Descobertas – Capítulo 38 (antepenúltimo capítulo)

CENA 01: PENSÃO DA YOLANDA, INTERIOR, MANHÃ.

Maria está ajudando Yolanda a arrumar a mesa do café da manhã na pensão, como sempre fez quando morava ali.

(YOLANDA): – Ai, que saudades de você aqui na pensão, era uma companhia tão boa. Como andam as coisas lá na mansão, minha querida?

(MARIA): – Tudo bem, madrinha. A Dona Rosa é um amor de pessoa, o problema mesmo é a Stefanny, que tá sempre com provocações, mas eu ignoro. E a Bruna, como está o tratamento?

(YOLANDA): – Tá indo né, volta e meia tem crises fortíssimas de abstinência, mas tá conseguindo melhorar aos pouquinhos. A Bruna ainda tá muito revoltada pelo HIV, mas tem tido muitas consultas com os psicólogos da clínica, espero que isso ajude logo.

Maria concorda e, naquele momento, a campainha toca e ela vai atender, enquanto Yolanda segue arrumando o café. Ao abrir a porta, Luana entra, muito ansiosa, e Maria aproxima-se dela.

(LUANA): – Oi amiga, tô precisando muito falar com você. – entregando panfleto. – Olha isso, acho que vou ir hoje.

(MARIA): – Que isso? – lendo e ficando pasma. – Você vai insistir mesmo nessa história de aborto, amiga?

(LUANA): – Essa clínica clandestina tem boas referências, muitas mulheres abortam todos os dias e deixam depoimento na recepção, eu li vários. Você sabe que, no fundo, eu não queria abortar, Maria, mas eu não vejo outra escolha.

(MARIA): – Você acha que a Dona Fernanda não ia gostar de ganhar um neto nesse momento? O marido faleceu, o Wesley tá em coma e o Richard se afundando nas drogas, você acha mesmo que ela iria rejeitar um neto?

(LUANA): – Mas eu não acho justo jogar a responsabilidade do meu filho para as mãos dos avós, quem tem que arcar com as responsabilidades sou eu e o Richard, mas ele não tá nem aí e eu sozinha não vou conseguir. – alisando o ventre. – Eu fiquei preocupada quando descobri a gravidez, mas fiquei tão feliz também porque era do homem que eu amava. Só que o Richard me desprezou de um jeito, foi tão doloroso, eu me desiludi.

(MARIA): – Mas Luana, o Richard te rejeitou porque ele tava sob efeito de drogas, se ele estivesse lúcido, eu tenho certeza que ele não teria feito isso contigo, ele sempre foi um cara muito legal. Olha, minha amiga, você faz da sua vida o que você quiser, mas pense bem antes de abortar, é uma decisão sem volta. Existe uma vida dentro de você que envolve duas famílias, pense se o aborto realmente é a única solução.

Maria devolve o panfleto a Luana e volta a cozinha para ajudar Yolanda, enquanto ela observa o panfleto com os olhos marejados e muito dividida sobre sua decisão.

CENA 02: MORRO DO JABURU, EXTERIOR, MANHÃ.

Trilha Sonora: Bring Me To Life (Evanescence).

No ponto mais alto da favela, dois homens arrastam Richard e o jogam bruscamente no chão. Ryan se aproxima e começa a desferir vários chutes em sequência no estômago, partes íntimas e no rosto de Richard, que logo começa a sangrar muito e grita por ajuda, mas é inútil, não há ninguém próximo. Por fim, Ryan coloca seu pé em cima do pescoço de Richard e pressiona, deixando-o desesperado sem respirar.

(RYAN): – Tá vendo como é divertido brincar com a boca de fumo do meu pai?

(RICHARD): – Me dá mais uma chance! Só mais uma, por favor! – sem ar.

(RYAN): – Eu até daria outra chance, se você ainda tivesse vida, mas hoje é teu último dia por aqui, garotão. – tirando pé do pescoço e erguendo do chão. – Tu já ouviu falar no micro-ondas da favela?

(RICHARD): – Não, mas por favor, cara, deixa eu ver minha mãe e meu irmão, por favor, o meu amigo vai pagar a dívida, alivia aí, Ryan! – trêmulo.

(RYAN): – Cala boca, seu merda! – soco no rosto. – Leva ele pro micro-ondas, hoje vai ter churrasquinho de drogado.

Ryan empurra Richard para trás, que é segurado pelos dois comparsas, que o arrastam até uma parte onde há vários pneus caídos. Um homem segura Richard em pé, que já está fraco pela surra, enquanto o outro homem começa a colocar os pneus no corpo dele, fazendo uma pilha de pneus em que o corpo de Richard fique dentro, com apenas o rosto de fora. Ryan aproxima-se com um galão de gasolina e despeja nos pneus e no corpo de Richard, inclusive em sua cabeça, enquanto ele chora compulsivamente e sangra pelos ferimentos.

(RICHARD): – Ryan, me dá uma chance! – chorando.

(RYAN): – Tu vacilou, meu chapa, já era! – sorrindo sarcasticamente.

Ryan ascende um fósforo e Richard olha fixamente o fogo no palito, entrando em pânico. Sem pensar mais, o traficando juvenil atira o fósforo aceso na pilha de pneus encharcados de gasolina, que imediatamente começa a incendiar. Richard começa a sentir a dor de ter o corpo incendiado e solta gritos ensurdecedores, implorando por ajuda e piedade, enquanto Ryan e seus comparsas assistem a morte lenta e dolorosa de Richard no micro-ondas da favela, algo muito comum entre os devedores de drogas.

CENA 03: COLÉGIO MÁXIMO, SALA DA DIREÇÃO, INTERIOR, MANHÃ.

Rômulo está verificando alguns documentos da escola, quando Helena entra na sala, sentando em frente à sua mesa.

(HELENA): – Bom dia, Rômulo. Me avisaram que você queria falar comigo.

(RÔMULO): – Pois é, que bom que você veio logo. Então, Helena, eu praticamente caí de paraquedas na direção do Colégio Máximo e preciso formar uma equipe para me auxiliar. Pretendo manter parte da equipe da Abigail, mas eu gostaria muito de fazer um convite a você. Helena, aceita assumir o cargo de vice-diretora do Colégio Máximo?

(HELENA): – Eu? Na vice direção? Meu Deus, eu nem sei o que responder!

(RÔMULO): – Você é uma amiga pra mim, Helena, foi a pessoa que mais me acolheu aqui na escola quando eu cheguei, preciso de alguém da minha confiança pra exercer um cargo tão importante e só imagino você. Aceita?

(HELENA): – Aceito, é claro que eu aceito! Muito obrigada, Rômulo, você não sabe o quanto isso me deixa feliz! Fazem quase 30 anos que dou aula no Colégio Máximo, nunca exerci outra função aqui dentro a não ser professora em sala de aula, vai me fazer muito bem mudar de posição, me renovar profissionalmente. Obrigada, querido!

(RÔMULO): – De nada, você merece, é uma ótima profissional. O cargo já é seu, mas precisará aguardar algumas semanas até que a Secretaria de Educação envie um novo professor de Matemática para lhe substituir e aí você assumir o cargo integralmente.

Helena compreende, levanta da cadeira e se aproxima de Rômulo, que também levanta e ambos se abraçam, selando ali uma parceria. Naquele momento, Stefanny está passando pelo corredor e observa Rômulo pela janela, ficando chocada. Helena sai da sala e Rômulo senta na cadeira novamente, enquanto Stefanny entra na sala e os dois se encaram fixamente.

Trilha Sonora: Team (Iggy Azelea).

(STEFANNY): – Você aqui? Cadê a Abigail? – pasma.

(RÔMULO): – Ela foi demitida. Eu assumi o cargo, sou o novo diretor do Colégio Máximo. – sorrindo.

(STEFANNY): – Sério isso? Um traficante que vira diretor da escola onde traficava? Esse mundo tá perdido mesmo…

(RÔMULO): – Eu nunca trafiquei nada, tanto que minha inocência foi provada e eu sai da prisão. A propósito: avise sua mãe que eu não aceito suborno como a Dona Abigail.

