando.

Stefanny e Maria se encaram a distância, enquanto a turma cochicha sobre o retorno da colega após o escândalo do vídeo íntimo.

CONTINUA…

NO PRÓXIMO CAPÍTULO: Maria descobre a farsa da chantagem de Bruna e resolve desmascará-la.

Anúncios

41 thoughts on “Descobertas – Capítulo 15

  1. Então Victor esqueceu de tudo que rolou com Wesley, coitado, apenas uma noite e parece que ele estava idealizando algo entre os dois pra se sentir um idiota :/ Agora Jonathan pôde ver quem realmente a Stefanny é para o rejeitá-lo, se fosse Maria, estaria do seu lado ❤ Será Jorge um vilão? Parece que Ryan levará Bruna para o mundo das drogas caso ela continue a encontrá-lo e Maria foi forte voltando para a sala de aula depois de tudo o que aconteceu, adorei o capítulo 😀 Ótimo, me prendeu 😀

    Curtido por 1 pessoa

    • Pois é, Victor esqueceu de tudo, deixando Wesley decepcionado. Jonathan conheceu Stefanny da pior forma, vem mais por aí. O passado de Jorge será revelado aos poucos, seu mistério envolvendo Catarina promete muito. Ryan está envolvendo Bruna e seu vínculo com as drogas pode ser perigoso para ela. O retorno de Maria a escola vai gerar muitas reviravoltas, agora ela vai enfrentar todo mundo. Obrigado pelas opiniões, Wilson! ❤

      Curtir

  2. Parabéns pelo capítulo Airton, ainda sim fiquei triste pela morte do Lucas, mas to superando aos poucos. Mesmo não assistindo O Beijo do Escorpião, os acontecimentos do Wesley e do Victor estão caminhando igualmente a do Paulo e do Miguel. Jonathan finalmente percebendo quem a Stefanny de verdade e sobre a Bruna, a Maria ta sendo muito idiota com aquela pistoleira e fala logo para a Yolanda que ela esta te chantageando.

    Tirando esses fatos, capítulo bom esse

    Curtido por 1 pessoa

  3. Amigo, meus parabéns pela trama!! Por problemas pessoais, os quais tu estás a par, eu não pude acompanhá-la, mas torço pelo seu sucesso e que tu consigas passar uma boa mensagem ao leitor, te desejo tudo de bom e ainda vou ler toda!!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Parabéns!
    Sensacional!
    Victor esqueceu que transou com Wesley ou está fingindo? Acho que por ter bebido demais ele acabou esquecendo. Bruna e Ryan se aproximando. As drogas vão acaba juntando eles. Jonatan vai sofrer muito pois sua autoestima esta muito abalada. Castigo por ter feito aquela sacanagem com Maria. Stefanny mostrando que namora com Jonatan só por ele ser bonito, rico e popular. Pois esnobou ele, sentiu nojo mesmo.
    Jorge está ligado a trama como???????????

    Capítulo bom. Adorei. Descobertas é um prazer ler.

    Curtido por 1 pessoa

    • Victor esqueceu da transa mesmo, imagina o tamanho do porre pra esquecer hein. Stefanny namorava com Jonathan pelos motivos que você disse: beleza, riqueza e popularidade, mas e agora com ele deformado, como será? A ligação de Jorge na trama é com o núcleo da Catarina, ele pertence ao passado dela, logo ficará mais explícito. Obrigado pela participação, Gremista, muito feliz que está gostando tanto assim! ❤

      Curtir

  5. Já imaginava que o Victor fosse esquecer de tudo amigo devido à bebida. O que será que ele fará quando se lembrar? To curioso demais amg kkkkkkkkkk Parabéns amg capítulo excelente como sempre. Mais um grande sucesso seu aqui no blog. Assim que puder irei me atualizar da trama completa amg.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Gente que luxo, pise mais Airton! Amo, quero o vídeo da transa pra me inspirar na minha web, mas não deixem de acreditar na minha pureza! 😜Poxa, o Victor esqueceu de tudo, pena do Wesley. E se ferre mai Jonathan parece que sua namovadia não parece te querer mais, era tudo simplesmente por ele ser bonito? Sim ou com certeza? Ryan, oh “santinho”, um demon esse menino. E declaro que quero que Bruna sofra em suas mãos e desde já quero que Maria pise nela! Airton chegou a um nivel que declarou a sua impureza!😜Sucesso, Airton!

