Porto dos Milagres

porto

 SEGUNDA FEIRA – 05/02/2001 Capítulo 1    Em Sevilha, dois homens armados invadem uma casa e acham a fotografia de Félix e Adma. Enquanto isso, em um restaurante, o casal brinda ao amor e ao sucesso do novo golpe. Félix carrega uma mala cheia de dólares falsos e a troca por a de um milionário. Ao perceber policiais, corre e é perseguido. Adma joga os dólares, causando grande confusão. O casal consegue fugir.    Uma cigana assegura que ele vai ser rei. O casal decide voltar ao Brasil. Félix planeja humilhar-se e pedir perdão ao irmão Bartolomeu, a quem traiu há dez anos. Adma fingirá que está grávida. Na Bahia, soam os atabaques. Na barca que leva a Porto dos Milagres, Augusta Eugênia esnoba Félix e Adma e esquece uma caixa. Leôncio tenta falar com Augusta, mas ela nem dá bola quando ele avisa que Laura teve uma filha.    Bartolomeu, ao ver o irmão, reage forte e o expulsa. Augusta percebe que perdeu o seu colar de esmeraldas. Eulália e Frederico se amam no mar. Félix implora perdão e Bartolomeu pega o rifle. Adma se coloca na frente do marido. Bartolomeu acaba cedendo, coloca o casal na ala dos empregados e avisa que os dois precisarão trabalhar para pagar a hospedagem. Do alto da casa, Félix afirma que vai ser rei.

 TERÇA FEIRA – 06/02/2001 Capítulo 2    Eulália tem a certeza de que vai ficar grávida. Augusta, histérica, procura o seu colar. Laura chega com Lívia no colo. Oswaldo a recebe com carinho e pede para que volte no dia seguinte. Félix insiste para que Adma devolva o colar. Ondina alerta Félix para não deixar cair um pote com veneno para matar os ratos. Augusta mostra-se superior e humilha Adma dizendo que a jóia é uma imitação.    Adma promete a si mesma dar o troco. Frederico e Eulália se mudam para uma casa nova. Rosa ganha uma aliança de Otacílio. Bartolomeu vai à casa de Dona Coló encontrar-se com Arlete.    Coronel Jurandir cobiça Cecília. Rosa manda que ele fique bem longe da irmã. Augusta conta ao delegado que vai chegar contrabando, somente para incriminar Leôncio. Bartolomeu descobre que Adma estava usando barriga postiça.

QUARTA FEIRA – 07/02/2001 Capítulo 3    Bartolomeu dá um prazo para que os dois desapareçam de Porto dos Milagres. Frederico e Leôncio pescam e fazem agrados para Iemanjá. Arlete se olha no espelho curtindo a gravidez.    Eriberto paga pouco pelos peixes, como sempre. Laura teme por Leôncio, que deve buscar carga contrabandeada em alto mar. Otacílio fecha a cara ao ver Dona Coló e seus meninas. As irmãs Rosa e Arlete abraçam-se emocionadas. Eulália e Frederico se preparam para o casamento.    Os dois se casam na beira da praia. No mar, Augusta e o delegado aguardam. Laura, alertada por Oswaldo, vai avisar ao marido. A polícia atira e a barca onde estão Leôncio e Laura explode. Adma coloca veneno no chá de Bartolomeu, mas é Félix quem toma.

QUINTA FEIRA – 08/02/20001 Capítulo 4    Augusta fica desesperada por ter causado a morte da irmã e do cunhado. Félix passa muito mal. Bartolomeu se sensibiliza com a morte do casal e dá uma bronca em Eriberto, que só se preocupa com a carga perdida.   Adma decide que vai envenenar Bartolomeu, mas não conta nada para Félix. Augusta não quer que os corpos sejam recuperados, pois no futuro prefere inventar um final mais glorioso para a irmã. Augusta fica muito surpresa ao saber que Lívia está na sua casa. Oswaldo ameaça contar tudo se ela não criar bem a menina.    Bartolomeu humilha Félix e os dois brigam. Coronel Jurandir pede um “cheiro” para Cecília, que corre. Félix rouba a chave da casa de Bartolomeu e vai dormir com Adma na igreja abandonada. Bartolomeu chora de alegria ao saber que Arlete está grávida. Adma coloca uma dose grande de veneno no chá de Bartolomeu.

SEXTA FEIRA – 09/02/2001 Capítulo 5    Bartolomeu pensa no filho que vai nascer, enquanto bebe o chá. Ondina entra na sala e se desespera ao ver o patrão agonizando. Félix sente uma pontada de dor no peito e corre para a casa do irmão. Antes de morrer, Bartolomeu pede para que Ondina cuide do filho dele que vai chegar.    Félix se desespera ao ver o irmão morto. Adma se horroriza com o que fez. Ondina fica com ódio do casal e promete encontrar o herdeiro da fortuna de Bartolomeu. Dona Coló se preocupa porque Arlete vai ter um filho. Rosa ignora o cumprimento do Coronel Jurandir.    Augusta suborna o barqueiro, que conta a todos que a criança de Laura e Leôncio também morreu. Arlete fica em choque ao saber da morte do seu amado. No velório, todos se assustam com a semelhança entre Félix e o irmão morto. Arlete, escondida, vê Bartolomeu ser enterrado. Desesperada, chora e oferece o seu filho a Iemanjá.

SÁBADO – 10/02/2001 Capítulo 6    Félix promete a Ondina que vai procurar, junto com ela, o herdeiro de Bartolomeu. Rosa está aflita com o ânimo da irmã. Arlete não conta nada, manda Rosa embora e coloca no dedo o anel que pertenceu à mãe de Bartolomeu.    Eulália pede para que Frederico abandone o trabalho de pegar contrabando. Eriberto, porém, só vai liberá-lo depois de pagar o dinheiro que pediu emprestado. Félix propõe para que Oswaldo seja o inventariante e fica fascinado com a quantidade de negócios que vai herdar. Alguns meses depois, Rosa se prepara para o casamento.   Coronel Jurandir quase é surpreendido olhando Cecília trocar de roupa. Adma e Félix comemoram: são os donos de tudo. Arlete alisa a barriga de nove meses e lembra Bartolomeu dizendo que o filho deles seria um rei.

SEMANA DE 12/02 a 17/02 

SEGUNDA FEIRA – 12/02/2001 Capítulo 7    Coronel Jurandir escapa, mas antes quebra um vaso. Rosa e Cecília se assustam, mas não descobrem o que aconteceu. Augusta está revoltada com a fortuna de Félix. Adma e Félix se amam à luz da lua e vibram porque agora são reis. Augusta não quer nem saber de Lívia. Rosa pede que Arlete vá ao seu casamento. Coronel Jurandir entra na casa e agarra Cecília à força. Na igreja de Itamaraji, todos aguardam o começo do casamento.    Rosa coloca o vestido de noiva e vai para a casa buscar Cecília. Ela encontra a irmã caçula enforcada. Ao saber que o Coronel Jurandir acabou de sair dali, Rosa vai para a fazenda e dá um tiro certeiro e o mata. Rosa explica o seu ato para o noivo Otacílio e com uma rosa palmeirão no decote, estende os braços para o delegado algemá-la.    Arlete se desespera, sente as dores do parto e dá a luz a um menino. Ela amarra o anel que ganhou de Bartolomeu na barra da camisola do neném e resolve reclamar os seus direitos.

TERÇA FEIRA – 13/02/2001 Capítulo 8    Oswaldo não pode ir à festa na casa de Adma e Félix, mas pede que Augusta represente a família. Eulália tem um descolamento de placenta. Arlete oferece seu filho para Iemanjá. Frederico coloca Eulália no barco e ruma para o hospital. Adma recebe os convidados e fica humilhada quando a arrumadeira Valdelice se apresenta como representante dos Proença de Assunção e promete vingança.    Arlete conversa com Adma e apresenta o seu filho como herdeiro. A patroa manda Eriberto resolver o problema, em troca do negócio de contrabando. O bebê de Eulália nasce morto. Eriberto rende Arlete, que coloca o cestinho no mar e se joga, desaparecendo. Frederico resgata o bebê e mostra a Eulália, que o batiza com o nome de Gumercindo e morre feliz.    Adma conta ao marido que está grávida. Alguns anos depois, ocorre uma tempestade forte e Frederico tenta resgatar Francisco e morre. Tempos depois, Guma, já adulto, olha o mar com emoção e promete ser o rei daquelas águas.

QUARTA FEIRA – 14/02/2001 Capítulo 9    O prefeito Félix chega de Brasília. Augusta Eugênia está completamente sem dinheiro, mas tenta manter a pose. Os pescadores se queixam do preço pago por Eriberto pelos peixes. Babau serve uma branquinha para eles em seu bar. Rufino baba por Esmeralda, mas ela só tem olhos para Guma.    Félix aguarda o filho Alexandre e a namorada Lívia e sonha com o casamento dos dois. Adma se preocupa porque eles vêm pelo mar. Rodrigo leva Dulce na rodoviária. Guma e Rufino apostam uma corrida de barcos. Félix aceita comprar uma propriedade de Oswaldo.   Augusta começa a planejar uma viagem a Paris. Adma ignora Augusta na inauguração de uma bica. Guma perde o controle do barco e Rufino ganha o prêmio: um beijo de Esmeralda. Irritada, ela não cumpre a promessa, espera um tempo, se mete na rede de Guma e o beija.

QUINTA FEIRA – 15/02/2001 Capítulo 10    Rita flagra os dois e Esmeralda culpa Guma. Augusta vibra porque acha que Lívia e Alexandre vão ficar noivos. Oswaldo se irrita com a mulher e sente saudades de Leontina. Rufino garante que por Esmeralda seria até capaz de matar. O tempo escurece. Félix se preocupa porque o filho já saiu de Salvador. Adma tem pressentimentos terríveis.    Alexandre avisa que está à deriva. Luiza reclama que o pai é um bêbado e Rita defende o marido. Num sonho, Guma vê Iemanjá com a cara de Lívia. No bar, Félix pede que algum pescador resgate o seu barco, mas ninguém aceita.    Rita pressiona Félix e ele confessa que o filho está no barco. Guma relembra a lei do cais e vai para o mar. Todos aguardam com muito medo. Guma cai no mar, mas consegue vencer a fúria das ondas e inicia o resgate do casal. Ao ver Lívia, igualzinha a Iemanjá de seu sonho, se encanta.

SEXTA FEIRA – 16/02/2001 Capítulo 11    O resgate é difícil. Lívia fica impressionada com a força e a coragem de Guma. Félix aguarda angustiado. Oswaldo vai para o cais. Esmeralda tem um ataque, deixando Rufino constrangido. Babau manda que ela pare com o chilique. Ondina reza. O barco de Guma, Valente, reboca a lancha. Alexandre desdenha um pouco a bravura de Guma e acha que ele fez tudo por dinheiro.     Lívia aposta com ele que não. Todos sorriem aliviados quando os barcos aportam. Mãe Ricardina surge e convida Guma para ser ogã de sua casa. Félix oferece muito dinheiro a Guma, que não aceita. Alexandre humilha Guma. Félix se retira ofendido.    Francisco avisa que Félix não aceita dever nada. Rita pede bancos para a escola em pagamento. Augusta fica atônita quando Lívia afirma que não pretende se casar. Na manhã seguinte, Alexandre procura Lívia, mas ela vai no cais procurar Guma.

SÁBADO – 17/02/2001 Capítulo 12    Lívia agradece por tudo o que ele fez. Esmeralda faz uma cena. Guma a joga no chão. Alexandre fica furioso quando Esmeralda avisa que a namorada está paquerando Guma. Lívia o leva embora do cais. Todos comentam a desfeita que Guma fez com o prefeito, não aceitando o pagamento por um favor. Félix compra as carteiras para a escola.    Lívia e Alexandre brigam. Augusta fica em cólicas ao ouvir a discussão. Alexandre proíbe a namorada de voltar ao cais. Lívia o manda embora. Babau lê um cordel sobre Rosa Palmeirão. O prefeito manda chamar todos os seus colaboradores.    Amapola fica revoltada com Otacílio por ter que voltar para Porto no dia da festa do seu aniversário de casamento. Esmeralda procura Lívia. Amapola se irrita ao ver o cordel sobre Rosa Palmeirão. Félix comunica a todos que vai se candidatar a governador. 

SEMANA DE 19/02 a 24/02

SEGUNDA FEIRA – 19/02/2001 Capítulo 13    O resgate é difícil. Lívia fica impressionada com a força e a coragem de Guma. Félix aguarda angustiado. Oswaldo vai para o cais. Esmeralda tem um ataque, deixando Rufino constrangido.     Babau manda que ela pare com o chilique. Ondina reza. O barco de Guma, Valente, reboca a lancha. Alexandre desdenha um pouco a bravura de Guma e acha que ele fez tudo por dinheiro.    Lívia aposta com ele que não. Todos sorriem aliviados quando os barcos aportam. Mãe Ricardina surge e convida Guma para ser ogã de sua casa. Félix oferece muito dinheiro a Guma, que não aceita.     Alexandre humilha Guma. Félix se retira ofendido. Francisco avisa que Félix não aceita dever nada. Rita pede bancos para a escola em pagamento.     Augusta fica atônita quando Lívia afirma que não pretende se casar. Na manhã seguinte, Alexandre procura Lívia, mas ela vai no cais procurar Guma.   

TERÇA FEIRA – 20/02/2001 Capítulo 14    Lívia agradece por tudo o que ele fez. Esmeralda faz uma cena. Guma joga-a no chão. Alexandre fica furioso quando Esmeralda avisa que a namorada está paquerando Guma. Lívia leva-o embora do cais.     Todos comentam a desfeita que Guma fez com o prefeito, não aceitando o pagamento por um favor. Félix compra as carteiras para a escola. Lívia e Alexandre brigam. Augusta fica em cólicas ao ouvir a discussão.     Alexandre proíbe a namorada de voltar ao cais. Lívia manda-o embora. Babau lê um cordel sobre Rosa Palmeirão. O prefeito manda chamar todos os seus colaboradores.     Amapola fica revoltada com Otacílio por ter que voltar para Porto no dia da festa do seu aniversário de casamento.     Esmeralda procura Lívia. Amapola se irrita ao ver o cordel sobre Rosa Palmeirão. Félix comunica a todos que vai se candidatar a governador.    

QUARTA FEIRA – 21/02/2001 Capítulo 15    Amapola manda Venâncio sumir com o cordel e chora por causa de Rosa. Esmeralda, fingida, pede perdão à Lívia e conta que Guma é mulherengo.    Rufino fica tranqüilo quando Guma reafirma que nada quer com Esmeralda. Lívia não dá bola para os conselhos de Augusta para apressar o casamento. Augusta decide que é hora de chamar o filho Rodolfo Augusto para convencer Lívia.    Félix comunica a Alexandre que ele precisa ficar morando em Porto dos Milagres. Amapola toma uma porção de Dragão Siliconado.     Genésia reage ao vestido curto de Socorrinho e acaba rasgando-o numa briga no meio da rua. Epifânia aparta.    Dulce dá um presente para Rodrigo. Amapola agarra Otacílio com sensualidade. Lívia bate na porta de Alexandre, disposta a conversar.

QUINTA FEIRA – 22/02/2001 Capítulo 16    Augusta escreve carta para o filho. Alexandre reafirma o seu amor por Lívia e os dois se reconciliam.     Félix fica apreensivo quando a jovem avisa que depois da festa vai voltar para o Rio. Guma observa Lívia de longe. Augusta explode de alegria ao saber da reconciliação.    Dulce exulta ao ver as novas carteiras na escola. No bar, todos se surpreendem quando Deodato deixa escapar as novidades do prefeito. Félix pede perdão à Adma por não ter contado antes os seus planos.    Alexandre ouve pela porta entreaberta quando a mãe insiste que o filho não será capaz de tocar os negócios da família. No seu quarto, ele chora, sendo consolado por Ondina. Amapola corre horas na esteira.     Genésia se incomoda com os ruídos de Socorrinho e Alfeu no quarto. Félix manda Eriberto não comprar peixe de Guma e Francisco. Guma aborda Lívia.    

SEXTA FEIRA – 23/02/2001 Capítulo 17    Lívia é formal com Guma e vai embora logo. Francisco fica revoltado porque Eriberto não compra os seus peixes, alegando que estão podres.     Esmeralda garante que vai conquistar Guma. Alexandre e Lívia embarcam para um passeio, sob os olhares de Guma e Rufino. Epifânia interrompe a troca de insultos entre Genésia e Socorrinho.     Félix manda Eriberto continuar com a estratégia até deixar Guma na miséria. Francisco bebe todas no bar. Luiza morre de vergonha do pai arrumar um escândalo. Amapola desfalece de fadiga.    Lívia afirma que tem uma carreira e não se mudará para Porto. Rita vai buscar o marido e manda que Luiza venha junto.    Rodrigo examina Amapola e acha que o problema dela é depressão. Alexandre e Lívia ficam estremecidos. Guma toma satisfações com Eriberto.  

Capítulo 18    Epifânia interfere para que Guma e Eriberto não briguem. Rufino tenta acalmar o amigo. Guma reza para que Iemanjá ajude-o a melhorar a situação injusta no cais.    Eriberto conta para Deodato a vingança de Félix. Rita e Luiza levam Francisco do bar. Venâncio prepara um brunch para Amapola, que continua sem se mexer.     Fred e Ana Beatriz estão a caminho de Porto e ele insiste em dirigir. Augusta procura Adma, para que ela ajude nas obras da igreja.    A primeira-dama recusa-se a dar um centavo. Francisco e Luiza caem no chão. Ela chora e sai correndo, sendo atropelada por Fred.     A atração entre os dois é imediata. Adma e Alexandre brigam. Rodrigo examina Luiza. Otacílio oferece dinheiro, mas Rita recusa. Lívia vai ao encontro de Guma, os dois brigam e depois se beijam.   

SEGUNDA FEIRA – 26/02/2001 Capítulo 19    Lívia acusa Guma de ser mulherengo, exatamente como a noiva havia dito. Guma, sem entender nada, pede que ela repita as palavras de Esmeralda e vai embora. Félix garante a Alexandre que vai conseguir um jeito de Lívia ficar em Porto dos Milagres.     Alfeu se enrola todo no balcão da loja de parafusos. Socorrinho faz charme para os clientes e ele nem percebe. Genésia, Vênus e Serena vão limpar a igreja.     Augusta coloca fechadura na igreja e só ela tem a chave. Babau lamenta porque a filha está ficando parecida com a mãe. Os homens comentam no bar os feitos de Rosa Palmeirão.     Augusta comanda a limpeza da igreja. Luiza prepara uma moqueca e convida Fred. Venâncio faz com que Amapola leia o cordel.    Luiza e Fred trocam olhares apaixonados. Félix procura Augusta na igreja. Guma pega Esmeralda pelo braço.

Capítulo 20    Guma arrasta Esmeralda para o barco e pede explicações. Lívia pensa no beijo. Esmeralda reafirma o seu amor, mas Guma quer distância dela e de suas mentiras.     Félix financia a reforma da igreja e diz que compra o hotel cassino de Augusta, se ela conseguir que Lívia fique na cidade. Amapola lê interessada a história de Rosa e recupera o ânimo para brigar pelo seu casamento.    Uma imensa lua ilumina Porto dos Milagres. Alfredo e Luiza se beijam. Haidê consola e dá conselhos para Esmeralda e as duas se tornam muito amigas. Dulce suspira por Rodrigo.    Leontina chega na cidade de carona com um caminhoneiro grosso, Ranulfo, que a larga no meio da estrada, depois de lhe dar um soco.    Augusta apresenta as contas de tudo que gastou ao longo da vida com Lívia e exige que ela pague. Guma fica atônito quando Eriberto avisa que não vai comprar nunca mais os seus peixes.    

QUARTA FEIRA – 28/02/2001 Capítulo 21    Babau separa Eriberto e Guma e o pescador resolve procurar Félix. Lívia concorda em pagar a dívida, assim que tiver dinheiro.     Amapola cobra explicações de Otacílio, que insiste que Rosa está somente em seu passado. Ela decide fazer greve de sexo e quer que ele gaste a energia na esteira.    Otacílio manda o filho se afastar da cidade baixa, mas ele procura Luiza. Leontina acorda do desmaio e vai para o hotel cassino abandonado.     Epifânia garante que não será fantoche de Félix quando assumir a prefeitura. Socorrinho dá em cima do médico e Genésia se atraca com ela.     Dulce beija Rodrigo. Félix e Alexandre mostram os negócios da família para Lívia. Guma interpela o prefeito e quer saber porque está sendo perseguido.

      QUINTA FEIRA – 01/03/2001 Capítulo 22    Dulce declara o seu amor, mas Rodrigo insiste em querer somente a sua amizade. Alfeu, Babau e Deodato fofocam no bar.    Félix garante que não tem nada a ver com o problema. Guma não se dobra e o prefeito fica raivoso. Alexandre provoca Guma, mas Lívia se coloca no meio.     Félix manda Eriberto cortar o crédito de combustível da família de Guma. Félix propõe que Lívia crie um sistema de informatização para a fábrica. Fred e Luiza se beijam.     Amapola consola Dulce e manda que ela descubra o segredo que existe na vida de Rodrigo. Ondina provoca Adma: tem certeza que o herdeiro de Bartolomeu ainda vai chegar.    Guma vai virar ogã no dia da festa de Félix. Rodolfo Augusto chega à cidade e encontra sua tia Leontina no hotel cassino. Guma agarra Eriberto pelo colarinho quando não consegue comprar combustível.     

      SEXTA FEIRA – 02/03/2001 Capítulo 23    Eriberto denuncia Guma à polícia. Guma se recusa a fugir. Félix pressiona o delegado para que o pescador seja punido.    Lívia desanima Augusta: não pretende ficar em Porto dos Milagres. Oswaldo ameaça Augusta: se ela estiver pressionando a sobrinha vai se ver com ele.    Rodrigo garante à Dulce que não pode se envolver com ninguém. Rodolfo tem planos de abrir um cassino.     O delegado prende Guma. Amapola mantém Otacílio na esteira. Fred pede ao pai que interfira a favor do pescador.     Ondina visita o neto Paçoca. Lívia fica sabendo da prisão de Guma e pede a Félix para mandar soltá-lo.

      SÁBADO – 03/03/2001 Capítulo 24    Félix acata o pedido de Lívia. Oswaldo se emociona quando reencontra o filho. Alexandre se irrita com a noiva, mas ela convence-o que assim estão pagando o favor que um dia lhe fizeram.    Lívia aceita o convite de trabalho feito por Félix. Rodolfo não gosta quando sabe que os pais venderam o hotel cassino.    Guma é solto e todos comemoram no Farol das Estrelas. Ele se surpreende ao saber que sua salvadora foi Lívia. Para aplacar o ódio de Eriberto, todos convencem Guma a passar um tempo fora.     Iemanjá manda um sinal e ele decide partir no dia seguinte. Otacílio, morto de cansaço, é assediado por Amapola. Genésia sonha com uma cobra, grita e reza.     Adma planeja humilhar Augusta e manda Félix entregar o cheque da reforma da igreja. Guma procura Lívia e quer saber porque ela o ajudou.

 

SEMANA DE 05/03 a 10/03 

     SEGUNDA FEIRA – 05/03/2001 Capítulo 25    Eriberto denuncia Guma à polícia. Guma se recusa a fugir. Félix pressiona o delegado para que o pescador seja punido.     Lívia desanima Augusta: não pretende ficar em Porto dos Milagres. Oswaldo ameaça Augusta: se ela estiver pressionando a sobrinha vai se ver com ele.    Rodrigo garante à Dulce que não pode se envolver com ninguém. Rodolfo tem planos de abrir um cassino.    O delegado prende Guma. Amapola mantém Otacílio na esteira.     Fred pede ao pai que interfira a favor do pescador. Ondina visita o neto Paçoca. Lívia fica sabendo da prisão de Guma e pede a Félix para mandar soltá-lo.   

     TERÇA FEIRA – 06/03/2001 Capítulo 26    Félix acata o pedido de Lívia . Oswaldo se emociona quando reencontra o filho.    Alexandre se irrita com a noiva, mas ela convence-o que assim estão pagando o favor que um dia lhe fizeram. Lívia aceita o convite de trabalho feito por Félix.     Rodolfo não gosta quando sabe que os pais venderam o hotel cassino. Guma é solto e todos comemoram no Farol das Estrelas.    Ele se surpreende ao saber que sua salvadora foi Lívia. Para aplacar o ódio de Eriberto, todos convencem Guma a passar um tempo fora. Iemanjá manda um sinal e ele decide partir no dia seguinte.     Otacílio, morto de cansaço, é assediado por Amapola. Genésia sonha com uma cobra, grita e reza. Adma planeja humilhar Augusta e manda Félix entregar o cheque da reforma da igreja. Guma procura Lívia e quer saber porque ela o ajudou.    