(STEFANNY): – Vamos ver até quando dura sua gestão, Rômulo, eu tirei você dessa escola uma vez, não me custa tirar de novo.

(RÔMULO): – Eu não tenho medo das suas ameaças, Stefanny. Mas tudo bem, se você quer medir forças comigo, então ok: vamos ver quem sai primeiro dessa escola.

Stefanny encara Rômulo com raiva e sai da sala, enquanto ele tenta se concentrar para continuar se trabalho.

CENA 04: HOSPITAL, QUARTO DE WESLEY, INTERIOR, TARDE.

Fernanda está cochilando na cadeira ao lado da maca de Wesley, que permanece imóvel pelo coma profundo. De repente, ele move um dedo da mão direita. As pálpebras de seus olhos começam a tremer e, lentamente, Wesley abre os olhos. O jovem acordou do coma e observa tudo muito confuso, sem mover a cabeça, apenas move os olhos e percebe sua mãe sentada ao lado da maca.

(WESLEY): – Mãe… Mãe… Mãe… – falando com dificuldade e bem devagar.

Fernanda ouve algo e acorda de seu cochilo, olhando para a maca e se surpreendendo ao ver Wesley com os olhos abertos. Ela levanta da cadeira e se aproxima, acariciando o rosto do filho.

(FERNANDA): – Meu filho, você acordou! Graças a Deus! – beijando o rosto dele.

(WESLEY): – Mãe… Onde eu tô? O que aconteceu? – falando com dificuldades.

(FERNANDA): – Calma, depois eu te explico tudo. Vou chamar o médico! – acariciando o rosto dele.

Fernanda deixa escorrer uma lágrima e sai do quarto hospitalar em busca do médico, enquanto Wesley permanece confuso, mas sem grandes sequelas do tiro.

CENA 05: MANSÃO DE ROSA, QUARTO DE ROSA, INTERIOR, TARDE.

Maria e Jonathan acabam de revelar a Rosa que Stefanny organizou o atentado no Colégio Máximo, deixando-a perplexa.

(ROSA): – Vocês têm certeza do que estão me falando?

(MARIA): – Sim, Dona Rosa, eu arranquei o capuz e confirmei que era a Stefanny, a gente até brigou.

(JONATHAN): – Sua filha passou de todos os limites agora, um atentado na escola, ela precisa de uma punição, não é justo!

(ROSA): – Meu Deus, que loucura! É assustador demais pensar que minha própria filha fez isso. A Stefanny sempre foi mimada, patricinha, egocêntrica, mas bandida também? – lágrima escorre. – Realmente, eu fui uma péssima mãe! O Lucas se suicidou e a Stefanny virou uma criminosa, só pode ser um castigo de Deus.

(MARIA): – Não diga isso, Dona Rosa, a senhora é uma boa pessoa, tem um bom coração, se o Lucas se suicidou não foi por sua culpa, já a Stefanny… Bem, talvez sua omissão e permissividade fez com que crescesse nela essa falta de caráter, mas não foi por uma má-educação, ela já nasceu com desvio de moral mesmo.

(JONATHAN): – A gente só contou pro meu pai e agora pra senhora. Ele já entrou em contato com um advogado, estamos indo na delegacia agora fazer uma denúncia. A senhora nos acompanha?

Trilha Sonora: Team (Iggy Azelea).

Rosa pensa e, quando vai responder, Stefanny entra no quarto e surpreende a todos.

(STEFANNY): – Não basta a bastardinha roubar meu namorado, depois vir morar na minha mansão, agora ela quer roubar minha mãe também? Vocês não têm vergonha de ficar inventando mentiras pra minha mãe sobre mim?

(ROSA): – Filha, é verdade o que eles me contaram? Você fez esse atentando na escola?

(STEFANNY): – É claro que não! A senhora acha que eu seria capaz de uma loucura dessas? Isso é invenção da Maria, ela me odeia, quer se vingar de mim e agora inventou isso. Caipira bagaceira!

(MARIA): – Você organizou o atentado sim, sua ordinária, eu arranquei o capuz e te desmascarei! Eu não te coloquei na cadeia pelo cyberbullying, mas agora eu vou!

(STEFANNY): – Prova, queridinha! Quero ver você provar o que diz!

(JONATHAN): – A gente vai provar, fique tranquila. Você não é mais ré primária, não escapa de uma prisão, nem que seja na Fundação Casa.

(ROSA): – Filha, se você tiver envolvimento nisso, diz logo, se entrega pra polícia!

(STEFANNY): – Para com isso, você é minha mãe, tem que acreditar em mim! Tô cansada da senhora acreditar cegamente na Maria e ficar duvidando de mim. Ela é uma bastarda, eu sou tua filha legítima, você tem que ficar do meu lado!

(ROSA): – Stefanny, eu quero acreditar em você, mas diante de tudo o que está acontecendo, fica difícil. – se aproximando dela. – Escute bem porque eu só vou dizer uma vez: se for provado tua participação nesse atentado, eu vou te expulsar de casa e nunca mais quero te ver na vida, vou te renegar como filha. Eu passei por cima de muita coisa errada que você fez, mas isso não, é a gota d’água.

Stefanny fica pálida com a ameaça e Rosa sai do quarto, enquanto Maria e Jonathan a encaram.

(MARIA): – É bom ir fazendo as malas, irmãzinha, hoje deve ser tua última noite aqui na mansão.

(JONATHAN): – Aproveita e toma um bom banho, porque depois vai ter que lavar na água da torneira de baixo da ponte.

(STEFANNY): – Imbecis! Eu nunca vou cair desse jeito, vocês acham que eu sou burra, é? Como sempre, não existe vestígios contra mim, eu fiz o atentado muito bem feito, vocês nunca vão conseguir provas que me envolvam nisso. Igual o cyberbullying: eu fiz tudo perfeito que nem a polícia encontrou provas, a Maria vai morrer sem provar minha culpa. A prisão do otário do Rômulo, mesma coisa, ele nunca vai conseguir provar que fui eu quem colocou as drogas nos materiais dele. Eu sou profissional, meus amores, já vocês são dois amadores falidos.

Maria e Jonathan riem, enquanto Stefanny sai do quarto. Logo, ela tira da bolsa seu celular e aperta um botão.

(JONATHAN): – E aí, gravou tudo?

(MARIA): – Tudinho! Quero ver se agora ela não vai ver o sol nascer quadrado.

Jonathan sorri e beija Maria, mas logo seu celular toca e ele atente. Era Catarina, que lhe dá a notícia de que Wesley acordou do coma. Ele desliga o celular.

(JONATHAN): – Boas notícias: a Dona Fernanda ligou pra minha mãe e avisou que o Wesley acordou do coma. Vamos visitar ele?

(MARIA): – Agora? Mas a gente não ia na delegacia?

(JONATHAN): – Calma, meu amor, a gente tem a prova, vamos fazer a denúncia pela noite, agora o Wesley tá precisando do nosso apoio e companhia. Só vamos passar antes no Colégio Máximo, o Richard tá escondido lá, quero dar essa notícia do irmão dele.

Maria concorda e os dois saem do quarto e pegam um táxi, indo para a escola.

CENA 06: HOSPITAL, QUARTO DE WESLEY, INTERIOR, TARDE.

Wesley está deitado na maca, sem se mover muito, enquanto Fernanda está em pé ao lado da maca, segurando em sua mão. O médico acabou de fazer alguns exames físicos.

(MÉDICO): – Wesley, você é um rapaz de sorte. Sabe qual a probabilidade de alguém levar um tiro na cabeça, a bala ficar alojada em uma área “neutra” do cérebro e não obter sequelas físicas ou mentais? Quase nula! Muitas vezes, nós médicos somos céticos, mas é impossível ser cético diante de um milagre, pois não resta dúvida que eu estou sendo testemunha de um milagre de Deus.