    Curtido por 1 pessoa

  7. E Stefanny mandou o vídeo íntimo da Maria para mim… que potência ela tem, hein? 😛

    E vamos ao #AnalysisToday✌😛 de hoje.

    Descobertas – Capítulo 15

    Victor e Wesley tem uma noite quentíssima… – mas Victor nera hétero? Víctor nera hétero? – eu acho que o tipo de cena mais difícil de se fazer, é a cena de sexo, principalmente gay, porque exige um pouquinho mais de cuidado e descrição. – porém, na manhã seguinte, Victor se esqueceu de tudo. – ai, gente, me deu uma pena do Wesley, mas é como a Luana disse: o Victor só é hétero até os primeiros copos de bebida. – será que o Wesley foi a primeira relação homossexual de Victor ou veio alguém antes?

    Dias se passam… Stefanny vai visitar Jonathan pela primeira vez após o acidente de carro, ao ver a sua deformação física, ela sente uma enorme repulsa. – ai, gente, eu adoro! Eu me amarro. – eu me esqueci de falar na análise passada, mas essa deformação do Jonathan me remetia a “Rubi”, que ela tinha o rosto desfigurado e ainda por cima, uma perna amputada.

    Finalmente, Jorge chega a Vitória e se hospeda na Pensão da Yolanda. – essa história do Jorge com o Luiz e a Catarina promete lacrar horrores, só espero que ele não faça nenhum mal a rainha Catarina, porque ela é uma das personagens que eu mais amo. ❤

    E finalmente, após a confusão do vídeo íntimo de Maria retorna a sua rotina no colégio Máximo, juntamente com Wesley e Luana. Ela e Stefanny se encaram fixamente, e assim o capítulo se encerra. – acho que apenas uma pessoa pode livrar a Maria da Stefanny: e esse alguém é o Wesley, ele pode revelar toda a relação que ele tinha com o Lucas e isso seria a derrocada de Stefanny.

    Capítulo nota 10. Parabéns, Airton. Estou adorando os desenvolvimentos que “Descobertas” estão tomando. 😀❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Será que Wesley foi a primeira relação homossexual de Victor? Até quando Victor vai esquecer do que aconteceu? Mistério, apenas aguarde… Stefanny desprezou Jonathan por sua deformação, mostrando que ela não o amava, apenas estava com ele por sua beleza e popularidade. A chegada de Jorge em Vitória vai remexer nos núcleos, em breve terá seu tão sonhado encontro com Catarina. Obrigado pelas opiniões, Roberto! ❤

      Curtido por 2 pessoas

  8. Amigo…Desde o dia da grande reviravolta semana passada que pretendo ler e comentar, mas aconteceram tantas coisas na minha vida…O avô de um amigo meu faleceu do nada, acumularam mais tarefas para a minha rotina e ainda tenho que ESTUDAR…Mas que capítulo tenso hein???
    Como assim o Victor não se lembra do que aconteceu?…Isso deve ser uma tática para esconder o que sente e até vergonha de exteriorizar ao mundo a sua verdadeira condição…Vamos aguardar, né?

    E desculpa por não ter comentado nos capítulos anteriores.

    Curtido por 1 pessoa

  9. N aguento mais essaa chata da Bruna chantageando a Maria. Morro com “Caipira Vadia” . Ja era de se esperar esse repúdio da Ste com Jon, assim como Vitor n lembrar de nada da noite com Wesley. Agora Maria de volta a escola, muita coisa vai acontecer, amo ♥. Parabéns ;*

    Curtido por 1 pessoa

  10. Cara só digo uma coisa Victor tá de Kao não se esquece uma noite de sexo assim nem com muita bebida….Acorda Wesley! Falando nele, ele era virgem? Como assim? Queria mais detalhes da noite do Victor e do Wesley dava pra descrever melhor

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s