     QUARTA FEIRA – 07/03/2001 Capítulo 27    Lívia afirma que foi uma questão de justiça. Guma garante que ela gosta dele. Os dois brigam, mas acabam se entendendo.    Ele se despede e promete voltar no dia da festa do prefeito, quando vai ser confirmado ogã. Fred e Luiza se beijam apaixonados. Rodolfo fica atônito quando Augusta lhe dá a missão de convencer Lívia a ficar noiva de Alexandre.    Félix entrega o dinheiro para Augusta, mas Adma assume a presidência da comissão de reforma da igreja, tendo Amapola como tesoureira.     Dulce e Rodrigo conversam com Guma sobre a criação de uma cooperativa de pescadores. Passa o tempo e a igreja fica pronta.     Lívia entrega o projeto a Félix, para ser implementado por outra pessoa, já que não pretende ficar em Porto. D. Coló chega à casa de Adma procurando por Arlete e seu filho.

      QUINTA FEIRA – 08/03/2001 Capítulo 28    Félix tenta convencer Lívia a ficar, sem sucesso. Guma está de volta disposto a formar uma cooperativa. Adma se assusta ao saber que D. Coló tem nas mãos cartas escritas por Arlete para Bartolomeu, que contam a história dos dois.     Félix manda levantar a situação da empresa na qual Lívia trabalha. Adma inventa uma história: Arlete mora com o filho, que tem problemas mentais, numa fazenda, levando uma vida reclusa.     Vênus, Serena e Genésia cuidam da arrumação da igreja, sob as ordens de Augusta.     Lívia procura Guma para dar as boas-vindas. Adma leva Coló para uma fazenda vazia, para que ela aguarde a autorização de Arlete para visitá-la.     Félix liga para o dono da empresa na qual Lívia trabalha. Adma tenta encontrar Eriberto e percebe que a solução do problema está mesmo em suas mãos.  

      SEXTA FEIRA – 09/03/2001 Capítulo 29    Lívia entrega o cheque, que recebeu de Félix, para Augusta. Oswaldo exige explicações, tirando o cheque da mulher.     Lívia fica indignada ao ser despedida pelo telefone, mas insiste que vai embora para o Rio. Ela descobre que foi Leontina que custeou sua educação e fica perplexa e garante que vai dar o dinheiro a outra tia assim que encontrá-la.     Adma entra e sai correndo de casa, sem atender ao chamado de Ondina. Jacques destrata Haidê Caolha, mas Judith toma a defesa.     Vênus, Genésia e Serena não deixam a prostituta entrar na igreja. Ricardina tenta interferir, Augusta chega e a confusão se generaliza.     A mãe-de-santo planeja lavar a igreja toda com água de cheiro. Esmeralda rejeita Rufino, que garante que ela ainda vai ser dele. Lívia e Guma se encontram. Adma envenena o refresco que oferece para D. Coló.

      SÁBADO – 10/03/2001 Capítulo 30    Amapola vê Fred e Luiza de mãos dadas. D. Coló começa a passar mal e Adma fica impassível vendo-a morrer. Félix procura pela mulher e fica impaciente por não encontrá-la.    Adma coloca o corpo no carro e leva para o hotel cassino. Fred nega estar namorando Luiza, mas Amapola manda Otacílio bancar o detetive.     Guma chega no terreiro, onde Ricardina lava as contas. Adma guarda em sua bolsa as cartas de Arlete e vai esperar Eriberto na estrada.     Leontina encontra D. Coló deitada no chão, sacode-a e ela dá um último suspiro. Crente que a matou, sai correndo até que encontra com Rodolfo.     Ondina insiste com o patrão que não sabe onde está Adma. Eriberto se prontifica a ajudar a patroa. Babau percebe que D. Coló esqueceu uma bolsa no bar e vai à casa do prefe 

 

     SEGUNDA FEIRA – 12/03/2001 Capítulo 31    Rodolfo obriga a tia a voltar ao hotel cassino, mas não encontram nada lá. Eriberto joga o corpo de D. Coló no mar.     Otacílio vê o filho aos beijos com Luiza. Rodrigo dá um beijo nos lábios de Dulce, que está adormecida e deixa um bilhete. Adma fica tensa quando Babau chega com a bolsa perguntando por D. Coló. Ondina insiste que ela esteve com Adma, que explode.     Alexandre, que também viu a mãe com a visita, não entende o chilique. Félix tenta entender o estado de nervos da mulher. Adma inventa que Coló fez chantagem e que era amante de Bartolomeu.     Eriberto confirma e diz que deu uma carona para ela até a cidade, que logo percebeu que havia esquecido a bolsa.     Guma toma um banho-ritual. Otacílio faz chantagem com Fred: ou ele acaba o namoro ou vai para bem longe. Ricardina tem um presságio que Guma vai ser rei. Adma e Eriberto se encontram.   

     TERÇA FEIRA – 13/03/2001 Capítulo 32    Eriberto garante que faz qualquer coisa por Adma. Ela oferece amizade e gratidão. Ele deixa claro que pode querer algo mais, algum dia. Dulce sonha com um beijo de Rodrigo e sorri ao ver o bilhete.     Rodrigo prefere não falar do segredo de sua vida, embora Babau insista. Genésia sofre com os gemidos e gritos de Socorrinho e Alfeu. Lívia pensa em Guma, que sonha acordado com ela. Eriberto morre de ódio quando Ondina joga em sua cara a paixão que ele sente por Adma.    Depois faz amor com Haidê pensando na patroa. Otacílio mente para a esposa garantindo que não existe nada entre Fred e Luiza.     A cidade está toda enfeitada para a festa de Félix. Judith teme que Jacques pegue trabalho sujo só para conseguir mais dinheiro.     Lívia quer saber mais sobre os seus pais. Oswaldo promete com o retrato de Laura nas mãos que um dia contará toda a verdade.          

     QUARTA FEIRA – 14/03/2001 Capítulo 33    Félix se arruma para a festa. Guma aguarda a cerimônia. Todos na cidade se preparam para a grande festança.    Eriberto ameaça Ondina, caso ela continue a falar de seu amor por Adma. Fred está decidido a continuar o namoro, mas Luiza acha melhor que eles não enfrentem a pressão dos pais.     Otacílio jura para Amapola que não existe nada entre o filho e a menina do cais.     Judith se emociona ao falar do futuro que deseja para Paçoca e se preocupa com o novo filho que tem na barriga, que ninguém sabe ainda.     Mãe Ricardina e suas iaôs começam a lavar a igreja com água de cheiro. Genésia tem um ataque e tranca todo mundo dentro da igreja que ela está disposta a limpar, e engole a chave. Augusta chega enfrentando Ricardina. Félix é avisado da confusão.

      QUINTA FEIRA – 15/03/2001 Capítulo 34    Genésia e Esmeralda brigam. Augusta tranca a porta e aguarda a polícia. Rita consola a filha, que sofre. A cidade comenta a confusão na igreja.    Oswaldo tenta convencer Augusta a abrir a porta, sem sucesso. Babau lê trechos do ABC de Rosa Palmeirão, mas quando sabe da briga na igreja corre para a Cidade Alta.     Muitos palpitam na porta da igreja, que continua trancada. Félix chega, faz com que a porta seja aberta e ordena que a igreja seja colocada nos trinques, marcando uma audiência com as duas líderes para minutos depois.     Guma faz uma oferenda para Iemanjá e pede que ela o ajude a mudar a vida do povo do cais. Fred garante ao pai que terminou o namoro.     Ricardina chega para o encontro com o prefeito. Oswaldo dá um calmante para Augusta e ela cai dura no chão.    

      SEXTA FEIRA – 16/03/2001 Capítulo 35    Todos tentam reanimar Augusta, somente Oswaldo permanece tranqüilo. As beatas e as iaôs ainda se defrontam na frente da igreja.     Genésia começa a soluçar. Socorro quer ajudar a bater na irmã e acaba pelada na rua. Oswaldo avisa a Félix que Augusta não poderá comparecer à reunião.     Ricardina pede uma posição do prefeito e ele aceita a homenagem do candomblé, liberando a lavagem da igreja. Depois da lavagem, Mãe Ricardina vai para o terreiro preparar a festa de Guma.     A cada soluço, Genésia cospe uma pitomba. Dulce arma um plano para que ela e Lívia possam ir à festa no terreiro. Eriberto chama Jacques para o trabalho.     Alexandre debocha da festa do povo do cais. Adma acha melhor não tirar fotos junto com Amapola. O bispo chega. Guma, Rufino, Esmeralda e Ricardina saem no mar. Genésia decide procurar o bispo para se curar do feitiço.

      SÁBADO – 17/03/2001 Capítulo 36    Começa a cerimônia da crisma de Félix. O Valente chega na Pedra de Iemanjá e todos lançam suas oferendas. Uma chuva de ouro cai sobre Guma.     Na igreja, uma chuva dourada cai também sobre Félix e todos pensam que foi encomendada por Adma. Leontina corre esbaforida com medo da defunta voltar.    Genésia invade a igreja expelindo pitombas. Félix fala ao pé do seu ouvido palavras sedutoras e consegue parar os soluços de Genésia.     Jacques recolhe o contrabando e é visto por Guma e Ricardina. Luiza atravessa a rua para não falar com Fred, mas depois chora.     Judith fica aliviada quando o marido volta, mas mesmo assim briga com ele. Félix é saudado como o rei da Bahia. Ricardina avisa Guma: para Iemanjá ele é que é o rei.

 

 

     SEGUNDA FEIRA – 19/03/2001 Capítulo 37    Todos tentam reanimar Augusta, somente Oswaldo permanece tranqüilo. As beatas e as iaôs ainda se defrontam na frente da igreja. Genésia começa a soluçar; Socorro quer ajudar a bater na irmã e acaba pelada na rua.     Oswaldo avisa a Félix que Augusta não poderá comparecer à reunião. Ricardina pede uma posição do prefeito e ele aceita a homenagem do candomblé, liberando a lavagem da igreja.     Depois da lavagem, Mãe Ricardina vai para o terreiro preparar a festa de Guma. A cada soluço, Genésia cospe uma pitomba.    Dulce arma um plano para que ela e Lívia possam ir à festa no terreiro. Eriberto chama Jacques para o trabalho.     Alexandre debocha da festa do povo do cais. Adma acha melhor não tirar fotos junto com Amapola. O bispo chega. Guma, Rufino, Esmeralda e Ricardina saem no mar. Genésia decide procurar o bispo para se curar do feitiço.   

     TERÇA FEIRA – 20/03/2001 Capítulo 38       Começa a cerimônia da crisma de Félix. O barco Valente chega na Pedra de Iemanjá e todos lançam suas oferendas. Magicamente, uma chuva de ouro cai sobre Guma.     Na igreja, uma chuva dourada cai também misteriosamente sobre Félix e todos pensam que foi encomendada por Adma. Leontina corre esbaforida com medo da defunta voltar.     Genésia invade a igreja cuspindo pitombas. Félix fala para ela, ao pé do ouvido, palavras sedutoras e consegue parar os soluços de Genésia.     Jacques recolhe o contrabando e é visto por Guma e Ricardina. Luiza atravessa a rua para não falar com Fred, mas depois chora.    Judith fica aliviada quando o marido volta, mas mesmo assim briga com ele. Félix é saudado como o Rei da Bahia. Ricardina avisa Guma: para Iemanjá ele é que é o Rei.  

     QUARTA FEIRA – 21/03/2001 Capítulo 39    Augusta nem se move. Genésia acorda calmíssima e não se lembra de nada, muito menos das pitombas. Guma sonha com Lívia transmutada em Iemanjá. Esmeralda se rói de ciúmes.     Venâncio aplaude o visual de Amapola. Os meninos na praia jogam coquinhos em Leontina. A chave da igreja está no chão do quarto de Genésia, que encontra-a e guarda.    Começa a cerimônia no terreiro de mãe Ricardina. Na casa de Félix e Adma, chegam os primeiros convidados. Lívia finge passar mal e Dulce se prontifica a levá-la ao consultório de Rodrigo.     Alexandre fica dividido, mas a mãe insiste que o pai quer que ele fique o tempo todo ao seu lado.     Augusta acorda e vai para a igreja e fica indignada ao saber que perdeu tudo. Invade a festa de Félix e afronta Adma inquirindo-a como começou uma festa sem a sua presença.

      QUINTA FEIRA – 22/03/2001 Capítulo 40    Adma expulsa-a da festa. Augusta ainda tenta contestá-la, mas a anfitriã usa a força e acaba arrancando as mangas do vestido da convidada. Oswaldo leva Augusta embora.     Mãe Ricardina, vestida como Iemanjá, sai da camarinha seguida por Guma, que se torna ogã. Lívia olha extasiada.    Vênus e Serena fofocam a decadência da líder. Rodolfo se preocupa com o estado de Leontina e promete levar Lívia para encontrá-la.     Félix manda o filho ir atrás da namorada. Dulce quer ir embora, mas Lívia prefere ficar. Ao perceber que a noiva foi para o terreiro, Alexandre manda Eriberto juntar uns homens e segue para lá, disposto a arrumar confusão.     Guma senta na cadeira assumindo o lugar de honra. Lívia se assusta com a chegada de Alexandre.  

      SEXTA FEIRA – 23/03/2001 Capítulo 41    Os homens resolvem proteger Ricardina, menos Jacques que fica distante. Os capangas fazem um círculo em torno de Alexandre. Os convidados de Félix olham extasiados a queima de fogos.     Alexandre quer levar Lívia à força. Guma interfere, mas ela pede que ele fique de fora da confusão. O casal sa, mas Iemanjá manda Guma dar uma lição no moleque. Nas ruas do cais, Alexandre e Guma brigam.     Quando vê que está perdido, Alexandre manda os homens de Eriberto interferirem. Guma é imobilizado e os pescadores ficam sob a mira de uma arma.    Lívia coloca o seu corpo para proteger o pescador e o noivo desiste. Guma é levado em delírio pelas ruas do cais.     Esmeralda desafia Ricardina e os santos, que mandam que ela se afaste de Guma. Lívia termina tudo com Alexandre e avisa que vai para o Rio. Ele jura para si mesmo com muito ódio se vingar de Guma.

      SÁBADO – 24/03/2001 Capítulo 42    Alexandre chega chutando tudo e os pais querem saber o que aconteceu. Esmeralda tira do pescoço a sua guia.    Uma brisa faz Lívia sair de casa e encontrar Guma. Os dois se beijam, para choque de Esmeralda. Alexandre esbraveja e Félix adia a conversa para a manhã seguinte, apesar dos protestos de Adma.     Eriberto escuta tudo escondido e resolve contar o ocorrido. Lívia vai ao encontro de Leontina e as duas se abraçam com muito amor. Guma é só felicidade na hora de sair para a pescaria.     Félix fica com ódio de Guma. Basta ouvir o nome do prefeito que Genésia soluça. . Luiza pede que Fred esqueça-a, mas depois sofre nos braços da mãe.     Félix manda que Eriberto não compre peixe de mais ninguém. Os pescadores ficam atônitos. Guma questiona Eriberto para saber se foi por causa da briga.

 

 

     SEGUNDA FEIRA – 26/03/2001 Capítulo 43    Eriberto desfeiteia os pescadores e vai embora sem comprar nada. Jacques se coloca mais uma vez contra os colegas.    Guma insiste na idéia da cooperativa. Babau se preocupa porque Esmeralda está cada vez mais parecida com a mãe. Leontina desanima de enfrentar Augusta quando Lívia conta que vai para o Rio e a jovem acaba adiando a partida.     Ondina fica revoltada com a atitude dos patrões e enfrenta Adma, que tripudia. Dulce e Rodrigo ajudam Guma a convencer os pescadores sobre a cooperativa.     Guma distribui os peixes para o povo e depois decide ir falar com o prefeito sobre a cooperativa. Socorrinho e Genésia brigam como sempre. Félix é duro com o filho e acha que ele errou.    Ele manda Alexandre mudar de atitude com Lívia, bancar o compreensivo e gentil. O prefeito diz que recebe o pescador, mas não o reconhece como líder.    

     TERÇA FEIRA – 27/03/2001 Capítulo 44    Adma estranha como os caminhos de Alexandre e Guma vivem se cruzando. Guma e Félix se encaram. Leontina entra em casa e se enche de recordações.    Guma quer saber se Félix vai voltar atrás na sua decisão. O prefeito quer que ele implore. No impasse, o pescador vai embora sem falar na cooperativa.     Guma, na saída, olha o retrato de Bartolomeu. Lívia avisa sobre a chegada de Leontina e proíbe Augusta de perturbá-la. Oswaldo fica maravilhado com a presença de Léo e os dois se abraçam, carinhosamente.     Eriberto ouve escondido a reunião de Guma com os pescadores. Alexandre procura Lívia, mas Rodolfo avisa que não é o momento.     Lívia entrega o cheque para a tia. Félix se surpreende com a cooperativa e planeja mais coisas com Eriberto. Guma quer alugar um caminhão frigorífico em Serro Azul, mas se assusta com o preço. Dulce promete conseguir o dinheiro.     

     QUARTA FEIRA – 28/03/2001 Capítulo 45    Alexandre se tranqüiliza ao saber que Lívia vai ficar mais uns dias na cidade. Leontina não quer aceitar o dinheiro.     Félix manda Eriberto quebrar a crista de Guma. Oswaldo impede que Augusta roube o cheque de Leontina. Judith cobra do marido uma posição solidária com os colegas e ele reage.     Ricardina recebe Iemanjá de frente. Guma é cercado pelos homens de Eriberto, que usam paus e cassetetes. Iemanjá surge e manda que eles soltem o pescador.    Os agressores não obedecem e com um gesto a entidade os arremessa longe. Ricardina tem certeza que Guma foi prometido pela mãe à Rainha do Mar e manda que Rufino esteja sempre com Guma para protegê-lo.    Leontina aceita o dinheiro se for para ela e a sobrinha gastarem juntas no Rio. Augusta convence Lívia a descontar o cheque direto no banco. Félix fica furioso com Eriberto.

      QUINTA FEIRA – 29/03/2001 Capítulo 46    Eriberto sai pisando duro do escritório de Félix e deixa claro que só agüenta tudo por Adma. Otacílio não empresta o dinheiro para Dulce.    Augusta fica cara a cara com Leontina: humilha-a e deixa-a chorando. Esmeralda se coloca na frente de Lívia para dizer que os capangas de Félix bateram em “seu” noivo.    Rita dá notícias de Guma para Lívia. Vênus ,Serena e Genésia surpreendem os sussurros de Socorrinho e Alfeu atrás do balcão e a confusão se forma.     Lívia larga a bolsa com dinheiro em cima de um móvel. Amapola passa um pequeno sermão na cunhada, mas empresta o dinheiro.    Rodrigo comunica que não vai ser possível alugar o caminhão, quando Dulce chega com o cheque. Todos comemoram a boa notícia.   

      SEXTA FEIRA – 30/03/2001 Capítulo 47    Dulce avisa que o benfeitor pediu sigilo. Otacílio se sente apunhalado pelas costas por Amapola. Rita percebe a gravidez de Judith, que pede que ela nada fale ainda. Rodolfo olha com interesse a bolsa com dinheiro.     Lívia manda Augusta deixar Leontina em paz até a viagem delas. Guma, Rufino e Esmeralda saem para ver a lua. Guma e Lívia se encontram e se despedem.     Félix promete a Alexandre conseguir que Lívia não vá embora em três dias. Guma desiste de ir olhar a lua e Esmeralda fica furiosa.     Augusta pega o envelope de dinheiro e acha um desperdício que ele vá para as mãos de Leontina. Rodrigo quase beija Dulce, mas foge.     Jacques briga com Judith por causa da cooperativa. Augusta desce para o jantar toda alegre. Félix não gosta da reação de Adma quando ele avisa que Alexandre vai assumir a fábrica. Lívia descobre que o dinheiro sumiu.

      SÁBADO – 31/03/2001 Capítulo 48    Lívia acha que foi Augusta, embora Leontina não acredite. Rodolfo pede que Quirina avise a todos que ele saiu e não tem hora para voltar.     Augusta nega e fica surpresa ao saber que o dinheiro desapareceu. Félix pressiona Adma para saber porque ela rejeita Alexandre e o filho escuta tudo. Ambos ficam abalados quando ela confessa que sente ciúmes do rapaz e que só vê os seus defeitos.     Alexandre desafia a mãe e garante que vai mostrar a sua força. Augusta não deixa ninguém sair da sala até a chegada do filho. Rodolfo bebe no Farol das Estrelas.     Haidê recebe uma carta de Selminha Aluada avisando que vai voltar. Os amigos temem a reação de seu irmão Rufino. Amapola e Otacílio se exercitam juntos na esteira.    Fred tenta reatar o namoro, mas Luiza não aceita. Félix decide não fazer nada contra os pescadores, por enquanto. Adma humilha Eriberto. Adma encara o marido, ainda aborrecido com ela.    

 

 

     SEGUNDA FEIRA – 02/04/2001 Capítulo 49    Adma e Félix fazem as pazes; Alexandre observa. Rufino fica perturbado quando Haidê lhe mostra a carta de sua irmã Selminha. Jacques discute com Judith e Paçoca ouve tudo. Ondina consola Alexandre.     Jacques vê Judith chorando e se arrepende. Fred sofre ao pensar em Luiza. Ela chora no colo da mãe, que garante que ela fez a coisa certa.     Os pais de Fred sentem pena do filho, mas têm certeza que é bom que ele não se envolva com alguém do cais. Paçoca conta a Ondina que seus pais têm brigado.     Rita sente forte emoção ao saber que Selminha vai voltar para Porto dos Milagres. Adma recebe carta anônima com foto de D.Coló e desconfia de Eriberto.     Rodolfo chega em casa, e todos passam a se acusar mutuamente até que Lívia encerra a discussão. Dulce dá o dinheiro a Guma. Lívia pede a Leontina que fale sobre sua mãe.  

     TERÇA FEIRA – 03/04/2001 Capítulo 50    Oswaldo acusa Augusta de ser a culpada pela morte de Laura. Leontina conta a Lívia sobre seus pais, mas não esclarece tudo.     Félix pega o envelope com o dinheiro que mandou Eriberto roubar e saboreia o plano que elaborou para que Lívia fique mais tempo na cidade. Amapola se irrita ao encontrar o ABC de Rosa Palmeirão em seu armário.     Otacílio acha um recorte de jornal com a foto de Rosa e se emociona. Ondina se preocupa ao saber que Jacques anda recolhendo o contrabando.     Dulce insiste com Rodrigo que se abra com ela, mas ele lhe pede paciência. Rita e Haidê conversam sobre Selma. Socorro, Alfeu e Genésia brigam; e Epifânia, tentando separá-los, passa mal.     Adma vai ao encontro de Amapola para falar sobre a carta. Guma chega na cidade com o caminhão e é saudado por todos. Adma é seguida por um homem e atacada, mas Rosa Palmeirão chega na hora.    

     QUARTA FEIRA – 04/04/2001 Capítulo 51    Rosa dá uma chave de pescoço no homem e com o punhal ameaçando-o manda que ele solte Adma, que está desacordada. Félix olha de longe Guma sendo aclamado como o rei do mar.     Alexandre leva flores para Lívia e pede que eles sejam ao menos amigos. Rodrigo examina Epifânia e conclui que ela está com estresse. Genésia e Socorrinho culpam-se mutuamente. Rosa coloca Adma no banco do carona e leva-a para a cidade.     Socorrinho e Genésia fazem uma trégua. Leontina percebe o interesse de Lívia por Guma. Rita tenta convencer Rufino a aceitar Selma de volta.    Esmeralda arma novo plano para seduzir Guma. Babau vê de longe, mas reconhece Rosa Palmeirão. Félix é avisado que Adma chegou em casa desmaiada trazida por uma mulher.    Jacques quer desistir de ir buscar o contrabando, mas Eriberto tenta-o com o dinheiro. Amapola desmaia ao dar de cara com Rosa.

      QUINTA FEIRA – 05/04/2001 Capítulo 52    Rosa aguarda Félix. Amapola recobra os sentidos e avisa que vai levar Otacílio para bem longe de Porto. Babau avisa no bar que viu Rosa.    Esmeralda quer um vestido novo e para isso faz charme para Rufino. Félix fica desesperado ao ver a mulher desmaiada. Judith sofre porque o marido sai para o mar.     Oswaldo se preocupa quando Leontina garante que vai cair no mundo outra vez. Félix analisa Rosa e seu punhal. Ela se apresenta com o nome de Maria e conta o que aconteceu, deixando-o raivoso.     Adma acorda e Rodrigo pede que ela faça exames em Serro Azul. Félix manda Otacílio entregar o dinheiro para a salvadora no Farol das Estrelas. Lívia e Guma se encontram. Amapola corre atrás de Otacílio ao saber que ele foi para o cais.     Babau abre um champanhe para comemorar a volta de Rosa. Otacílio fica abismado ao dar de cara com a ex-noiva.   

      SEXTA FEIRA – 06/04/2001 Capítulo 53    Rosa trata Otacílio com indiferença. Ele tripudia falando da mulher e dos filhos. Amapola e Venâncio correm pelas ruas do cais.     Rosa não aceita o dinheiro e joga-o na cara de Otacílio, que acusa-a de tê-lo humilhado. Amapola entra e proíbe o marido de falar mais uma palavra com Rosa, que tripudia e vai embora.     Otacílio vai atrás e todos seguem-no. Rita convida Judith para trabalhar com ela fazendo doces. Rosa cai de tabefes em cima de Otacílio, a polícia chega e Amapola exige a prisão da meliante.     Lívia divide seus problemas com Guma: se ela for embora, Leontina vai sumir de novo. Dulce interrompe quando os dois quase estão se beijando.     Rodolfo tenta convencer Alexandre a comprar o hotel-cassino. Dulce pensa ter visto Rodolfo quase beijando Haidê. Rosa é presa. Félix fica furioso ao saber que ela recusou o dinheiro.