(FERNANDA): – Eu rezei tanto, doutor, eu não desgrudei daquele terço um só segundo, ainda bem que Deus atendeu meus clamados!

(WESLEY): – Quanto tempo eu ainda vou ficar no hospital?

(MÉDICO): – Algumas semanas, precisamos ver a evolução do seu quadro. A princípio, não há sequelas, mas precisamos avaliar com mais calma e precisão. É importante que você tenha consultas com uma fonoaudióloga, percebo que você fala mais devagar, provavelmente pelo local onde a bala ficou alojada em seu cérebro, mas você continua compreendendo a fala das pessoas e falando corretamente, creio que em poucas consultas você estará totalmente recuperado na dicção.

(FERNANDA): – E as visitas? Tem muita gente querendo ver esse rapaz, tá liberado?

(MÉDICO): – Claro que está, o Wesley precisa de companhia nesse momento, pode receber teus amigos sim.

O médico abre a porta e Maria, Jonathan, Luana e Victor entram no quarto, fazendo com que Wesley abra um sorriso e se emocione. O médico sai do quarto e Fernanda se afasta da maca, deixando os jovens se aproximarem dele, ficando dois de cada lado.

(WESLEY): – Oi gente, que bom que vocês vieram.

(LUANA): – Assim que a gente ficou sabendo que você tinha acordado do coma, viemos o mais depressa possível.

(MARIA): – A gente tá muito feliz pela tua recuperação, Wesley. Ficamos com muito medo de te perder, você é um amigo muito querido.

(JONATHAN): – Você é um cara muito especial pra todos nós, tá muito cedo pra nos deixar, ainda vamos nos divertir muito juntos!

(VICTOR): – Nós fizemos uma corrente de oração muito forte pela tua vida, sem você nosso grupo de amigos não seria a mesma coisa.

Trilha Sonora: Como Fui? (Rio Roma).

Wesley encara fixamente Victor, que logo fica cabisbaixo. Maria, Luana e Jonathan percebem o clima, enquanto Fernanda pega sua bolsa na cadeira.

(FERNANDA): – Bom, eu vou tomar um cafezinho na lanchonete do hospital, fique aí com teus amigos que daqui a pouco eu volto.

(WESLEY): – Aproveitem e vão juntos com ela, Maria, Luana e Jonathan, eu queria conversar um pouco sozinho com o Victor, depois vocês voltam. Pode ser?

(LUANA): – Claro, sem problemas.

Victor fica aflito, enquanto todos os demais saem do quarto, deixando-os a sós, que permanecem se encarando em silêncio por algum tempo.

(WESLEY): – Porque tá tão longe? Se aproxime, Victor, venha aqui do meu lado.

(VICTOR): – Tá bom. – se aproximando e ficando ao seu lado. – Tô muito feliz pela tua recuperação.

(WESLEY): – E eu tô muito feliz pela tua visita. Não espera te ver aqui depois que você rompeu amizade comigo.

(VICTOR): – Isso é passado, Wesley. Quando eu te vi levando aquele tiro e quase morrendo nos braços do Richard, eu me desesperei. Sei lá, diante da morte a gente começa a pensar em tudo o que fez, em tudo o que disse e o que não disse, é como se fosse uma retrospectiva aterrorizante. Tive medo que você morresse e a gente nunca mais pudesse se falar. Tive muito medo de te perder.

(WESLEY): – Você veio me visitar ontem né? Eu lembro. Eu escutava tudo enquanto estava em coma, eu me lembro de você aqui. Lembro também de umas coisas que você me disse, sobre teus sentimentos, sobre nós. – segurando sua mão. – Você não quer me falar nada, Victor? A hora é a agora.

Victor sente-se dividido entre desabafar o que sente ou permanecer ocultando, enquanto Wesley permanece segurando em sua mão no aguardo de sua reação.

CENA 07: HOSPITAL, INTERIOR, TARDE.

Maria, Jonathan e Luana conversam no corredor ao lado do quarto de Wesley.

(JONATHAN): – Luana, antes de vir pra cá, eu passei no Colégio Máximo pra avisar o Richard que o Wesley tinha acordado do coma, mas não encontrei ele.

(LUANA): – Não? Mas ele disse que não podia sair da escola porque tava jurado de morte pelo Ryan. Ai Jonathan, agora eu fiquei preocupada!

(JONATHAN): – Eu também fiquei, tô com medo que o Richard tenha saído e o Ryan o encontrou. Nem sei como contar isso pra Dona Fernanda.

Naquele momento, Victor sai do quarto hospitalar e sai correndo pelo corredor do hospital, indo embora e deixando Maria, Jonathan e Luana intrigados.

(MARIA): – Gente, o que foi isso? Porque o Victor saiu desse jeito?

(LUANA): – Espero que ele não tenha brigado com o Wesley, vou entrar pra ver.

Luana entra no quarto, seguida da Maria e Joanthan, que fazem companhia para Wesley por algum tempo, entretidos em suas amizades.

CENA 08: MANSÃO DE CATARINA E LUIZ, QUARTO DO CASAL, INTERIOR, NOITE.

Trilha Sonora: Numb (Link Park).

Aproveitando a casa vazia, Jorge desceu do forro do teto e entrou no quarto de Catarina e Luiz, vasculhando os móveis e pertences do casal, observando as joias dela e cheirando os perfumes impregnados em suas roupas no armário. Por fim, ele prova algumas roupas refinadas de Luiz, que veste quase o mesmo número que ele, se admirando no grande espelho do quarto. É quando ele encontra um álbum de família e o leva até a cama, sentando e folhando, vendo as fotografias dos parentes de Catarina que morreram no incêndio provocado por ele no passado.

(JORGE): – Meus sogros e meu cunhado… Saudades! Não eram pra vocês terem morrido, mas fazer o quê, o plano falhou, sinto muito. A Catarina superou bem, reconstruiu a vida dela com muita garra, acho que a morte de vocês foi importante, deixou ela mais forte.

Jorge ri e continua a folhar o álbum, observando com atenção as fotos e lembrando-se do seu namoro com Catarina no passado. Ele chega ao fim do álbum e não encontra nenhuma foto sua, ficando furioso.

(JORGE): – Ela me ignorou do álbum, ela me cortou da sua vida… E dizia que me amava tanto! Vadia! – começando a rasgar algumas páginas do álbum. – Eu destruí tua família, tô destruindo teu álbum e vou destruir tua nova família! Você vai ficar sozinha e só vai ter a mim, Catarina, só a mim! – gritando e rasgando.

De repente, ele escuta vozes e fica imóvel. Não havia empregados na mansão, pois foram dispensados. Jorge larga o álbum em cima da cama e sai do quarto, indo rápido pelo corredor até a escada interna que dá acesso ao forro do teto, se escondendo lá e observando o quarto do casal por um furo no teto que ele mesmo fez. Catarina e Luiz entram no quarto, se beijando e rindo, despertando a fúria em Jorge, que observa tudo através do furo. Quando Catarina e Luiz deitam na cama, eles notam o álbum de fotos.

(CATARINA): – Que isso? É o álbum da minha família? – pegando e vendo os rasgos. – Meu Deus, olha isso, Luiz! Quem rasgou meu álbum?

(LUIZ): – Que coisa estranha, meu amor! Nenhum dos empregados faria isso, nem o Jonathan ou a Maria. Não consigo entender…

(CATARINA): – Será que não foi o Jorge? Será que aquele demônio entrou aqui?

(LUIZ): – Não pira, Catarina, como ele entraria aqui? Ele não tem acesso ao condomínio, nós temos seguranças na mansão e ele não tem a chave da porta.

(CATARINA): – Nunca duvide do caráter doentio do Jorge, meu amor, só pode ter sido ele que rasgou meu álbum. Ele entrou aqui, fez isso de propósito, pra colocar medo em nós!

(LUIZ): – Isso é impossível, é paranoia, ele não tem como entrar aqui. Poxa, vamos aproveitar essa noite, meu amor, a gente estava tão no clima, estamos sozinhos, vamos relaxar após tantos dias de tensão… – beijando ela.

