Mundo das Novelas – 2ª Edição

POR: Airton Guites.

“VERBOTENE LIEBE”, A PARENTE ALEMÃ DE “MALHAÇÃO”!

Em 1995, estreava no Brasil a faixa dedicada a tramas jovens na Globo intitulada de “Malhação”. Em 1995, estreava na Alemanha a faixa dedicada a tramas jovens na Das Erste intitulada de “Verbotene Liebe”. Não é plágio, é uma grande coincidência!

Escrita por Reg Watson, a novela produzida pela maior emissora de televisão na Alemanha durou exatos 20 anos, totalizando quase 5 mil capítulos exibidos. Dividida em temporadas de tamanhos variados, com elenco sendo trocado entre determinados períodos, a trama obteve grande êxito e recebeu inúmeros prêmios, em especial o Rosa de Ouro (prêmio da Suíça que ocorre desde 1961 sobre a TV mundial) na categoria Melhor Telenovela.

“Verbotene Liebe”, que em tradução livre significa “Amor Proibido”, tem início com a história de Jan Brandner (Andreas Brucker) e Julia von Anstetten (Valerie Niehaus), dois jovens que se conhecem e se apaixonam perdidamente, sem saberem que são irmãos gêmeos, separados à nascença. A partir de então, abre-se um leque na sinopse da trama, que incluem tramas secundárias abordando temáticas até então consideradas tabus como o suicídio, a homossexualidade, consumo de drogas, estupros, entre outros; sendo que um dos maiores tabus está no núcleo principal: o incesto. Beijos mais ousados, carícias e até sexo com nudez são comuns, desde que façam parte do contexto da cena.

O grande destaque para esta novela e que é um dos pilares para seu sucesso, é a liberdade em que o autor trabalhou os temas e desenvolveu os conflitos. Não houve nenhuma restrição sobre diálogos, cenas, absolutamente nada, tornando a produção mais realista e próxima do público, em especial, dos jovens, que sentem dificuldade de se reconheceram nas representações dramatúrgicas devido ao moralismo da televisão.

Além do casal protagonista que rendeu o título a novela, outros personagens marcaram os fãs de “Verbotene Liebe”. A vilã Tanja von Lahnstein (Miriam Lahnstein) chocou o público com suas maldades perversas, que incluíam cenas cruéis de assassinatos, sequestros e até convencer o suicídio da rival. O lutador de boxe Cristian Mann (Thore Schölermann) envolveu o público com sua história de descobertas sobre sua sexualidade ao viver uma paixão repleta de empecilhos com Oliver (Jo Weil), ficando dividido entre se aceitar gay e enfrentar o preconceito dentro do esporte ou continuar fingindo ser quem não é.

Em decorrência de problemas na audiência após o desgaste de fórmula, a novela chegou ao fim na Alemanha em 2015. Apesar disso, é notório sua influência na dramaturgia do país e em todos os locais aonde foi exibida. Um grande sucesso que não é de nosso conhecimento no Brasil, embora devêssemos aprender muito com seu exemplo, já que as temporadas de “Malhação” sempre renderam críticas pela superficialidade de abordar o mundo jovem e suas realidades (salvo raras exceções).

1) Abertura de “Verbotene Liebe” em 2009.

2) Cristian se assume gay no ringue após vencer luta de boxe.

3) Tanja assassina Donald usando uma cobra.

4) Henning tem morte trágica em seu casamento.

5) Durante discussão sobre sua sexualidade, Cristian se entrega a Oliver pela primeira vez.

6) Tanja algema Sebastian em seu braço e o seduz.

7) Último capítulo de “Verbotene Liebe” em 2015, depois de 20 anos de exibição.

Anúncios

50 thoughts on “Mundo das Novelas – 2ª Edição

  1. Amei a coluna! Excelente edição! Interessante saber dessa “Malhação” alemã, nunca tinha ouvido falar, coincidência ser quase uma gêmea perdida da nossa Malhação Brasileira 😛 Semelhanças a parte, é evidente que a trama juvenil da Alemanha abordaria temas polêmicos indo a fundo neles, pois o país europeu é bastante liberal em relação a estas coisas, as tramas juvenis daqui costumar ser mais leves em relação a isso, gostei da abertura, bem bonitinha 😛 Também dá pra notar que as cenas são muito bem realizadas! Parabéns pela excelente edição, Tinho! A coluna está de nota 10! Foi legal poder aprofundar um pouco mais o meu conhecimento em tramas estrangeiras, kkkkkkkkk. 😛 😀 😉