      SÁBADO – 07/04/2001 Capítulo 54    Guma e Lívia se despedem com um beijo. Rodrigo procura por Dulce, que chora na beira do mar.     Félix manda Otacílio tirar a ex-noiva do xadrez para que ele possa resolver o impasse da recompensa. Eriberto avisa que encontrou o homem que agrediu Adma. Amapola fica furiosa porque o marido vai cumprir a ordem do prefeito.     Dulce tira a roupa e mergulha na água; Rodrigo admira de longe, maravilhado. Dulce desaparece na água e Rodrigo pula no mar para salvá-la.     Da respiração boca a boca eles passam para um beijo e para o amor. Lívia avisa à Leontina que vai ficar mais um tempo em Porto dos Milagres. Guma vai partir com muito peixe e Esmeralda quer ir junto.     Genésia e Socorrinho bancam irmãs amantésimas. Félix dá uma surra no agressor de Adma. Eriberto arremata com um tiro. Rosa e Guma cruzam olhares. Rodrigo pede Dulce em casamento. Rosa e Félix ficam de novo cara a cara.

 

 

     SEGUNDA FEIRA – 09/04/2001 Capítulo 55    Félix pede que Rosa aceite o presente dele e de Adma. Venâncio se preocupa ao saber que Dulce dormiu fora de casa.     Alexandre cobra do pai uma atitude contra Guma. Félix avisa que ainda não é o momento e Alexandre decide agir por conta própria. Ele denuncia à fiscalização o caminhão que está viajando com mercadoria perecível e sem nota fiscal.     Rita fica feliz ao saber que o doutor e a professora se acertaram. Otacílio se lembra com amargura do passado e joga fora o recorte com o retrato de Rosa. Haidê conversa com Rosa sobre negócios.     Guma é parado na blitz, mas é logo liberado pelo chefe da fiscalização, que é um afilhado de Mãe Ricardina. Alexandre observa tudo de longe, irritadíssimo.    Rodrigo liga para a mãe, mas logo desliga ao saber que o pai está em casa. Os pescadores explodem de alegria ao saber notícias de que tudo deu certo. Guma derrama o dinheiro sobre o balcão.  

     TERÇA FEIRA – 10/04/2001 Capítulo 56    Os pescadores fazem a festa. Jacques critica a divisão do dinheiro. Augusta acha que a sobrinha vai reatar com Alexandre. Ondina aconselha Judith a lutar pela família.     Esmeralda vai tomar sorvete com Rufino. Félix promete a Alexandre que compra o hotel cassino se ele e Lívia se casarem.     Otacílio, Amapola e Dulce comemoram o futuro casamento. Adma fica inquieta quando Eriberto deixa claro que deu uma lição no bandido por sua conta.     Beatriz segue Fred e descobre a sua paixão por Luiza. Rufino manda Esmeralda escolher o vestido que quiser em Serro Azul. Rita fica nervosa cada vez que ouve o nome de Selma. Ondina explode com Eriberto.     Judith conta para Jacques que está gravida e exige que ele largue o contrabando. Alexandre ferve de ódio ao ver Guma e Lívia juntos. Uma carta anônima surge debaixo da porta e Félix vai abrir, para desespero de Adma.     

     QUARTA FEIRA – 11/04/2001 Capítulo 57    Adma arranca a carta das mãos do marido, que fica cismado. Alexandre convida Lívia e Leontina para uma ida de helicóptero a Salvador para comer lagosta.    Augusta fica revoltada por não ter sido convidada. Jacques, bêbado, só sabe falar mal da cooperativa. Adma se assusta ao ver a foto de Coló no envelope e mente para Félix, dizendo que é o orçamento de uma festa surpresa.     Ele finge acreditar, mas a suspeita permanece. Leontina se emociona, quando o maitre do restaurante a reconhece.     Lívia fica contente ao saber que foi Alexandre que preparou tudo. Dulce ouve recado da mãe de Rodrigo e ele promete contar tudo na hora certa.     Alexandre se despede afetuosamente de Lívia. Guma vê tudo de longe, depois se aproxima e ela dá um longo beijo nele. Adma pressiona Eriberto para saber se ele mandou as cartas anônimas.

      QUINTA FEIRA – 12/04/2001 Capítulo 58    Guma vai embora cismado porque Lívia foi jantar com o ex-noivo. Eriberto nega tudo, quase declara seu amor, mas é interrompido pela chegada de Ondina.     E logo depois por Félix, que quer saber o que os dois conversavam. Eriberto salva a situação dizendo que havia contado a Adma que matara o seu agressor, para espanto de todos.     Félix precisa impedir que Ondina procure a polícia. Quando os patrões se retiram, o capataz aproveita para ameaçar sutilmente Ondina. Lívia exige que Augusta conte a história de seus pais, mas ela não revela que o pai dela era pescador.     No quarto com Oswaldo, Augusta confessa a sua culpa. Amapola está louca para saber se Rosa foi embora mesmo. Epifânia está feliz com a amizade das filhas.     Genésia tem um sonho erótico com o capeta. Félix quer que o caminhão de Guma exploda e pegue fogo, mas que o pescador nada sofra.  

      SEXTA FEIRA – 13/04/2001 Capítulo 59    Lívia vai à casa de Guma. Félix quer que Guma fique na miséria. Amapola manda Venâncio não deixar Fred sair de casa. Judith sai para ajudar Rita a fazer empadas.     Beatriz arruma uma desculpa e consegue sair com o irmão. Os dois vão ao encontro de Luiza, que topa bater um papo. Vênus e Serena quase desmaiam ao ver Alexandre sem camisa correndo nas ruas de baixo.     Ele fica furioso ao ver Guma e Lívia tomando café juntos no Farol das Estrelas. Félix garante à Adma que vai fazer Lívia ficar em Porto dos Milagres.     Selminha Aluada chega na cidade, sua mala se abre e todos debocham de uma calcinha vermelha. Rodolfo a ajuda.     Genésia cumpre penitência na igreja. Rita se emociona ao ver de longe Selma e Haidê abraçadas. Alexandre espera por Lívia e propõe uma conversa séria.

      SÁBADO – 14/04/2001 Capítulo 60    Alexandre aconselha Lívia a não ser amiga de Guma, porque as pessoas já começaram a maldar. Félix fica furioso ao saber que Lívia está se encontrando com o pescador.     Alexandre estranha, mas gosta da reação do pai. Oswaldo ameaça chamar um psiquiatra para internar Augusta.     . Esmeralda escolhe um vestido bem espalhafatoso numa loja de Serro Azul. Rita reza por sua filha Selma, que não pode abraçar.     Babau concorda que Selminha more uns tempos no quarto em cima do bar. Beatriz promete ajudar o namoro de Fred e Luiza. Selminha mostra para Haidê os livros da Coleção das Moças que comprou e faz perguntas sobre Rodolfo.     Lívia recebe um cartão de Félix convidando-a para aparecer em sua casa. Rufino não tem dinheiro suficiente para comprar o vestido e Esmeralda tem um ataque de raiva. Félix convida Lívia para trabalhar com ele.   

 

SEMANA DE 16/04 a 21/04 

     SEGUNDA FEIRA – 16/04/2001 Capítulo 61    Alexandre torce para que Lívia aceite a proposta do pai. Guma pensa na amada. Judith vai criar os filhos longe se Jacques insistir em trabalhar com o contrabando. Lívia pede um tempo para pensar.     Félix, confiante, acha que ela está no papo. Para seguir avante em seu plano, Félix manda que Eriberto consiga um espião entre os pescadores. Ele procura Jacques e oferece muito dinheiro.     Luiza e Francisco estranham as reações de Rita sempre que se fala em Selminha. Amapola e Otacílio se agarram e se enroscam na esteira.     Rodrigo examina Judith, que se resfriou, e Jacques faz questão de pagar a consulta.     Os pescadores se reúnem e Jacques fica atento a tudo. Guma tem um pressentimento e decide mudar o seu trajeto.   

     TERÇA FEIRA – 17/04/2001 Capítulo 62    Mãe Ricardina joga os búzios e garante à Ondina que o filho de Bartolomeu está vivo e tem uma luz muito bonita.     Rodolfo conta para Leontina que vai para uma reunião de negócios, que poderá salvar a família, mas pede segredo. Haidê manda Selminha parar de pensar em Rodolfo.     Oswaldo curte seu amor secreto por Leontina. Ondina fica surpresa ao saber que vai ser avó de novo. Jacques conta tudo o que ouviu para Eriberto.     Félix insiste que Guma não pode ter nenhum arranhão. Selminha e Haidê afugentam Vênus e Serena levantando a blusa. Epifânia chama a atenção de Genésia por espalhar que o capeta vem lhe procurando.    Alexandre leva flores para Leontina. Augusta faz jogo duro com a irmã e proíbe-a de procurar homens. Quando Lívia abre a porta para Alexandre sair, dá de cara com Guma. Os dois homens se encaram com hostilidade. 

     QUARTA FEIRA – 18/04/2001 Capítulo 63    Alexandre vai embora irritado. Guma fica para um café. Epifânia declara-se curada: dá bronca em Genésia, que cisma em fazer faxina; arrasa com Socorrinho e Alfeu que fazem amor atrás do balcão e briga com Deodato que abandonou a loja.    Na política, decide voltar a dar expediente na Prefeitura. Augusta reage ao ver Guma na cozinha de sua casa.     Pergunta se ele pode consertar o chuveiro e fica abismada ao saber que ele, um pescador, é convidado de Lívia. Augusta manda que ele saia pela porta dos fundos.     Lívia enfrenta a tia e pede que ele fique. Augusta chama-a de Laura e acusa-a de estar castigando-a. Oswaldo encerra a confusão levando-a para cima e dando-lhe um calmante.    Leontina cumprimenta amavelmente Guma. Rufino procura Esmeralda. Lívia pede que Oswaldo conte toda a verdade

     QUINTA FEIRA – 19/04/2001 Capítulo 64    Oswaldo pede que ela confie nele, mas nada conta. Esmeralda se nega a escolher um vestido mais barato, embora Rufino insista. Os dois acabam se beijando.     Selminha aborda Rodolfo oferecendo companhia, mas disfarça, quando percebe que é ele. Augusta acorda de repente e vai para a cozinha expulsar Guma, que já havia ido embora há horas.    Lívia estranha; a tia desaba de novo. Rufino promete arranjar o dinheiro para Esmeralda. Selma fica arrasada quando Rodolfo numa boa deixa claro que sabe que ela é uma prostituta.     Félix acha que Epifânia será pau mandado. A vice prefeita tem certeza que será uma grande prefeita. Félix promete a Alexandre que Lívia será dele.     Oswaldo e Rodolfo conversam sobre a decadência da família. Os pescadores saem para o mar. Rufino pede um cordão de ouro do pai que estava guardado com Rita. Selminha dá de cara com o irmão. Lívia aceita a proposta de Félix.         

SEMANA DE 16/04 a 21/04 

      SEXTA FEIRA – 20/04/2001 Capítulo 65    Todos brindam com champanhe. Rufino se recusa a falar com Selminha. Epifânia caminha pela cidade em direção à prefeitura e a população aplaude.     Rita sofre ao ouvir as palavras duras de Rufino sobre a irmã, que só deseja ver longe. Guma estranha quando Rufino avisa que não vai acompanhá-lo na viagem à Salvador.     Amapola organiza o jantar de noivado de Dulce e Rodrigo. Lívia aceita ser a madrinha do casamento. Eriberto convida Jacques para ir com ele seguindo Guma.    Félix insiste que tem que parecer um acidente e que Guma não pode sofrer nada. Adma pergunta a Babau se ele sabe como a foto de Coló foi parar na sua porta. Fred e Luiza namoram sob os olhares de Ana Beatriz.     Rodolfo recebe telefonema, mas disfarça quando a mãe pergunta quem é. Guma beija Lívia ao saber que ela vai ficar em Porto dos Milagres.

      SÁBADO – 21/04/2001 Capítulo 66    Babau nega o envolvimento à Adma. Augusta pressiona Leontina e acaba descobrindo que Lívia aceitou a proposta de Félix. Esmeralda pega um facão ao ver Guma e Lívia se olhando intensamente.     Francisco debocha de Eriberto, que o chama de bêbado. Esmeralda chama Lívia de quenga e Guma perde a paciência. Quando ele volta para pedir desculpas, Esmeralda tasca-lhe um beijo.     Francisco parte para briga com Eriberto, que revida. Guma dá-lhe um soco e o capanga pega a arma. Rodrigo o impede de disparar.     Selma encontra Rita e a trata friamente, alegando que ela sempre preferiu Rufino. Rita chora e pede perdão, mas Selma garante não precisar de sua amizade.     Judith fica pasma ao saber que Selma é filha de Rita e consola a amiga, que relembra o passado. Eriberto sabota o caminhão de Guma, que não consegue diminuir a velocidade e desce desgovernado em uma ladeira.  

 

     SEGUNDA FEIRA – 23/04/2001 Capítulo 67    Jacques fica em pânico ao ver o caminhão de Guma completamente desgovernado. Eriberto saboreia o fim do inimigo. O caminhão cai no mar e Guma fica preso pelo cinto de segurança. Mãe Ricardina tem um presságio.    Jacques vai se jogar no mar para salvar Guma, mas Eriberto acerta-lhe vários tiros nas costas. Félix fica atônito ao saber que Guma e Jacques morreram. Iemanjá salva Guma.     O senador Victorio Viana, presidente do partido de Félix, avisa que vai jantar na casa dos Guerrero. Augusta atende telefonema de uma mulher para Rodolfo e estranha. Amapola prepara um jantar triunfal para o noivado de Dulce.     Fred e Bê convidam Luiza. Rodolfo pede que Rosa não ligue mais para a sua casa. Babau lê novo cordel sobre Rosa Palmeirão. Rufino dá o dinheiro para Esmeralda.     Judith desmaia quando Eriberto dá a notícia que Jacques está morto. Guma chega ao Farol das Estrelas e anuncia que perdeu tudo.   

     TERÇA FEIRA – 24/04/2001 Capítulo 68    Os pescadores se chocam com a notícia. Adma estranha a inquietação de Félix. Na versão de Eriberto, Jacques foi morto por contrabandistas rivais. Judith chora abraçada com Paçoca.     Guma promete pagar todo o prejuízo. Eriberto fica furioso ao descobrir que o pescador não morreu. Félix não sabe se fica triste ou contente com a notícia.     Luiza chega na festa de noivado e todos temem a reação de Amapola. Fred enfrenta a mãe e afirma o seu amor pela jovem. Otacílio pede que ela não estrague o jantar de Dulce e Amapola trata Luiza muito bem.    Esmeralda está radiante com o vestido que comprou. Alexandre pede que Lívia vá ao jantar em sua casa.     Ondina fica fora de si ao saber da morte do filho e sai aos gritos; Adma obriga-a a voltar para dentro de casa e continuar a trabalhar. Victório Viana chega e vê a cena.   

     QUARTA FEIRA – 25/04/2001 Capítulo 69    Félix salva a situação e Adma se recompõe rapidamente. Todos sofrem no velório de Jacques. Leontina promete a Lívia levar um recado para Guma enquanto ela está no jantar dos Guerrero.     Todos aguardam que o senador tenha vindo dar o seu apoio à candidatura de Félix. Venâncio se esmera ao servir à francesa os refinados pratos do jantar de noivado.     Uma nuvem negra turva o olhar de Amapola quando Fred dá um beijo em Luiza. O senador conversa com Félix e fala mal dos políticos, garantindo que tem provas contra todos.     Leontina bebe no velório, chama Severino de tuaregue e pede que ele leve-a para passear na praia.     Esmeralda se produz toda. Oswaldo vai atrás de Léo. Victorio avisa a Félix que ele só poderá ser candidato daqui a quatro anos.

      QUINTA FEIRA – 26/04/2001 Capítulo 70    Félix não demonstra a sua decepção. Oswaldo tenta interromper, em vão, o agarramento de Severino e Leontina.     Selminha avisa a Guma que há alguém em seu barco. Ao chegar lá, ele dá de cara com Esmeralda com o vestido novo, maquiada, com meia arrastão e salto. Cai na gargalhada por ela estar parecendo uma quenga. Esmeralda parte para cima dele dando-lhe socos.     Rufino flagra os dois e ela alega que foi agarrada por ele. A verdade logo aparece e Rufino fica com raiva de Esmeralda. Oswaldo insiste e Severino desiste de Leontina.     Oswaldo e Leontina se beijam e ela desmaia em seguida. Amapola entra em depressão. Félix convida Adma para ir à convenção do partido, de onde sairá candidato a governador.     Para convencer o senador, tem um trunfo: uma fita, na qual gravou toda a conversa que tiveram. Lívia e Guma fazem amor pela primeira vez. A amarra se solta e o barco fica à deriva   

      SEXTA FEIRA – 27/04/2001 Capítulo 71    Oswaldo chega em casa com Leontina desmaiada nos braços. Epifânia acha que Genésia deve começar a trabalhar.     Fred se sente culpado pela catatonia da mãe. Guma e Lívia trocam juras de amor. Adma exulta com a astúcia de Félix, que já sonha com a Presidência. Ondina, Judith e Paçoca se abraçam e se consolam no enterro.     Félix manda Eriberto procurar o dono do caminhão. Babau tem uma forte discussão com Esmeralda ao vê-la vestida como uma quenga. Judith joga na cara de Eriberto o dinheiro que ele oferece-lhe.     Lívia se assusta ao ver o barco em alto mar. Rufino tripudia de Esmeralda e conta que Guma passou a noite no mar com Lívia.     Augusta conclui que Lívia dormiu na casa dos Guerrero e liga para Alexandre, que fica fora de si. Otacílio faz perguntas a Rodrigo sobre o passado. Esmeralda e Alexandre vêem Guma e Lívia se beijando a bordo do Valente.

     SÁBADO – 28/04/2001 Capítulo 72    Rodrigo promete a Otacílio conversar com Dulce. Rodolfo chega em casa com um monte de dólares e avisa que vendeu o hotel-cassino.    Zé da Bomba mostra um contrato assinado: Guma vai ter que entregar seu barco para pagar o caminhão. Babau teme que a filha esteja seguindo os caminhos da mãe e se aconselha com Ricardina.     Alexandre e Esmeralda fazem um pacto para separar Lívia e Guma. Guma pede que Iemanjá aponte caminhos.     Oswaldo tenta falar sobre a noite anterior, mas Leontina não se lembra de nada. Alexandre reage forte ao saber que a mãe não deixou que ele fosse avisado da morte do filho de Ondina.     Para animar Amapola, Venâncio fala que Otacílio foi atrás de Rosa e ela desmaia. Guma chega em casa e encontra Félix. 

 

 

SEMANA DE 30/04 a 05/05 

     SEGUNDA FEIRA – 30/04/2001 Capítulo 73    Amapola tem um delírio que Otacílio está indo embora com Rosa, sai da depressão e chama a todos de traidores. Alexandre acusa Adma de sentir ciúmes de Ondina.     Félix oferece dinheiro a Guma, que recusa. Amapola decide ficar mais turbinada do que nunca. Lívia fica sabendo que Guma vai perder o barco.     Dulce se mostra mais apaixonada ainda ao saber do passado de Rodrigo. Ele teme que alguém mais descubra a sua história. Epifânia quer que toda a família esteja na sua posse.    Ondina oferece à nora e ao neto todo o dinheiro que tem guardado para garantir o futuro deles. Félix vai viajar com Adma para a convenção. Antes de ele partir, Lívia lhe pede um adiantamento de salário.     Oswaldo e Rodolfo chegam em casa cheios de dólares. Augusta já gastou por conta e carregadores entram com muitos pacotes na casa da família. Zé da Bomba chega para pegar o barco. Lívia entrega um envelope com dinheiro para Guma.   

     TERÇA FEIRA – 01/05/2001 Capítulo 74    Lívia garante que o dinheiro é da venda do hotel-cassino. Guma paga Zé da Bomba e os pescadores. Augusta vibra com tudo que comprou.     Amapola decide mudar a sua estratégia com o filho. Rita se chateia ao ver o deslumbramento de Luiza. Esmeralda procura Alexandre. Félix desconcerta o filho ao garantir que tudo faz parte da sua estratégia.     Amapola surpreende Fred mandando-o convidar Luiza outra vez para ir na casa deles. Selminha brinca com Paçoca no riacho. Lívia tenta dizer, mas Félix não quer saber para que ela usou o dinheiro.     Augusta diz à família que comprou uma passagem para Paris. Félix não deixa Epifânia fazer o discurso de posse.     Adma recebe um telefonema anônimo perguntando por D. Coló. Ondina ouve tudo e pressiona a patroa, que parte para cima dela com fúria assassina. Amapola chega, quebrando o clima.    

     QUARTA FEIRA – 02/05/2001 Capítulo 75    Amapola tenta acalmar Adma e pede que ela esqueça o passado. Selminha destrata Rita. Ondina culpa Eriberto pela morte de Jacques, mas avisa que o filho de Bartolomeu um dia vai chegar para fazer justiça.     Augusta se produz toda para ir à igreja. Leontina fica aflita por não se lembrar do que aconteceu na noite do beijo em Oswaldo. Adma pede desculpas à Ondina.     Luiza fica empolgada com o convite. Félix comemora antecipado com Adma a sua vitória na convenção.     Esmeralda pede perdão a Guma e ele concorda, com a condição que ela pare de dar em cima dele.     Lívia não aceita o convite de Alexandre para sair. Selminha treme de febre. Paçoca, em sua casa, também tem febre. Félix e Adma chegam à convenção.

      QUINTA FEIRA – 03/05/2001 Capítulo 76    Félix e Adma entram de forma triunfante no salão. Esmeralda devolve o vestido para Rufino rasgado em mil pedaços.     Mãe Ricardina manda que ela cumpra as sua obrigações com os orixás, mas ela desdenha. Victório Viana estranha ver Félix na convenção.     Rodolfo não conta quem comprou o hotel-cassino. Paçoca está com uma virose. Babau socorre Selminha que arde em febre.     Amapola explica a Otacílio que só finge concordar com o namoro do filho para que ele perceba que Luiza não é do mesmo meio. Lívia e Guma se beijam apaixonados. Alexandre acarinha e consola Ondina.     Guma pede uma foto dos pais e Rita mostra. Nela estão também Leôncio e Laura, com Lívia bebê nos braços. Victório dá dinheiro para uma mulher se passar por camareira e ela vê Félix guardando o gravador no cofre. Paçoca e Selminha não melhoram. Victório se assusta ao saber do gravador 

      SEXTA FEIRA – 04/05/2001 Capítulo 77    Victório e Argemiro decidem chamar Carlão, um especialista em abrir cofres. Venâncio tenta convencer Amapola que Luiza é “fofinha”. A patroa tem certeza que ela não está à altura do filho.     Luiza conta empolgada para a mãe sobre o luxo da casa do namorado. Rita manda que a filha permaneça com os pés no chão. Félix e Adma jantam olhos nos olhos. Carlão entra na suíte.     Paçoca delira. Rodrigo examina Selminha e começa a suspeitar da água do riacho. Augusta exige que seja feita a divisão dos dólares.     Alfeu quer realizar fantasias com Socorrinho. Genésia canta um hino religioso no quarto ao lado, mas de nada adianta: sonho de novo com o homem do chapéu.     Félix descobre que a fita sumiu. Argemiro pisa na fita e Victório guarda os restos no bolso. Adma se impressiona com a certeza do marido, que garante não ter sido derrotado.

      SÁBADO – 05/05/2001 Capítulo 78    Félix agarra Argemiro pela gola do paletó e pergunta sobre a fita. Rodrigo marca reunião com as mães de todas as crianças que já ficaram doentes.     Genésia acorda disposta a encontrar o desconhecido de seu sonho e sai de camisola pelas ruas.     Ezequiel Barud chega ao Farol das Estrelas atendendo ao anúncio de emprego, mas encontra o bar fechado. Rita tenta convencer Rufino a receber Selminha em sua casa, mas ele nem quer conversa.     Babau pede que Haidê leve Selminha embora. Rita decide abrigá-la sua casa. Genésia encontra Ezequiel em posição suspeita na praça, agarra-se nas suas calças e chama a polícia acusando-o de tarado.     Oswaldo lembra-se das palavras de Leontina sobre o que fez da própria vida e decide que tudo vai mudar. Adma, sedutora, vai à suite de Victório e finge ser aliada dele. Félix entra logo depois, procura a fita e acha.  

 

 

     SEGUNDA FEIRA – 07/05/2001 Capítulo 79    Victório assedia Adma, que tenta escapar. Félix sai do quarto e liga para o celular da mulher, livrando-a do bote final do senador.     O casal comemora o sucesso do plano. Victório respira aliviado ao encontrar uma fita dentro de sua necessaire. Genésia dorme inquieta agarrando o lençol como se fosse a calça de Ezequiel, que dorme na cadeia.     Nas costas dele vê-se uma tatuagem com o escudo da FAB. Guma decide doar os peixes para a população e mobilizar a cidade para que a Prefeitura financie um caminhão frigorífico para a Cooperativa.     Guma leva um peixe para Lívia. Epifânia gosta dos planos de Guma e marca uma audiência com ele.     Luiza fica indignada ao ver Selminha em sua casa. Lívia conta para Leontina que está apaixonada por Guma. Oswaldo sugere que Guma seja convidado para almoçar e Lívia gosta da idéia, mas Augusta odeia. Victório fica transtornado ao ouvir a sua voz no gravador de Félix.   