(CATARINA): – Para, eu perdi o clima depois disso, tô com medo, é sério! – levantando da cama. – Tô com mau-pressentimento, senti até um calafrio. Não tô gostando disso.

Luiz fica deitado na cama, cansado, enquanto Catarina vai até a janela do quarto e observa o jardim da mansão, procurando por algo suspeito, com o álbum rasgado nas mãos. Enquanto isso, Jorge observa os dois pelo furo no teto, com um sorriso sarcástico.

CENA 09: DELEGACIA, INTERIOR, NOITE.

Maria e Jonathan estão chegando à delegacia, quando se surpreendem ao ver Gustavo sentado no banco. Ele fica pálido e se levanta, enquanto os dois se aproximam.

(JONATHAN): – Gustavo? Tá todo bem?

(GUSTAVO): – É, tudo. E vocês? – envergonhado.

(MARIA): – Mais ou menos, acho que você soube do atentado né.

Gustavo fica calado e cabisbaixo. Naquele momento, um policial sai da sala do delegado.

(POLICIAL): – Gustavo Pereira, o delegado quer recolher seu depoimento sobre o atentado no Colégio Máximo, queira me acompanhar.

(JONATHAN): – Atentando? Mas você nem foi na aula no dia!

(MARIA): – A gente também veio fazer uma denúncia sobre o atentado, será que a gente podia entrar juntos?

Gustavo permanece cabisbaixo e o policial permite a entrada dos três, que entram juntos na sala do delegado.

CENA 10: DELEGACIA, SALA DO DELEGADO, INTERIOR, NOITE.

Gustavo, Maria e Jonathan estão sentados em frente à mesa do delegado para fazer uma denúncia sobre o atentado, enquanto um escrivão registra os depoimentos no computador.

(DELEGADO): – Pois então, garoto, que denúncia você quer fazer a mim que pode ajudar tanto assim na investigação do atentado? Tá há horas esperando na recepção, vamos lá!

(GUSTAVO): – Então, seu delegado, o que eu tenho pra dizer é muito grave, não posso esconder isso. Fiquei sabendo que o estado de saúde do Wesley é gravíssimo e isso mexeu comigo, não posso me calar. – respirando fundo. – Eu participei do atentando no Colégio Máximo. A Stefanny Bittencourt foi a mentora do atentado, eu fui o cúmplice.

Maria e Jonathan estão chocados, enquanto o delegado se interessa pela denúncia.

(MARIA): – Você participou disso, Gustavo? Eu não acredito!

(DELEGADO): – Por favor, não interrompa o depoimento dele. Prossiga, rapaz.

(GUSTAVO): – A Stefanny me procurou pra me convencer a participar de um atentando que ela queria fazer no Colégio Máximo pra se vingar da Maria e do Jonathan, meia-irmã dela e ex-namorado dela. Eu participaria para poder me vingar das pessoas que sempre fizeram bullying comigo na minha vida escolar, já que a escola nunca fez nada pra me ajudar, então eu me vingaria. No começo, eu não quis aceitar, mas a Stefanny insistiu tanto que me convenceu. O atentado foi todo feito por eu e ela, seu delegado, mas não estava programado de alguém sair ferido, esse tiro no Wesley foi sem querer, eu juro! O revólver disparou sozinho, mas era eu quem segurava. – lágrima escorrendo. – Tô muito arrependido, se ele morrer por minha culpa, eu nunca vou me perdoar. Vim depor por isso, tô envergonhado e com muito remorso.

(DELEGADO): – Mantenha a calma, vamos esclarecer os fatos. Existe alguma prova concreto do envolvimento da Stefanny além do seu depoimento?

(JONATHAN): – Existe sim, nós trouxemos, seu delegado. A gente gravou uma discussão da Stefanny conosco, onde ela acaba confessando o envolvimento não só no atentado, mas também no cyberbullying contra a Maria e na prisão do prof Rômulo por tráfico de drogas.

(MARIA): – Tá tudo gravado, pode escutar. – entregando celular. – Se a lei quer tanto uma prova concreta, aí está. Prenda essa delinquente!

O delegado clica no play do celular e começa a escutar a confissão de Stefanny, assim como Gustavo, e ambos ficam surpresos.

(DELEGADO): – Não resta dúvidas, ela é responsável por tudo. Vou emitir uma ordem de prisão e amanhã mesmo ela será detida. Enquanto a você, Gustavo, comunicarei seus pais agora sobre sua prisão, afinal você confessou.

Gustavo fica cabisbaixo, mas aceita seu destino. Maria coloca sua mão no ombro dele.

(MARIA): – Poxa Gustavo, você era um cara tão legal, porque foi se meter justo com a Stefanny? Você sabia que ela não prestava, como se deixou levar desse jeito?

(GUSTAVO): – Desculpe, Maria, estou muito envergonhado do que fiz, queria sumir pra sempre.

(JONATHAN): – Se isso te acalma, saiba que o Wesley sobreviveu, já acordou do coma e se recupera bem.

Gustavo fica mais tranquilizado, enquanto Maria e Jonathan vão embora e o delegado produz uma ordem de prisão a Stefanny. Logo, Gustavo é algemado e levado a uma cela.

CENA 11: COLÉGIO MÁXIMO, SALA DE AULA, INTERIOR, MANHÃ.

Na turma do 3º ano do Ensino Médio, o professor Lauro está explicando as regras básicas do futebol, enquanto alguns alunos prestam atenção e outros ignoram. É quando, de repente, alguém bate na porta e ele vai entender. Era Rômulo, que entra com dois policiais. Maria e Jonathan se olham, dando um sorriso leve. Stefanny fica intrigada.

(RÔMULO): – Com licença, prof Lauro, desculpe interromper sua aula, mas a polícia quer falar com a aluna, Stefanny Bittencourt.

(STEFANNY): – Comigo? Mas porquê?

(POLICIAL): – Você está presa por cyberbullying, obstinação da lei e tentativa de homicídio. – se aproximando e algemando. – Queira nos acompanhar até a viatura policial.

Stefanny está furiosa, enquanto recebe olhares dos colegas da turma e é levada pelo policial. Ao cruzar com Rômulo, ambos se olham fixamente, enquanto ele esboça um nítido sorriso de satisfação e ela um olhar de raiva.

CENA 12: COLÉGIO MÁXIMO, EXTERIOR, MANHÃ.

Trilha Sonora: Solo por Amor – Instrumental (Samo).

Stefanny é levada pelos policiais diante do pátio da escola, que estava lotado. Alunos e professores de todas as turmas saíram para fora das salas para observar a prisão, que foi espalhada pelo WhatsApp. Ela sente-se humilhada, destruída e revoltada, pois nunca pensou que seus crimes seriam descobertos. Imediatamente, Maria inicia uma vaia, que logo se perpetua e toda a escola começa a vaiar Stefanny, que é colocada dentro da viatura policial e sente-se ainda mais por baixo. Naquele momento, Rômulo aproxima-se da viatura e se agacha na janela do lado em que Stefanny foi colocada, ambos se encaram.

(RÔMULO): – Lembra quando eu sai dessa escola algemado por um crime que eu não cometi? Foi a vez que senti mais vergonha na minha vida. Eu quase perdi meu diploma e tive minha reputação manchada por sua culpa, Stefanny, que me fez ser punido por um crime que eu não cometi. Agora, o jogo virou, sou eu quem te vejo ser presa, só que dessa vez é diferente: você cometeu tudo, é culpada, então é justo que seja presa.

(STEFANNY): – Professorzinho medíocre, pode rir, dessa vez você venceu, mas eu vou dar a volta por cima! – lágrima de ódio escorre.

(RÔMULO): – Boa sorte em sua estadia na Fundação Casa, tenho certeza que viverá momento aterrorizantes, tais quais eu vivi na prisão. A diferente é que você merece todo o sofrimento em dobro do que causou para tantas pessoas só por um capricho pessoal, só pra amaciar seu ego inflado e sua prepotência infinita. Quem tá por cima agora, Stefanny? Você, a patricinha rica; ou eu, o professorzinho medíocre? – rindo.

