A Mentira

_______________________________RESUMO SEMANAL______________________________

No capitulo 066, segunda-feira, 27 de junho – Demétrio conta o que realmente aconteceu e os dois fazem as pazes. Virgínia, no trajeto até a delegacia, ingere muitos compridos e é encontrada sem sentidos pelos policiais. Já na enfermaria os médicos dizem que ela teve uma overdose. Coincidentemente, Santiago se encontra na mesma enfermaria e, ao ouvir os policiais falarem sobre a identidade da jovem, tenta sufocá-la com a ajuda do travesseiro. Teodoro, João e José chegam ao hospital para ver Virgínia. Santiago para de asfixiar Virgínia quando escuta a voz de Teodoro e o médico se aproximando. Ele volta para a sua cama. O médico também mostra a Teodoro onde Santiago está. Santiago conversa com Teodoro e diz que seu ódio por Virgínia é porque ela o traiu. Nicole vai pedir desculpas a Demétrio. Ele conta a Nicole que Verônica já sabe de tudo. Nicole fica mal, mas entende a situação. O advogado de Virgínia consegue um Habbeas Corpus que permite que Virgínia saia da prisão até o seu julgamento. Santiago fica furioso ao ver Virgínia sair da prisão e grita que ela é uma assassina. Santiago começa a depor, dizendo que ele e Virgínia são amantes há três anos. Ele segue seu depoimento contando sobre a morte do Dr. Gilbert e da tentativa de assassinato de Verônica. Nicole vai falar com Verônica, confirma a história que Demétrio havia contado e pede perdão. Depois de ser solta Virgínia se refugia na casa de seu advogado e planeja fugir no dia seguinte. Enquanto isso, João pede a polícia informações sobre o seu paradeiro. Verônica vai à capital fazer uma acusação formal contra Virgínia. Essa acusação é feita juntamente com a família do Dr. Gilbert que a acusa da morte do médico. Virgínia passa mal e o advogado a leva até o hospital. Lá ela vê a prima que está realizando os exames pré-natal. Imediatamente ela pensa numa maneira de se vingar de Verônica.

No capitulo 067, terça-feira, 28 de junho – Verônica é chamada para uma consulta. Virgínia pergunta na recepção pelo nome do médico responsável pelos exames. Ela pede ao médico para adulterar os resultados dos exames de Verônica para ela pensar que se trata de uma gravidez de risco. A família Fernandes Negrete se reúne com Verônica e Demétrio para assistirem a fita de vídeo da ultrassonografia do filho do casal. João, ao entrar na sala e ver a projeção da fita de vídeo, fica morto de ciúmes e diz a Verônica que aquela deveria ser as imagens do filho dele com ela. Virgínia entra em um jatinho com advogado. A polícia cerca o jato e a prendem. João, Teodoro e Demétrio vão a prisão visitar Virgínia. João entra para falar com Virgínia e tem que fazer isso na frente do seu advogado. Os dois discutem e o advogado a defende. Quando o advogado se retira Virgínia mostra suas garras. Miranda e Letícia vão buscar os exames de Verônica e se assustam com os resultados. A polícia informa que haverá uma acareação entre Virgínia e Santiago e pede as presenças de Verônica e Demétrio. Miranda e Letícia vão conversar com o médico que as aconselha a procurar um médico de confiança da família para analisar melhor os resultados. Elas enviam os exames para o Dr. Moguel, via fax, em Povo Alegre. Ao recebê-los, Francisco se assusta, pois tudo indica que Verônica esteja com um avançado câncer linfático. Verônica liga para Francisco e pergunta pelos exames. Ele pede para ela procurar outro médico na capital. Francisco conta a Irma que Verônica só possui dois meses de vida. Todos os empregados da casa de Teodoro são convocados para depor contra Virgínia. Verônica vai se consultar com o médico indicado por Francisco, que a manda para uma nova bateria de exames. Miranda fala com o médico e fica desnorteada ao saber da possível doença que abateu sobre sua filha. Começa a acareação de Virgínia. Ela está assustada.