     TERÇA FEIRA – 08/05/2001 Capítulo 80    Félix diz que ou o senador dá apoio total a sua candidatura ou ele divulga a fita. Na Convenção, Victório lança a candidatura de Félix. Alexandre assiste orgulhoso pela televisão ao discurso do pai, assim como toda a população de Porto dos Milagres.     Genésia se agarra com o terço para esquecer o capeta. Babau pede que Ezequiel seja liberado da cadeia e Epifânia manda que a filha encerre a questão.     Lívia vai se encontrar com Guma e Alexandre e Esmeralda olham de longe. Guma leva a namorada ao nicho de Iemanjá e pede que a Rainha do Mar a proteja .     Dulce aconselha Rufino a tentar entender a vida da irmã. Lívia convida Guma para almoçar em sua casa. Paçoca está melhor, para alegria de Judith.    Rita cuida de Selminha com carinho. Luiza sente vergonha quando Haidê chega na sua casa e Fred a vê. Na hora da divisão do dinheiro, Oswaldo abre a mala e só encontra papel picado. Epifânia garante o financiamento do caminhão frigorífico.    

     QUARTA FEIRA – 09/05/2001 Capítulo 81    Guma fica exultante com a notícia do financiamento. Augusta tem um ataque e começa a comer as tiras de papel. Luiza reclama das quengas e Rita é dura com a filha.     Venâncio vê Haidê entrando na casa de Luiza e fica pasmo. Epifânia descobriu uma fórmula de financiar o caminhão, através de uma linha de crédito que Félix inventou para beneficiar alguns amigos.     Guma e a prefeita contam com Babau na Câmara dos Vereadores, para que Félix não reverta a situação ao voltar para a cidade. Para isso, basta que ele, como vereador, ameace pedir uma CPI, se necessário.     Os pescadores aclamam a prefeita, que agradece da sacada. Félix dá uma entrevista na piscina do hotel. Uma mulher misteriosa observa: é Rosa Palmeirão.     Rodrigo pede que as crianças não brinquem no riacho. Amapola fica furiosa ao saber da quenga na casa de Luiza. Augusta acusa Guma de roubar os dólares. Adma sonha com a cigana. Félix e Rosa se encontram.

     QUINTA FEIRA – 10/05/2001 Capítulo 82    Adma fica surpresa ao ver Félix conversando com Rosa, mas disfarça o ciúme. Augusta segue acusando Guma, que se irrita e ameaça processá-la por calúnia e difamação.     Lívia fica sem saber o que dizer quando Guma se mostra feliz, porque o dinheiro dela não foi roubado, já que ela havia emprestado para ele.     Oswaldo insiste que a mulher peça perdão ao pescador e ela o faz a contragosto. Eriberto reage furioso à atitude de Epifânia e exige que Deodato tome uma atitude.     Mais tarde, Augusta acusa Lívia de ter roubado o dinheiro para dar a Guma, pega uma peixeira e encosta no pescoço dela. Oswaldo consegue desarmá-la. Rosa Palmeirão observa a saída triunfal do hotel de Adma e Félix, que faz o “V “ da vitória.     Oswaldo está com os dólares guardados, mas ninguém sabe. Rodrigo manda uma amostra da água do riacho para análise. Lívia vai até a casa de Guma, vê uma foto e reconhece a sua mãe.  

      SEXTA FEIRA – 11/05/2001 Capítulo 83    Rita conta a história de Leôncio, Laura e do bebê, que morreram na explosão. Lívia percebe que a família sempre mentiu para ela e chora emocionada. Amapola bate na porta e Rita pede que ela volte outra hora, deixando a madame furiosa.     Oswaldo acha que chegou a hora de contar a verdade e vai atrás de Lívia. Augusta teme o momento e procura o seu vidro de calmantes. Lívia explode com o tio, dizendo já saber de tudo, e expulsa-o da casa de Guma.     Rita consola Lívia. Guma ouve Oswaldo. Selminha está melhor e quer saber porque Rita a trata tão bem, mas ela desconversa.     Amapola decide convidar os pais de Luiza para um jantar. Genésia repara na tatuagem de Ezequiel e se benze. Alfeu quase pega Socorrinho pronta para sair, mas ela finge estar indisposta.     Amapola e Otacílio pegam Luiza e Fred namorando detrás do sofá. Félix está de volta. Esmeralda reage forte ao ver Lívia na casa de Guma.

      SÁBADO – 12/05/2001 Capítulo 84    Esmeralda faz um escândalo, fala que só tem quenga na casa e Rita a expulsa. Adma guarda a foto de D. Coló na bolsa. Esmeralda vai até a casa de Alexandre. Rodolfo e Leontina ficam muito impressionados com o segredo da família, que Oswaldo revela.     Alexandre ensina à Esmeralda o golpe “Boa noite, cinderela”. Amapola avisa à Luiza que vai jantar na casa dela daqui a três dias.     Lívia não quer falar com Leontina e Rodolfo, mas cai nos braço da tia ao perceber que eles também não sabiam de nada. Selminha quer ir embora, mas Rita não deixa.     Amapola liga para Adma, que disfarça. Babau manda os pescadores não serem pessimistas, porque o dinheiro já está na conta da Cooperativa.     Félix fica uma fera ao saber de tudo por Eriberto e ameaça desfazer o financiamento. Selminha se decepciona ao perceber que Rodolfo não veio visitá-la. Adma abre a sua bolsa e não encontra o envelope. Ondina pergunta o que sumiu.

     SEGUNDA FEIRA – 14/05/2001 Capítulo 85    Adma tem certeza que alguém muito perto conspira contra ela. Félix ouve Ondina comentar que Adma está com medo e tenta fazer com que a esposa se abra com ele.     Ela não revela nada e foge das perguntas do marido sobre Coló. Francisco fica furioso ao ver Luiza e Fred trocando beijos e aproveita para culpar Selminha.     Ele tenta fazer com que Rita a expulse, mas ela não obedece. Selminha ouve tudo e decide ir embora. Logo depois, chora quando se encontra com Rodolfo e ele promete procurá-la um dia.     Rosa garante que vai fazer um centro de diversão no hotel cassino e Rodolfo propõe uma mesa de carteado no local. Rita fica desesperada ao saber que Selma foi embora de sua casa.     Ela invade o quarto dela quando está com um freguês, mas leva um fora da jovem. Guma e Lívia se amam. Genésia soluça ao ouvir o nome de Félix. Lívia encara Oswaldo. Félix manda Epifânia desfazer tudo o que fez.   

     TERÇA FEIRA – 15/05/2001 Capítulo 85    Epifânia se recusa a desfazer o financiamento e o ameaça com uma CPI. Babau confirma as palavras dela, e o prefeito volta atrás. Lívia perdoa o tio.     Félix manda convidar os pescadores para o churrasco. Augusta fica mais tranqüila porque Lívia não sabe que ela foi a responsável pela explosão que matou Laura e Leôncio.     Adma não vê um envelope no chão e sai para se encontrar com Amapola. Rosa propõe trabalho para Haidê e Selminha, mas elas devem fazer um curso de reciclagem e manter segredo.     Ondina conta para Félix onde Adma foi. Rita fica atônita ao saber que Amapola vem jantar na sua casa. Guma pede que os pescadores aceitem o convite do prefeito.     Oswaldo consola Leontina, que chora após a partida de Lívia. Augusta pede a Lívia que não faça como Laura e recebe uma bofetada da sobrinha. Félix ouve escondido uma conversa cheia de cumplicidade entre Amapola e Adma sobre a foto de Coló.     

     QUARTA FEIRA – 16/05/2001 Capítulo 87    Félix fica perplexo, sem nada entender. Lívia acusa Augusta de ser amargurada e infeliz e vai embora. Rodolfo precisa amparar a mãe, que fica abalada. Adma resolve verificar o hotel e Félix foge pela janela.     Francinete recolhe o envelope endereçado a Adma. Luiza suja a blusa de propósito só para experimentar a banheira de Amapola.     Eriberto conta para Félix que Lívia se mudou para a casa de Guma e Alexandre reage quando o pai o pressiona para saber se é verdade e como eles devem agir.     Alexandre pede para resolver sozinho a situação e o pai promete respeitar a posição do filho. Francisco sugere que Lívia alugue o quarto em cima do Farol.     Selminha e Haidê viajam. Rufino destrata a irmã até na hora da partida. Francinete entrega o envelope para Adma. Félix olha fixamente para a mulher, que percebe que algo está acontecendo.

      QUINTA FEIRA – 17/05/2001 Capítulo 88    Félix rasga as roupas de Adma, joga-a em cima da cama e os dois se amam fortemente.     Amapola fica furiosa porque Luiza entrou na sua suite e na sua banheira, mas fica quase tocada ao ouvir Luiza confessar que não quer ser pobre a vida inteira.     Félix faz perguntas sobre Amapola e Adma finge detestá-la. Lívia aluga o quarto de Babau. Esmeralda fica furiosa quando o pai manda que ela limpe o quarto.     Alexandre e Esmeralda combinam um golpe para a noite. Genésia arranca o vestido de Socorrinho no meio do churrasco.     Félix faz seu discurso e deixa Epifânia chocada ao dizer que foi ele que teve a idéia e autorizou o financiamento do caminhão. Guma enfrenta o prefeito e diz na frente de todos que ele está mentindo.   

      SEXTA FEIRA – 18/05/2001 Capítulo 89    Félix ameaça perder as estribeiras. Rosa, disfarçada, se mistura à multidão. Félix pede o apoio de Epifânia à sua mentira, ela se cala e o prefeito levanta o seu braço.     Belmira joga um ovo podre, que acaba acertando Eriberto, que pega o revólver e começa a atirar para o alto, causando confusão, correria e desespero. Guma e os pescadores se divertem com o acontecido.     Adma se desconcerta, porque Félix não quer conversa nem com ela. Estressada, vê a nova foto de Coló e a mensagem ameaçadora.     Dulce e Rodrigo estranham a demora da análise da água do riacho. Esmeralda coloca os comprimidos que Alexandre lhe deu numa jarra de cidra.     Epifânia se prepara para receber a oposição em sua casa e tem uma forte dor de cabeça. Alfeu faz “striptease” para Socorrinho e Genésia joga um balde d’água nos dois. Começa a reforma no hotel cassino. Alexandre chama Lívia para uma conversa. Esmeralda mente para Guma e diz que tem algo para contar sobre Lívia.

      SÁBADO – 19/05/2001 Capítulo 90    Guma manda que ela vá embora. Adma cobra do marido o jeito estranho que ele a trata e faz uma enorme declaração de amor, que o deixa tocado.     Rodolfo está ansioso para saber se a mesa de pôquer vai funcionar na inauguração do Centro de Lazer de Rosa Palmeirão. Esmeralda bebe cidra, dá um beijo em Guma e promete fazer uma loucura.     Ele a segue e ela pede que os dois façam um brinde de despedida, já que ela pretende ir para Salvador. Guma fica tonto e cai desacordado na cama de Esmeralda.     Eriberto cobra uma promissória assinada por Jacques e Judith entrega o barco. Paçoca, escondido, chora. Epifânia está com uma bruta enxaqueca e Deodato precisa dispensar os vereadores da oposição.     Alexandre banca o amigo com Lívia e insiste em dar uma carona até a cidade baixa. Leontina se interessa por Ezequiel e Oswaldo corta completamente a paquera. Babau, Lívia e Alexandre surpreendem Guma e Esmeralda na cama.

 

 

     SEGUNDA FEIRA – 21/05/2001 Capítulo 91    Guma está completamente grogue. Lívia fica em choque ao vê-lo na cama com Esmeralda. Alexandre leva Lívia para fora do quarto.     Guma tenta ir atrás. Rodrigo e Dulce suspeitam que ele foi drogado. Victório convoca Félix para uma série de encontros com políticos do interior.     Esmeralda tenta fugir com a garrafa de cidra e o copo. Lívia parte para cima dela e lhe dá uma bofetada. As duas se engalfinham. Alexandre alerta Esmeralda com os olhos para não entregá-lo.     Ezequiel olha interessado para Leontina, que passa de braços dados com Oswaldo. Babau manda Esmeralda passar um mês no terreiro de Mãe Ricardina. Epifânia sente-se mal, mas finge melhorar só para Genésia parar de rezar.    Judite perde o bebê e é consolada por Paçoca e Ondina. Na rua, todos cumprimentam Epifânia. Félix avisa que ela vai assumir a prefeitura.     

     TERÇA FEIRA – 22/05/2001 Capítulo 92    Félix oferece dinheiro para que Epifânia não tome atitude alguma na sua ausência. A vice-prefeita reage e enfrenta o prefeito, que a ameaça.     Luiza esnoba as colegas de colégio, só porque está no carro com Fred. Adma se preocupa com a conduta de Epifânia. Rita adia o jantar com Amapola, que se sente injuriada.     Ondina esconde as suas economias no forno. Eriberto, que tudo viu, acende a chama; ela se desespera ao ver que perdeu tudo. Judite decide procurar um emprego.     Esmeralda cumpre as suas obrigações no terreiro. Guma, ao volante do novo caminhão, é saudado pelos pescadores. Rodolfo toma conta da sobras de reforma do hotel-cassino.     Os homens da cidade recebem convite para a inauguração do Centro de Lazer. Rodrigo recebe a confirmação que a água do riacho está contaminada. Félix volta de viagem. Adma entra em casa e encontra uma mulher de turbante, que pensa ser Coló.  

     QUARTA FEIRA – 23/05/2001 Capítulo 93    Celeste Marimbás se apresenta e quer saber notícias da irmã. Epifânia é chamada de Mãe Morena pelos descamisados.     Félix estranha que os pobres nem olham mais para ele e a imprensa pergunta sobre irregularidades da sua administração. Adma tenta negar ter conhecido Coló, mas Celeste sabe de tudo, pois a irmã havia telefonado para ela da fazenda.    Epifânia se filia ao partido da oposição. Félix vai pegar pesado para que não se instaure a CPI da corrupção. Adma promete levar Celeste para se encontrar com Arlete.     Alexandre não demonstra, mas fica enciumado ao ver o carinho com que Lívia fala de Guma. Augusta está decidida a se vestir de homem só para bisbilhotar a inauguração.     Adma despeja veneno no refresco e quase morre de susto quando Amapola pega um copo para beber. Ela a manda embora, mas Amapola decide ficar. Celeste bebe a cajuada e começa a passar mal. Amapola bate na porta do quarto.

      QUINTA FEIRA – 24/05/2001 Capítulo 94    Adma manda mais uma vez Amapola ir embora, mas esta resolve buscar ajuda, temendo que ela esteja passando mal. Na parte de baixo da casa dá de cara com Eriberto e Ondina.     Celeste morre e Adma pede ajuda a Eriberto pelo telefone celular. Rodrigo recolhe mais amostras do rio e pede para que as crianças não entrem na água. Lívia se solidariza com a causa.     Epifânia sofre com uma terrível enxaqueca e o povo espera pelo seu discurso na sacada da prefeitura. Félix a manda desistir, mas ela permanece irredutível. Ele concede, mas sob ameaças.     O povo delira com as palavras da Mãe Morena. Félix manda Otacílio levantar tudo sobre a família da vice. Judite é despejada e pede ajuda à Epifânia. Félix estranha ao dar de cara com Amapola em sua casa.     Rosa manda Haidê e Selminha se prepararem para a inauguração. Ao dar de cara com Celeste morta em seu quarto, Félix saca do bolso a foto de Coló, para espanto de Adma. Amapola entra no quarto.   

      SEXTA FEIRA – 25/05/2001 Capítulo 95    Félix e Adma colocam Amapola para fora. Félix exige que Adma explique porque escondeu dele a chantagem que estava sendo vítima. Esmeralda está de volta e leva um fora de Guma.     Eriberto assume que matou Coló e admite que nem Adma sabia disso. Félix toma conta da situação. Adma tenta tranqüilizar Amapola, e pede para que ela não fale alto que as duas são irmãs.     Epifânia contrata Judite para trabalhar em sua casa. Félix promete a nomeação do filho de um médico, Dr. Miguel, e o chama em sua casa para dar o atestado de óbito de Celeste.    Francisco experimenta um terno para ir à inauguração e todos debocham. Todos especulam sobre o Centro de Lazer. Ezequiel tripudia de Genésia, que lhe dá uma bolsada.     Oswaldo reúne a família. Babau se surpreende ao encontrar-se com Rosa Palmeirão e saber que ela é a dona do Centro de Lazer. Dr. Miguel avisa que será necessário uma autópsia.

      SÁBADO – 26/05/2001 Capítulo 96    Adma reage forte quando Félix garante que Celeste morreu do mesmo mal que Bartolomeu. Só se acalma quando Félix deixa claro que o irmão morreu do coração.     Rosa conta para Babau a história de sua irmã Arlete e do bebê, que desapareceram, das cartas que D. Coló achou, que revelavam que o pai era Bartolomeu e promete que fará tudo para colocar a limpo essa história. Félix pressiona, e Dr. Miguel desiste da autópsia.     Oswaldo revela que recomprou a fábrica de charutos com o dinheiro da venda do hotel cassino e todos ficam aturdidos. Rosa estranha que Adma tenha dito a Babau que Coló era amante de Bartolomeu.     Félix manda Eriberto cuidar da liberação do corpo e entregá-lo à família. Eriberto pede um beijo para Adma como recompensa.     Adma dá um beijo em Eriberto com nojo e ódio. Alexandre pede ajuda ao pai para separar Guma e Lívia.    

    

 

     SEGUNDA FEIRA – 28/05/2001 Capítulo 97    Guma deve saber que o dinheiro que Lívia emprestou era de Félix – esse é o desejo de Alexandre, que o pai promete realizar. Epifânia tem uma conversa amorosa, quase uma despedida com as filhas.     Rodrigo e Dulce fotografam a saída de corantes da fábrica de Félix direto no riacho, e ela se prontifica a encaminhar a denúncia. Amapola tenta convencer Adma a revelar que são irmãs, mas ela não aceita.    Rosa fiscaliza os últimos detalhes para a festa da noite. Félix demonstra para a mulher toda a raiva que sente contra Epifânia.     Deodato não quer deixar a esposa sozinha, mas ela insiste que ele vá à festa. Lívia ajeita a roupa que deu de presente para Guma.     Genésia, Amapola e Augusta se disfarçam de homem para não perder a inauguração. As três se cruzam na rua e nem se reconhecem. Epifânia abre a porta e é Adma que chega para visitá-la.   

     TERÇA FEIRA – 29/05/2001 Capítulo 98    Epifânia tenta que ela vá embora, sem sucesso. Vênus e Serena são assediadas pelos “machos” Augusta, Genésia e Amapola e fogem assustadas.     Adma finge que veio pedir uma trégua para Epifânia e se oferece para fazer um cafezinho. Coloca veneno em uma das xícaras e serve a dona da casa, que demora, mas acaba tomando tudo.     Ezequiel convida Leontina para um passeio. Os homens chegam no Centro de Lazer. Mulheres deslumbrantes, com Haidê e Selminha à frente, começam a circular pelo salão.     Rufino fica com ódio ao ver a irmã. Otacílio reconhece o traseiro de Amapola e acaba com o seu disfarce. Ela é expulsa do local e o marido leva-a embora, a pedido de Félix.     Oswaldo segue Leontina. Augusta fica boquiaberta ao ver Selminha e Rodolfo dançando. Rosa Palmeirão surge no alto da escada e Félix cruza o olhar com ela. Em sua casa, Adma dá de cara com Epifânia, que a acusa de assassina.     

     QUARTA FEIRA – 30/05/2001 Capítulo 99    Epifânia enumera todos os crimes de Adma, que começa a xingá-la. Ondina pergunta porque a patroa está falando sozinha.     Aos gritos, Adma conclui que era um fantasma, para espanto da empregada. Rosa termina o seu discurso sob aplausos.     Oswaldo com ciúmes vê Leontina e Ezequiel bebendo juntos. Esmeralda garante à Lívia que é virgem e está se guardando para Guma.     Luiza se chateia quando Fred avança nos carinhos. Otacílio volta para festa, quase tem um ataque ao ver quem é dona do negócio e vai embora de novo.     Rosa percebe que Augusta não tira o olho de Selminha e manda Haidê distrair o “cavalheiro”. Augusta finge ser um “barão do cacau”. Leontina e Ezequiel se envolvem em um clima sensual e Oswaldo vai ficando cada vez mais furioso. Alexandre chega na festa. Félix vai ao quarto de Rosa.

     QUINTA FEIRA – 31/05/2001 Capítulo 100    Os dois brindam com champanhe. Adma acorda com um mau pressentimento. Otacílio não sabe como contar sobre Rosa para Amapola e finge dormir.    Oswaldo interrompe o beijo entre Ezequiel e Leontina. Rodolfo beija Selminha, que fica logo romântica, embora ele corte a fantasia dela.    Augusta, bêbada, faz um escândalo e é desmascarada por Genésia, que também perde a barba e o boné na confusão. Augusta vai embora prometendo fechar o antro de perdição.     Rosa lembra-se de Laura. Oswaldo e Leontina se beijam e se amam. Na frente de todos, Félix humilha Guma e conta que foi o seu dinheiro que o salvou.     Guma fica estarrecido ao saber que Lívia mentiu para ele. Rosa impede que os dois briguem. Deodato percebe que Epifânia está morta e fica dilacerado pela dor. Félix entra em casa, mas dá meia volta e vai atrás de Rosa. Os dois se beijam.    

      SEXTA FEIRA – 01/06/2001 Capítulo 101    Rosa ameaça pegar o punhal, mas Félix acaba domando-a e confessando o seu imenso desejo. Ela manda-o embora. Guma, de cara amarrada, espera Lívia acordar.     Augusta estranha que Oswaldo não tenha dormido em casa. Leontina acorda, não se lembra de nada e vai embora correndo. Judite chega na casa encontrando todos muito tristes e oferece a sua ajuda para Deodato.     Adma fica alerta ao saber que Rosa está de volta à cidade. Rodolfo está sem dinheiro e Selminha não quer receber mesmo.    Lívia tenta se desculpar, mas Guma continua furioso e acaba o namoro. Esmeralda ouve tudo, deliciada e vai ao quarto de Lívia só para tripudiar.    Venâncio fica sabendo que Rosa voltou e acha que ele é a melhor pessoa para contar para a patroa. Lívia cobra uma explicação de Félix.

      SÁBADO – 02/06/2001 Capítulo 102    Félix e Lívia têm uma discussão. Ele argumenta que Guma é orgulhoso como ele, senão teria aceitado a ajuda tanto dele quanto dela.     Lívia pede demissão, Félix insulta-a e Alexandre toma o partido da ex-namorada. Pai e filho trocam palavras duras, mas Lívia interfere para que os dois parem de brigar.     Quando vai embora, os dois comemoram o sucesso do plano. Venâncio se prepara para contar tudo, mas sempre é interrompido.     Rosa decide ir com as meninas ao velório. Deodato pede que Epifânia jamais o abandone. Eriberto estranha ao ver Judite na casa do irmão. Genésia avisa que vai assumir a casa.     Leontina pensa em ir embora. Alexandre manda Esmeralda vigiar Guma, para que ele e Lívia não se reaproximem. Rita fica atarantada ao saber que Selminha está de volta. Adma insiste em saber se Félix está escondendo alguma coisa dela.     

 

 

     SEGUNDA FEIRA – 04/06/2001 Capítulo 103    Félix deixa claro para Adma que não vai ficar contra o estabelecimento de Rosa. Babau promete à Rosa que vai procurar Ondina para ver se ela sabe alguma coisa sobre o filho de Bartolomeu.     Ricardina e Augusta se encontram na igreja e está formado o embate. Félix chega para encerrar a confusão.     Judite admira as camisolas de Epifânia, agradece e se despede da patroa. Eriberto surpreende-a no quarto e ameaça-a, mas o braço da defunta derruba um vaso, assustando-o.     Selminha conversa com Rita, meio irritada. Genésia não deixa Socorrinho ir para a igreja com o vestido que escolheu, e ela obedece.     Leontina não quer conversar com Oswaldo e faz ciúmes para ele com Ezequiel, que bate na porta. Dulce colhe assinaturas para a ação popular. Amapola dá de cara com Rosa no velório.     

     TERÇA FEIRA – 05/06/2001 Capítulo 104    Rosa enfrenta-a. Amapola proíbe Otacílio de tocar nela, se tranca na suíte, espalha penas de ganso por todo o quarto e desmaia.     Leontina namora Ezequiel sob os olhares raivosos de Oswaldo, que segue a cunhada até a cozinha e lhe dá um enorme beijo. Leontina manda Ezequiel embora.     Félix manda a esposa se despedir da defunta. Adma desmaia quando seus olhos cruzam com os de Epifânia e eles se abrem. Venâncio chora junto com a patroa.     Guma interrompe Félix, quando ele vai iniciar o discurso de despedida para Epifânia. O prefeito concede a palavra ao pescador.     Ezequiel se decepciona ao saber que Leontina é pobre. Genésia anuncia que será a nova dona da casa, da loja e da vida de todos da família. Alexandre vai visitar Lívia. Guma emudece ao ver os dois.     