Stefanny engole seu rancor e Rômulo se levanta, voltando para dentro da escola, ficando com alguns alunos no portão e observando a viatura policial partir com Stefanny dentro, que deixa uma lágrima de ódio escorrer de seus olhos.

CONTINUA…

NÃO PERCA AS SURPRESAS E EMOÇÕES DO PENÚLTIMO CAPÍTULO DE “DESCOBERTAS”! AMANHÃ, ÀS 19H!

 

OUÇA A PLAYLIST ESPECIAL DA TRILHA SONORA DE “DESCOBERTAS”!

 

ENQUETE DO DIA

Anúncios

51 thoughts on “Descobertas – Capítulo 38 (antepenúltimo capítulo)

  1. Análise – Capítulo 38 “Descobertas”

    Gente, Luana pirou, ela não pode abortar.Senhor, Richard morreu tão cruelmente, não merecia! (tentando limpar as águas que estão no chão) A rainha Helena, vice-diretora? amo. Stefanny e Rômulo se reencontraram, não sei o que dizer, apenas sentir. Wesley acordou, amém senhor! Maria e Jonathan melhor dupla 4ever! O encontro de Victor e Wesley não deu certo, poxa! Jorge, pior pessoa. Agora deu pena do Gusta, sei que ele não queria nada disso, foi influenciado por conta do bullyng que sofreu. “Quem tá por cima agora, Stefanny? Você, a patricinha rica; ou eu, o professorzinho medíocre?” Chupa Stefanny. Ainda sinto que ela foge e acaba com todo mundo!

    Ai, me doe o coração em lembrar que faltam 2 capítulos para o fim! 😦

    Curtido por 1 pessoa

    • Luana tomou a decisão: vai abortar. Mas será mesmo que ela vai levar até o fim isso? Wesley acordou, Victor se acovardou, mas até quando? Gustavo é um coitado mesmo, fez o que fez por sequelas do bullying, mas agora sofrerá as consequências também por ter sido cúmplice. Rômulo não ia perder a oportunidade pisar na Stefanny durante sua prisão, não é mesmo? Obrigado pelas opiniões, Gabriel, te espero nos dois capítulos finais! ❤

      Curtir

  2. Cena 1: Essa historia de aborto e muito forte(como o uso de drogas, da forma que está sendo tratada), para ser tratada em uma web teen.
    Cena 2:Eu sinceramente pensei que você como autor, não trataria de forma tão real, o uso de drogas, pois acho que isso é uma barreira na vida do brasileiro, apesar de ser bem recorrente no noticia rio.
    Cena 3:Desafio você, pode resumir essa cena; RÔM X STE.
    Cena 4: Acordouuuuuuu.
    Cena 5: Revelações.
    Cena 6 e 7:Revendo o passado, para o futuro.
    Cena 8: Doença e amor.
    Cena 9: Justiça.
    Cena 10, 11 e 12: Justiça.

    Entrevista:
    – Por que você fez o Richard , passar por muitos perequês, e da esse fim tão triste, mais realístico?
    – Como você vê a questão do aborto, na realidade? E da mesma forma na web? O que você aconselharia a Luana fazer, na situação dela?
    -Como você vê a questão do homossexualidade na sociedade?
    -Como você vê a situação do Rômulo e da Stefanny?
    -O que você espera para esse dois últimos capítulos, dessa web?
    -Podemos dizer que a Luana e a Fernanda, virão Tiago e Jeniffer de O Preço da Vida?
    -O que você pegou com ponto inicial para desenvolver essa trama?
    -Qual trama foi a sua melhor web para escrever?
    -Qual trama foi a melhor para ler, das suas?
    -Como um dos coordenadores, tem previsão para próxima web teen, e dos outros horários?

    PARABÉNS!!!

    Curtido por 1 pessoa

    • 1) Por que você fez o Richard passar por muitos perequês, e da esse fim tão triste, mais realístico?

      O fim do Richard foi justamente para mostrar a realidade cruel do mundo das drogas, em que muitas pessoas morrem por suas dívidas.

      2) Como você vê a questão do aborto, na realidade? E da mesma forma na web? O que você aconselharia a Luana fazer, na situação dela?

      A questão do aborto é muito complexa, mas eu sou contra, exceto como a lei já prevê: em casos de estupro ou mal-formação do feto, pode abortar. Sobre a Luana, não sou capaz de opinar, aguarde.

      3) Como você vê a questão do homossexualidade na sociedade?

      A homossexualidade ainda é vista com muito preconceito na sociedade brasileira, mas vejo muitos avanços também, as pessoas estão com a mente mais aberta e compreendendo melhor, embora ainda tenhamos muito o que avançar sobre isso.

      4) Como você vê a situação do Rômulo e da Stefanny?

      Uma rivalidade profunda entre professor e aluno que fugiu das normas profissionais ou éticas, levadas ao lado pessoal, mas que a justiça está sendo feita agora.

      5) O que você espera para esse dois últimos capítulos, dessa web?

      Espero agradar os leitores com os desfechos que elaborei.

      6) Podemos dizer que a Luana e a Fernanda, virão Tiago e Jeniffer de O Preço da Vida?

      Não sei, apenas aguarde.

      7) O que você pegou com ponto inicial para desenvolver essa trama?

      O bullying e cyberbullying sofrido por Maria foi o ponto de partida para elaborar toda a sinopse de “Descobertas”, foi por ali que iniciei.

      8) Qual trama foi a sua melhor web para escrever?

      Difícil escolher, gostei muito de escrever todas, cada uma algo especial pra mim.

      9) Qual trama foi a melhor para ler, das suas?

      Isso só os leitores podem responder.

      10) Como um dos coordenadores, tem previsão para próxima web teen, e dos outros horários?

      Eu sou coordenador apenas das reprises, não posso opinar sobre as outras faixas. Sobre as reprises, o que eu posso dizer é que, além de “Azarados” aos sábados, teremos uma re-reprise diária em breve.

      Obrigado pela participação, Paulo! ❤

      Curtido por 1 pessoa

  3. Coisa mais linda esse capítulo…Pera Richard morreu? Tadinha dá Luana. Stefany sendo presa cena perfeita, Pisa mais Rômulo… Wesley e Victor casal mais lindo fiquei curioso com o que conversaram

    Curtido por 1 pessoa

  4. Não consigo acreditar na morte de Richard. Sabe aquele um por cento de esperança? Bom, eu tenho ele. Não é possível que a família de Fernanda tenha uma bomba atrás da outra assim. Sem duvidas, essa família foi a que mais brilhou em “Descobertas”, sem duvidas.

    Acredito que após ver o sofrimento da sogra, Luana desista dessa idéia absurda de abortar. A família merece uma notícia boa após tantas tragédias. :/

    Era isso que eu queria, Brasil! Ahhhhh… Helena foi convidada pra ser a vice diretora do Colégio Máximo. A rainha merece sim! Eu adoro, eu me amarro! ❤

    E Wesley acordou, sem sequelas ou lesões. Ufa! Fernanda e eu estamos aliviados? Ah se estamos. Agora é só torcer por sua recuperação e que ele tome decisões sensatas daqui em diante.

    Nãooooooooooo! Caipira maldita! Como assim gravou a confissão de minha rainha de copas? Não acreditou que Stefanny revelou tudo na cara deles. Não pode ser! .tapa

    “JONATHAN: …o Wesley acordou do coma. Vamos visitar ele?

    MARIA: Agora? Mas a gente não ia na delegacia?”

    INSENSÍVEL!!! 😠 Sei que você não é flor que se cheire, querida. Sua máscara ainda vai cair.

    Victor e Wesley = ZzZz

    Jorge permanece com suas maluquices na mansão de Catarina. Ele tá preparando território para atacar. Tenso pelo que esse louco será capaz de fazer. :/

    E Gustavo estragou tudo! Cretino! Ahhhhhhh… Isso não pode ser real, não pode! Ela não pode está indo pra Fundação Casa… 😭😭 Airton! .chute .tapa Eu vou te tirar dessa, Stefanny!