No capitulo 068, quarta-feira, 29 de junho – A juíza declara Virgínia livre por falta de provas que comprovem sua participação nestes crimes. Virgínia sorri sarcasticamente para Santiago. Ele, desesperado, pega a arma de um policial e acerta Virgínia pelas costas. Santiago é rendido pelos guardas. Teodoro sai para chamar os médicos de plantão para socorrer Virgínia. Letícia conta a Sara sobre a doença de Verônica. O médico de Virgínia diz a Teodoro que a bala atravessou a coluna dela e que sua situação está bastante complicada. Demétrio conta a Verônica, Sara e Letícia o ocorrido com Virgínia no julgamento. A operação de Virgínia se complica. Ela começa a entrar em choque e, por alguns segundos, é considerada clinicamente morta. Dão choque elétrico para restabelecer as batidas de seu coração. Ela se lembra dos seus momentos de maior tensão. O médico avisa o que aconteceu com Virgínia na sala de operação. O médico também não responde a pergunta de Teodoro, de que se ela vai escapar com vida desta operação. Santiago, na prisão, não apresenta sinais de remorso pelo que fez a Virgínia, pelo contrário, pensa que assim ela vai “afundar” com ele. Virgínia volta a si e lembra que foi Santiago que lhe deu um tiro nas costas. O médico avisa a família que Virgínia ficará tetraplégica para o resto da vida. No dia seguinte João vai visitá-la e ela, nervosa, pergunta porque não consegue mexer nenhuma parte de seu corpo. Verônica começa a fazer exames minuciosos pedidos pelo médico que o Dr. Moguel indicou. Demétrio começa a se preocupar e procura saber o que realmente está acontecendo com sua mulher. O médico pede paciência e diz que só pode dizer alguma coisa depois que tiver em mãos os resultados de todos os exames. Enquanto isso, Verônica está se submetendo a uma biópsia e ouve os enfermeiros comentarem que ela está com câncer.

No capitulo 069, quinta-feira, 30 de junho – Verônica chora. Chega Sara e Demétrio, mas ela não diz o porquê de estar chorando. Virgínia continua desesperada por não conseguir sentir nenhuma parte do seu corpo. Chega o médico que lhe explica um pouco como está o seu estado físico. Virgínia não aceita as explicações do médico. João está muito deprimido pelo estado de Virgínia. Verônica sofre calada com o seu suposto câncer. Sofre porque pensa que ela e o seu bebê irão morrer e vão perder o amor de Demétrio. Um padre visita Virgínia no hospital. Ela diz que o culpado de tudo é Deus. Verônica conta a sua mãe, Miranda, que já sabe de sua doença. Ela pergunta se Miranda e Letícia também já sabiam da sua doença. O médico, com ajuda de um padre, conta a Virgínia que ela está tetraplégica. Ela os expulsa do quarto e diz que preferia ter morrido, pois o que houve com ela foi uma injustiça divina. Demétrio, preocupado com Verônica, pede a ela que faça repouso. Virgínia diz ao João que sua maior vingança é que Verônica irá sofrer muito ainda, e que ninguém poderá culpá-la por isso.