     QUARTA FEIRA – 06/06/2001 Capítulo 105    Esmeralda coloca lenha na fogueira. Ezequiel manda Esmeralda parar de pegar no pé de Guma. Deodato deixa Genésia tomar conta da situação.    Amapola perdoa Venâncio mas, para Otacílio, dá várias penalidades. Socorrinho e Alfeu reagem, mas acabam acatando a decisão familiar.     Genésia manda que eles contem todos os parafusos e porcas da loja. Rodolfo pede que a mãe nada faça, mas Augusta está decidida a declarar guerra ao Centro Noturno de Lazer.     Félix coloca Augusta para fora do seu escritório. Rosa aconselha Selma a lutar por Rodolfo. Rita vai atrás de Selma mais uma vez.     Alexandre aconselha Lívia a procurar Guma para uma conversa. Depois, manda Eriberto espicaçar o pescador e cobrar a dívida na frente de todos.

      QUINTA FEIRA – 07/06/2001 Capítulo 106    Félix vibra com a estratégia do filho. Selma se chateia com Rita, que insiste que ela largue a vida e manda que ela desapareça. Eriberto provoca Guma, que parte para a briga.     Babau e Rufino apartam. Esmeralda cobra de Alexandre e ele explica o seu plano. Ricardina ampara Rita, que não abre o seu coração.     Rodolfo procura Selma e confessa não conseguir tirá-la de seus pensamentos. Ela se chateia, porém, quando percebe que ele só quer ir para a cama e garante que para isso ele precisará de muito dinheiro.     Augusta estranha quando Oswaldo chega com carne em casa para o jantar. Francisco observa a mulher rezando e tenta entender o que a preocupa tanto.     Socorrinho e Alfeu, revoltados, contam parafusos. Leontina ameaça ir embora se Oswaldo insistir em falar de amor. Lívia procura Guma e ele a trata mal.     

      SEXTA FEIRA – 08/06/2001 Capítulo 107    Guma manda que ela vá embora. Esmeralda tenta chegar perto, mas ele a humilha também. Leontina faz charme para Ezequiel, mas ele não dá bola.    Augusta conclama todas as senhoras portomilagrenses e funda o MCM – Movimento das Com Moral – para invadir o bordel de Rosa. Amapola resolve se unir ao grupo e leva um estandarte com um sutiã vermelho.     Rosa concorda com a mesa de carteado proposto por Rodolfo. Rita mente para Francisco que a razão de sua agonia é o jantar para os pais de Fred.     Guma chora olhando a lua. Venâncio acompanha a patroa na marcha. Adma está cismada porque Babau será o prefeito na ausência de Félix. Otacílio procura Rosa para que ela o defenda, e entra no quarto dela.     Ela manda que ele vá embora, mas precisa descer para atender Félix, que chega para avisá-la do MCM. Otacílio tenta sair pela janela, mas é visto por Amapola. Adma vai atrás de Félix. Augusta invade o Centro de Lazer.

      SÁBADO – 09/06/2001 Capítulo 108    Augusta enfrenta Rosa e Félix. Amapola e Venâncio sobem até a porta do quarto. Otacílio se esconde no armário. Rosa intercepta a entrada de Amapola.    Rodolfo salva a situação, fingindo ser o homem que foi visto na janela. Sem se dar por vencida, Amapola abre o armário e fica cega.     Oswaldo tenta evitar a violência, mas Rosa pensa em usar as armas para afugentar as beatas que montaram acampamento. Félix se grila ao ver Adma, que sugere que o marido vá embora.     Otacílio finge desespero ao ver Amapola cega e garante não ter saído de casa. Adma fica em choque ao saber da cegueira de Amapola e sai correndo para a casa dela. Alexandre e Lívia saem para procurar Leontina, que está nos braços de Severino.     Uma mão misteriosa faz massagem em Deodato e tira do armário uma camisola de Epifânia. Rosa avisa Augusta que, quando a primeira luz do sol entrar, vai botar para quebrar.

 

 

     SEGUNDA FEIRA – 11/06/2001 Capítulo 109    Augusta finge não temer Rosa. Leontina seduz Severino, mas quando ele ataca, ela começa a chorar.     Amapola está em observação no hospital de Serro Azul e Adma aguarda. Lívia, Alexandre e Oswaldo encontram Leontina e ela se conforta nos braços da sobrinha.     Oswaldo se sente preterido. Lívia dorme junto com a tia no casarão. Rodolfo está gosta de Selminha, mas ri quando ela quer que ele a peça em namoro. Com raiva, ela garante que, nem pagando, ele vai tocá-la mais. O delegado, cumprindo ordens de Félix, cerca o Centro Noturno de Lazer.     Rosa serve comida farta, mas Augusta proíbe as soldadas de aceitar e elas desobedecem. Ao ver que tem canapé de salmão, a comandante também come. Francisco faz um escândalo ao pegar Luiza e Fred se agarrando na rua.     A chegada de Amapola, ainda cega, acalma a confusão. Venâncio chora ao ver a patroa. Adma a abraça. Rosa pensa em Félix e ele na dona do bordel. O dia amanhece, Rosa coloca munição em sua espingarda e aponta para Augusta. 

     TERÇA FEIRA – 12/06/2001 Capítulo 110    Augusta fala no Coronel Jurandir, aumentando ainda mais a raiva de Rosa. Ela atira para o alto e Augusta cai para trás. Os policiais invadem. A luminária atingida pelo tiro desaba e as beatas saem correndo colidindo com os policiais.     Oswaldo leva Augusta embora. O delegado ameaça prender Rosa, mas Félix interfere. Esmeralda tripudia e avisa a Guma que Lívia passou a noite fora, fazendo ele sofrer.     Leontina se despede silenciosamente de Lívia, que dorme, e vai embora. Alfeu e Socorrinho querem neutralizar o poder de Genésia.     Augusta proíbe Rodolfo de colocar os pés no Centro. Adma se irrita ao saber que Félix foi de novo na casa de Rosa. Dulce e Rodrigo comemoram: já têm assinaturas suficientes.     Oswaldo garante a Lívia que vai encontrar Leontina. Ela pede uma carona a Severino no caminhão da cooperativa. Adma olha o anel e pensa se terá que usá-lo de novo. Otacílio vai procurar Rosa e a surpreende sendo beijada por Félix.    

     QUARTA FEIRA – 13/06/2001 Capítulo 111    Rosa teme que ele espalhe o que viu pela cidade e Félix que ele conte para Amapola. Alexandre estranha que o pai tenha saído tão cedo e Adma se irrita. Os dois brigam, ela começa a quebrar tudo e é contida por Eriberto.     Otacílio implora que Rosa converse com a esposa. Amapola experimenta todos os seus óculos escuros. Venâncio jura que doará uma vista para madame. Oswaldo tenta acionar a polícia para procurar Leontina, mas nada consegue.    Rita não pára de pensar em Selma e está decidida a contar a verdade para Francisco. Alexandre se oferece para ajudar a procurar Leontina.     Augusta fica em casa rezando para que a irmã não volte nunca mais. Lívia chega com Alexandre no Farol das Estrelas e Guma confirma a suspeita levantada por Esmeralda.     Venâncio deixa cair a bandeja quando abre a porta e dá de cara com Rosa Palmeirão. Amapola quer saber quem está em sua casa. Adma pressiona Félix e quer saber porque ele está tão mudado.

      QUINTA FEIRA – 14/06/2001 Capítulo 112    Félix adia a conversa. Amapola tenta expulsar Rosa, mas ela garante que veio em paz. Ezequiel garante a Oswaldo não ter visto Leontina. Adma insiste e Félix confessa que se sente sufocado por ela.     Os dois brigam, quando ela fala de Rosa Palmeirão. Adma, histérica, pede desculpas a Félix. Venâncio convence Amapola a conversar com a rival.     Guma vê duplo sentido em tudo o que Alex e Lívia falam. Leontina liga a cobrar e Augusta desliga o telefone. Severino conta que deu carona para Leontina e Oswaldo pega o caminhão da cooperativa e vai atrás dela.     Francisco ouve Rita falar que é mãe de Selma e contém o grito. Quando ela sai, ele chora.     Rosa garante não ser uma ameaça para o casamento de Amapola, deixando-a apaziguada. Oswaldo freia o caminhão bem perto de Leontina. Adma procura Rosa e pede que lhe ofereça um drinque.  

      SEXTA FEIRA – 15/06/2001 Capítulo 113    Rosa vai atender a um fornecedor e Adma olha fascinada para o cálice que ela deixa intocado. Oswaldo promete nunca mais tocar em Leontina se ela voltar para casa.     Félix pede a Otacílio que não fale nada sobre o seu beijo em Rosa. Augusta odeia saber que Leontina vai voltar. Rodrigo e Dulce viajam para dar entrada na ação.    Sem meias palavras, Rosa pergunta a Adma se ela veio saber se ela está de caso com Félix. Adma nega e vai embora. Ondina conta para Babau as últimas palavras de Bartolomeu sobre o filho que iria chegar.     Félix se mostra desinteressado pelos carinhos de Adma. Amapola está curada, mas pede segredo a Venâncio, pois pretende fazer uma surpresa para Otacílio.     Alfeu percebe que sai faísca quando Genésia e Ezequiel se esbarram e não acha isso bom. Francisco expulsa Rita de casa. Félix se arruma e avisa à mulher que está indo para o Centro Noturno de Lazer.

      SÁBADO – 16/06/2001 Capítulo 114    Félix diz que vai se encontrar com contatos políticos e Adma finge apoiar o marido. Francisco acusa a mulher de ter mentido por vinte anos e garante que jamais vai perdoá-la. Rita se recusa a sair e Francisco a pega pelo braço.     Luiza tenta defender a mãe, mas o pai não deixa. Rita vai embora para acalmar a raiva do marido. Luiza vai atrás.     Amapola prepara uma surpresa para Otacílio e ele vibra ao perceber que ela está boa. Augusta cobra do marido um dossiê sobre a situação da fábrica de charutos.     Lívia resolve dormir mais uma vez na companhia de Leontina. Alexandre vai buscar algumas coisas no quarto de Lívia. Félix espera Rosa sentado na cama dela. Adma manda Eriberto seguir o patrão, até o quarto de Rosa, se necessário.     Luiza se choca quando Rita conta que Selminha é sua irmã. Guma mal se contém quando Alexandre avisa que vai no quarto de Lívia buscar algumas coisas. 

 

 

SEMANA DE 18/06 a 23/06 

     SEGUNDA FEIRA – 18/06/2001 Capítulo 115    Alexandre fala alto que Lívia não vai dormir no quarto dela naquela noite. Guma finge não ligar. Luiza se revolta contra Rita, acusa-a de arruinar o seu futuro com Fred e garante que jamais vai perdoá-la por ter uma irmã quenga.     Amapola e Otacílio vivem um clima de lua de mel. Guma estranha quando Francisco avisa que Rita viajou. Genésia fica furiosa com Alfeu e Deodato, que saem para o Centro Noturno de Lazer.     Eriberto, discretamente, observa Rosa. Oswaldo se surpreende ao ver Rodolfo comandando a mesa de carteado do Centro. Adma espera Amapola acabar a comemoração com o marido.     Rosa coloca um ponto final na sedução de Félix, depois de contar que conversou com Adma. Eriberto ouve tudo.    O prefeito reage fortemente, vai embora, mas promete voltar, deixando Rosa balançada. Sem querer, Ezequiel joga um balde de água em Genésia e a confusão se estabelece. Ao descer as escadas do Centro, Félix dá de cara com Guma.    

     TERÇA FEIRA – 19/06/2001 Capítulo 116    Félix fala mais uma vez sobre a dívida com Guma, mas Rosa evita uma briga entre os dois. Adma manda Venâncio chamar a patroa. Otacílio estranha a visita da primeira dama.     Augusta resolve investir de novo na possibilidade de casamento de Lívia e Alexandre. Adma conta para a irmã que Rosa está envolvida com Félix.     Amapola pede que ela não repita atos do passado, quando eram crianças. Guma e Rosa sentem simpatia um pelo outro. Félix amarga a rejeição de Rosa.     Judite tenta ajudar Rita, mas ela prefere ficar no banco da praça. Ezequiel confessa para Esmeralda que quer dar o golpe do baú, mas não em Genésia. A beata sonha com ele.     Uma mão misteriosa pega uma camisola de Epifânia. Rodolfo ganha todas na banca. Eriberto conta tudo o que viu para Adma. Félix entra sorrateiro no quarto de Rosa, que pega o punhal, mas ele a domina.   

     QUARTA FEIRA – 20/06/2001 Capítulo 117    Félix a beija, mas ela permanece fria. Ele se retira, alegando que talvez ela não esteja à altura dele. Rosa tenta se convencer de que não pode se envolver com Félix, já que seu objetivo é encontrar o filho de Bartolomeu.     Eriberto promete ajudar Adma em tudo e quase a segue até o quarto. Félix por pouco não surpreende os dois conversando. Ondina vê tudo e Eriberto manda que ela fale para o patrão, se quiser.     Rufino humilha Selminha no bordel. Francisco, bêbado, sai no Valente. Guma leva Rita para casa.     Rosa dá uma gratificação a Rodolfo e ele tenta agarrar Selma, mas ela garante que não será dele por dinheiro.     Ela sai correndo e dá de cara com Rita, mas não quer conversa com ela. Guma pede ajuda a Iemanjá para encontrar Francisco

      QUINTA FEIRA – 21/06/2001 Capítulo 118    Deodato vibra com uma misteriosa massagem nos pés. Mais uma camisola de Epifânia é tirada do armário. Genésia, sempre rezando, se choca com Ezequiel todo sujo de graxa.     Em seguida, esbarra em Rodolfo. Alfeu sonha em casar a cunhada. Paçoca defende Judite, que mais uma vez é acusada de roubar as camisolas.     Genésia ameaça chamar a polícia. Augusta reza ao saber que Rodolfo está trabalhando no bordel. Selma sai correndo quando Rita conta que é a sua mãe. Luiza faz Fred matar aula e ir à praia com ela.     Selma mergulha no riacho e bebe a água contaminada, tentando morrer. Dulce e Rodrigo confirmam que a fiscalização vai chegar à cidade. Félix se prepara para receber uma comitiva japonesa interessada em fazer negócios com a fábrica.     Luiza chora, mas não conta nada para Fred. Guma e Rufino avistam Chico numa ilha deserta. Ele foge para a mata e é picado por uma cobra venenosa. Guma suga o veneno para não deixar o tio morrer   

      SEXTA FEIRA – 22/06/2001 Capítulo 119    Guma precisa levar o tio para tomar o soro antiofídico. Luiza pede que Fred não a procure mais. Judite chora falando de sua honestidade, comovendo Deodato.     Ele decide trancar as camisolas e guardar a chave em um local somente conhecido por ele e Epifânia. Lívia e Esmeralda brigam e quase saem no tapa.    Oswaldo e Leontina reagem quando Augusta insiste que Lívia quer mesmo é vender a casa. Rodolfo manda comprar comida, mas a mãe não aceita usar dinheiro que veio do bordel.     Haidê e Rosa arrancam Selminha à força de dentro do riacho. Genésia e Ezequiel se esbarram e se caem no chão. Ondina tripudia ao ver que Félix demonstra uma certa impaciência com Adma.     Bruno, o fiscal da Secretaria do Meio Ambiente, chega à fábrica. Rodrigo atende Francisco. Rita exige que Luiza a escute. Félix intimida o fiscal e avisa que ele não vai fazer nada.

      SÁBADO – 23/06/2001 Capítulo 120    Félix exige ver a petição. Otacílio fica pasmo ao saber que Dulce encabeça o movimento. Luiza fica mais furiosa ainda ao saber que Selma já sabe a verdade.    Rodrigo medica Francisco e manda Guma levá-lo para casa e deixá-lo aos cuidados de Rita. Selma arde em febre. Amapola compra todo o enxoval de Dulce.    Félix liga para o Secretário do Meio Ambiente e resolve a situação. Adma planeja destruir Rosa Palmeirão com a ajuda de Eriberto, no momento adequado. Félix manda Otacílio pressionar a irmã.     Rodrigo vai ao Centro Noturno de Lazer atender Selma. Dulce e Rosa se conhecem e gostam uma da outra. O prefeito manda investigar a vida de Rodrigo.     Augusta não se conforma com o fato de Rodolfo ser crupiê, mas amansa quando ele resolve lhe dar um percentual do que ganha, fingindo ser para caridade. Leontina estipula que Oswaldo não deve ficar a menos de dois metros dela. Guma pergunta a Lívia se ela vai dormir fora de novo com Alexandre. 

 

SEMANA DE 25/06 a 30/06 

     SEGUNDA FEIRA – 25/06/2001 Capítulo 121       Guma acusa Lívia de jamais ter terminado com Alexandre. Lívia puxa Guma pelo ombro, rasgando a sua camisa. Os dois descem as escadas discutindo, chamando a atenção de todos no bar.     Os dois se atracam, se xingam e são separados. Rodrigo e Dulce ficam chateados ao saber que a fiscalização não deu em nada.     Rodrigo pede que Judite reuna todas as mães, cujos filhos adoeceram no riacho. Félix garante a Adma que dará um presente inesquecível de casamento a Rodrigo e Dulce.    Esmeralda ouve Guma dizer que vai esquecer Lívia e conta tudo para Alexandre. Leontina e Lívia aceitam o convite de Alex para jantar.     Rita fica agoniada ao saber que Selma está doente, mas decide cuidar do marido. Otacílio exige que Dulce desista da ação. Félix vibra ao receber o dossiê sobre Rodrigo e jura vingança.   

     TERÇA FEIRA – 26/06/2001 Capítulo 122       Dulce reage à ordem de Otacílio. Adma se ressente porque Félix não deixa que ela leia o dossiê, além de sair avisando que não tem hora para voltar. Ela desabafa com Eriberto, que tenta se aproximar, mas é repudiado.     Amapola apoia o marido, mas Dulce permanece firme em fazer um protesto na porta da fábrica e permanecer com a ação. Félix procura Rosa e ela pede que ele a espere no quarto.     Jesuel e Docinho registram a entrega da chave do quarto. Rita dá para Guma o anel que um dia Bartolomeu entregou para Arlete, e que Frederico encontrou com o bebê.     O pescador promete guardar a última lembrança de seus pais. Otacílio acusa Rodrigo de ter feito a cabeça da irmã. Luiza pede para ficar na casa de Fred.     Genésia vê a camisola vermelha passar sem ninguém dentro, dá um grito de pavor que ecoa na cidade e desmaia. Félix beija Rosa cheio de desejo. Alexandre, Leontina e Lívia correm pelas ruas de Porto e quase atropelam Guma.  

     QUARTA FEIRA – 27/06/2001 Capítulo 123       Guma parte para cima de Alex com violência. Ele não reage, para aproveitar a situação. Lívia se coloca no meio dos dois. Leontina grita por socorro. Rosa não resiste aos carinhos de Félix e se rende.     Guma e Lívia se agridem com palavras. Alexandre consola a jovem. Esmeralda assiste a tudo de longe e vibra ao ver Guma ir embora magoado. Adma anda de um lado para o outro solitária.     Deodato confirma que a porta do armário está aberta e que a camisola vermelha sumiu. Genésia decide chamar um exorcista.     Beatriz topa esconder Luiza em se quarto. Alexandre estimula Esmeralda a atacar Guma naquela noite mesmo.    Amapola promete a Otacílio que vai pedir a Adma que interceda por eles. Mãe Ricardina ajuda Dulce. Esmeralda se senta ao lado de Guma na praia, fala docemente com ele e os dois acabam se beijando.

      QUINTA FEIRA – 28/06/2001 Capítulo 124       Esmeralda aumenta as carícias, garante que se guardou para ele e os dois se amam. Alexandre aumenta a paranóia de Adma. Jesuel e Docinho fofocam sobre Félix e Rosa.    Leontina aconselha Lívia a conversar com Guma. Félix chega em casa exausto e vai dormir. Adma acaricia um revólver que está escondido na cristaleira.     Depois pede a Eriberto que sonde para saber se o marido esteve com Rosa. Rodolfo visita Selminha e surpreende-a de óculos lendo O Príncipe Desconhecido. Guma acorda e não sabe como agir com Esmeralda.     Dulce e as iaôs acabam os cartazes e faixas para a passeata. Francisco melhora e manda Rita embora. Rufino fica abismado quando sabe que Selma é filha de Rita.     E Venâncio também fica surpreso, ao ouvir a conversa entre Judite e Belmira. Luiza escuta Amapola falar sobre a irmã quenga e fica arrasada. O povo do cais sai em passeata contra a poluição causada pela fábrica de Félix.  

      SEXTA FEIRA – 29/06/2001 Capítulo 125       Cinegrafistas e fotógrafos registram o movimento. Félix fica indignado ao saber do movimento, especialmente porque tem um encontro na fábrica com empresários japoneses.     Quirina tenta receber os seus salários atrasados, sem sucesso. Adma promete a Amapola que vai tentar interceder por Otacílio. Rufino tenta convencer Chico e Luiza a perdoar Rita. Os dois retrucam que ele jamais perdoou Selminha.    Félix leva os japoneses para visitar a fábrica, mas quer partir rapidamente para fugir do encontro com os manifestantes. Rufino conversa carinhosamente com Rita.    Rosa aconselha Selma a perdoar a mãe. Rodrigo sabe da delegação e manda todos apertarem o passo. Guma vai buscar Selma para que ele dê uma declaração para a imprensa.     Esmeralda avisa à Lívia que Guma agora é seu homem. Selminha fica indecisa. A manifestação chega, enquanto os japoneses ainda estão na fábrica.

      SÁBADO – 30/06/2001 Capítulo 126       Esmeralda deixa Lívia balançada. Os empresários japoneses ficam muito impressionados com as palavras de ordem que falam de poluição e corrupção.    Otacílio tenta negociar com Dulce, sem sucesso. Rufino vai procurar Selminha. Alexandre segura Eriberto, que quer resolver a situação à bala. Félix resolve discursar.     Oswaldo condena o trabalho do filho. Alfeu bajula Augusta, convida-a para um café e deixa escapar que Genésia herdou uma fortuna. Ondina se encontra com Rosa e se surpreende ao saber que o filho de Bartolomeu é sobrinho dela.    Guma chega à manifestação com Selma nos braços. Amapola chama Luiza para uma conversa. Félix começa a fazer um discurso para os manifestantes.     Otacílio e Alexandre tentam tirar os japoneses da fábrica disfarçadamente. Dulce percebe e dá o alarme. Guma enfrenta o prefeito apontando Selma como uma de suas vítimas. Ela desmaia nos braços de Félix e os flashes disparam.

 

 

SEMANA DE 02/07 a 07/07 

     SEGUNDA FEIRA – 02/07/2001 Capítulo 127    Félix tenta capitalizar o desmaio de Selminha prometendo levá-la para o melhor hospital da região. Guma tira-a dos braços do prefeito. A multidão grita: Fora FG. Otacílio leva os japoneses embora.     Félix tem um ataque de raiva dentro da fábrica, quebrando tudo, mas resolve negociar: recebe Guma, Babau, Rodrigo, Dulce, Judite, Ricardina e a imprensa.     Amapola manda que Luiza se afaste de Fred. Ela descarrega a sua raiva em cima de Rita. Fred fica revoltado com a atitude da mãe, que promete mandá-lo para longe.     Félix garante que vai instalar os equipamentos. Rosa e Ondina tornam-se amigas e cúmplices. Félix decide não punir ninguém, o que surpreende Otacílio e Alexandre.     Adma, no entanto, sabe que ele está preparando a vingança. Augusta está felicíssima porque comprou jóias. Guma procura Lívia para falar do quarto que Rita pretende alugar. Ela começa logo falando de Esmeralda.    

     TERÇA FEIRA – 03/07/2001 Capítulo 128       Esmeralda ouve do lado de fora a conversa tensa entre Lívia e Guma. Os dois se acusam mutuamente de traidores. Oswaldo e Leontina interferem para que parem de gritar.     Selma reage ao ver Rufino em seu quarto querendo conversar sobre Rita. Lívia autoriza que Rita fique em seu quarto e sofre quando Guma vai embora. Ele volta para o cais aborrecido.     Rufino e Selma selam as pazes com um abraço emocionado. Otacílio é convencido por Amapola a mandar o filho para fora da cidade. Fred promete a Luiza que vai lutar pelo amor dos dois.    Rodolfo quer dar dinheiro para Selminha, mas ela não aceita. Augusta exibe suas novas jóias. Luiza não tem coragem de entrar na casa de Fred e sai correndo.     Genésia estranha o convite para o chá na casa de Augusta. Rodrigo acha que Guma é o nome ideal para unir a oposição. Esmeralda dá um beijo na boca de Guma na frente de todos, no Farol das Estrelas.   