    Ai Airton…

    Quero uma reviravolta da melhor personagem amanhã, okay? Ok. E Parabéns. :*

    Curtido por 2 pessoas

    • Acredite: Richard morreu. Infelizmente, ele teve o triste fim que muitas pessoas tem quando devem dinheiro para traficantes. Será que a morte dele fará Luana desistir do aborto ou vai ser um incentivo maior? Wesley estar vivo e sem sequelas é um milagre, com certeza, Fernanda pode agradecer eternamente a Deus. Jorge não freou suas obsessões até agora, não vai ser escondido dentro da mansão que ele vai frear, pelo contrário, ele tá cada vez mais explícito. Sobre Stefanny, apenas morro como você apoia a demônia, mas sinto informar: vai ter prisão sim, ela caiu e foi uma queda cavalar, diante do Colégio Máximo inteiro! No mais, obrigado pelas opiniões, Fred! ❤

      Curtir

  5. Foi um baque a morte do Richard 😥 Desejo um final bastante infeliz para o Ryan e sua gangue 😡 Stefanny ameaçou Rômulo mais uma vez, riu da cara de Jonathan e da Maria, mas quem ri por último ri melhor, ameeeeeeeeeeeeeeeeeeei a Stefanny presa 😦 Gente, bem que Descobertas podia ter sido esticada mais 😦 Sentirei bastante saudades 😦 Parabéns 😀

    Curtido por 2 pessoas

    • A morte do Richard foi triste mesmo, mas é uma realidade do mundo das drogas, infelizmente. Stefanny não perde a pose nunca, enfrentou Rômulo, mas logo caiu do cavalo com sua prisão na frente do Colégio Máximo inteiro. Não existe possibilidade de esticar por dois motivos: o blog aceita tramas com no máximo 40 capítulos e a web-novela estreou completamente escrita, não tem como alterar os capítulos pra esticar sua duração. Agradeço pelo carinho e pelas opiniões, Wilson! ❤

      Curtir

  6. GENTE eu achei que o Richard ia dar a volta por cima e criar o filho com a Luana. Que triste e terrível fim…
    A Maria e o Jonathan foram espertos…o gravador é o pior amigo dos criminosos kkkkk
    É A MELHOR PARTE: Rômulo tirando onda com a Stefanny kkkkk
    NA EXPECTATIVA PARA O PENÚLTIMO CAPÍTULO

    Curtido por 1 pessoa

  7. Eu realmente não estava esperando a morte do Richard, pensei que ele fosse se livrar de alguma forma. Uma morte muito cruel, estou chocado. Fernanda perdeu o marido recentemente, e agora, o filho. Não merecia. Eu acredito que o núcleo do Ryan na web agora sumirá: já que todos envolvidos no mesmo, já teve seu distinto. Luana irá abortar, mas acho que acabará desistindo. Fernanda irá precisar de confronto após tantas perdas, e o filho da Luana será un consolo pra toda a família. Jorge está cada vez mais louco, e agora observa a família de Catarina e Luiz. Está na hora dele agir, e eu não sei o que esperar desse acerto de contas entre eles. Gustavo se entregou pra polícia e confessou todo o ocorrido, sendo preso logo em seguida. Eu não esperava que ele fosse ajudar a Stefanny, e cara, não sei o que dizer… apenas sentir. Helena assumiu o cargo de vice-diretora, amo, rainha. Apenas sentir o otp (Helena e Rômulo) se aproximando. Mas como você já deixou claro: eles não irão se envolver amorosamente. Mas o importante mesmo, é os reis estarem juntos de alguma forma. bjin. É Stefanny, sua casa caiu. Maria gravou toda a confissão e logo entregou a policia. Stefanny foi muito burra em confessar tudo, pra uma garota que era inteligente como ela. Rômulo humilhou Stefanny, que saiu humilhada perante todo o Colégio Máxima. Cancela o Victor, cancela!!! Garoto chato da porr*, bicho. No mais, exponho meu medo de Descoberta terminar com um fim em aberto. Pq provavelmente a vingança do Jorge deve se estender até o último episódio, e eu não acredito que esse será o fim da Stefanny, ela simplesmente não terminaria assim. Ou seja, ainda tem muita coisa pra acontecer (com bônus de alguns tramas dos núcleos paralelos), em apenas dos capítulos. Nada contra o final em aberto, eu até gosto, mas uma trama grande como Descobertas (40 caps), merece que todas as histórias tenham um desfecho. Apesar de todo os núcleos praticamente já terem seu “final”. Agora só temos mais dois capítulos dessa ótima trama que foi Descobertas… Chorando desde já com o final da web. No mais, irei sentir saudades do luxo. Parabéns, Airton 😀 ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Richard não conseguiu fazer o caminho de volta de quem se vicia em drogas, infelizmente teve esse triste fim. O núcleo de Ryan não sumirá, ele ainda terá seu desfecho. Luana decidiu pelo aborto, mas será que a morte de Richard a fará mudar de opinião? Jorge está arquitetando milimetricamente sua vingança e tá chegando a hora de colocar em prática, vai ser tenso. Gustavo se arrependeu do atentado e se entregou pra polícia, entregando Stefanny também, que somado a confissão gravada por Maria e Jonathan, não teve como escapar. Stefanny é muito vaidosa e foi por isso que ela se perdeu e acabou dizendo tudo, ela é muito autoconfiante, caiu por ser assim. Para finalizar: “Descobertas” não terá um final aberto, pois é algo que eu não gosto e não faria com essa trama, todos os núcleos ainda tem história pra finalizar e serão bem finalizados nos últimos 2 capítulos. Obrigado pelas opiniões e elogios, Flávio! ❤

      Curtir

  8. Que chocante a morte do Richard 😢 espero que o Ryan morra, é o mínimo que esse embuste merece.
    Jorge só tá esperando o momento certo pra agir, desgraçado, tomara que o tiro saia pela culatra.
    Stefanny presa, aleluia 😂 tomara que leve uma bela de uma surra, vaca velha.
    Fernanda vai desmoronar mais ainda quando descobrir que Richard morreu 😢
    Victor e Wesley parece não terem futuro juntos mesmo 😢
    Acho que Luana pode acabar fazendo abortoe dar alguma coisa errada, será? Tomara que não.
    Maria e Jonathan, uns lindos 😍
    Já ansioso para o penúltimo capítulo ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • A morte de Richard foi bem chocante mesmo, mas é muito comum entre os devedores de droga, infelizmente. Jorge está observando cada detalhe da família para, enfim, executar sua vingança. Stefanny finalmente foi presa pelos seus crimes, agora será difícil pra ela. Victor recuou quando Wesley perguntou sobre seus sentimentos, mas será que ele não vai enfrentar isso nunca? O aborto de Luana vai render ainda, aguarde. Obrigado pelas opiniões, Jair, te espero no penúltimo capítulo! ❤

      Curtido por 1 pessoa

  9. Parabéns!
    Wesley acordou, mas Victor ainda não conseguiu assumir pra ele que gosta dele.
    Stefanny se ferrou, foi gravada e presa. Cenas maravilhosas. Adorei.
    Richard morreu, que pena. Ansioso pro final dessa trama inesquecível.

    Curtido por 1 pessoa

  10. Luana tomou a decisão de abortar. É, a escolha foi dela. Mas ainda sim eu vou falar: foi egoísta da parte dela. Não é só o bebê que vai pagar com a própria vida: o Richard também pagou com a própria vida.

    Definitivamente, Rômulo não devia ter aceitado o cargo de diretor do Máximo. Achei ilógico. Mas enfim, agora ele vai ter que se virar pra assumir o cargo e vai ter que pedir ajuda. A Helena foi a opção mais inteligente. Bom, depois de um acerto de contas pacífico com a Abigail, Rômulo vai partir pro round 2 com a Stefanny.