No capitulo 070, sexta-feira, 01 de julho – Virgínia chama João de fraco. Diz que o odeia como não odeia mais ninguém mundo. Demétrio dá a notícia da compra das terras vizinhas na sua fazenda. Ele diz que vai colocá-las em nome do filho que vai nascer. Verônica fica mais deprimida ainda, pois acha que seu filho não irá ter tempo para nascer, ou que ela irá morrer antes do seu nascimento. Sara, Letícia e Antonia visitam Verônica em seu quarto. Depois dessa conversa, Antonia fica com a impressão que Verônica queria se despedir das tias. Verônica tenta dissimular essa suspeita da governanta. Verônica decide passar o resto da sua gravidez na fazenda. Miranda e suas tias dizem que irão acompanhá-la até a fazenda. Na realidade Verônica está querendo fugir de todos. Ela e Miranda decidem fugir para a Europa. João e Teodoro falam a Demétrio das ameaças de Virgínia à Verônica. Demétrio decide proteger Verônica nesse mesmo instante. Verônica e Miranda se hospedam em um hotel para fugir da presença de todos e planejar a viagem para Madrid. Demétrio encontra uma carta de Verônica explicando que viajou com a mãe para a fazenda. Ele fica revoltado com a atitude da esposa e acredita que ela está mentindo. Ao saber da fuga de Verônica, João se lembra do que Virgínia lhe disse. Ele comenta com Demétrio e diz que isso pode ser coisa de Virgínia. Demétrio vai até o hospital para saber o que Virgínia tem a ver com isso. Virgínia diz coisas terríveis até deixar Demétrio completamente fora de si. Na realidade ela quer forçá-lo a matá-la e acabar com seu sofrimento. Ela pede que a mate.

No capitulo 071, segunda-feira, 04 de julho – Demétrio diz a ela que sua maior vingança será deixá-la viver para sofrer e pagar por tudo que fez de mal em sua vida. Verônica, no avião a caminho de Madri, tem pesadelos com Demétrio. Ela decide escrever-lhe uma carta, confessando toda a verdade sobre sua suposta doença e os motivos que a levaram a fugir dele. Virgínia confessa a João que Verônica vai morrer, pois tem um tipo de câncer linfático em avançado estado. Demétrio, Sara e Letícia levam os novos exames ao Dr. Spinoza, que diz que tanto Verônica quanto o bebe estão saudáveis. Demétrio fica revoltado com os responsáveis pelo primeiro exame. Ele quer que se levantem os culpados de tal barbaridade. João conversa com Carlos, seu amigo, e os dois chegam a conclusão de que Verônica pode ter ido para Madrid e João decide ir ao encontro do seu grande amor. João mente para o pai dizendo que vai passar uns dias no litoral. Dr. Espinoza chama Demétrio para um encontro com o responsável pelo primeiro exame de Verônica. O homem confessa que adulterou os resultados a pedido de uma mulher misteriosa, que lhe deu muito dinheiro. Demétrio pergunta como era essa mulher e pela descrição desconfia de Virgínia. João chega a Madrid e vai ao encontro de Verônica e Miranda, que ficam muito felizes pelo reencontro. Demétrio recebe, via fax, a carta de Verônica e fica desesperado.

No capitulo 072, terça-feira, 05 de julho – Demétrio recebe, via fax, a carta de Verônica e fica desesperado. Ele fica emocionado e, com raiva, coloca toda sua fúria na causadora de tudo: Virgínia. Verônica pensa que a visita de João está relacionada aos resultados do seu segundo exame. Ela deduz que deu positivo, e que realmente tem pouco tempo de vida. Ela chora. Teodoro descobre, através do investigador Ruiz, que Verônica teria viajado para a Europa e que talvez esteja na Espanha com sua mãe. O médico responsável pelo exame falso de Verônica vai até a clínica e reconhece Virgínia como a mandante deste delito. Verônica não aceita o amor de João. Diz que só pode vê-lo como seu primo. Ela também não aceita procurar um especialista para se tratar. Ela teme que as radiações deste tratamento possa afetar a saúde de seu filho. Teodoro conta a Sara que Virgínia é a culpada por tudo que Verônica está passando. Nicole tenta se aproximar de Demétrio para ajudá-lo nesse momento tão difícil, mas ele não aceita e pede a ela que respeite sua dor. O Dr. Moguel e o padre Willians conversam com André Belot e conseguem uma pista sobre o paradeiro de Verônica. Imediatamente contam a Demétrio que talvez Verônica esteja no apartamento da mãe me Madrid. Demétrio chega ao apartamento de Miranda e vê Verônica vindo da rua com o João. Clima forte entre os três.