     QUARTA FEIRA – 04/07/2001 Capítulo 129       Guma dá uma bronca em Esmeralda por ter contado tudo para Lívia. Depois conversa honestamente com Babau e promete não magoar a sua filha. Oswaldo fica pasmo com os planos de Augusta de casar Rodolfo com Genésia.    Rodolfo tenta fugir do chá, mas não consegue. Rosa e Félix se amam apaixonadamente. Adma manda Eriberto conseguir uma prova da infidelidade do marido.     Ele vai até o Centro e agarra Haidê, levando-a para o quarto ao lado do de Rosa. Chico é grosseiro com Luiza, que se irrita.     Fred está inconformado com a decisão dos pais. Genésia se preocupa com a roupa que vai usar no chá e recusa a ajuda de Socorrinho.     Rufino fica atônito ao saber que Esmeralda e Guma estão juntos. Eriberto ouve atrás da porta Félix rir e falar maravilhas de seu relacionamento.

      QUINTA FEIRA – 05/07/2001 Capítulo 130       Haidê flagra Eriberto ouvindo atrás da porta de Rosa. Ele ameaça matá-la se ela abrir o bico. Rufino e Guma se abraçam emocionados.     Genésia esbarra em Ezequiel e tem um piti. Leontina e Lívia ficam muito constrangidas no chá. Augusta tenta juntar Genésia e Rodolfo, sem sucesso. Guma e Esmeralda se beijam.     Mãe Ricardina joga os búzios e vê que Guma está se desviando do caminho traçado por Iemanjá. Chico manda Luiza jurar que jamais vai perdoar Rita, mas ela sai correndo.     Genésia derruba chocolate quente em Rodolfo e quando tenta consertar, o desastre é ainda maior. Ela sai correndo, esbarra em Ezequiel e desmaia nos braços dele. Ele percebe então que ela é mais interessante do que parece.     Alex convida Lívia e Léo para jantar na Praia dos Amores. Socorro rasga o vestido de Genésia, que fica quase nua na frente de Ezequiel. Adma fica furiosa quando Eriberto confirma que Rosa e Félix estão de caso. O capataz e a patroa se beijam.   

      SEXTA FEIRA – 06/07/2001 Capítulo 131       Adma garante que o beijou porque estava com ódio de Félix e que não vai haver uma segunda vez. Ele pergunta sobre a vingança e ela sonha com a volta do filho de Bartolomeu para desbancar Félix.     Eriberto relembra que o bebê perdeu-se no mar. Ondina escuta quando Adma, nervosa, constata que o filho de Bartolomeu pode estar vivo.     Alexandre manda Esmeralda ir jantar com Guma na Praia dos Amores. Socorro grita ao ver Genésia sentada de combinação no parapeito da janela de seu quarto.     Dulce fica indignada ao saber que Fred vai ser mandado para Salvador. Socorro vai ao Centro buscar o marido e o pai e fica fascinada. Deodato não consegue convencer a filha, que espera as asas crescerem para poder voar.    . Félix manda providenciar uma escada e sobe para resgatar Genésia. No quarto, surge por trás de Genésia, a figura etérea de Epifânia. Alexandre entra de braço dado com Lívia no restaurante. Guma e Esmeralda estão lá trocando beijos.

      SÁBADO – 07/07/2001 Capítulo 132       Genésia se desequilibra, mas Epifânia segura-a. Félix fala palavras doces e consegue salvar Genésia. O fotógrafo do jornal registra tudo.     Guma agarra Esmeralda só para provocar. Ezequiel se anima ao ouvir Eriberto comentar que Genésia herdou dinheiro. Socorrinho comenta com Alfeu seu fascínio pelo Centro.     Epifânia aparece para Deodato e ele começa a gritar. Judith consola Deodato; Epifânia consegue induzi-la a massagear os pés dele.     Félix pede que Eriberto não deixe os jornais da capital chegarem a Porto dos Milagres. Ele liga ainda para o editor do jornal da cidade e obriga que publique sua foto salvando Genésia na primeira página. Adma e Félix se amam.     . Homens encapuzados incendeiam os jornais vindos de Salvador. Rosa reage fortemente quando Ondina revela o que ouviu. Lívia, em crise, se deixa levar pelo amor de Alexandre. Os dois se beijam. 

 

     SEGUNDA FEIRA – 09/07/2001 Capítulo 133       Lívia pede que Alex tenha paciência com ela. Ondina dá mais informações sobre Eriberto. Rosa manda Haidê tentar arrancar informações do capataz manipulando a sua obsessão por Adma.     Rodrigo se irrita porque Félix está usando a mídia. Ricardina manda que Rodrigo e Dulce tenham cuidado com o prefeito. Otacílio acha que não existe motivo para preocupação.     Augusta insiste que Rodolfo faça uma visita de cortesia à Genésia. Félix e Alexandre conversam sobre Lívia e o jovem está confiante que tudo vai dar certo.     Ricardina concorda que Guma marque um encontro no terreiro entre Rita e Francisco. Os dois desdenham, mas acabam aceitando. Fred está revoltado com os pais.    Beatriz procura Luiza e acha que ela deve se despedir do irmão, nem que seja de longe. Ezequiel vai visitar Genésia e encontra com Rodolfo na casa. Epifânia avalia os pretendentes e reaparece para Deodato, que fica em estado de choque.   

     TERÇA FEIRA – 10/07/2001 Capítulo 134       Epifânia convence Deodato de que ele não está louco. Adma debocha, mas Alex garante que vai se casar com Lívia. Eriberto fica pasmo quando Adma pede que ele a coloque dentro do Centro, quando Félix estiver lá.     Haidê conta para Rosa que foi ameaçada por Eriberto, após pegá-lo de rosto colado na porta do quarto.     Genésia fica pasma ao saber que tem dois homens esperando-a e acaba expulsando-os. Deodato vai ajudar Epifânia a descobrir porque morreu e não vai contar a ninguém que ela aparece.     Esmeralda repara no anel que Guma está usando. Leontina sofre para se manter longe de Oswaldo.     Fred embarca no ônibus. Beatriz chega com Luiza. Rita e Chico ficam cara a cara. Amapola chora com a família. Fred pula pela janela do ônibus, abraça Luiza e sai correndo.    

     QUARTA FEIRA – 11/07/2001 Capítulo 135       Amapola fica histérica. Beatriz e Luiza comemoram. Venâncio e Otacílio seguem Fred. Haidê aconselha Selminha a procurar a mãe. Rita e Chico conversam e se entendem.     Socorro vai ao Centro de Lazer, olha fascinada para tudo e, para não ser descoberta, acaba entrando em um quarto.     Ricardina mais uma vez joga os búzios para Guma e constata que ele um dia será rei. Félix reúne o secretariado e expõe o seu inviável plano de racionamento de energia.     Augusta insiste, mas Rodolfo afirma que não vai mais cortejar Genésia. Ezequiel garante que vai fazer Genésia arder em seus braços. Lívia e Guma se cruzam na rua, não se falam, mas ele puxa assunto da dívida e os dois quase brigam.     Fred rola de uma ribanceira e torce o tornozelo. Rosa recebe o comendador Severo em horário especial. Socorrinho dorme no quarto. Félix vibra com o maquiavelismo do seu plano.

     QUINTA FEIRA – 12/07/2001 Capítulo 136       Félix garante que todos vão ficar contra o plano e ele será obrigado a fazer o inevitável apagão. Adma diz que o povo pode colaborar, mas Félix não acredita nessa hipótese.     Otacílio e Venâncio não vêem Fred, que vai embora mancando. Alfeu se preocupa com o paradeiro de Socorrinho.     O comendador entra no quarto onde Socorrinho dorme. Fred entra no Centro e dá de cara com Selminha, que promete escondê-lo pelo menos naquela noite.    Amapola não se conforma e Otacílio acha melhor chamar a polícia. Socorro acorda e se assusta com o homem em cima dela, fala que é casada, mas acaba entrando no jogo sensual até quebrar a cama.     Félix conta para Alex a razão de exigir pagar qualquer favor que lhe façam. Socorro gosta da bolada de dinheiro que recebe de Severo. Rita vai à casa de Amapola. Rosa fica pasma ao dar de cara com Socorro. Félix promove um apagão relâmpago.    

      SEXTA FEIRA – 13/07/2001 Capítulo 137       Todos especulam o motivo do apagão. Amapola fecha a porta na cara de Rita, mas ela insiste. Socorro confessa gostar de ser admirada por outros homens e faz uma proposta para Rosa: quer ser quenga de vez em quando.     Adma se assusta ao entrar em seu quarto e ver um vulto: é Eriberto. Ele tenta dissuadi-la de tentar entrar no Centro. Félix e Rosa se amam.    Por causa do apagão, Adma transfere o seu plano para o dia seguinte. Ezequiel senta na mesa de jogo de Rodolfo. Augusta acusa Leontina de estar atrapalhando a relação de Lívia e Alexandre.   Fred pede que Selma avise Luiza. Otacílio manda o delegado ficar de olho na namorada do filho.    Rita tenta convencer Amapola de que nada irá separar Fred e Luiza. Socorrinho volta para casa e todos pedem explicações. Alex dá um anel de brilhantes para Lívia e a pede em casamento.

      SÁBADO – 14/07/2001 Capítulo 138       Lívia pede um tempo para pensar. Ezequiel ganha na mesa de 21 e Rosa acha melhor suspender o jogo, avisando a Rodolfo que o prejuízo é dele. Socorrinho jura que foi dar um passeio e se perdeu na escuridão.     Lívia vê Guma e Esmeralda se beijando, promete a Alex que vai tirar o pescador do seu coração e aceita o pedido.     Na casa de Augusta, todos brindam. Amapola sofre por não saber de Fred. Luiza destrata Selma, mas muda o tom quando sabe que ela traz notícias de Fred.     O delegado segue as duas e ouve quando Luiza decide ir até o Centro. Rosa olha Félix dormindo. Oswaldo garante à Augusta que muito em breve a fábrica de charutos voltará a funcionar.     Alexandre convida Ondina para ser a sua madrinha de casamento. Adma faz pouco caso da notícia do noivado. Fred e Luiza se encontram e se beijam. O delegado, seguido pela imprensa, invade o bordel. Rosa tenta impedir que revistem o seu quarto.  

 

     SEGUNDA FEIRA – 16/07/2001 Capítulo 139       Rosa deixa o delegado fazer a busca, para desespero de Selminha. Fred quer fugir e levar Luiza com ele, mas ela pergunta como eles vão se sustentar. Amapola se preocupa com seu filho.     Ao saber que Fred e Luiza estão escondidos ali, Haidê vai pedir ajuda a Félix, que liga para Otacílio avisando onde seu filho está. Quirina dá o maior fora em Venâncio.    Lívia sonha com Guma e acorda perturbada, pois foi muito real. Guma pensa nela, angustiado. Ezequiel afirma para Rodolfo que vai conquistar Genésia. Epifânia observa os dois.     Haidê espera Otacílio no caminho e o faz entrar pelo porão. Selminha vai buscar Francisco e Rita. Ondina confirma que ouviu a conversa de Adma com Eriberto e sabe que o filho de Bartolomeu está vivo.    Adma puxa Ondina com violência e uma vela cai no tapete, iniciando um incêndio. O delegado encontra Fred e Luiza e quando está prestes a prender Rosa, surgem Félix, Amapola e Otacílio.   

     TERÇA FEIRA – 17/07/2001 Capítulo 140       Adma e Ondina começam a apagar o fogo. Félix explica que estava ali para mediar um conselho de família e dá a maior bronca no delegado. Guma e Lívia pensam um no outro.     Adma explica para Ondina que ela entendeu mal a conversa: ela falou para Eriberto que gostaria que o filho de Bartolomeu estivesse vivo para deixar Félix na miséria, pois ele tem outra mulher.     Os pescadores comentam como a cooperativa tem sido boa para todos. Lívia recebe uma cesta de café da manhã de Alexandre. Luiza finge concordar com os pais e termina o namoro com Fred, mas quando estão a sós, decide transar com ele, para lhe dar uma prova de amor.     Lívia convida Quirina para se sentar a mesa, deixando Augusta furiosa. Otacílio promete mandar Amapola para Miami.     Fred e Luiza mal conseguem disfarçar sua felicidade. Félix não fica satisfeito ao saber que Alex pediu Lívia em casamento. Rosa revela para Ondina que é a amante de Félix.   

     QUARTA FEIRA – 18/07/2001 Capítulo 141       Rosa confessa estar apaixonada por Félix, mas garante que não vai abandonar sua missão. Félix não tem certeza se Lívia esqueceu realmente Guma, mas acaba fingindo que sim e diz que vai fazer a festa de noivado em sua casa.     Eriberto explica para Adma que Rosa redobrou a vigilância e que ela terá que esperar para entrar no bordel. Rosa não acredita na história que Adma contou para Ondina.     Lívia não fica muito animada com a festa, mas Augusta adora a idéia e pretende fazê-la em sua casa. Alex dá a notícia do noivado a Esmeralda, que vai contar a Guma, deixando-o perturbado.     Genésia decide acabar com as investidas de Ezequiel e combina um chá com Augusta, pedindo que Rodolfo vá. Amapola fica radiante ao ver as passagens para Miami.     Rita corta o dedo e quando Francisco vai ajudá-la surge um clima entre eles. Babau promete investigar Félix quando assumir a prefeitura, mas o prefeito não pretende deixar que isto aconteça.

      QUINTA FEIRA – 19/07/2001 Capítulo 142       Félix explica que alugou um jatinho que o trará de volta à cidade todas as noites e por isso não vai precisar ser substituído, deixando Babau e os pescadores revoltados.     Alex fica preocupado porque Lívia vai ser madrinha de casamento de Dulce e Rodrigo ao lado de Guma. Adma e Félix planejam a carreira política dele.     O fantasma de Epifânia quer unir Judite e Deodato. Amapola, Beatriz e Fred partem para Miami. Ondina afirma para Adma que só está esperando a volta do filho de Bartolomeu.     Rosa pede que Haidê não desista de tentar arrancar alguma coisa de Eriberto. Rodolfo dá um beijo em Selminha, mas ela resiste e não dá bola. Augusta vai propor a Adma que a festa de noivado seja em sua casa, mas Adma a destrata e a expulsa.    Lívia garante para Leontina que saberá viver sem paixão, mas pensa em Guma. Amapola volta cheia de malas e já vai levando Otacílio para o quarto. Selminha decide ir falar com Rita na igreja, mas Augusta interrompe a conversa.     

      SEXTA FEIRA – 20/07/2001 Capítulo 143       Augusta começa a insultar Selminha, deixando Rita tão furiosa que ela acaba revelando que é mãe da menina. Rosa aparta a briga e enfrenta Augusta, enquanto Rita e Selma vão embora.     O delegado chega para prender Rosa, mas Félix o impede. As quengas e as beatas se enfrentam na porta da igreja. Paçoca vê Socorro saindo toda arrumada e mencionando uma tal de Bela da Tarde.     Alfeu percebe que a mulher mentiu para ele. Luiza fica revoltada ao saber que a mãe está conversando com Selma. Amapola e Otacílio decidem mandar Fred para fora da cidade, pois têm certeza que ele não esqueceu Luiza.     Socorro se prepara para receber seu primeiro freguês como Bela da Tarde na casa de Rosa. Fred e Luiza matam as saudades. Adma se insinua para Félix, mas ele diz que tem que sair.     Selma perdoa Rita mas fala que não vai largar seu emprego. Eriberto avisa a Adma que hoje é o dia que ele vai levá-la no bordel.

     SÁBADO – 21/07/2001 Capítulo 144       Adma combina tudo com Eriberto. Rita decide aceitar a decisão de Selma. Rosa paga Socorro. Todos ficam felizes ao ver que Selma e Rita fizeram as pazes.    Ondina interroga Eriberto sobre o filho de Bartolomeu e Amapola ouve tudo, espantada. Eriberto vai agredir Ondina por ter ameaçado Adma, mas Francinete chega na hora.     Amapola entrega a microcâmera que Adma encomendou, mas não descobre para que vai usá-la. Francisco não quer Selma em sua casa enquanto ela não largar o bordel e Luiza jura que nunca vai aceitar a irmã.     Rita pergunta a Guma se ele só está com Esmeralda para esquecer Lívia. Lívia e Guma ficam nervosos pois terão que se encontrar no ensaio do casamento.     Babau não acredita que Esmeralda conseguirá ser feliz com Guma. Alfeu pergunta a Socorro onde ela esteve e quem é Bela da Tarde, deixando-a assustada. Lívia e Guma se encontram na frente da igreja.  

    

     SEGUNDA FEIRA – 23/07/2001 Capítulo 145       Guma e Lívia discutem na porta da igreja, mas são interrompidos por Amapola. Eriberto e Adma entram no Hotel Cassino pelo porão.     Alfeu quer saber onde Socorro estava e, sem saber o que responder, ela sai gritando que não admite ter que dar satisfações. Adma vai até o quarto de Rosa e coloca a microcâmera.     Esmeralda fica furiosa ao saber que Guma está no ensaio com Lívia e vai até a igreja. Eriberto percebe que Rosa está se dirigindo ao seu quarto e conversa com ela na porta, para que Adma se esconda.    Socorro explica que estava tomando aulas de computador com Bela, mas Epifânia garante a Deodato que ela está mentindo. Oswaldo dá dinheiro para Leontina comprar um vestido e se insinua, mas ela se afasta.     Lívia e Guma ficam perturbados ao ler um poema para os noivos e ela vai embora. A câmera grava Félix e Rosa na cama. 

     TERÇA FEIRA – 24/07/2001 Capítulo 146       Adma ouve, com ódio, as palavras de amor entre Félix e Rosa. Esmeralda não quer que Guma vá atrás de Lívia, mas ele vai. Os dois combinam uma trégua.     Fred se encontra com Luiza. Socorro faz drama para Alfeu se sentir culpado e ele lhe pede perdão, deixando Genésia indignada.     Augusta marca a data do chá que Genésia vai tomar em sua casa e Rodolfo se irrita ao saber. Genésia encontra Ezequiel na rua e avisa que tem outro.     Guma sente ciúmes quando Alex vem buscar Lívia na igreja. Eriberto está preocupado esperando Adma, que finalmente consegue sair do armário e pegar a câmera de volta.     Francisco está chateado porque Luiza tem vergonha de ser filha de pescador. O encontro deixa Lívia e Guma perturbados. Félix planeja mandar prender Rodrigo diante dos convidados do casamento. 

     QUARTA FEIRA – 25/07/2001 Capítulo 147       Adma beija Félix e pede, desesperada, que ele faça amor com ela. Rosa lembra de Arlete e jura descobrir o que foi feito dela.     Guma se irrita com o ciúme de Esmeralda. Rodrigo e Dulce estão felizes porque é o dia do casamento. Adma não consegue esquecer o que ouviu Félix falar a Rosa.     Augusta exige que Rodolfo agrade Genésia. Enquanto planeja o chá, já pensa também em receber os gringos que virão inspecionar a fábrica de charutos.     Amapola fica revoltada ao saber que Dulce e Rodrigo vão trabalhar no dia do casamento. Félix planeja sua vingança contra Rodrigo.     Adma revela para Eriberto que filmou Félix e Rosa com uma microcâmera, e que vai fazer com que acredite que foi sua amante que fez isso.

      QUINTA FEIRA – 26/07/2001 Capítulo 148       Adma liga para Amapola para desabafar e ela fica aflita ao ouvir a voz angustiada da irmã, além de estar enlouquecida com os preparativos do casamento.     Félix quer apressar a inauguração do equipamento antipoluição da fábrica. Alexandre combina a data de sua festa de noivado.     Rosa não deixa que Rodolfo abra novamente a mesa de jogo. Genésia fica indignada com as propostas de Ezequiel.    Alfeu chama Bela de Bela da Tarde e Socorro fica feliz porque ele não desconfia de nada. Deodato compra um vestido para Judith e fica ofendido quando ela não aceita, mas acaba perdoando.     Eles decidem ir ao casamento juntos, para alegria de Epifânia. Todos se arrumam para o casamento na casa de Amapola. O casamento começa, mas é interrompido pelo delegado, que prende Rodrigo por prática ilegal de medicina.    

      SEXTA FEIRA – 27/07/2001 Capítulo 149       Dulce pede ao delegado que deixe o casamento se realizar, antes de prendê-lo. O casamento prossegue sob o olhar comovido de todos. Rodrigo é preso.    A família de Amapola vai para casa triste. Félix explica para Adma e Alexandre que Rodrigo é acusado de ter feito um aborto em uma mulher e que teve sua licença de medicina cassada.     Rodrigo jura para Otacílio que é inocente e ele promete pedir que Félix interceda a seu favor. Guma sugere que todos ajudem Rodrigo a pagar um advogado.     Dulce tenta ser forte. Augusta convence Rodolfo a jogar charme para Genésia.     Todos contribuem para ajudar Rodrigo, mas Babau avisa que o dinheiro ainda é muito pouco. Genésia se arruma para encontrar Rodolfo. Otacílio vai pedir ajuda para Félix. Lívia quer ajudar Rodrigo.

      SÁBADO – 28/07/2001 Capítulo 150       Guma recusa a ajuda, mas Rita argumenta que não é hora para rivalidades. Rodrigo fica emocionado ao saber da solidariedade de todos.     Alfeu decide seguir Socorro, mas ela percebe e o despista. Genésia chega para o chá e Augusta empurra Rodolfo para cima dela.     Amapola dá seu apoio a Dulce. Alexandre não gosta de saber que Lívia está ajudando Guma na coleta.     Félix se recusa a ajudar Rodrigo e despede Otacílio, para grande espanto dele e de Adma. Socorro garante a Haidê que se um dia Alfeu descobrir o que ela está fazendo, se transforma de vez na Bela da Tarde.     Luiza se irrita ao ver Selminha em sua casa. Todos convencem Guma de que é melhor aceitar a ajuda de Lívia. Amapola fica estupefata ao saber que Otacílio foi despedido.  

    

SEGUNDA FEIRA – 30/07/2001 Capítulo 151       Amapola fica histérica com a demissão de Otacílio e liga para Adma, mas Félix a impede de atender.    Rita pede a Francisco que jante com ela e Selma e ele acaba cedendo, mas Luiza jura que nunca vai aceitar a irmã. Rodrigo desconfia que Félix está por trás de sua prisão.     Otacílio explica a Amapola que por uma cláusula em seu contrato, não pode revelar nada que sabe sobre Félix. Rodolfo leva Genésia na loja e se espanta ao ver a quantidade de dinheiro na caixa registradora.     Alfeu quer saber onde Socorro passou a tarde. Guma vê que as arrecadações não são suficientes para tirar Rodrigo da cadeia.    Félix manda os comerciantes não entregarem a quantia prometida a Lívia. Otacílio percebe que o dinheiro da conta secreta de Miami desapareceu. Adma ouve Alexandre perguntando a Félix se ele pode confiar em Rosa.    

     TERÇA FEIRA – 31/07/2001 Capítulo 152       Félix afirma que não vai largar a amante, deixando Adma arrasada. Socorro se faz de ofendida e mente que saiu sem rumo porque percebeu que Alfeu a seguia.     Genésia insulta Alfeu por ter deixado a loja sozinha. Rodolfo convida Genésia para um passeio romântico e Epifânia convence Deodato a fazer o mesmo com Judite.     Rosa se irrita ao ver que Selma não veio trabalhar. Luiza se espanta ao ver Amapola sair gritando que está pobre.     Dulce garante a Lívia que Félix está por trás da recusa dos comerciantes, mas Alexandre nega. Adma consola Amapola e promete que não deixará nada faltar para ela.     Guma joga na cara de Lívia que ela vai se casar com o filho do homem que traiu seu amigo. Ezequiel não gosta de ver Genésia com Rodolfo. Epifânia se materializa diante de Adma.

Nenhum capítulo cadastrado para este dia.

QUINTA FEIRA – 02/08/2001 Capítulo 154       Adma exige que o dinheiro volte para a conta, mas Félix quer saber porque ela se importa tanto com Amapola. Lívia insiste em falar com o pai de Alexandre.     Adma confessa que é amiga de Amapola, mas Félix acha que não é só isso. Amapola desconfia que Félix tem algo a ver com o sumiço do dinheiro.     Rosa afirma que Selma não nasceu para essa profissão. Eriberto avisa a Adma que a fita já está pronta. Rodolfo se insinua para Genésia e destrata Selma na frente dela.     Félix nega que tenha algo a ver com a prisão de Rodrigo e se oferece para ajudar a pagar um advogado, mas Lívia recusa.     Adma e Amapola tentam conversar na igreja, mas a chegada de Selma as impede. Rodolfo pede um empréstimo a Genésia. Guma pergunta a Lívia como foi sua conversa com Félix.   

      SEXTA FEIRA – 03/08/2001 Capítulo 155       Lívia prefere não conversar sobre isso com Guma, mas garante a Dulce que não acreditou em Félix. Rodolfo se declara para Genésia, mas é interrompido por Ezequiel.     Félix desconfia ao saber que Adma saiu com Amapola. Esmeralda fica com ciúmes porque Lívia vai ajudar Guma a arrecadar dinheiro.     Rufino garante a Selma que quando ela deixar de ser quenga, eles vão morar juntos de novo. Ezequiel fica na loja até Alfeu chegar, para não deixar Genésia sozinha.     Rodolfo tenta falar com Selma, mas ela dá um fora nele. Amapola pede que Adma lute para conseguir Félix de volta antes de revelar seu segredo.     Félix manda que Augusta traga as famílias tradicionais da Bahia para a festa de noivado de Lívia. Belmira convida todos para seu aniversário. Amapola e Otacílio confessam aos filhos que estão mal financeiramente. Eriberto avisa a Adma que a fita já está com ele.