    Curtido por 1 pessoa

  2. Gente.. que interessante. Amo conhecer novelas de outros países.. e essa aí chamou muito atenção.. uma gêmea de Malhação, porém aparentemente mais evoluída. Parabéns pela coluna.. 😉

    Curtido por 1 pessoa

  3. Adorei amg essa versão alemã de Malhação, bem mais realista do que a nossa versão de Malhação pelo menos até essa temporada, que está espetacular. Que delícia essa cena de beijo no meio do ringue amigo ai gzuis adoro kkkkkkkkk e a debaixo também, que pena que parou ali kkkkkkkkkkkk Bem mais realista abordar os assuntos do público jovem dessa forma realista do que superficial, como foi aqui no Brasil durante anos. Parabéns amigo pela edição de hoje e já to ansioso para a próxima.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Que Verbotene Liebe seja um exemplo no que se refere à abordagem de temas tabus, ok. Mas vale a pena seguir o exemplo quando o seu público alvo é, a grosso modo, conservador, como é o caso do Brasil?

    Nós sabemos bem o quanto é complicado tratar de assuntos polêmicos em novelas brasileiras. Os nossos autores ainda pisam em ovos para tratar de assuntos como a homossexualidade, por exemplo: apesar de não terem sido poucas as vezes que dois atores do mesmo sexo se beijaram diante de seu público, com algumas dessas ocorrências chegando a alcançar ampla repercussão, a abordagem desse tema ainda traz muita dor de cabeça para os envolvidos. Quando se trabalha com um assunto que não é do agrado geral do seu público, todo cuidado é pouco.

    Sim, falo exclusivamente da TV brasileira. A realidade no cinema e no teatro brasileiros, por exemplo, é outra, por motivos de perfis de público distintos.

    Curtido por 1 pessoa

      • Por quê? Porque é arriscado demais. Se os alemães são tão ou mais conservadores quanto os brasileiros, então Verbotene Liebe vingou por pura sorte. Ser ousado com um público conservador tende a gerar boicote e prejuízos.

        😀 😀 😀

        Curtido por 1 pessoa

      • Eu não acho que valha a pena se arriscar assim aqui. Não enquanto o público que se senta no sofá pra assistir TV for esse. Lembra do que eu disse: a realidade do cinema e do teatro brasileiros é diferente, porque o perfil do público é diferente.

        Curtir

      • Mas esse público que se senta em frente a TV daqui era semelhante ao público que se sentava em frente a TV na Alemanha, talvez até mais fechado que nós, e eu acredito que tenha valido muito a pena por lá, essa novela quebrou as barreiras não só pra ela, mas pra todas as novelas que vieram a seguir. É difícil? É, mas a tentativa é válida, tanto lá quanto aqui.

        Curtir

      • Pode até ser que tenha valido a pena lá, mas isso não significa que valha aqui. De fato, os alemães também são conservadores, Verbotene Liebe com certeza deve ter sido uma aposta arriscada… mas eu continuo achando que aqui seja mais difícil do que lá. Talvez demoremos alguns anos para conseguir dar passos firmes à frente na abordagem de temas tabus, sem voltar atrás no futuro… talvez nunca consigamos. O fato do nosso cinema e do nosso teatro serem bem mais liberais do que a nossa televisão não me dá esperança.

        Curtir

  5. Já tinha assistindo essa maravilha Alemã. Tinha um site online que postava os capítulos semanalmente legendado, pena que saiu do ar…. Amo a história do Chris com o Oliver, uma das mais realistas relações homossexuais que eu já. Realmente, a Europa é bem mais evoluída que o Brasil. Outro casal gay bem famoso é Paulo e Miguel da novela portuguesa O Beijo do Escorpião, assistia todo dia. Parabéns Airton, ótimas tramas pelo mundo e os mercados com as maiores visibilidades são o Brasileiro e o Mexicano!