No capitulo 073, quarta-feira, 06 de julho – Demétrio chega ao apartamento de Miranda em Madri e vê Verônica vindo da rua com João, feliz. Dr. Francisco avisa a Teodoro que Demétrio foi a Espanha tentar encontrar Verônica. João não se conforma de Demétrio ter aparecido. Ele acha que Verônica tem que ficar com ele, pois só ele a ama de verdade. Demétrio conta a Miranda que Verônica não está doente, que foi tudo uma nova mentira criada por Virgínia. João liga para sua casa no México. Sara percebe, pelo tom de voz do filho, que ele está bêbado. Ele lhe diz que Demétrio veio roubar a sua Verônica. Sara fica preocupada. Demétrio conta a Verônica sobre seu real estado de saúde. Verônica fica feliz e chora. João decide ir embora e, muito deprimido, admite que Verônica e Demétrio se amam. Demétrio conta que Virgínia já está pagando pelos seus crimes. Verônica quer saber qual foi sua sentença. Demétrio conta que Virgínia está paralítica. Verônica acha que o castigo foi merecido. João, sozinho em um quarto de hotel, sofre relembrando toda a situação e culpa Demétrio por sua infelicidade. No dia seguinte, muito deprimido, ele viaja de volta para casa, mas ao desembarcar no aeroporto ele é atropelado. Sara e Teodoro estão preocupados com o desaparecimento de João. Verônica, em Madri, também está preocupada com João. Ligam do hospital para a mansão dos Fernandes Negrete e enformam que João está internado.

No capitulo 074, quinta-feira, 07 de julho – Ligam do hospital para a mansão dos Fernandes Negrete e enformam que João está internado. Sara, ao saber, fica histérica. Letícia avisa Demétrio, por telefone, do acidente com João. Demétrio informa a Verônica o que aconteceu com seu primo. Verônica decide voltar neste mesmo instante para o México, a fim de acompanhar a recuperação de João. Miranda diz que não poderá viajar já, por causa de alguns negócios que tem em Madri, que só poderá viajar em dois ou três dias. João entra na sala de cirurgia. Teodoro chega no hospital e pede para falar com o diretor do hospital. Virgínia fica sabendo do acidente de João e fica feliz. O diretor do hospital informa a Teodoro que o perigo no caso do João é de uma fratura múltipla na altura dos quadris. O marginal Bocão vai visitar Virgínia na clínica e se coloca a sua disposição para qualquer coisa que ela queira fazer. O advogado de Virgínia diz que se sente traído, que não confia mais nela e que vai abandonar o caso. Ela o expulsa do quarto e diz que agora ele faz parte da lista dos seus inimigos pessoais. João, no leito do hospital, diz a Sara que não quer mais viver. Diz que ama tanto Verônica que não conseguirá viver sem ela. Mãe e filho choram. Verônica chega ao hospital com Demétrio e encontra Sara no corredor. Ela conversa em particular com a sobrinha e implora a ela que faça um sacrifício para salvar João. Sara pede a Verônica que ela faça o primo acreditar que cuidará dele para sempre. Verônica não sabe o que dizer.

No capitulo 075, sexta-feira, 08 de julho – João, no leito do hospital, diz a seu pai que não vê razão para continuar vivendo sem Verônica ao seu lado. Sara insiste para que Verônica minta. Pelo menos até ele sair dessa depressão. Verônica vai falar com João e insiste que ele deve tentar esquecer esse amor. Chega Demétrio e João fica de mau humor. O marginal Bocão chega ao hospital, pergunta na recepção pelo número do quarto de João. Demétrio vai embora para resolver assuntos de trabalho. Depois sai Teodoro, Sara e Letícia para almoçar. Verônica fica para fazer companhia à João. Bocão do lado de fora do quarto percebe que só restou Verônica com João. Ele se aproxima da porta do quarto de João. João melhora o humor com Verônica ao seu lado. Uma enfermeira abre a porta do quarto, mas João e Verônica não percebem a presença de Bocão que espia do lado de fora. A enfermeira sai. João e Verônica decidem tirar uma soneca.

 

One thought on “A Mentira

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s