      SÁBADO – 04/08/2001 Capítulo 156       Eriberto aconselha Adma a assistir a fita na prefeitura, quando não tiver ninguém lá. Dulce fica emocionada com o apoio que recebe de sua família.     Fred explica para Luiza que agora sua mãe não vai ter motivos para proibir o namoro deles. Rosa garante a Rita que Selma não tem vocação para quenga e que vai despedi-la para ela ser feliz.     Francisco e Rita se reconciliam. Augusta insinua para Genésia que se ela aceitar Rodolfo será sua sucessora como guardiã da igreja. Esmeralda fica aflita porque Guma está com Lívia.     Na festa de Belmira, os convidados começam a contribuir com a causa de Rodrigo. Félix manda Alex ir a São Paulo apressar a vinda do equipamento antipoluição.     Luiza pede que Esmeralda a ajude com o teste de gravidez, dizendo que é para uma amiga. Lívia percebe um menino se afogando. Otacílio decide ir tomar satisfações com Félix.   

 

     SEGUNDA FEIRA – 06/08/2001 Capítulo 157       Os pescadores percebem que Lívia está tentando salvar o menino e vão ajudá-la. Félix afirma que Otacílio só receberá seu dinheiro de volta se permanecer de boca fechada.     O advogado concorda, mas promete defender todos os que estão contra seu ex-patrão. Judite afirma que Lívia é filha de pescador e Guma fica encantado ao vê-la vestindo as roupas de Belmira.     Amapola fica orgulhosa de Otacílio, que decide defender Rodrigo. Todos observam Lívia e Guma e torcem para eles se acertarem.     Rosa afirma que só deixa o jogo no bordel voltar se Rodolfo pagar o que lhe deve. Genésia não sabe de deve emprestar o dinheiro a Rodolfo.     Augusta deixa Leontina enlouquecida ao perguntar se ela está dormindo com algum homem casado. Guma leva Lívia para sua casa para ela trocar de roupa e eles acabam se beijando. 

     TERÇA FEIRA – 07/08/2001 Capítulo 158       Lívia confessa que tem dúvidas sobre o casamento e Guma afirma que só está com Esmeralda para esquecê-la. Eles se jogam nos braços um do outro.    Eriberto tenta dissuadir Adma de assistir a fita de Félix com Rosa. Esmeralda ajuda Luiza a fazer o exame de gravidez e a menina se desespera ao ver que dá positivo.    Leontina promete para si mesma que vai esquecer Oswaldo e se insinua para Rufino. Augusta insiste para que Rodolfo se case com Genésia, deixando-o pensativo.     Amapola fica triste por ter que fazer economia, mas se encoraja com Otacílio, que já planeja a defesa de Rodrigo. Rosa não gosta quando Félix se recusa a ajudar Rodrigo.     Luiza vai até a casa de Amapola e exige falar com Fred. Guma e Lívia combinam de revelar para todos que estão juntos de novo. Adma fica transtornada ao ver Félix na cama com Rosa. Eriberto lhe dá um beijo.  

     QUARTA FEIRA – 08/08/2001 Capítulo 159       Adma se deixa levar, mas logo afasta Eriberto e garante que vai entregar a fita ao senador Victório para destruir a candidatura de Félix.     Rosa fica indignada ao saber que Félix quer que ela largue o Centro para ficar perto dele e eles brigam. Amapola expulsa Luiza e ela fica sem saber o que fazer.     Quirina fica com ciúmes quando Venâncio dá em cima de Francinete. Oswaldo separa Rufino e Leontina e ela foge. Guma e Lívia namoram.     Rosa está abalada porque brigou com Félix, mas tenta se concentrar em descobrir o paradeiro de sua irmã.    Genésia concorda em emprestar o dinheiro a Rodolfo. Ricardina acolhe Leontina em seu terreiro. Félix vê Eriberto e Adma saindo da prefeitura e pede satisfações a ela.      QUINTA FEIRA – 09/08/2001Capítulo 160       Félix acusa Adma de estar traindo-o com Eriberto e ela nega, indignada, mas se recusa a explicar o que estava fazendo na prefeitura. Ondina ouve tudo e decide ir falar com Rosa.     Os pescadores estranham o sumiço de Guma. Esmeralda decide perguntar se Lívia dormiu em casa, mas Quirina mente para proteger a patroa.     Augusta garante que não vai deixar o noivado de Lívia acabar, mas a sobrinha enfrenta-a e decide sair de casa. Osvaldo se preocupa com Leontina, que dorme no terreiro de Ricardina.     Guma pede para conversar com Esmeralda. Genésia pega o dinheiro para dar para Rodolfo, mas Epifânia a influencia a pensar melhor.     Alfeu decide ficar de olho na cunhada. Adma manda Eriberto não falar com Félix. O senador Victório fica radiante ao receber a fita anônima, perceber o que ela contém e planeja sua vingança contra Félix.   

      SEXTA FEIRA – 10/08/2001 Capítulo 161       Victório quer destruir a candidatura de Félix e se eleger governador. Rodrigo começa a dar consultas de dentro da cadeia. Guma termina com Esmeralda, que fica desesperada e acredita que ele um dia ainda vai voltar para ela.     Lívia leva algumas de suas coisas para a casa de Guma, mas decide manter o que houve entre eles dois em segredo até Alex voltar de viagem.     Esmeralda decide levar Luiza para fazer um teste de gravidez, mas pretende fingir que é dela para conseguir Guma de volta.     Rosa não acredita que Adma tenha um caso com Eriberto, mas acha que ela deve estar tramando algo. Selma vê Rodolfo entrando na casa de Genésia.     Ela decide emprestar o dinheiro, para desgosto de Epifânia. Dulce e Judith se impressionam com a facilidade que Paçoca tem para fazer contas. Guma entrega o dinheiro a Otacílio. Adma esbofeteia Eriberto.

      SÁBADO – 11/08/2001 Capítulo 162       Adma exige que Eriberto diga a Félix que a atacou e ele deixa claro que só vai fazer isso porque a ama. Victório manda Argemiro avisar a Félix que eles têm um assunto importante a tratar, sem dizer o quê.     Rosa não sabe como o seu amor pode dar certo. Dulce se orgulha de ver Otacílio viajando para o Rio para começar a defesa de Rodrigo.     Guma e Lívia estão felizes, mas ele tem medo que Esmeralda tente estragar seu namoro. Amapola decide vender algumas de suas roupas.     Dulce e Rodrigo estão esperançosos. Esmeralda manda Luiza fazer o exame no nome dela. Ricardina joga búzios para Leontina e vê que o amor proibido dela em breve vai se concretizar.     Rodolfo dá o dinheiro a Rosa, que ainda não sabe se deve permitir a volta do jogo. Alfeu descobre que Genésia não depositou o dinheiro que pegou da loja, ela admite, promete devolver, mas não conta o que fez com ele. Argemiro dá o recado de Victório. Félix despede Eriberto.

     SEGUNDA FEIRA – 13/08/2001 Capítulo 163    Félix banca o ultrajado. Eriberto ainda tenta defender Adma, mas o patrão não quer ouvir. Genésia segue Socorrinho. Adma tem certeza que Félix não acreditou em nada, deixando Eriberto confuso.   Victório faz planos de conhecer Rosa Palmeirão. Oswaldo aguarda ansioso notícias de Leontina. Ricardina aconselha Leontina a lutar pelo seu amor.  Deodato dá força à Judith para que Paçoca tente bolsa de estudo, já que é superdotado. Esmeralda aguarda ansiosa o resultado do exame de Luiza. Guma e Lívia decidem que vão morar juntos.   Dulce e Rodrigo namoram por entre as grades. Amapola tenta promover uma garage sale. Genésia vê a irmã entrando no Centro. Alfeu se disfarça e vai até lá.   Augusta insiste que Rodolfo deve casar com Genésia, mas ele não quer. Mãe Ricardina e suas iaôs vão à casa de Augusta, que tem um ataque. Guma pede à tia que não conte à Esmeralda da casa que alugou. Esmeralda se mete no grupo do candomblé. Félix avisa à Adma que o casamento deles está acabado.

     Capítulo 164    Félix acusa Adma de ser amante de Eriberto. Ela jura que só ama o marido. Vênus e Serena chamam a polícia para tirar as iaôs da casa de Augusta. Oswaldo fica aliviado ao saber que Leontina está no terreiro.   Rosa decide ir com suas meninas também para a casa de Augusta. Socorrinho, vestida de odalisca, grita ao ver Alfeu entrar no quarto.   Ele sofre, mas ela avisa que espera que ele entenda seu modo de vida, dividida entre a esposa e a quenga. Oswaldo confessa para Lívia que ama Leontina. Rodolfo e Selminha se amam na cama de Augusta.   Félix propõe a Adma que mantenham um casamento de fachada. O delegado chega e Augusta tenta expulsar todos, inclusive ele, de sua casa a vassouradas.   Rosa olha comovida o retrato de Laura. Augusta fica roxa ao ver o filho e quenga em sua cama. Genésia sobe de fininho e fica arrasada ao ver Rodolfo e Selminha juntos. Victório encontra-se com Félix.  

     QUARTA FEIRA – 15/08/2001 Capítulo 165    Félix se irrita porque Victório manda que ele se cale. O senador permanece firme assustando o prefeito. Augusta tenta explicar o comportamento de Rodolfo.   Genésia chora, sentindo-se enganada. Rodolfo culpa Selminha expulsando-a. Depois tenta se explicar com ela, sem sucesso.   Deodato tenta entender o que está acontecendo entre Socorrinho e Alfeu. Félix fica perplexo ao saber da fita de vídeo. Selminha procura consolo nos braços de Rita.   Genésia não aceita conversar com Rodolfo e vai embora correndo da casa de Augusta. Esmeralda insiste, mas Guma não reata o namoro. Alexandre avisa à Lívia que vai ficar fora mais alguns dias.   Genésia esbarra em Ezequiel e demonstra a sua mágoa com os homens. Fred acha Luiza estranha. Victório sugere que Rosa gravou o vídeo e que deve ter feito mais cópias; e que Félix deve renunciar à sua candidatura. 

     QUINTA FEIRA – 16/08/2001 Capítulo 166    Victório insiste que seus eleitores não aceitarão o caso de amor com uma ex-presidiária e cafetina. Rosa deixa Rodolfo reiniciar a mesa de black-jack. Lívia teme que as pessoas descubram que ela está com Guma.   Victório insinua que Rosa armou a cilada para Félix desde o começo, antes mesmo de vir para a cidade. O prefeito reage ao saber que o senador pretende se lançar como candidato a governador em seu lugar.   Augusta planeja um jantar para uns gringos e pede ajuda à Amapola. Venâncio propõe uma sociedade à patroa numa firma de banquetes. Augusta assina uma promissória. Rodolfo ganha no carteado.   Luiza fica enciumada ao ver o carinho entre Rita e Selminha. Guma e Lívia fazem amor. Como num sonho, as grades somem: Rodrigo e Dulce se amam.   Deodato pega na mão de Judite. Victório entrega cópias das fitas e uma lista de pessoas a quem Argemiro deve enviar. Félix chega no Centro de Lazer. 

     SEXTA FEIRA – 17/08/2001 Capítulo 167    Rosa entrega a chave de seu quarto para Félix. Ezequiel senta na mesa de jogo e começa ganhando. Félix acusa Rosa, obriga-a a ver o vídeo.   Rosa se defende, mas Félix garante que ela estava de conluio com Victório desde que eles se encontraram no tempo da convenção.   Rosa não consegue responder porque se instalou em Porto dos Milagres. Félix vai embora furioso, lembra-se da cigana e garante que vai vencer.   Ondina surpreende Eriberto no quarto de Adma, e ele tenta matá-la. Todos se movimentam na casa de Amapola para o jantar. Venâncio paquera Quirina. Luiza reage porque Selma vai ficar dormindo na casa.   Ezequiel quebra a banca. Rosa proíbe Rodolfo de trabalhar lá. Alfeu xinga Socorro acordando todos na casa. Todos ficam perplexos ao saber que ela virou quenga. Victório chega no Centro. Adma pede que Félix se abra com ela. 

     SÁBADO – 18/08/2001 Capítulo 168    Adma finge surpresa quando Félix conta que foi pego numa armadilha. Deodato quer bater em Alfeu, mas Socorro confirma. Victório assedia Rosa, mas ela avisa que não exerce o metiê.   Félix pede ajuda a Adma para minimizar o escândalo e decide convocar a imprensa. Todos tentam convencê-la a largar a vida, mas Socorrinho vai morar no Centro.   Félix chama o filho. Eriberto estranha a reconciliação de Adma e Félix. A imprensa começa a chegar.   Rodolfo vai à casa de Genésia dizer que pediu demissão, mas nada consegue. Ezequiel vai dar o dinheiro que ganhou no jogo para Genésia. Otacílio consegue o habeas-corpus para Rodrigo.   Esmeralda segue Guma. Oswaldo consegue falar com Leontina, sob as bênçãos de Ricardina. Félix agradece a Adma e beija-a. Victório sabe da imprensa e decide ir à casa de Félix. Esmeralda fica em estado de choque ao ver pela janela Guma e Lívia se beijando na cama.

     SEGUNDA FEIRA – 20/08/2001 Capítulo 169    Esmeralda fica desarvorada. Leontina declara seu amor a Oswaldo e ele promete que os dois ficarão juntos. Lívia tenta conversar com Alexandre, mas ele marca para depois da coletiva de imprensa de seu pai.   Augusta manda que a sobrinha troque de sobrenome já que vai morar com o pescador. Rodolfo promete à mãe que se casará com Genésia.  Ondina e Judite ficam atônitas quando Rita divide com elas o segredo que pretende revelar: Guma vem no mar dentro de um cesto. Félix, Adma e Alexandre descem as escadas de braços dados.   Adma denuncia o golpe da oposição que contratou uma prostituta para difamar o marido e faz discurso emocionado. Victório chega a tempo de ouvir as últimas palavras, tenta virar o jogo, mas é obrigado a apoiar Félix.   Rosa deixa Socorrinho ficar morando no Centro. O delegado cerca o Centro. Rosa é avisada pelo prefeito que sua casa será fechada.  

     TERÇA FEIRA – 21/08/2001 Capítulo 170    Amapola, Quirina e Venâncio arrumam tudo para a festa. Leontina volta para casa. Esmeralda pega o exame, e o resultado é positivo. Se Rosa não for embora da cidade, será presa.   Adma comemora a vitória. Eriberto garante que continuará ao lado dela. Rosa surpreende Félix, contando que só foi para a cidade atrás do sobrinho dos dois, o filho de Bartolomeu.   Amapola esbarra em Argemiro, ele a reconhece e lembra-se que ela tinha uma irmã chamada Adma. Victório vibra com a história e decide descobrir os detalhes.   Lívia devolve o anel de noivado para Alex, que fica em choque ao saber que ela voltou com Guma. Lívia comunica à família que vai morar com Guma. Esmeralda conta a Guma que está grávida.   Ondina ouve Rosa e Félix conversando sobre o filho de Bartolomeu. Félix, muito perturbado, tem uma visão com a cigana profetizando que ele perderá o coroa para o filho de um defunto, um homem que anda sobre o mar. Guma se aproxima. 

     QUARTA FEIRA – 22/08/2001 Capítulo 171    Félix confirma suas ordens ao delegado. Guma fica sabendo as novidades. Ondina manda Rosa ter cuidado com Adma. Félix exige que Victório se comprometa com a sua campanha e quase sai pancadaria entre os dois.   O senador fica roxo de raiva e promete se vingar em Adma. Todas as meninas decidem ficar com Rosa, até mesmo Socorrinho. Os pescadores, liderados por Guma, decidem que vão defender Rosa.   Leontina se abre com Lívia. Augusta avisa a Oswaldo que vai separar uma champanhe para uma comemoração a sós e ele fica constrangido. Alexandre segue Lívia.   Quirina se interessa ao saber que Venâncio tem dinheiro guardado. Luiza continua estranha com Fred, que marca encontro na Praia dos Amores. Deodato se prontifica a levar Judite e Paçoca para Salvador, para que o menino faça os exames na escola para superdotados.   Victório procura Rosa e propõe que ela desobedeça Félix. Lívia chega em casa e encontra Alex. Adma fica atônita ao saber que Rosa é irmã de Arlete.  

     QUINTA FEIRA – 23/08/2001 Capítulo 172    Adma insiste que o bastardo não existe. Félix, porém, permanece muito preocupado. Victório manda que Rosa ligue para um desembargador amigo dele. Guma deixa claro que não vai se casar com Esmeralda.   Ela garante que vai embora da cidade assim que a criança nascer e entrega para ele o exame. Alex ironiza a vida que Lívia escolheu. Genésia se surpreende ao ver Ezequiel todo bem vestido.   O desembargador dá instruções para Rosa. Félix fala da visão e garante ter certeza que o bastardo existe. Adma marca encontro com Eriberto. Ondina acompanha tudo o que acontece. Amapola vibra com o novo trabalho de catering and fashion adviser, mas troca farpas com Augusta.   Esmeralda aconselha Luiza que não conte da gravidez logo para Fred. Rita e Chico ficam perplexos com a notícia da gravidez de Esmeralda. Fefeu entra no quarto de Socorrinho.   Ezequiel chega para conversar com Genésia. Oswaldo recebe os convidados, dentre eles, Pitágoras Williams Mackenzie, de Greenville. Eriberto caminha em direção à casa de Félix. Epifânia observa tudo.  

     SEXTA FEIRA – 24/08/2001 Capítulo 173    Alfeu chora e declara o seu amor por Socorro. Eriberto garante que o bebê não poderia sobreviver dentro de uma cesta no mar. Ondina ouve atrás da porta. Epifânia se materializa dentro da casa.   Rita e Chico aconselham Guma a se casar com Esmeralda. Victório manda preparar um dossiê sobre Adma e Amapola. Socorro propõe que Fefeu vire seu freguês, e ele vai embora indignado.   Ezequiel dá o dinheiro para Genésia, conta que Rodolfo pegou emprestado para pagar dívida de jogo e revela que gosta dela. Ela joga as notas na cara dele e confessa-se decepcionada com todos. Pitágoras faz charme para Augusta.   Ondina tem a certeza que Guma é o filho de Bartolomeu, invade o quarto e grita isso para Adma e Eriberto. Em seguida, começa a passar mal.   Adma a envenena e manda que Eriberto acabe o serviço. Epifânia vê tudo. Francinete se interessa por Venâncio. Pitágoras fecha negócio com Oswaldo. Adma decide sumir com o corpo. Epifânia garante a Ondina que ela ainda não morreu. A fábrica de charutos pega fogo. 

     SÁBADO – 25/08/2001 Capítulo 174    Oswaldo, Lívia, Rodolfo e Leontina saem correndo para a fábrica. Pitágoras consola Augusta. Adma tem certeza que Ondina falou a verdade e Guma é o filho de Bartolomeu.   Otacílio e Amapola estranham ao ver Eriberto saindo da casa de Félix. Alexandre vai também para a fábrica. Rodrigo garante que vai brigar para provar a sua inocência.   Guma e Rufino ajudam a salvar alguma coisa do incêndio. Oswaldo entra na fábrica em chamas para pegar o dinheiro guardado lá dentro. Guma e Alex entram para resgatá-lo. Lívia agradece aos dois.   Leontina se abraça com Oswaldo. Pitágoras desfaz a sociedade com Oswaldo, mas pensa em iniciar outra com Augusta. Leontina, Lívia e Rodolfo prometem ajudar Oswaldo a reerguer a fábrica. Luiza começa a enjoar.   Adma dá um beijo e promete o que Eriberto deseja se ele matar Guma sem deixar vestígios. Ondina desaparece. Alexandre surpreende a todos propondo ser o avalista de Oswaldo no empréstimo para reerguer a fábrica. Félix chega e percebe o carro de Eriberto. Adma ouve um barulho, sabe que o marido chegou e fica em pânico.

     SEMANA DE 27/08 a 01/09  SEGUNDA FEIRA – 27/08/2001 Capítulo 175    Félix acorda Adma que finge dormir, e ela nega que Eriberto tenha estado lá. Pitágoras não anula o contrato se Oswaldo realmente conseguir o empréstimo com o aval de Alex.   Lívia, para não dever favor a Alex, exige que a casa seja dada em garantia. Augusta pede dinheiro a Pitágoras para pagar o jantar, já que Amapola ameaça-a com a promissória.   Rodrigo sai da prisão aplaudido pelo povo. Adma finge não saber onde está Ondina. Rosa avisa a Victório que já fez tudo como mandou o desembargador. Alexandre conta aos pais que rompeu o noivado.   Adma se desespera porque Eriberto não achou o corpo de Ondina. Ela manda que ele cumpra a sua outra ordem: matar Guma.   Alexandre fica pasmo quando Esmeralda sugere que ele a engravide para que ela possa seguir adiante com o plano. Guma conta para Lívia que Esmeralda está grávida e ameaça sumir com o filho se ele não se casar com ela.  TERÇA FEIRA – 28/08/2001 Capítulo 176    Guma garante que vai ficar com Lívia, mas comenta sobre a lei do cais que um homem não pode engravidar sem casar com uma mulher. Lívia se revolta com o mundo dos pescadores.   Alex promete pensar na proposta de Esmeralda. Pitágoras está fascinado por Augusta. Rodrigo e Dulce vivem, enfim, a lua de mel.   Babau fica boquiaberto quando Esmeralda conta que está grávida e exige falar com Guma. Augusta acha que Lívia vai se arrepender a vida inteira por não ter se casado com Alex.   Babau avisa a Guma que não quer perder a filha. Quirina aconselha Lívia que ela converse com Rita sobre a lei do cais. Fred quer levar Luiza ao médico, mas ela mente que comeu algo estragado.   Rosa manda recado para Otacílio, que promete estar no Centro na hora certa. Adma reafirma: se Eriberto matar Guma, ela será dele. Alexandre se empenha para encontrar Ondina.  QUARTA FEIRA – 29/08/2001 Capítulo 177    Alexandre pede que o pai mobilize todos para encontrar Ondina. Epifânia compreende que foi envenenada por Adma. Ezequiel suspira apaixonado por Genésia.   Esmeralda reafirma sua intenção de ir embora para longe, caso Guma não case com ela. Rita explica a lei de costumes que vigora nas ruas de baixo e Lívia fica muito mobilizada.   Rosa leva sanduíches para os policiais e dá de cara com Félix. O prefeito dá um tapa na bandeja derrubando tudo. Os dois se enfrentam. Rosa promete às meninas que vai defender o Centro, nem que seja à bala.   Rufino aconselha Guma a esquecer a lei do cais, dar amor ao filho e se casar com Lívia. Os pescadores combinam ajudar Rosa.   Rita tem certeza que a filha está grávida. As lâmpadas da casa de Adma começam a queimar, assustando-a. Epifânia materializa-se acusando-a de assassina. Amapola entra e vê Adma histérica confessando para o vazio seus crimes.  QUINTA FEIRA – 30/08/2001 Capítulo 178    Epifânia lança a maldição que Adma jamais terá paz. Ela tenta se acalmar, enquanto Amapola faz um chá. Lívia avisa que entendeu a lei do cais e que Guma está livre para tomar a decisão que quiser.   Ele pede que ela fique, mesmo que seja como amigos. Rita exige que Luíza conte para Fred sobre sua gravidez. Amapola insiste em saber e Adma garante que jamais envenenaria Epifânia.   Rosa mostra a Babau uma entrada pelos fundos. Otacílio fica grilado quando Rosa pede que ele pegue no cofre da fábrica a fita de vídeo.   Para conseguir entregar uma grande encomenda dos japoneses, Félix manda poluir mais uma vez o riacho. Guma dorme na sala, mas morre de desejo de estar com Lívia.   Alexandre arma para Esmeralda transar com o marinheiro do barco dele, em Salvador. Ferrabrás junta seus capangas, que aguardam escondidos perto do Centro. Félix pega uma Bíblia e avisa que citará o Senhor ao colocar Rosa para fora da cidade.  SEXTA FEIRA – 31/08/2001 Capítulo 179    Guma e os pescadores entram no Centro. Félix faz discurso contra o “templo de Belzebu”. Rosa e Otacílio enfrentam o prefeito e avisam que têm um habeas corpus preventivo.   O prefeito manda o delegado recolher os seus homens e é aclamado pelo povo com gritos de “aleluia”. Rosa abre um champanhe com os pescadores.  Amapola e Venâncio organizam a garage sale. Dulce viaja para o Rio para tentar juntar provas da inocência do marido. Esmeralda avisa ao pai que vai a Salvador fazer exames. Na rua, briga com Lívia.  Alexandre confirma ao pai que já começou o processo poluidor e somente o responsável sabe. Otacílio ouve Ferrabrás dando ordens para os seus homens. Rodolfo aborda Genésia na igreja, que marca um encontro em casa.   Deodato, Judite e Paçoca estão de volta e ficam preocupados ao saber do desaparecimento de Ondina. Genésia convida Ezequiel para ir à sua casa também. Amapola fica em estado de choque quando Rita fala da gravidez. Otacílio avisa Rosa da invasão.