    Curtido por 1 pessoa

  6. Nessa edição, me entreguei inteiramente a essa novela. Ela, apesar de ser jovial (eu acho), aborda temas super polêmicos e isso me prendeu muito.
    Assisti todas as cenas publicadas e gostei bastante. Ainda destaco as vilanias de Tanja e o relacionamento gay da trama.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Essa coluna é um show, adoro.
    Sinceramente essa edição foi melhor e mais explorada que a outra, mais ameei as duas igualmente.
    Essa novela deve que foi um show do inicio ao fim em quesito qualidade.
    Uma pena que que o youtube não disponibiliza esse videos para em português.
    Pois não tem alto conhecimento em outras lindas.
    Os autores brasileiros deveriam ver as cenas 3 e 4, para mudar os tipos de mortes nas novelas.
    Gostei do nome em alemão e em português, Verbotene Liebe tradução Amor Proibido.
    Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  8. Me surpreendeu os temas abordados nessa trama, não somente por serem polêmicos, mas também por ser na Alemanha, eu nem sabia que eles produziam novelas, achava que só assistiam documentarios, jornais e alguns folhetins estrangeiros. A trama aparenta contem mais adultos do que a nossa Malhação, isso pode trazer temas mais pesados e cenas mais fortes. No mais, quem sabe, raramente uma emissora pequena do Brasil possa exibir a trama por mais que seja quase impossivel. No mais, pelas cenas apresentadas, a novela alemã não tem nada haver com a trama teen brasileira, apenas o fato de terem o mesmo publico alvo.
    Parabéns Airton, da onde será que vem a próxima novela. #AguardandoumadeMarte.

    Curtido por 1 pessoa

    • Verdade, eu também não podia imaginar que a Alemanha produzisse novelas, foi uma grande surpresa e por isso resolvi desenvolver essa edição, foi muito interessante a pesquisa das informações e dos vídeos. Muito obrigado pela participação, Vitor, satisfeito por ter gostado e te espero semana que vem, com mais uma novela de um país bem distante! 😀

      Curtir

  9. Uma “Malhação” alemã? Socorro. Nunca pensei que existisse uma “Malhação” alemã e com uma temática teen muito melhor que a “Malhação” brasileira. Berrando alto que apenas um autor conseguiu produzir essa novela por 20 anos, que criatividade!!!!! “Verbotene Liebe” tinha qual selo de classificação etária? No mais, adorei a edição, pisou bonito. Meus parabéns, Airton! 😀

    Curtido por 1 pessoa

  10. Uma Malhação alemã? Me interessei… Que nome difícil, hein? ” Verbotene Liebe”. A partida da história é bem ousada e polêmica. Irmãos gêmeos separados ao nascer que se reencontram e se apaixonam.

    Muito surpreso com a trama bem mais liberal mesmo sendo para o público adolescente. Homossexualismo, incesto, drogas… Embora sejam assuntos delicados de serem abordados, é bem importante tocar neles. E pelas cenas em vídeo, deu pra imaginar que eles se saíram muito bem ao retratar a realidade.

    Morto que o autor escreveu todos esses VINTE ANOS! 😮 Um trabalhador incansável desses.

    Infelizmente a audiência fez ela ser cancelada, mas se dependesse das maldades de Tanja, essa novela duraria mais e mais anos. Uma perversa e fria?

    Ótima edição, Airton! Surpreendeu mais uma vez. 😀 ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Pois é, nome bem difícil, assim como toda a língua alemã né! A ousadia imperou nesta novela, mas felizmente retrataram a adolescência com realismo e competência. Acho que todos nós invejamos o fôlego desta autor né, 20 anos escrevendo sozinho mais de 5 mil capítulos, haja criatividade hein! E claramente que se dependesse da Tanja, não saia do ar tão cedo, uma vilã inteligente dessas, usa uma cobra pra matar sem deixar vestígios. E obrigadinho pela participação, Fred! 😀

      Curtir

  11. Casal protagonista que se apaixona mas não sabe que são irmãos gêmeos? Pasmo, que ousado! A trama toda é ousada, né, muito bom conhecer. Foram 20 anos tratando de temas polêmicos e tabus, que pisão, você quer, Brasil?

    Parabéns pela edição, Airton 😀

    Curtido por 1 pessoa

  12. Na Europa por mais que haja conservadorismo, eles tem liberdade na TV aberta, Reino Unido, Portugal, Alemanha, Itália, são alguns desses países conservadores, mas suas produções sempre abordam esses temas que no Brasil, é chocante, muito que infelizmente.
    Parabéns pela a coluna, e a edição Airton.

    Curtido por 1 pessoa

  13. Parabéns, Airtoooon! Você arrasou nessa segunda edição!
    E primeiramente, parabéns pela grande estreia da semana passada, que não pude comentar, mas adorei conhecer a maior novela de todos os tempos ( 😮 )!
    E sobre a edição de hoje:
    Fiquei morto de curioso sobre essa novela teen/Malhação! 😮
    Morro com seu enredo, com seus protagonistas incestuosos (queria saber como essa história acabou), com a vilã e com o restante dos personagens destacados na edição.
    Realmente a novela quebrou vários tabus. Deveria ser assim aqui no Brasil, mas vamos mantendo as esperanças, né!
    Parabéns pela magnífica edição! Desejo muito sucesso e boa-sorte, amigo!
    #. ❤ 😀 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s