Série “Amorteamo” é exibida em formato de filme no “Supercine” deste sábado!

A Rede Globo exibirá neste sábado um especial da série “Amorteamo” (2015), de Cláudio Paiva, Guel Arraes e Newton Moreno, em formato de filme, para o “Supercine”.

Sinopse:
Dois triângulos amorosos dominam o enredo. O primeiro é formado por Arlinda, que é casada com Aragão, mas tem um caso com Chico. Já o segundo é vivido por Gabriel, que é apaixonado por Lena, mas iria se casar com Malvina. Assim, Gabriel abandona Malvina na porta da igreja e a jovem comete suicídio. Gabriel, com remorso, viola o túmulo da noiva e retira o seu corpo de lá. No entanto, ela acaba voltando à vida e traz com ela todos os mortos da cidade. Num primeiro momento, os moradores ficam felizes; mas depois descobrem que o curso natural da vida deveria continuar sendo seguido.

A sessão de filmes “Supercine” vai ao ar às 00h50, logo após o “Zero 1”. Fique ligado!

Fonte: Rede Globo.

Anúncios

10 thoughts on “Série “Amorteamo” é exibida em formato de filme no “Supercine” deste sábado!

  1. “Amorteamo” é uma história gótica em sua essência: ambientes fantasmagóricos, almas que voltam do passado, amores trágicos. Há bom equilíbrio entre a linguagem do gênero e os toques regionais. As boas atuações são outro ponto positivo da série, o núcleo de séries da Globo vem melhorando a cada produção; mostrando que tem assimilado as tendências narrativas das séries internacionais sem perder a personalidade.

    Curtir

  2. a Globo insiste nos sotaques regionais irritantemente mal interpretados pelos atores. É um pouco exasperante ver personagens começando uma fala com sotaque pernambucano e soltando um carioquíssimo “merrmo” ou um caipiríssimo “farta” (falta) no meio da frase. A coisa piora pelo fato do (ótimo) elenco de apoio ser realmente pernambucano – o que só ressalta as falhas dos outros atores. Lamentar mesmo só a persistência da Globo em pôr na boca de atores do Sudeste os sotaques nordestinos.

    Curtir

    • Não vejo nada contra pôr atores do Sudeste para viverem personagens nordestinos. Pra mim, ser contra isso é o mesmo que querer limitar o trabalho do ator, que é justamente dar vida a um personagem diferente dele. Mas claro que o sotaque falho incomoda, porque ele mostra que o ator não foi bem preparado para o papel. O problema deveria ser justamente esse, o sotaque falho do ator, e não o ator.

      Por mais que a Globo seja uma emissora de alcance nacional, ela é sim uma emissora carioca, uma emissora do Sudeste. Então, é de se esperar que a esmagadora maioria do seu casting seja do Sudeste, e que o elenco primário das obras produzidas pela emissora seja majoritariamente composto por atores do Sudeste. Gera identificação com o principal público do canal. Novamente, nada contra pôr na boca de atores do Sudeste os sotaques nordestinos, isso não é problema. O problema é quando não fazem direito. Um elenco predominantemente nordestino numa obra dirigida ao público do Sudeste (novamente, por mais que a Globo tenha alcance nacional, é inegável que ela trabalha primeiro para o Sudeste) vai causar estranheza.

      Curtido por 1 pessoa

  3. Luxo de série, hoje acompanhei um pedaço. Ainda estou esperando a segunda temporada que foi especulada pós o término da mesma.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s