SABADO – Nenhum capítulo cadastrado para este dia.

 SEMANA DE 03/09 a 08/09      SEGUNDA FEIRA – 03/09/2001 Capítulo 181    Félix garante à Adma que ela é a mulher da vida dele. Oswaldo e Augusta batem boca por causa de Leontina. Ele comete um ato falho e a esposa começa a suspeitar que ele ama sua irmã.   Babau se preocupa quando Guma avisa que não sabe se vai casar-se com Esmeralda. Alexandre garante ao pai que a encomenda dos japoneses será entregue a tempo e que ninguém vai perceber o aumento dos dejetos no rio. Lívia dá força a Guma para que ele tome a decisão certa.   Uma socialite contrata o serviço de bufê de Amapola. Genésia anuncia para a família e para os pretendentes que vai virar freira. Ezequiel avisa que não vai se conformar.   Judite entra no quarto de Deodato ao ouvir os seus gritos desesperados, e encontra-o muito triste. Os dois se abraçam e se beijam. Epifânia sorri e vai embora. Fred garante que vai se casar com Luiza.   Otacílio jura que não vai lhe dar moleza: estudo, trabalho e cuidados com o filho será a nova rotina de Fred. Rita se prepara para falar com Chico. Otacílio entra escondido na fábrica de Félix . Guma e Lívia ficam próximos, mortos de desejo.

TERÇA FEIRA – 04/09/2001 Capítulo 182    Lívia impede o beijo e sugere voltar para a casa dos tios enquanto ele não tomar a decisão. Guma insiste que ela fique dando-lhe força. Otacílio tira a fita do cofre de Félix, mas esquece uma pasta que estava guardada em cima da mesa.   Rosa confessa a Haidê que não consegue tirar o prefeito do coração. Eriberto, nas sombras, vigia o quarto de Adma. Alexandre quase surpreende o advogado, que se esconde. Estranha encontrar em cima da mesa o documento que pensara haver guardado no cofre.   Dulce está convicta que vai conseguir a verdade da mãe da vítima, que pode inocentar Rodrigo. Rita precisa acalma Chico que passa um descompostura em Luiza e Fred. Augusta acha que Rodolfo deve lutar com todas as armas para impedir Genésia de virar freira.   Oswaldo e Leontina beijam-se apaixonadamente. Ezequiel toma um porre para esquecer a sua paixão por Genésia. Epifânia aterroriza Adma.   Augusta obriga Oswaldo a amá-la, mas ele se nega e ela jura que vai partir para uma vida nova. Rosa vê a fita. Guma não resiste e beija Lívia.

QUARTA FEIRA – 05/09/2001 Capítulo 183    Lívia realmente decide ir para a casa dos tios. Rosa descobre, vendo a fita, que havia uma pessoa dentro do armário e tem certeza que só pode ter sido Adma. Guma fica arrasado com a partida de Lívia.   Genésia dorme inquieta. Babau consegue levar Ezequiel, que faz vigília embaixo da janela de sua amada. Lívia e Leontina trocam confidências.   Félix está muito satisfeito com o trabalho do filho na fábrica e já sonha em passar a administração de tudo para ele. Guma sugere um mutirão para reerguer a fábrica de charutos.   Alexandre está muito preocupado com Ondina e se irrita com o pouco caso de Adma. Rita fica contente ao saber que Judite e Deodato estão se entendendo.   Dulce consegue falar com Salete, a mãe da moça que morreu na clínica de Rodrigo. Félix fica pasmo, quando Rosa conta que há provas na própria fita que havia uma pessoa escondida no quarto.

QUINTA FEIRA – 06/09/2001Capítulo 184    Félix manda-a embora e fica furioso ao constatar que a fita foi retirada de seu cofre. Salete se recusa a ajudar Dulce. Rodrigo confirma a gravidez de Luiza. Amapola e Otacílio abrem os braços para o jovem casal.   Luiza fica desapontada quando Otacílio manda o filho procurar um emprego e uma casa. O delegado avisa que vai encerrar a busca de Ondina. Babau mostra-se otimista dizendo que ela vai aparecer logo.   Otacílio confirma que tirou a fita do cofre, Félix ameaça bater nele, mas vai embora. Guma conversa com Oswaldo, que adora a idéia do mutirão e sugere que ele conclame o povo da sacada da prefeitura.   Félix vai ao Centro e Rosa mostra o vídeo. O aviso que Guma vai falar se espalha como rastilho de pólvora. Félix comprova que havia alguém no armário, Rosa insiste que Eriberto era o cúmplice deixando-o cheio de suspeitas.   Félix telefona para Adma avisando que vai a Salvador. A multidão aguarda o líder dos pescadores na praça. Eriberto se coloca na frente do carro do prefeito na estrada só para avisá-lo que Guma vai falar da sacada da prefeitura.

SEXTA FEIRA – 07/09/2001 Capítulo 185    Félix volta correndo para a cidade. Todos gritam refrões de apoio a Guma. Félix chega segurando a Bíblia e promete isenção total de impostos e incentivos para o negócio de Oswaldo.   Ele lança o Mutirão da Boa Vontade e sai aclamado. Pitágoras aconselha ao prefeito uma aproximação com Guma. Deodato se abraça emocionado com a filha, que prepara a mala.   Fred batalha por um emprego. Dulce está decepcionada, mas não quer desistir. Adma tenta que o marido não aceite os conselhos de Pitágoras.   Rodolfo se impressiona quando Augusta confessa que vai aceitar a corte de Pitágoras. Alexandre, Judite e Paçoca ficam muito abatidos com a possibilidade de Ondina ter morrido. Ezequiel entra pela janela no quarto de Genésia e dá-lhe um beijo que a faz desmaiar. Surge a oportunidade e Rita convence Selminha a trabalhar na loja de parafusos.   Rosa e Babau conversam sobre Ondina, que está em coma profundo em uma clínica, e têm certeza que ela descobriu alguma coisa sobre o filho de Bartolomeu.   SÁBADO – 08/09/2001 Capítulo 186    Rosa tem certeza que Félix vai descobrir quem mandou copiar a fita. Alexandre sofre muito a morte de Ondina. Félix já chamou a imprensa e promete arregaçar as mangas no Mutirão da Boa Vontade.   Socorrinho acha que Selminha vai dar uma ótima vendedora. Ezequiel declara todo o seu amor, mas Genésia insiste que vai se casar com Deus e ele vai embora torturado. Depois do amor, Oswaldo e Leontina fazem planos para o futuro.  Augusta garante a Pitágoras que eles só terão romance só em Paris. Venâncio paquera Francinete na cara de Quirina. Eriberto aponta a arma para Guma, mas Lívia entra em sua mira e ele desiste.   Félix propõe uma aliança política com Guma, que não aceita. Deodato e Judite apoiam e Alfeu aceita Selminha de má vontade como empregada da loja de parafusos.   Félix dirige uma escavadeira e posa para os fotógrafos. Guma chega com os pescadores, chamando a atenção da imprensa. O prefeito insiste e o líder do povo desliga a máquina e manda que Félix siga as suas ordens.

     SEMANA DE 10/09 a 15/09  SEGUNDA FEIRA – 10/09/2001 Capítulo 187   Félix desce do escavadeira , dá por inaugurado o Mutirão da Boa Vontade e passa o comando para Guma. Rita combina com Selminha que agora ela vai morar em sua casa.   Lívia está decidida a ir embora para sempre de Porto dos Milagres se Guma casar com Esmeralda. Salete conta que foi ameaçada pelo namorado da filha, mas que agora vai à polícia prestar depoimento e inocentar Rodrigo.   Selminha se despede chorando de Haidê. Babau acha que Guma deve se candidatar a prefeito pela oposição. Alfeu ensina o trabalho para Selminha e manda que ela se vista discretamente.   Pitágoras vai para Brasília, mas promete voltar. Alguns dias depois a fábrica de charutos está pronta para ser inaugurada. Alex avisa ao pai que é o último dia que usarão o processo poluidor.   Esmeralda vibra porque o plano deu certo: está grávida. Félix mostra a fita sem cortes para Adma e acusa-a de ter gravado o vídeo.

     TERÇA FEIRA – 11/09/2001 Capítulo 188  Félix exige uma explicação. Ela admite que estava rejeitada e humilhada. Ele manda que ela saia de sua vida imediatamente.   Ela joga na cara dele que todo o patrimônio era de Bartolomeu, que o herdeiro está vivo e que ela vai ficar para fazer o trabalho sujo.   Um a um, Adma confessa os seus crimes: Bartolomeu, Arlete, Coló, a irmã dela, Epifânia e Ondina. Félix parece horrorizado, tenta estrangulá-la, mas quando transpõe a porta, sorri e se lembra todas as vezes que induziu a mulher aos seus atos.   Amapola tranqüiliza Adma. Depois de 30 anos juntos, Chico quer oficializar a relação e pede Rita em casamento. Assim como Adma, Eriberto não revela quem é o bastardo.   Augusta vai com Pitágoras à inauguração. Félix é aclamado e corta a fita, embora Lívia tenha tentado dar a tesoura para Guma. O pescador faz um discurso e é carregado em triunfo. Rosa manda recado cobrando a dívida de Rodolfo. Félix procura Rosa.

     SEMANA DE 10/09 a 15/09  QUARTA FEIRA – 12/09/2001 Capítulo 189  Félix admite que foi traído por Adma. Eriberto fica furioso por Félix ter tentado estrangular Adma. Ela garante que a única arma que tem para ter o marido de volta é o nome do bastardo.   Félix pede perdão por tudo, mas Rosa nega. Ele arrebenta a porta do quarto dela, agarra-a, mas ela permanece fria. Otacílio obriga Fred a aceitar um emprego de office-boy.   Leontina fica enciumada porque Oswaldo vai escolher as mulheres de coxas firmes para enrolar os charutos. Augusta vai às compras em Serro Azul com Pitágoras às custas do Erário.   Ondina continua em coma. Guma garante que vai dar todo o apoio ao filho, mas vai ficar com Lívia. Esmeralda ameaça sumir ou até se matar.   Ele promete casar-se com ela, mas só depois do nascimento do filho. Rodolfo recebe recado de Rosa: ou paga a dívida ou terá as duas pernas quebradas. Olímpia confirma para Victório que Amapola e Adma são irmãs. Victório manda Adma ir ao encontro dele na fazenda. Adma e Félix se encaram.

     QUINTA FEIRA – 13/09/2001 Capítulo 190  Félix manda que Adma dê fim ao bastardo. Deodato expulsa Serena e Vênus da loja, porque elas se horrorizam com Selminha no balcão. Esmeralda garante que não sossega enquanto Guma não casar com ela.   Ezequiel lança olhares tristes para Genésia, que nem percebe. Rufino dá força para a irmã e os dois se abraçam comovidos. Rodolfo rouba dinheiro do caixa da loja de parafusos.   Guma vai sair na manhã seguinte no barco de Rufino e Eriberto acha que chegou o momento certo de matá-lo. Ondina conta para Victório que Adma e Amapola eram chamadas as endemoniadas.   Adma aceita o convite do senador. Oswaldo vai examinar as coxas das charuteiras e Leó morre de ciúmes. Lívia chora revoltada com a decisão de Guma.   Eriberto esconde uma bomba no barco em que Guma vai sair. Alfeu descobre que o dinheiro sumiu e Genésia sugere um conselho de família. Olímpia e Adma se enfrentam.

     SEXTA FEIRA – 14/09/2001 Capítulo 191  Olímpia acusa Adma de ter matado o seu noivo. Adma afirma que havia sido molestada pelo padrasto, mas depois garante que era mesmo amante de Josué.  Olímpia jura que vai destrui-la e Adma ataca-a. Victório separa as duas, mostra o dossiê que preparou sobre Adma, ameaçando entregá-lo para a oposição.   Para não fazer isso, exige que ela consiga que Félix renuncie à candidatura a governador. Paçoca conta que viu Rodolfo Augusto tirar o dinheiro.   Oswaldo e Leontina se beijam e são flagrados por Pitágoras e Augusta. Ela faz uma cena e se retira ultrajada jurando vingança. Ao chegar no Solar se depara com Deodato e família, Rita e Selminha que esperam Rodolfo Augusto.   Ele chega, declarando-se inocente, mas acaba confessando. As velas de Iemanjá se apagam. A guia no pescoço de Guma se parte e cai no mar. Ele mergulha para apanhá-la e neste momento o barco explode. Ao longe, Eriberto olha as chamas.      SÁBADO – 15/09/2001 Capítulo 192  Guma emerge e reage atônito, se dando conta do que aconteceu. As velas de Iemanjá se acendem. Eriberto avisa à Adma que Guma morreu. Ele marca encontro com ela numa cabana na praia.   Victório pressiona Adma, mas garante à Olímpia que, assim que Félix renunciar, ela poderá contar os podres da primeira dama em plena praça. Severino acha restos do barco e um pedaço da roupa de Guma e acha que ele está morto.   Esmeralda desmaia ao saber das notícias do mar. Todos na cidade ficam compungidos. Lívia reage fortemente. Rita e Chico choram. Lívia fala da explosão e Augusta se denuncia, tendo que contar para a sobrinha tudo o que aconteceu com relação à morte de Laura.   Pede perdão, mas Lívia jura jamais perdoá-la. Guma consegue chegar em uma praia e liga para Lívia.  Todos festejam. Genésia repassa o dinheiro que Ezequiel lhe deu para que Rodolfo pague a dívida com Rosa. Na cabana de praia, Eriberto beija Adma que vê um vulto. É Guma na soleira da porta.

     SEGUNDA FEIRA – 17/09/2001 Capítulo 193    Adma e Eriberto se assustam, mas logo percebem que Guma está vivo. Ele jura que não vai falar nada para ninguém. Lívia chega e Adma e Eriberto vão embora, ela furiosa.   Genésia dá a Rodolfo o dinheiro que Ezequiel havia ganho dele e ele vai embora, desejando que ela seja feliz. Epifânia se materializa e aconselha Genésia a dar uma chance para Ezequiel, que neste momento entra na igreja.   Guma e Lívia têm um momento de emoção, mas logo se afastam. Esmeralda fica irritada porque Guma procurou Lívia primeiro. Ezequiel implora que Genésia fique, mas ela não muda de idéia.   Rita aparece arrumada e linda, deixando Chico emocionado. Augusta avisa a Oswaldo e Leontina que jamais se divorciará. Oswaldo pede que Leontina tenha paciência.  Socorro fica horrorizada ao saber que Genésia quer ir para um convento e decide impedir. Rita e Chico se casam. Olímpia ameaça Adma. Félix decide ir na festa de comemoração pela volta de Guma. TERÇA FEIRA – 18/09/2001 Capítulo 194    Alexandre decide ir com Félix. Socorro tenta convencer Genésia a não ir embora, mas ela não muda de idéia e as duas irmãs se despedem.   Rufino explica para Guma que a gasolina que havia em seu barco era de um serviço que ele estava fazendo para Eriberto, porque queria conseguir dinheiro para pagar a dívida com Félix.   Guma fica emocionado e manda que Rufino use o dinheiro para comprar um barco novo. Lívia confessa para Leontina que sofre por estar separada de Guma e acaricia seu ventre, pensativa.   Félix e Alexandre chegam na festa de Guma e propõe um brinde, deixando todos constrangidos. Socorro avisa para Alfeu que vai assumir seu emprego no Hotel Cassino. Ondina murmura o nome de Guma. Amapola vê Olímpia e acha que a conhece de algum lugar.   Otacílio fica sabendo que a fábrica de Félix está poluindo o riacho. Paçoca ganha uma bolsa em um colégio de super dotados. Luiza começa a perder sangue e chama Selma, apavorada. Guma e os pescadores ficam indignados ao saberem da poluição.  QUARTA FEIRA – 19/09/2001 Capítulo 195    Bela avisa Félix que os peixes do riacho estão morrendo. Deodato sofre ao saber que Judith e Paçoca devem ir para Salvador o mais rápido possível. Selma avisa a Rodrigo que Luiza pode estar abortando.   Lívia decide ir até o riacho. Augusta afirma que jamais dará o gosto do divórcio a Oswaldo. Rodolfo dá o dinheiro que estava devendo a Rosa.   Olímpia e Victório discutem sobre sua vingança contra Adma. Félix e Alexandre ficam assustados ao ver os peixes mortos e o prefeito resolve mandar seus operários para casa.   Guma decide reunir todos na porta da fábrica para protestar. Luiza perde seu filho.   Rodolfo fica interessado ao saber que Socorro decidiu trabalhar com Rosa mas não abriu mão da herança da mãe. Félix se lembra das palavras da cigana. Ao perceber que a fábrica vai fechar, Guma manda que a multidão a invada.   QUINTA FEIRA – 20/09/2001 Capítulo 196    Guma discursa para os operários, que se entusiasmam com suas palavras. Félix fica indignado ao saber que invadiram a fábrica, mas Adma o convence a não ir até lá. Fred se choca ao saber que Luiza perdeu o bebê e vai consolá-la.   Félix chama a polícia para acabar com a baderna. Dulce incita o povo a marchar contra a poluição. Luiza agradece a Selma por tudo o que ela fez e se arrepende de tê-la tratado mal.   Ezequiel pede para acompanhar Genésia até o convento. Rosa decide não reabrir seu negócio enquanto houver a confusão na cidade. Victório lembra a Adma que seu prazo está se esgotando.   Genésia entra no convento, deixando Ezequiel desesperado. Rodolfo e Socorro vão para a cama juntos. Dulce fica pasma ao saber que Lívia está grávida de Guma. Augusta queima uma carta que veio da França para Leontina.   Genésia se angustia ao ver que Ezequiel passou a noite na porta do convento. Ondina acorda e não sabe onde está. Félix ordena que o comandante de polícia prenda Guma.  SEXTA FEIRA – 21/09/2001 Capítulo 197    Rufino avisa que Félix trouxe uma tropa. Os manifestantes querem ficar, mas Guma acha melhor terminar o protesto de forma pacífica. O comandante pergunta quem é o líder da manifestação e leva Guma preso, deixando Lívia e Babau indignados.   Alexandre promete para si mesmo que vai acabar com Guma. Genésia não sabe o que fazer ao ver que Ezequiel não desistiu. Judith confessa para Deodato que o ama, mas sabe que tem que partir.   Rosa pensa em Félix, mas não volta atrás em sua decisão. Esmeralda decide se juntar ao protesto ao saber que Guma foi preso. Adma se assusta ao ver Ondina trabalhando e percebe que ela está com amnésia.   Francinete avisa a Babau que Ondina voltou. Adma não consegue impedir que Judith leve Ondina embora e planeja acabar com ela antes que ela recupere a memória. Rita volta de sua lua-de-mel e consola Luiza.   Eriberto revela para Adma que Ondina foi levada para a casa de Rosa. Amapola reconhece Olímpia. Otacílio consegue uma habeas-corpus para Guma. Olímpia revela para Amapola que Adma matou Josué por ciúmes e Félix ouve.   SÁBADO – 22/09/2001 Capítulo 198    Adma admite que é verdade e Amapola fica chocada. Félix mostra que ouviu tudo e se tranca com Olímpia. Amapola vai embora afirmando que jamais perdoará Adma. Lívia despreza Alexandre, que jura se vingar de Guma.   Ondina não se lembra como foi envenenada nem se havia descoberto algo sobre a irmã de Rosa. Ezequiel se recusa a comer e afirma que só sai do convento com Genésia. Rodrigo garante que é possível que Ondina recupere a memória. Alexandre fica chocado ao saber que sua mãe é uma assassina. Victório sugere que Olímpia desmascare Adma em público e acabe com a candidatura de Félix.   Adma avisa para Félix que mandou Eriberto matar Olímpia assim que ela saísse da casa. Pitágoras chega na casa de Félix mostrando provas de que Victório roubou sete milhões de dólares e o senador não tem outra saída a não ser renunciar à presidência do partido.   A fábrica de Félix é interditada e o povo comemora. Babau sugere que Guma se candidate a prefeito.   Félix revela a Adma que ele já sabia de tudo há muito tempo, deixando-a furiosa. Genésia se casa com Ezequiel. Félix se dá conta de que Guma é o homem da profecia da cigana.

 

     SEGUNDA FEIRA – 24/09/2001 Capítulo 199    Félix fica muito perturbado e afirma que precisa conversar com Alexandre. Lívia confessa que não sabe se deve contar para Guma que está grávida, pois teme a reação de Esmeralda. Ezequiel e Genésia trocam votos de amor em seu casamento.   Judith pega o buquê. Alexandre fica pasmo ao ouvir o pai dizer que o filho de Bartolomeu está vivo. Ondina continua sem memória. Francinete revela para Alexandre que Ondina está na casa de Rosa.   Um advogado aparece na casa de Augusta e revela que Leontina recebeu uma herança de um antigo namorado. Genésia encanta Ezequiel na noite de núpcias. Adma manda Eriberto preparar outro acidente para Guma. Félix vê em Guma o anel de sua mãe.   Ondina, meio confusa revela para Alexandre que o filho de Bartolomeu é Guma e depois não lembra do que falou. Félix confirma com Adma que Guma é o bastardo e avisa que vai acabar com ele sozinho.   Leontina avisa para Augusta que apesar de estar rica, não vai desistir de Oswaldo e Augusta planeja arrancar o dinheiro da irmã. Luiza descobre que o exame que Esmeralda mostrou para Guma era o dela. Guma decide ir tirar a história a limpo com Rodrigo. As luzes da cidade toda se apagam. Félix tenta atirar em Guma mas acaba acertando Alexandre e pensa que o matou.    TERÇA FEIRA – 25/09/2001 Capítulo 200    Babau, Severino e Rufino ouvem os tiros e decidem investigar. Félix se desespera, mas Eriberto chega e vê que Alexandre não está morto. Guma acredita que lhe armaram uma tocaia. Félix e Eriberto levam Alexandre para uma clínica. Babau vê que a rua está manchada de sangue e decide ir até a casa de Rodrigo.   Guma desconfia que Félix foi o autor do atentado. Francinete encontra Venâncio e eles decidem ir para a Praia dos Amores, mas ela se assusta com o que ele tem para oferecer. Ao saber, Quirina fica interessada e os dois acabam dormindo juntos.   Amapola revela para Otacílio que é irmã de Adma e ele fica chocado mas a perdoa. Ondina se lembra de tudo e revela para Rosa. Félix se desespera na clínica, esperando notícias do filho.   Rodrigo aconselha Guma mandar Esmeralda fazer uma ultrassonografia para descobrir há quanto tempo ela está grávida. Quirina e Venâncio vão se casar. Haidê reabre o Centro e apresenta Bela da Tarde a todos.   Alfeu e Selma se beijam. Adma vai até a clínica e fica aliviada ao saber que Alexandre está bem. Francisco e Rita ficam pasmos ao saber que Guma é sobrinho de Félix. Rosa revela para Guma que seus pais não são quem ele pensava.   QUARTA FEIRA – 26/09/2001 Capítulo 201    Rosa explica toda a história para Guma. Félix vai contar à polícia que Alexandre sofreu uma tentativa de assalto.   Amapola fica feliz porque Venâncio vai casar. Guma fica muito abalado com todas as revelações e decide procurar Otacílio.   Oswaldo e Leontina desconfiam que Augusta está aprontando alguma.   Félix afirma que vai acabar com Guma. Lívia fica pasma ao saber que Guma é sobrinho de Félix e mais ainda quando ele revela que o filho de Esmeralda pode não ser dele.   Guma leva Esmeralda para fazer o exame e descobre que ela engravidou enquanto estava em Salvador.   QUINTA FEIRA – 27/09/2001Capítulo 202    Guma vai embora e Esmeralda fica desesperada. Genésia avisa que quer que Ezequiel trabalhe em sua loja, e que pretende expandir o negócio. Alfeu pede Selma em casamento.   Socorro e Rodolfo planejam um dia comprar o Hotel Cassino de Rosa. Otacílio aceita a causa de Guma. Rodrigo consegue de volta sua licença para praticar medicina.   Esmeralda ouve Lívia comentando com Rodrigo que está grávida e fica furiosa. Augusta promete se divorciar de Oswaldo se Leontina lhe der seu dinheiro. Esmeralda avisa para Alexandre que Lívia está grávida.   Ondina volta para a casa de Adma e avisa que todos já sabem quem Guma é. Adma sai para impedir que Félix faça algo contra o pescador. Alexandre obriga Lívia a entrar na lancha de Félix e parte para alto mar, enquanto uma tempestade se forma.   Guma entra na casa de Félix e o desafia. Ao saber que Alexandre está no mar, Félix implora a Guma que salve seu filho. Epifânia aparece para Adma. Ricardina recebe um sinal de que deve ajudar Guma. Alexandre afirma para Lívia que quer matar eles dois. Todos vêem com espanto quando Epifânia aparece na sacada da prefeitura diante de Adma. Guma está indo atrás de Alexandre e percebe que Lívia está no barco.

SEXTA FEIRA – 28/09/2001 Capítulo 203    A emissora não divulgou o resumo do último capítulo.

Anúncios

9 thoughts on “Porto dos Milagres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s