    Wesley teve muita sorte. Passou apenas um dia em coma e acordou sem nenhuma sequela. Sério, estou completamente indiferente a esse acidente do Wesley: tal como aconteceu com o Jonathan, Wesley foi vítima de um acidente forçadíssimo apenas com a intenção de gerar comoção, e de minha parte falhou miseravelmente. Tenho a impressão de que esse tiro na cabeça foi unicamente para chocar mesmo, para dar jus ao carimbo +14: não, a abordagem das drogas não é forte o suficiente para justificar o +14, caberia facinho no +12. Poderia ter sido mais conservador: um tiro de raspão no peito ou na barriga, que também são letais, mas não dariam essa impressão de “olhem pra mim, eu tenho conteúdo +14”. E o lance de que o Wesley escapou por um milagre também soou meio forçação de barra.

    Jonathan se arriscou em ter deixado a denúncia pra depois. Um dos clichês que eu aprendi é que, geralmente, quando se deixa uma denúncia pra depois, você acaba perdendo a prova. Roni de Mil Acasos sabe do que eu tô falando.

    Victor amarelou. Ele ainda não tá pronto.

    Eu esqueci completamente do Jorge. Completamente surpreso com o que ele foi capaz de fazer nesses dois capítulos.

    Peso na consciência, Gustavo? Pelo menos você está disposto a encarar as consequências dos seus próprios atos. Você pode ser imaturo, mas não é inconsequente. Por tabela, Stefanny também foi presa… o jogo virou pra ela mais uma vez, ela saiu humilhada pela escola inteira.

    Curtido por 1 pessoa

    • Nenhum dos acidentes foi forçado: o acidente de Jonathan foi necessário para provar a ele que sua beleza física não era o mais importante e que quem gostava dele de verdade, ficou ao seu lado. Já o acidente do Wesley, eu vou me calar porque ainda tem seu desfecho, mas não está óbvio ainda sua função? Pense melhor. Sobre a classificação indicativa, acho extremamente difícil uma abordagem de drogas que contenha uso explícito das substâncias, espancamentos, estupro e assassinatos com selo +12, nunca vi obras com esse conteúdo na TV ou cinema com menos de +14 de classificação (e se tiver, as cenas são menos explícitas). Obrigado pelas opiniões e te espero nos 2 capítulos finais, Glay! ❤

      Curtido por 1 pessoa

      • Eu entendo perfeitamente a função que eles tiveram, mas ambos os casos poderiam ser abordados de maneiras diferentes e mais leves. O caso do Jonathan poderia passar sem essa lição, porque ele não influenciou em nada, e o plot inteiro foi desperdiçado porque a deformação estética do Jonathan foi eliminada e tudo voltou a ser como antes. Igualmente o caso do Wesley: era realmente necessário esse tiro pegar na cabeça? Novamente, ficou a impressão de que esse tiro veio só pra chocar mesmo. Poderia ter pegado no peito, na barriga, teria o mesmo efeito.

        Exatamente. Por mais que o roteiro contemple esses assuntos de maneira explícita, na prática ele acaba sendo mais suavizado e implícito. Por isso eu falo que o +12 é possível.

        Curtir

      • Tramas teens leves e suavizadas nós já estamos acostumados em “Malhação”, minha intenção com “Descobertas” foi ir pra um caminho oposto, portanto os acidentes de Jonathan e Wesley foram necessários sim e tiveram função dentro de um contexto no desenvolvimento da história. Sobre a classificação, volto a dizer: o consumo explícito de drogas, as consequências explícitas do envolvimento nesse mundo (violência e mortes), tudo isso foi tratado de forma explícita nos capítulos, sem filtros, então a classificação correta é +14 sim. Novelas, séries e filmes com a mesma linguagem, normalmente, tem classificação +14 ou +16, “Descobertas” apenas seguiu o padrão da lei.

        Curtir

  11. Fazendo uma Tour aqui… Acabei de chegar do capitulo 37 (esqueci de comentar #Sorry)
    Stefanny sendo preso foi o melhor acontecimento que eu ja vi…. Só espero que ela não consiga fugir da cadeia, mas como ela é o demonio, não duvido que ela ainda vai aprontar muito….
    Sobre a morte do Richard….. Bem realista, apesar de traumática, essa é a realidade de quem não paga aos traficantes….. Coitada da Fernanda, perdeu o marido, um filho e o outri ainda levou um tiro na cabeça….
    Wesley merece um namorado digno, i Victor não merece ele nem como amigo, quem dira como namorado…. No mais, avalie a recupareção do meu lindo….
    Rômulo sambando na Stefanny? Sera que eu amei esse momento? Obvio…. Aquela vadia mimada merece ir cada vez mais fundo….
    Jorge cada vez mais obsessivo pela destruição do Luiz e da Catarina… Falando em Jorge, cada vez mais você prova que a minha teoria que foi o Luiz quem armou para o Jorge ser preso e acabou destruindo a familia da Catarina, mas eu ainda tenho certas duvidas…. Acho que o Jorge vai temtar algo contra o Jonathan, nada melhor que usar im filho para machucar imensamente uma mãe.

    Parabéns pelo capitulo safado… E em mais uma web sua que o Ghilherme Lobo (Abner e Richard) morre nas suas maos seu menino levado…. Continue assim desgraça, tio Muzza goxta! Uma pergunta… A Patrícia foi esquecida no churrasco? Bj seu lindo

    Curtido por 1 pessoa

    • Stefanny presa e humilhada pela escola e por Rômulo, sonhamos com esse momento, né nom? A vadia mereceu! Richard morreu, infelizmente, mas é uma realidade que não podia esconder. Coincidência Ghilherme Lobo falecer numa web minha de novo, mas vamo fazeno…Wesley merecia sobreviver né, mas seu conflito ainda não acabou, sua relação com Victor promete ainda. Já ficou explícito que Luiz não teve culpa de nada, nem Catarina, a culpa de tudo é a mente doentia do Jorge. Sobre a Patrícia, ela parou de aparecer na trama porque está internada numa clínica de reabilitação, assim como Bruna. Obrigado pelas opiniões, bjs Muuzão! ❤

      Curtido por 1 pessoa

  12. Airton!!!!!!!!! Bata na sua cara antes que eu bata! Mas o que foi isso? Como assim o Richard morreu e dessa forma horrorosa? A Patrícia e a Bruna que eram péssimas, conseguiram se livrar da morte após se meter com as drogas (apesar da Bruna ter sofrido algo tão ruim quanto a morte), e o Richard não conseguiu se livrar? Ryan, eu te abomino. Sofro horrores, eu realmente acreditava que o Richard fosse sobreviver, se livrar do vício e assumir o filho com a Luana… Mas me deparo com um desfecho desses, Airton seu cruel, não brinque assim comigo! 😥 R.I.P Richard.

    Wesley acorda do coma, e felizmente, sem nenhuma sequela. Além de ter causado comoção, a quase morte dele serviu pra aproximá-lo do Victor e facilitar a formação do casal. E eu ainda não entendi o porquê do Victor ter saído correndo do quarto do Wesley, não foi mostrado se eles brigaram, se o Victor se acovardou ou seja lá qual for o motivo dessa fuga…

    A Stefanny é muito burra, logo ela que se julga tão esperta. O Gustavo confessou a participação no atentado e foi preso, e com ele acusando Stefanny de mentora do crime e a gravação que Jonathan e Maria conseguiram, a vilã também foi sentenciada a passar uma estadia na fundação casa. Agora Stefanny foi presa e humilhada por todos, mas os mocinhos não tem muito o que comemorar. Afinal, se a Stefanny não fugir da fundação casa em pouco tempo, os meses vão passar, ela vai completar 18 anos e a demônia vai estar livre de novo para tocar o terror. Seja lá qual for a saída que a Stefanny encontrar, a única​ certeza que eu tenho é que ela vai se livrar dessa prisão e atormentar muito o Jonathan e a Maria nos dois capítulos finais.

    Apesar de estar muito triste com a morte do Richard, isso foi consequência do caminho que ele escolheu seguir, infelizmente, é uma realidade para muitas pessoas, e a cena da morte dele engrandeceu o conjunto desse ótimo antepenúltimo capítulo. Parabéns, Airton, ansioso pelo penúltimo capítulo.

    Curtido por 1 pessoa

    • Ai Jean, não me bata, por obséquio!
      ** cobrindo rosto com as mãos **

      Sinto muito, mas Richard morreu sim. Ele merecia? Não. Mas é uma consequência do caminho que ele escolheu trilhar. Da mesma forma que Bruna sofreu (e sofrerá até o fim de sua vida) pelo vício, chegou a vez de Richard. Uma pena, mas é uma realidade que não podia esconder. Victor se acovardou, por isso saiu do quarto de Wesley, mas não adianta, afinal Wesley ouviu tudo durante o coma, Victor só precisa romper sua barreira pessoal. Stefanny tem o ego tão inflado, se acha tão superior e imbatível, que não se importou em confessar tudo diante de Maria e Jonathan, pois ela julgava os dois incapazes de fazer o que fizeram. Ela se perdeu no próprio ego e teve o que merecia: a prisão pública diante da escola, com direito a Rômulo dando uma pisada nela. Obrigado pelas opiniões, te espero na sequência! ❤

      E vamo nos perfumando pro penúltimo capítulo…

      Curtido por 1 pessoa

  13. Gente, cada vez mais me surpreendo, sabe? O que dizer depois de ler essa bomba em forma de capítulo? Nem creio que você destruiu o casal Richard e Luana o matando. Pior é que a morte dele pode intensificar ainda mais a decisão dela em abortar, ou não… aguardaremos pra saber. Wesley acorda do coma e Victor não consegue se declarar a ele, um frouxo mesmo, mas eu até entendo, deve estar confuso. E Maria e Jonathan conseguem incriminar Stefanny, que vai presa com a confissão de Gustavo também, adoro. Nem imagino o que vem no próximo capítulo. Ah, já sei. Jorge vai atentar contra a vida da família de Catarina, quero muitas mortes amanhã, ok. Parabéns :*

    Curtido por 1 pessoa

    • Richard e Luana foram destruídos pelo crack, muito que infelizmente. Foi triste, ele não merecia, mas é consequência de suas escolhas. Victor ficou com medo de falar pra Wesley tudo o que sente, apesar de ter compreendido, ele ainda tem barreira pra romper. Stefanny foi presa através de Maria, Jonathan e Gustavo, a quem ela julgava incapazes de derrubá-la. Ai vamo rir? No mais, te espero no penúltimo capítulo, será eletrizante! ❤

      Curtir

  14. Devia fazer um comentário específico mas fica pra hoje. Motivos? Não li todo o capítulo (apenas a cena da morte do Richard) e tô trabalhando na minha web. No mais, deixo a minha colaboração na audiência e meu comentário específico vem hoje.

    Curtido por 1 pessoa

  15. Estou totalmente arremessado com esse capítulo, não sei o que dizer, apenas sentir o pisão e as cenas fortes, cheias de bombas…

    Ai, Airton, por quê tu fez isso? Que tristeza, gente, essa morte do Richard não podia ter acontecido. Mano, eu quase chorei… Existe morte mais dolorosa? A família dele virou um inferno nos últimos dias, Jorge fazendo escola com o sofrimentos desse povo. Cara, não dá pra acreditar, sério, esse Ryan é um demônio, eu quero o fim mais cruel e doloroso pra esse ser asqueroso! #JustiçaPeloRichard!

    Bonito ver o Romulo cuidando da escola com o amor que ele cuida. O cara mereceu, como ele mesmo disse, cair de paraquedas na direção do Máximo, você quer competência Abigail? Felizmente Helena, outra pessoa do bem, foi convidada à vice direção do colégio. Estava tudo absurdamente bem nessa cena até chegar aquela vagabunda da Stefanny. Gente, já era pra essa vadia estar atrás das grades, mas ainda temos o penúltimo capítulo e eu sei que teremos tiro, porrada e bomba (que esses sejam literalmente as cenas que envolvam Ryan e a vilã). Tiro no Ryan, porrada na Stefanny e bomba nos dois, adoramos?

    Que dó da Fernanda e do Wesley, gente… Ela está no hospital com o outro filho e nem imagina que Richard está totalmente carbonizado. Ainda tá difícil de aceitar essas desgraças, que pelo menos a guerreira Fernanda tenha um final feliz nessa história, junto com o Wesley, só os dois. Falar nisso, amei ver que o Wesley acordou do coma, ainda com dificuldades, mas já é um começo.

    Gente, me choco com a Stefanny, sabe? Essa garota pode chegar até a onde? Não sei mesmo o que mais ela pode fazer. Garota mimada e fútil, só pode ser doida mesmo… Que ódio! A Rosa ainda está até muito calminha pro meu gosto, não dá pra repetir a dose da surra de cinto na vadia, não? Aquela não foi o suficiente pra essa vagabunda aprender com os erros, sofro… Rosa vai renegar a Stefanny? GRITO, ESSE MOMENTO É MEU! É, já estou começando a suspeitar aos pouquinhos do fim da cachorra, algo cruel vem aí, querido? Maria e Jonathan conseguiram gravar uma coisa útil para detonarem a vilã? A união faz a força, mores, amo.

    Wesley vai melhorar e vai sair dessa, já estou aqui na torcida de pompom, mas não quero DE JEITO NENHUM QUE ELE TERMINE A TRAMA COM O VICTOR, EU IMPLORO! O Victor está me dando sono, muito fácil simplesmente chegar dizendo que ama depois de tudo que aconteceu, ele nunca chegará aos pés do rei Lucas, que esteja descansando em paz. Ai… Saudades do meu Luquinhas, que o espírito dele apareça na festa de encerramento da trama, amamos?

    Fico de boca aberta com as loucuras de Jorge… Esse aí e psicopata nato mesmo, sem base. Apesar de tudo eu ainda fico sem saber como ele vai executar essa tal vingança obsessiva, o jeito é esperar ansiosamente pra ler o penúltimo capítulo. Se eu descobrisse que tem um ser desses escondido na minha casa eu ficaria desesperado, parece filme de terror.

    ALELUIA! ALELUIA! Stefanny recebeu ordem de prisão! Agora eu ainda estou bobo em como o Gustavo simplesmente aceitou a participar dessa loucura de atentado, cara, quase tirou a vida do Wesley! Pqp, logo o Gustavo… Ele sempre esteve na moita, mas quando apareceu pra valer, foi pra fazer o mal, sofremos?

    EU ESPEREI DESDE O PRIMEIRO DIA PRA VER A STEFANNY SENDO PRESA E NINGUEM VAI ME SEGURAR! QUERO MEU VINHO E MINHA TAÇA PRA AGORA, ANDA!

    GENTE N TEM MANEIRA MELHOR DE COMEMORAR ESSE GANCHO MARAVILHOSO A NÃO SER AO SOM DE “SOLO POR AMOR”, ESSE MOMENTO É MEU!!!

    Se isso tudo aconteceu no antepenúltimo capítulo, já quero me preparar muito bem psicologicamente pra esse capítulo que vai anteceder o grande final.

    Parabéns, Airton, nem tenho mais palavras pra te elogiar… Divino!

    Curtido por 1 pessoa

    • Richard não merecia morrer, mas infelizmente ele escolheu esse caminho e acabou sofrendo as consequências. Fernanda é uma mulher muito forte pra aguentar tudo isso, a família dela foi a que mais desmoronou na trama. Rômulo merecia essa virada, de expulso e preso a diretor do colégio, de quebra ainda presenciou o prisão de Stefanny, melhor impossível, né nom? Jorge tem uma mente doentia que todos precisamos cuidar, em especial os moradores da mansão, porque ele vai explodir e não será pouco. Muito obrigado pelas opiniões e elogios, Guilherme, fico muito satisfeito em saber que a trama lhe agrada tanto assim nesses momentos finais! Agora vamos bailar juntinhos “Solo por Amor”, o ícone! ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s